Focus: economistas elevam previsão do PIB de 2017

Expectativa subiu de 0,40% para 0,43%. Há um mês, número era maior: 0,47%

Os economistas do mercado financeiro elevaram suas projeções para a atividade em 2017. Pelo Relatório de Mercado Focus divulgado na manhã desta segunda-feira a mediana para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano avançou de 0,40% para 0,43%. Há um mês, a perspectiva era de avanço de 0,47%. Para 2018, o mercado manteve a previsão de alta de 2,50%, a mesma de quatro semanas atrás.

Na ata do último encontro do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada na semana passada, os diretores do Banco Central afirmaram que os indicadores permanecem compatíveis com a estabilização da atividade econômica ao longo de 2017.

No relatório Focus desta segunda, as projeções para a produção industrial indicaram um cenário de recuperação neste e no próximo ano. O avanço projetado para 2017 passou de 1,26% para 1,36%. Há um mês, estava em 1,22%. No caso de 2018, a estimativa de crescimento da produção industrial foi de 2,28% para 2,50%, ante 2,10% de quatro semanas antes.

Balança comercial

Os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para a balança comercial em 2017. A estimativa de superávit comercial este ano foi de 52 bilhões de dólares (cerca de 162 bilhões de reais) para 53 bilhões de dólares (165 bilhões de reais), ante 49,5 bilhões de dólares (154 bilhões de reais) de um mês antes. Na estimativa mais recente do BC, o saldo positivo de 2017 ficará em 51 bilhões de dólares (cerca de 159 bilhões de reais).

Para 2018, os economistas do mercado projetam um superávit comercial de 42 bilhões de dólares (131 bilhões de reais), igual ao cálculo da semana anterior. Há um mês, a expectativa era de 41,2 bilhões de dólares (cerca de 128 bilhões de reais).

O mercado alterou a estimativa de rombo nas contas externas em 2018, de 36,75 bilhões de dólares (cerca de 114 bilhões de reais) para 37 bilhões de dólares (115 bilhões de reais). Um mês atrás, o rombo projetado era de 36,5 bilhões de dólares (114 bilhões de reais).

Para os analistas consultados semanalmente pelo BC, o ingresso de Investimento Direto no País (IDP) será mais do que suficiente para cobrir o resultado deficitário, tanto em 2017 quanto em 2018. A mediana das previsões para o IDP em 2017 seguiu em 75 bilhões de dólares (234 bilhões de reais).

Para 2018, a perspectiva de volume de entradas de investimento direto, de acordo com o Focus, foi de 75 bilhões de dólares (234 bilhões de reais), ante 74 bilhões de dólares (cerca de 231 bilhões de reais) de quatro semanas antes.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Robson La Luna Di Cola

    E o desemprego? Continuará alto. Podem apostar.

    Curtir