Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobre GP do Bahrein, Massa diz que esporte e política não devem se misturar

Xangai (China), 14 abr (EFE).- Embora neste fim de semana esteja sendo disputado o Grande Prêmio da China de Fórmula 1, os pilotos já estão preocupados com a realização da prova do Bahrein, marcada para daqui a uma semana e cuja realização foi confirmada nesta sexta-feira pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), apesar da instabilidade política no país.

Um dos que deram sua opinião sobre a manutenção do GP foi o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari. Para o piloto, esporte e política não podem ser misturados.

‘As pessoas ligadas à Fórmula 1 não têm nada a ver com política, nem com guerras, nem com nada. Temos a ver com o esporte, e penso que independentemente de se uma pessoa é de um lado da política ou de outro lado, ou da religião, ou do que seja, o que todo mundo faz é esporte, e nós vamos fazer esporte’, declarou Massa, que deu um voto de confiança na FIA.

‘Acho que temos que confiar em nossa federação, que tem experiência para ver o que é certo. Se vamos ir é porque foi autorizado, e espero que nada de errado ocorra no Bahrein. Espero que tenhamos segurança para todos, não só para nós, os pilotos, mas para vocês (os jornalistas) e para todo mundo que está trabalhando e que tem que ir para lá fazer a corrida’, acrescentou. EFE