Médico garante que Kubica pilotará em 2012

Ricardo Ceccarelli está confiante na recuperação do polonês, mas não garante a volta para este ano

O médico de Robert Kubica, Ricardo Ceccarelli, disse na última terça-feira que garante seu paciente – acidentado em um rali italiano, em fevereiro – dentro de um cockpit no ano que vem. No entanto, Ceccarelli foi mais cauteloso quando perguntado se Kubica pilotaria nos treinos livres do GP de Abu Dhabi, em novembro. “Seria ótimo, mas não é certo. Posso dizer com certeza que Robert será um piloto de F1 em 2012”. As informações são do site italiano Omni Corsi.

O empresário de Kubica, Daniele Morelli, tem acompanhado a recuperação do polonês desde o início do ano e, assim como Ceccarelli, não fez previsões. “Estamos otimistas, muito otimistas. O dia do retorno não é programável, mas não acho que um atraso de algumas semanas afetará nossos planos. Uma coisa é certa: Kubica voltará a pilotar. Não sabemos dizer com precisão em quanto tempo”, ressaltou o italiano, que recentemente divulgou que seu cliente iria participar de um simulador de F1. Equipe – A Lotus Renault deixou claro que deseja trabalhar com o polonês no ano que vem, visto que ele seria o principal piloto da equipe neste ano. Eric Boullier, chefe da escuderia, declarou na mesma publicação que espera até outubro para contar com os serviços de Kubica. “Tive que me esforçar para colocar uma data limite. Se você continuar atrasando, atrasando e atrasando, você acaba colocando os interesses da equipe em risco. Então eu tive que definir um prazo. Preciso ficar atento à esta data para saber se há chance de Robert voltar”, disse. (Com agência Gazeta Press)