França quer encerrar venda de carros a diesel e gasolina até 2040

O plano francês prevê a neutralização de suas emissões de carbono até 2050

A França pretende encerrar as vendas de veículos a diesel e a gasolina até 2040 e neutralizar suas emissões de carbono 10 anos depois, disse o ministro da Ecologia francês, Nicolas Hulot, durante apresentação de medidas para manter o impulso ao Acordo do Clima de Paris.

Hulot apresentou as medidas divididas em seis temas, com 23 propostas de políticas, mas a maioria não apresentava detalhes específicos sobre como exatamente os objetivos serão alcançados. “O objetivo de neutralizar as emissões de carbono nos forçará a realizar os investimentos necessários”, destacou.

Ele disse que as propostas, como a decisão de acabar com a venda de veículos movidos a combustíveis fósseis, são uma prioridade e constituem uma “revolução”, mas que as soluções estão disponíveis, e os fabricantes de automóveis franceses ajudarão nessa tarefa.

Os veículos a diesel e a gasolina representaram cerca de 95,2% da frota francesa de automóveis novos no primeiro semestre, enquanto os veículos elétricos detiveram 1,2% do mercado. Os carros híbridos representaram cerca de 3,5%.

O presidente francês, Emmanuel Macron, quer continuar com a implementação do pacto para combater a mudança climática depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou o país do acordo histórico alcançado em 2015.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Robson La Luna Di Cola

    É uma tendência mundial. Energia solar, e em breve os reatores à fusão nuclear. E nós, continuaremos a investir em exploração do petróleo, até quando?

    Curtir