Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em pregão turbulento, Ibovespa fecha em forte baixa de 8,8%

O principal índice da bolsa caiu tanto, pelo noticiário político, que operações foram suspensas por meia hora; o Ibovespa encerrou o dia em 61.597 pontos

O principal índice Ibovespa, da B3 (antiga BM&FBovespa), fechou nesta quinta-feira em forte baixa de 8,8%, aos 61.597,06 pontos, em um turbulento pregão após a delação premiada do empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, segundo a qual o presidente Michel Temer deu apoio à compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) e do operador Lúcio Funaro, ambos presos na Operação Lava Jato.

Devido à instabilidade nos mercados, a bolsa chegou a interromper as operações durante a manhã, ativando o mecanismo chamado circuit breaker durante meia hora após o Ibovespa despencar 10% por volta das 10h20. A interrupção não acontecia desde 2008, na época motivado pela crise econômica global com a quebra do banco de investimentos americano Lehman Brothers, e durou 30 minutos.

No mercado de câmbio, também fortemente influenciado pelo abalo no governo Temer, o dólar comercial disparou 8,15% e fechou cotado a 3,389 reais para venda.

Para tentar impedir uma queda ainda maior da moeda americana, o Banco Central fez hoje quatro – ao invés de um – leilões de swap cambial, uma operação que equivale à venda futura de dólares.

(Com EFE)