Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Puxada por JBS, Bovespa fecha em queda de 1,40%

Processadora de carne bovina recuou 7,33% nesta terça-feira, a maior baixa do dia, após denúncia na Justiça contra seu controlador, Joesley Batista

A Bovespa fechou no vermelho nesta terça-feira, em um movimento de ajuste à queda de ADRs (recibos de ações) brasileiras registradas nesta segunda em Nova York, quando a bolsa paulista não operou devido ao feriado de aniversário da cidade de São Paulo. Os desempenhos ruins de Petrobras e JBS lideraram as perdas do dia.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 1,4%, a 37.497 pontos, renovando mínima desde 9 de março de 2009. O volume financeiro somava 4,5 bilhões de reais.

As ações da Petrobras recuaram, apesar da trégua do petróleo no mercado internacional. Os papéis preferenciais (sem direito a voto) da Petrobras fecharam em baixa de 4,76%, a 4,20 reais.

O recuo das ações da JBS foi ainda mais forte. Os papéis fecharam a 9,86 reais com a queda de 7,33%. Os investidores se desfizeram das ações após a revelação de que o Ministério Público Federal de São Paulo denunciou o presidente do conselho de administração da empresa, Joesley Batista, e mais oito executivos por suspeita de fraude contra o Sistema Financeiro Nacional.

Leia também:

MP denuncia Joesley, da JBS, e Heraldo, do Banco Rural, por crime contra o sistema financeiro

Com alta do petróleo, dólar fecha em baixa de 0,78%

(Com agência Reuters)