LinkedIn alcança marca de 29 milhões de usuários no Brasil

A rede possibilita que o usuário se conecte com outros, o que acaba gerando novas oportunidades para a vida profissional dos usuários

O LinkedIn, rede social que conecta profissionais ao redor do mundo, alcançou nesta segunda-feira a marca de 500 milhões de usuários. Apenas no Brasil, são 29 milhões de internautas cadastrados na rede – tornando o país o 3º maior mercado da empresa.

A rede possibilita que o usuário se conecte com outros, o que acaba gerando novas oportunidades para a vida profissional de cada internauta cadastrado no site. “De um lado, estão usuários que buscam oportunidades de trabalho, ampliam sua rede de contatos, consomem informações e conteúdo que contribuem para o seu dia a dia. De outro, estão milhões de empresas que buscam profissionais e oferecem seus produtos de uma forma segmentada e cuidadosa”, comenta a gerente de comunicação do LinkedIn para a América Latina, Fernanda Brunsizian.

 

Em média, cada nova conexão no LinkedIn representa 400 pessoas para as quais o usuário pode ser apresentado e começar uma relação profissional, abre a possibilidade para o internauta se candidatar a novas vagas e engloba para a rede do usuário empresas que podem estar procurando habilidades e conhecimentos que o mesmo possui.

Atualmente, os usuários brasileiros são responsáveis por cerca de 12 mil artigos publicados semanalmente, que ajudam a rede a se manter informada aos assuntos que impactam na vida profissional das pessoas. No total, são 100 mil artigos escritos por semana por todos os internautas da rede.

O usuário também tem oportunidade de acessar a mais de 10 milhões de vagas anunciadas e tem a disposição dados de mais de 9 milhões de empresas.

Entretanto, para usufruir de toda a experiência do LinkedIn, o usuário não pode esquecer de manter o perfil atualizado. O site lista alguns pontos que os internautas devem dedicar atenção especial porque contribui para o crescimento profissional na rede. Uma das dicas é detalhar experiências anteriores, que geram 12 vezes mais visualizações para o perfil. Manter a foto atualizada atrai 21 vezes mais visualizações em relação aos usuários que não têm esse hábito.

O uso do LinkedIn é completamente gratuito e o site está disponível em 200 países.