Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os dez Educadores Nota 10 de 2016

Iniciativa da Fundação Victor Civita em parceria com a Fundação Roberto Marinho, prêmio teve mais de 4.200 trabalhos inscritos neste ano

O Prêmio Educador Nota 10, uma iniciativa da Fundação Victor Civita em parceria com a Fundação Roberto Marinho, definiu na última sexta-feira os 50 finalistas e, entre eles, os dez Educadores Nota 10 de 2016. Foram inscritos mais de 4.200 trabalhos neste ano, um crescimento de 16% em relação ao ano passado.

Os 50 finalistas serão contemplados com uma assinatura do site NOVA ESCOLA CLUBE, com vigência de um ano. Os dez vencedores, além da assinatura, recebem um vale-presente no valor de 15.000 reais cada um.

Participaram do processo professores, diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais de educação infantil e do 1º ao 9º ano do ensino fundamental (incluindo educação de jovens e adultos – EJA), nas seguintes disciplinas: Alfabetização, Língua Portuguesa, Educação Física, História, Arte, Língua Estrangeira, Ciências, Matemática e Geografia.

Criado em 1998, o Prêmio Educador Nota 10 é uma iniciativa da Fundação Victor Civita para a valorização do trabalho docente e a disseminação de práticas educativas de sucesso. Em 2016 é apresentado pela Editora Abril e pela Rede Globo, em parceria com a Fundação Roberto Marinho. Os dez vencedores concorrem agora ao prêmio de Educador do Ano, que será anunciado no dia 17 de outubro de 2016, em São Paulo.

Aqui, a lista dos dez Educadores Nota Dez de 2016:

Carlos Eduardo Canani (Lages/SC), “Por um fio de memória”
Débora Gomes Gonçalves (Salvador/BA), “Projeto tartarugas marinhas”
Fábio Augusto Machado (São Paulo/SP), “A construção da identidade”
Greiton Toledo de Azevedo (Goiânia/GO), “Matemática e games? Eis a questão!”
Karin Elizabeth Bergamin Groner (Nova Europa – SP), “Projeto didático leitura dramática”
Luiz Weymilawa Suruí (Cacoal/RO), “Lap Gup: Nossa casa, nosso lar”
Marilei Roseli Chableski (Joinville/SC), “Pé com café”
Rodrigo Barbosa Froés (Manaus/AM), “Escola de qualidade responsbilidade de todos”
Selene Coletti (Itatiba/SP), “Mapas do tesouro que são um tesouro”
Wemerson da Silva Nogueira (Nova Venécia/ES), “Filtrando as lágrimas do Rio Doce”