Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Crédito para a compra da casa própria cresceu em 2014

Operações de crédito para a habitação cresceram 26,7% no ano passado, informou o BC. Na contramão, crédito para compra de veículos recuou 4,4%

As operações de crédito direcionado para a habitação no segmento pessoa física cresceram 2% em dezembro ante novembro, totalizando 432,482 bilhões de reais, de acordo com o Banco Central (BC). No acumulado de 2014, a expansão foi de 26,7%. Em dezembro de 2013, o saldo estava em 341,465 bilhões de reais e, um ano antes, em 255,366 bilhões de reais.

Segundo o BC, 41,726 bilhões de reais do estoque de dezembro de 2014 se referem a empréstimos a taxas de mercado, determinadas por meio da oferta e procura. Já as taxas reguladas pelo governo somaram 390,756 bilhões de reais. As operações a taxas de mercado apresentaram crescimento de 1,5% no mês e de 14,5% no ano. Já os financiamentos a taxas reguladas avançaram 2,1% em dezembro ante o mês anterior e subiram 28,1% no ano.

Leia mais:

Estoque de crédito cresce 11,3% em 2014, menor ritmo em sete anos

Juro do cheque especial supera 200% ao ano em 2014

Veículos – Mesmo com as medidas do BC anunciadas em julho e agosto para fomentar o crédito, em especial, o setor de automóveis, o estoque de operações de crédito livre para compra de veículos por pessoa física recuou em 2014. A queda no ano foi de 4,4%, apesar de uma alta de 0,4% em dezembro na comparação com novembro.

O total de recursos para aquisição de automóveis por esse grupo de clientes ficou em 184,245 bilhões de reais em dezembro. Em igual mês de 2013, o estoque era de 192,797 bilhões de reais e, um ano antes, de 193,215 bilhões de reais.

Crédito – No total, o estoque total de crédito no Brasil subiu 2% em dezembro na comparação com novembro, encerrando 2014 com expansão de 11,3%, o menor ritmo desde 2007. Com o resultado, o mercado de crédito chegou a 3,02 trilhões de reais, ou 58,9% do Produto Interno Bruto (PIB), no ano passado.

(Com Estadão Conteúdo)