Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Prévia do PIB’ indica crescimento de 0,41% em julho, diz BC

É a segunda alta consecutiva do IBC-Br, que cresceu 0,55% em junho em relação a maio; neste ano, só houve recuo em março e maio

economia brasileira cresceu 0,41% em julho na comparação com o mês anterior, de acordo com dados do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) divulgados nesta quinta-feira. O indicador é uma estimativa da atividade econômica feito pelo BC, e é considerado uma “prévia” do PIB.

É a segunda alta consecutiva do IBC-Br, que cresceu 0,55% em junho em relação a maio. Neste ano, só houve recuo no indicador em março (de 0,28%) e maio (0,41%). Na comparação entre julho deste ano e o mesmo mês do ano passado, o avanço da atividade foi de 1,48%.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

O indicador oficial sobre o desempenho da economia é o PIB, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),  e que representa uma  soma mais abrangente, de todas as riquezas produzidas pelo país. No trimestre encerrado em junho, o IBGE registrou alta no PIB, de 0,2%, que foi puxada pela alta no consumo das famílias.

A previsão dos economistas de mercado para o PIB de 2017 é de expansão de 0,60%, segundo o último Boletim Focus.