Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Shakthar e Porto fazem confronto de vida ou morte pelo grupo G

Moscou/Lisboa, 22 nov (EFE).- O Shakhtar Donetsk recebe nesta quarta-feira o Porto em um jogo decisivo para os ucranianos, que necessitam dos três pontos para manter as chances de se classificarem à segunda fase da Liga dos Campeões.

Na lanterna do grupo G com apenas dois pontos, a equipe da Ucrânia aparece como a grande decepção desta edição da Champions, e precisará vencer o time de Vítor Pereira para manter as possibilidades de classificação no torneio.

‘Este é o jogo mais importante da temporada’, garantiu Mircea Lucescu, técnico do Shakhtar.

E a declaração do romeno não é exagerada, já que uma derrota colocaria em xeque a política de contratações do clube ucraniano, que abriu mão dos jogadores locais nos últimos anos para contratar numerosos atletas brasileiros e latino-americanos.

O Shakhtar precisa vencer para, pelo menos, garantir uma vaga na Liga Europa, torneio que os ucranianos foram os últimos a ganhar em 2009.

Entretanto, Lucescu não perde a esperança e confia no retorno dos brasileiros Jadson e Fernandinho, que ficaram de fora durante várias semanas por lesões.

Quem não poderá ajudar a equipe é o capitão Dario Srna, suspenso por cartões amarelos, e Chygrynskiy, ainda se recuperando de lesão.

Com a moral em baixa após a eliminação na Copa de Portugal para o Académica, o Porto precisa de uma vitória para enfrentar o Zenti, em casa, com tranquilidade.

E para o atacante Hulk, o duelo desta quarta-feira será especial. O brasileiro completará sua 40º partida com o Porto em competição internacional.

Líder do Campeonato Português, os ‘dragões’ seguem sem conseguir fazer um bom jogo que os diferenciou na temporada passada, e inclusive seu treinador, Vítor Pereira, já está na corda bamba.

A imprensa portuguesa especula uma possível demissão do técnico, que está à frente da equipe desde a saída de André Villas-Boas para o Chelsea.

A chateação da torcida com a equipe ficou em evidência no fim de semana, quando o ônibus que levava os jogadores e a comissão técnica foi vaiado. Uma página na internet também foi criada por alguns torcedores com um cronômetro e o título ‘Vítor Pereira já foi demitido’?.

Os portugueses não poderão contar com o francês Mangala, o colombiano Guarín, o brasileiro Alex Sandro, o argentino Iturbe e o romeno Sapunaru.

O atacante brasileiro Walter também não poderá ajudar a equipe, o que obriou o treinador a relacionar o uruguaio Cristian Rodríguez pela primeira vez desde o dia 15 de outubro.

No outro jogo da chave na rodada, o Apoel visita o Zenit São Petersburgo, em jogo que vale a liderança do grupo.

O Apoel, grande surpresa da temporada, aposta na equipe recheada de brasileiros para superar o Zenit, que está em segundo lugar com 7 pontos conquistados.

Possíveis escalações:.

Shakhtar: Pyatov; Rat, Chygrynskiy, Rakitskiy e Srna; Willian, Fernandinho, Hübschman e Jadson; Costa e Adriano.

Porto: Helton; Fucile, Otamendi, Rolando e Pereira; Fernando, João Moutinho e Defour; James, Kléber e Hulk.

Árbitro: Craig Thompson (Escócia).

Estádio: Donbass Arena. EFE