UFC 148: Anderson promete ‘quebrar’ o ‘marginal’ Sonnen

O campeão parece ter finalmente perdido a paciência com o americano: disse que o arquirrival é 'escória' do UFC e avisou que vai 'quebrar o Sonnen inteiro'

“Esse cara é um marginal, uma escória do esporte. Esse cara não merece estar no UFC, ele teve problema com a justiça americana, teve problema com doping, não respeita nada. Esse cara é um imbecil, e no dia 7 eu vou quebrar a cara dele. Eu vou arrancar todos os dentes da boca dele”

Se na entrevista coletiva realizada em abril, no Rio de Janeiro, Anderson Silva foi comedido e cauteloso ao comentar o reencontro com o arquirrival Chael Sonnen, o campeão dos médios do UFC resolveu falar tudo o que sente nesta segunda-feira. Numa conversa com a imprensa realizada por telefone, ele finalmente respondeu as provocações do americano e prometeu que Sonnen apanhará muito no UFC 148, em 7 de julho, em Las Vegas. “Depois que eu bater no Chael Sonnen, muita gente vai ficar assustada com o que vai acontecer com o esporte. Estou preparado para fazer uma coisa que ninguém nunca fez no UFC: quebrar o Chael Sonnen inteiro”.

Leia também:

Leia também: A dupla personalidade de Chael Sonnen, um cretino profissional

Anderson deixou até o presidente do UFC surpreso: “Nunca ouvi o Anderson falando assim antes!”, escreveu Dana White em seu perfil no Twitter. Sempre falastrão quando o assunto é Anderson Silva ou o Brasil, Chael Sonnen também acabou surpreendendo – ele não rebateu as declarações de Anderson, que parece ter chegado ao limite de sua paciência. “Esse cara é um marginal, uma escória do esporte”, afirmou o brasileiro. “Não merece estar no UFC, pois é um cara que tem problema com a Justiça dos Estados Unidos, não respeita nada, é um imbecil”, disparou, para espanto de quem está acostumado à sua postura tranquila. Sonnen já foi processado por sonegação de impostos.

Leia também:

Leia também: ‘É difícil fazer algo acontecer no Brasil’, diz Dana White sobre UFC 148

Veterano do octógono, Anderson sempre evitou falar demais sobre os adversários antes de suas lutas. Desta vez, porém, recorreu a frases fortes e diretas. Anderson Silva já reclamou diversas vezes sobre o desrespeito de Sonnen aos seus adversários e aos brasileiros. Certa vez, disse que o brasileiro “cheira cocaína no café da manhã”. “Eu vou bater nele de novo. Eu vou enfiar a porrada nele. Ele está escutando isso e aviso que acabou a brincadeira. Agora está chegando a hora da verdade. Eu não estou machucado, estou 100%. Vou quebrar a cara ele, vou expulsá-lo do UFC. Ele vai apanhar como nunca apanhou na vida. Vou bater para ele aprender a ser educado. Tudo o que ele não apanhou da mamãe e do papai vai apanhar para aprender a ser educado e a respeitar o país das pessoas”, disse o brasileiro.

E ainda fez uma previsão de como será a luta: “Ele vai apanhar por baixo, por cima, de lado, em pé… Ele vai apanhar de novo, vai apanhar muito. Quando ele estiver lá dentro, vai engolir todos os dentes… Depois que bater nele, muita gente vai ficar assustada com o que vai acontecer com o esporte. Estou dedicado, preparado e principalmente designado a fazer uma coisa que ninguém nunca fez no UFC: quebrar o Chael Sonnen inteiro. Ele vai sair com a cara toda quebrada, braço quebrado, perna quebrada. Ele está escutando, vai apanhar muito, vai apanhar muito, vai sair de maca lá de dentro, direto para o hospital.”

Leia também:

‘Eu apanhei de Júnior Cigano. Mas quero minha revanche’

Cinco roteiros para ver Anderson x Sonnen ao vivo em Las Vegas