Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prêmio de risco espanhol cai ao nível mais baixo desde abril

Comportamento dos papeis reflete a melhora da confiança dos investidores no país, após os Estados Unidos terem adiado medidas de austeridade fiscal

O prêmio de risco da Espanha registrou forte queda nesta quarta-feira, no primeiro pregão do ano, fechando a 359,5 pontos básicos – sua marca mais baixa desde o início de abril de 2012. A notícia representa uma melhora da confiança dos investidores no país.

O prêmio espanhol para dez anos havia começado o pregão a 389 pontos básicos. Mas a diferença entre o bônus do país para o alemão do mesmo prazo – cálculo que justamente permite medir o risco do papel – passou a cair com força ao longo do dia. A rentabilidade do bônus espanhol a dez anos caiu para 5,037%, seu nível mais baixo desde o início de março, enquanto a rentabilidade do bônus alemão de mesmo prazo subiu ligeiramente até 1,442%.

O prêmio de risco espanhol oscilou durante o ano passado entre 299,8 pontos até 658 pontos – a maior taxa desde a criação do euro.

O mercado de dívida soberana europeia começou o ano com tranquilidade depois que um acordo no Congresso dos Estados Unidos evitou temporariamente as temidas consequências do ‘abismo fiscal’, que poderia colocar a maior economia do mundo em recessão novamente.

Leia também:

Espanha continua em recessão nos últimos meses de 2012

Rajoy afirma que a Espanha só voltará a crescer em 2014

(com agência EFE)