Mamonas Assassinas

O acidente aéreo que provocou a morte dos cinco integrantes do grupo Mamonas Assassinas completa 15 anos nesta quarta-feira. Em 2 de março de 1996, o Learjet LSD que transportava a banda caiu na Serra da Cantareira, em São Paulo, a poucos minutos de pousar no Aeroporto de Gurarulhos. Era o fim de um dos maiores fenômenos musicais do país. A carreira da banda foi curta - apenas oito meses -, mas o tempo foi suficiente para conquistarem milhares de fãs por todo o Brasil. O CD Mamonas Assassinas foi o disco de estreia que mais vendeu em toda a história do mercado musical brasileiro — 1,8 milhão de cópias. A seguir, acompanhe imagens que retratam a irreverência e alegria do grupo:

Por VEJA - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Gostou dessa galeria? Talvez goste dessas outras.

    Compartilhe essa galeria:

  • Veja todas as imagens da galeria: