Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abatido, Guardiola promete falar sobre renovação com presidente

O técnico Josep Guardiola, que disse ter certeza de que o Barcelona se classificaria para a decisão da Liga dos Campeões da Europa, não escondeu o abatimento após o empate por 2 a 2 com o Chelsea, que causou a eliminação dos catalães nesta terça-feira.

Fora da competição continental e com remotas chances de ser campeão nacional (o Real Madrid tem sete pontos de vantagem faltando quatro rodadas), o comandante admitiu que já é hora de falar sobre a possibilidade de renovar contrato.

‘Vou falar com o Sandro (Rosell, presidente do clube) e decidir o que é melhor’, resumiu Guardiola, que tem vínculo somente até o fim da temporada 2011/2012 e já até elogiou o argentino Marcelo Bielsa, que hoje dirige o Atlhetic Bilbao e é apontado como um de seus possíveis substitutos.Questionado sobre o assunto, Sandro Rosell garantiu que a intenção da diretoria é manter o atual treinador, que conquistou 13 dos 17 títulos que disputou à frente do Barça. ‘Confiamos nele. É fundamental para o nosso estilo e nossa aposta pelo jogo bonito’, declarou o mandatário.

O Barcelona vive uma das fases mais complicadas nesta era vitoriosa. Os fracassos nas últimas três partidas – derrotas para Chelsea e Real Madrid, além do empate com os ingleses – deram margem até a questionamentos sobre Lionel Messi, melhor jogador do mundo, que desperdiçou um pênalti nesta terça.

‘Chegamos até aqui por causa deste garoto. Minha admiração por ele é insuperável. Está passando por dias ruins, mas isso é bonito no esporte’, defendeu Guardiola, que aprovou as atuações de seu time mesmo com os deslizes recentes.

‘Foram 180 minutos excepcionais (nos jogos contra o Chelsea), fizemos tudo para chegar à final, mas não marcamos nos momentos decisivos. Trabalhamos muito para chegar aqui. Penso que essa semana fizemos três bons jogos, mas não foi suficiente’, completou.