Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hong Kong anuncia que vai parar de importar carne brasileira

Apesar de temporária, medida é preocupante para o país, já que ex-colônia britânica é uma das principais importadoras do produto brasileiro

Hong Kong se tornou o mais recente país a proibir a importação do alimento após a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, levantar questões sobre a segurança da indústria de carne do país.

“Tendo em vista que a qualidade da carne exportada do Brasil é questionada, por prudência, o Centro de Segurança Alimentar suspendeu temporariamente a importação de carnes congeladas e refrigeradas e carne de aves do Brasil com efeito imediato”, informou a entidade em comunicado.

Um porta-voz da agência disse que continuará a manter contato com as autoridades brasileiras para obter informações detalhadas para futuras avaliações.

Hong Kong, que em 2016 importou 773.070 toneladas do alimento, se junta a China, Chile e União Europeia, que anunciaram na segunda-feira medidas para proibir temporariamente as importações do Brasil ou de empresas específicas acusadas pela PF de subornar funcionários sanitários por certificados de saúde. Os Estados Unidos e outros países disseram que iriam aumentar as inspeções.

Em contrapartida, a Coreia do Sul voltou atrás na decisão de banir a importação de frango produzido no Brasil e anunciou, na abertura do mercado financeiro do país, que retomou as compras da proteína. No entanto, de acordo com o Ministério da Agricultura do país, a fiscalização será intensificada.

As medidas preocupam o governo federal, que iniciou uma ofensiva para evitar o fechamento de mercados internacionais ao produto nacional – o que, na avaliação de Blairo Maggi, seria “um desastre”.

Tanto a JBS quanto a BRF têm negado a venda de carne ruim ou de subornar funcionários.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, visita nesta terça-feira a planta da Seara em Lapa (PR), um dos alvos da operação. A empresa é uma das que exportam para a China.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Atitude irresponsável. Se faltar alimento no mundo, o socorro também não lhe chegará de imediato, pois age por conveniência.

    Curtir

  2. Irresponsabilidade! Quem vai pagar agora o prejuízo? E os milhões de empregos do setor? Sinceramente…

    Curtir