Exportação do agronegócio do Brasil em 2011 é recorde

SÃO PAULO, 10 Jan (Reuters) – As exportações do agronegócio do Brasil atingiram o recorde de 94,59 bilhões de dólares em 2011, com uma alta de 24 por cento em relação ao ano anterior, e o Ministério da Agricultura já prevê superar a marca de 100 bilhões de dólares neste ano, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira.

“Os produtos do complexo soja (grão, farelo e óleo) foram os que mais contribuíram para o crescimento das vendas externas e os que registraram o maior valor de exportação”, informou o ministério.

As exportações do complexo soja totalizaram 24 bilhões de dólares. As vendas externas do grão tiveram um salto de 47,8 por cento em valor, totalizando 16,31 bilhões de dólares, em função de um incremento de 30 por cento no preço médio da oleaginosa, além de maiores volumes exportados.

As exportações de farelo e óleo de soja somaram, respectivamente, 5,69 bilhões de dólares e 2,13 bilhões de dólares em 2011.

Segundo o ministério, além da soja, as commodities que mais contribuíram para o salto nas vendas externas foram o café, o complexo sucroalcooleiro e as carnes.

Os principais destinos dos embarques de produtos nacionais foram os mercados da União Europeia, China, Estados Unidos, Rússia e Japão.

No caso do complexo soja, 45,4 por cento das exportações, ou 10,96 bilhões de dólares, seguiram para a China.

As importações brasileiras de produtos agropecuários atingiram 17,08 bilhões de dólares no ano anterior, ou 28 por cento acima do registrado em 2010.

Com isso, o país registrou um superávit de 77,51 bilhões de dólares na balança comercial do agronegócio em 2011.

“O bom desempenho fez de 2011 o melhor ano para a balança comercial do agronegócio desde 1997”, informou o ministério.

(Por Fabíola Gomes)