Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ahmadinejad participa de posse na Nicarágua e chama Daniel Ortega de ‘irmão’

Manágua, 10 jan (EFE).- O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, chegou nesta terça-feira em Manágua para participar da posse de seu colega nicaraguense, Daniel Ortega, que inicia seu terceiro mandato de cinco anos, o segundo consecutivo, e a quem chamou de ‘irmão’.

O líder iraniano, acompanhado por uma comitiva com cerca de 100 pessoas, foi recebido pelo chanceler nicaraguense, Samuel Santos, na sua chegada ao aeroporto internacional de Manágua.

Logo após aterrissar na cidade, Ahmadinejad se declarou ‘muito contente de estar na terra da revolução (sandinista), terra do presidente Ortega, meu irmão’, e reafirmou que estreitará os laços com o país.

Ahmadinejad chegou a Manágua procedente da Venezuela, durante viagem de cinco dias pela América Latina em um momento no qual a comunidade internacional aumenta a pressão contra o Irã por seu programa nuclear.

‘Minhas saudações de coração, muito profundamente, cordialmente, a meu irmão presidente Ortega, líder revolucionário desta terra’, continuou o líder iraniano, que pediu a Deus para que acelere ‘a reaparição do salvador da humanidade’ para o estabelecimento da justiça e da paz mundial.

Ahmadinejad também expressou suas saudações ao povo nicaraguense e deu graças a Deus por lhe dar a oportunidade de visitar outra vez a Nicarágua, que classificou como ‘terra da revolução’.

‘Os nicaraguenses e os iranianos estão decididos a caminhar em um caminho muito brilhante e lutar’, prosseguiu. Ele anunciou que o Irã estreitará seus laços com a Nicarágua a fim de estabelecer uma ordem de segurança, justiça, liberdade e progresso.

‘As revoluções do Irã e da Nicarágua são semelhantes’, ressaltou o líder iraniano, que disse se sentir em casa no país. ‘Meu sentimento é que me encontro como se estivesse entre os iranianos’.

Além disso, Ahmadinejad felicitou Ortega por sua posse e disse esperar que o segundo mandato seguido de cinco anos do dirigente, que se inicia nesta terça-feira, ‘sirva para o desenvolvimento, progresso e prosperidade do povo nicaraguense’.

Esta viagem de Ahmadinejad é anterior à decisão do Conselho de Ministros de Relações Exteriores da União Europeia (UE), no próximo dia 30, sobre possíveis sanções ao Irã por sua recusa a colaborar com a comunidade internacional sobre seu programa nuclear.

Parte da comunidade internacional, com os Estados Unidos na liderança, acredita que o programa nuclear iraniano tem uma vertente militar destinada a fabricar bombas atômicas, algo que o Irã nega, dizendo que é um projeto exclusivamente civil e com fins pacíficos.

Está previsto que pelo menos oito chefes de Estado e de Governo, e o príncipe Felipe, herdeiro da Coroa Espanhola, além de outras 71 delegações, participem dos atos da posse de Ortega, segundo o Governo nicaraguense.

Desta cerimônia participarão também os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez; Guatemala, Álvaro Colom; El Salvador, Mauricio Funes; Panamá, Ricardo Martinelli, e Honduras, Porfirio Lobo. EFE