Brasil goleia no Mundial de futsal e Falcão fica perto de recorde

Ala de 39 anos marcou três gols na goleada por 11 a 1 sobre a Austrália e se aproximou de marca história de Manoel Tobias

Depois de uma complicada estreia – vitória por 3 a 1 sobre a Ucrânia -, a seleção brasileira deslanchou no Mundial de futsal da Colômbia ao golear a Austrália por 11 a 1, na noite desta quarta-feira, na cidade de Bucaramanga. Com seis pontos, o Brasil lidera o Grupo F e fecha a fase de grupos neste sábado contra a seleção de Moçambique – um simples empate já será suficiente para obter a classificação às oitavas de final -, em uma partida em que o ala Falcão tem tudo para entrar na história do Mundial.

Leia também:
Sorocaba vence Carlos Barbosa e é campeão mundial de futsal
Craque português faz golaço mágico
Seleção de futsal derrota Portugal em Fortaleza

O craque da seleção brasileira marcou três gols nesta quarta-feira – um deles um golaço – no segundo tempo. Assim, chegou a 42 em Mundiais, se aproximando do recorde do compatriota Manoel Tobias, maior artilheiro da história, com 43. O camisa 12 da seleção já se tornou, na Colômbia, o primeiro jogador a disputar cinco vezes a competição. Ele também esteve com o time em 2000, 2004, 2008 e 2012.

“Primeiramente, queria me divertir, mas com responsabilidade. Fico feliz por conseguir correr, jogar, chamar o jogo. Agora, é descansar”, avaliou Falcão, em entrevista ao SporTV logo após a goleada sobre a Austrália. A notícia ruim da partida foi a lesão de Jé, autor de um dos gols do Brasil. Ele saiu de maca com dores no quadril e vira dúvida para o restante do Mundial. Rodrigo, Fernandinho (2), Bateria, Dieguinho (2) e Lockhart (contra) também marcaram na goleada brasileira.

(com Estadão Conteúdo)