Preço dos imóveis tem alta de 6,7% em 2014, aponta FipeZap

Trata-se da menor alta anual já registrada pelo índice, cuja série histórica começou em 2010. Em 2013, aumento foi de 13,74%

O preço médio dos imóveis fechou 2014 com alta de 6,7%, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Esta foi a menor alta anual registrada pelo índice FipeZap, cuja série histórica foi iniciada em 2010. Em 2013, o aumento foi de 13,74%. Em 2012, a alta foi de 13,66%, e em 2011, de 26,32%.

Mesmo com o aumento no valor médio, os preços dos imóveis ficaram praticamente estáveis em termos reais (descontada a inflação) no ano passado. Isso acontece porque o avanço foi próximo à projeção do Banco Central (BC) de alta de 6,4% para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2014. Com isso, a alta em termos reais deve ser de 0,3%.

Em relação a dezembro, apenas 4 das 20 cidades pesquisadas registraram variação mensal acima da inflação de 0,75% esperada para o mês: Recife (1,5%), Vitória (0,8%), São Caetano do Sul (0,77%) e Goiânia (0,79%). A média para as 20 cidades foi de 0,33% de aumento em dezembro. Segundo a Fipe, os dados mostram que os preços dos imóveis chagaram ao final do ano com um aumento em ritmo menor do que os demais preços da economia, ou seja, em queda real.

Leia mais:

Valor de imóveis pode cair em 2015

Inflação do aluguel fecha 2014 em 3,69% – menor taxa em 5 anos

Preço médio de imóveis sobe 0,45% em novembro

O preço do metro quadrado (m²) médio das 20 cidades pesquisadas encerrou 2014 valendo 7.537 reais. A cidade com o m² mais caro no ano passado continuou sendo o Rio de Janeiro (10.893 reais), seguida por São Paulo (8.351 reais). Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (3.386 reais) e Goiânia (4.056 reais).