Ratinho bate boca com famosos após entrevistar Guilherme de Pádua

“Aguinaldo Silva, grande novelista da Globo que sempre admirei, me critica como se a empresa pra quem ele presta serviço nunca tivesse entrevistado bandido”, anotou em seu Twitter, nesta sexta, o apresentador Ratinho, do SBT. Ratinho se defendia das críticas que desde quarta-feira vem recebendo no microblog por conta da polêmica entrevista que foi ao ar, nesta quinta, com Guilherme de Pádua. O ex-ator é assassino confesso da atriz Daniela Perez, filha da teledramaturga Glória Perez, da Rede Globo.

A novelista classificou a entrevista de “deprimente”, em um dos muitos posts que dedicou ao assunto. Recorrentemente, referiu-se a Pádua como “psicopata”, que, segundo ela, é uma pessoa “sem problema mental” e “sem remorsos”. Além de Aguinaldo Silva, Glória recebeu o apoio de famosos como o humorista Bruno Mazzeo e o ator Bruno Gagliasso – que já atuou em algumas de suas novelas, entre elas Caminho das Índias, onde viveu o jovem esquizofrênico Tarso.

“O Ratinho vai levar o Guilherme de Pádua no programa dele, é isso mesmo? Ah, Ratinho, enfia o Ibope no…”, protestou Mazzeo, que foi logo retuitado por Gagliasso.

A fúria contra Ratinho, porém, não se limitou às celebridades. Pessoas comuns criaram um tópico para apedrejar o apresentador, o #por**ratinho. “Foi o cúmulo do absurdo esse cara no seu programa; o Brasil não quer ver isso”, diz uma das mensagens.

Vale dizer que, apesar da indignação de parte do público, ou por ela mesma, o programa de Ratinho desta quinta-feira deixou o SBT na vice-liderança da audiência, com média de 8 pontos no Ibope e picos de 10. A entrevista foi ao ar das 18h às 19h, faixa em que a Record esteve perto dos 6 pontos de audiência. Confira abaixo um trecho do programa.

Vale lembrar também que a própria Globo já entrevistou Guilherme de Pádua após o crime. Foi no Fantástico, por meio da jornalista Glória Maria.