Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Americana supera desconfiança para se tornar campeão da LBF

A indiscutível campanha invicta do Americana na primeira fase da Liga de Basquete Feminino trouxe a apreensão ao time após a derrota no segundo jogo das semifinais, para o Santo André. Diante da desconfiança de seu próprio torcedor, as jogadoras conseguiram superar todas as adversidades encontradas e finalmente soltaram o grito de campeão neste sábado.

A partida contra o Ourinhos terminou com uma vitória por 69 a 61 para o Americana e trouxe a alegria para o time que era apontado como uma das grandes incógnitas do torneio. Sem saber o que esperar da equipe na fase decisiva da competição, as adversárias aprenderam com as próprias comandadas do técnico Luis Zanon a valorizarem a superação apresentada pela então criticada equipe do interior paulista.

‘Só a gente sabe o quanto foi sofrido e o quanto é maravilhoso isso aqui. Todo mundo duvidou da gente e achou que íamos morrer na praia. Só Deus sabe o quanto a gente nadou para chegar até aqui’ analisou Carla, que ganhou o apoio das demais companheiras de equipe após o término da partida.

‘Eu sei que teve muito cochicho dos próprios torcedores mesmo: ‘Será que dá?’, eles perguntavam. Mas esse é outro grupo, outra experiência, e nós conseguimos nos superar dessa vez e mostrar que somos capazes sim de conquistar um torneio nacional’, emendou a emocionada Bab

Outro ponto que marcou a campanha do Americana nesta temporada foi a união apresentada pelas atletas nos momento de maior dificuldade. A coletividade dentro das quadras foi insistentemente exaltada pelas jogadoras durante toda a disputa da competição e agora ganhou um discurso ainda mais inflamado com a conquista do título.

‘Eu acho que tudo que a gente fez foi fruto de um trabalho forte, com dedicação e humildade. Por tudo que a gente fez nessa temporada, todo mundo que trabalha em prol da equipe está de parabéns. Todo mundo sabe o que aconteceu ano passado e esse ano não teve aquela incerteza. Foi consistência e competência de concluir o trabalho da melhor forma possível’, encerrou Karina.