Nova versão do iOS tem função escanear e arrasta e solta

Atualização deve estar disponível para os usuários a partir de setembro

A Apple anunciou na última segunda-feira as novas atualizações para o sistema iOS 11. A nova versão deve chegar aos usuários entre setembro e dezembro deste ano.

O sistema promete maior interatividade com a assistente pessoal Siri, além de disponibilizar outros recursos, como o de realidade aumentada e uma ferramenta que não deixa o motorista se distrair com notificações ao dirigir.

Confira o que muda:

iPhone e iPad

Siri – Com a atualização, a assistente pessoal recebeu novos recursos de inteligência artificial, ganhando mais expressividade e uma voz mais natural, segundo a Apple. A Siri também passa a traduzir palavras do inglês para chinês, espanhol, alemão, italiano ou francês.

Ao pedir uma música para a assistente, a Siri identifica e sugere canções conforme o histórico do Apple Music do usuário.

Com o iOS 11, a Siri também irá aprender com o usuário e poderá antecipar e fazer sugestões antes mesmo de serem pedidas. Isso acontece porque as informações que são compartilhadas com a Siri são criptografadas, mas permanecem confidenciais.

A Siri também sugere buscas no Safári baseadas no que você estava lendo há pouco. E, ao marcar uma consulta ou reservar um voo em um site de viagens, por exemplo, ela pergunta se deve adicionar o evento ao seu calendário.

AirPlay 2 – Com o recurso, é possível controlar o sistema de áudio e alto-falantes de sua casa em qualquer cômodo pelo próprio aparelho. Também será possível ajustar o volume das músicas.

ARKit – O novo iOS 11 possibilita ao usuário experiências com a realidade aumentada. A tecnologia funciona como o aplicativo Pokémon Go e alguns filtros do Snapchat, ao combinar objetos e informações digitais com o ambiente ao redor. O recurso poderá ser usado em jogos e outros aplicativos.

Central de controle – A nova versão traz um novo design para a central. Ao deslizar o dedo de cima para baixo, o usuário agora poderá personalizar a ferramenta com os aplicativos favoritos.

Tela bloqueada – O usuário poderá verificar as notificações mesmo com a tela bloqueada. É necessário apenas que a tela seja deslizada do topo para baixo.

Não perturbe – O iPhone vai identificar quando o usuário estiver dirigindo e previne que ligações, mensagens e outras notificações sejam distrações para o motorista. Quem estiver tentando entrar em contato irá receber uma notificação de aviso de que o usuário está ao volante.

Teclado QuickType – Com o novo iOS 11, o teclado irá se adaptar se o usuário não puder teclar com as duas mãos. Ao segurar a tecla de emoji, o sistema disponibiliza a opção de “digitação com uma mão” e as teclas irão automaticamente para perto do dedão do usuário.

Configuração automática – Ao segurar seu novo iPhone ou iPad próximo a um Mac ou aparelho iOS que tenha sido seu, a maioria de suas configurações e preferências, além de senhas no iCloud, serão importadas na hora.

Live photo – Os usuários podem usufruir de três novas funções. O “Loops”, que como o nome diz, cria um loop com a imagem selecionada. Com o recurso “Quicar” a foto faz movimentos para frente e para trás. O “Longa Exposição” permite que o usuário capture imagens em movimento.

Câmera – Novos filtros foram adicionados e houve algumas modificações. Segundo a Apple, as fotos em Modo Retrato passam a ser mais expressivas e os tons de pele ficam mais naturais. Há também a tecnologia de compressão, que permite que o usuário tire fotos com a mesma qualidade de antes, mas o arquivo salvo fica com metade do tamanho.

App Store – As mudanças também alcançaram a loja de aplicativos da Apple. A nova sessão “Today” deixa em destaque novos aplicativos. O usuário também pode acessar matérias diárias escritas por especialistas e uma aba só para Jogos.

Mensagens – Os famosos emojis foram redesenhados. É possível compartilhar stickers, emojis e jogos deslizando o dedo pela gaveta de apps, na parte inferior do teclado.

iPad Pro

Arquivos – O novo aplicativo reúne todos os documentos do usuário em um só lugar. No Arquivos é possível encontrar os conteúdos salvos no iPad e também os que foram salvos dentro dos aplicativos, em outros aparelhos com iOS e nos serviços de nuvem.

Dock – Com a atualização, o atalho pode ser personalizado pelo usuário ou se adaptar conforme os aplicativos mais acessados. O Dock também permite que o usuário realize mais de uma tarefa ao mesmo tempo, com o multitarefa. Agora o usuário pode usar dois aplicativos ao mesmo tempo.

Arrastar e soltar – Possibilita que o usuário passe textos, fotos e filmes de um aplicativo para outro, como anexar uma foto em um e-mail.

Escanear e assinar – O novo scanner do notas detecta e escaneia documentos, ajustando bordas e removendo distorções e reflexos automaticamente, segundo a Apple. O usuário pode preencher formulários e assinar papéis com a Apple Pencil.