Guardiola controla refeições e até internet dos atletas do City

Lateral Zabaleta revelou que o treinador mandou "cortar o 3G" da concentração

Pep Guardiola é um treinador metódico e rígido – além, claro, de muito competente. Suas normas e manias já causaram problemas no Barcelona e no Bayern de Munique, mas, por enquanto, vêm sendo bem aceitas no Manchester City. O lateral argentino Pablo Zabaleta revelou nesta terça-feira que Guardiola exige foco total dos atletas, a ponto de controlar a alimentação e até a internet do elenco.

“Ele nos obriga a tomar o café da manhã e almoçar todos juntos, no clube. Nos cortou a internet, estamos incomunicáveis. Não libera nem o 3G”, afirmou o defensor de 31 anos ao canal argentino TyC Sports.

Apesar das exigências, Zabaleta se diz encantado com o novo treinador. “Sempre desejei e sonhei ser treinado pelos melhores técnicos e hoje tenho a possibilidade de trabalhar com um dos melhores. Realmente aprendi muito, principalmente pelo jeito que ele vive o futebol, sua paixão”, completou o jogador, que desde 2008 atua pelo City.

Em janeiro, a revista alemã Kicker revelou que o “estilo controlador” de Guardiola causou desconforto no vestiário do Bayern de Munique. Um jogador que teve a identidade preservada que o técnico espanhol enviou um e-mail “explosivo” aos atletas, cobrando-lhes mais comprometimento e profissionalismo.

Na mensagem, Guardiola exigia que os atletas informassem previamente o que pretendiam fazer nos dias de folga e evitassem viagens internacionais. O treinador também teria reforçado sua preocupação com as dietas e o descanso do elenco.

(com Gazeta Press)