Caixa finaliza pagamento do lucro do FGTS para 88 milhões

O banco anunciou nesta terça-feira que concluiu a distribuição de R$ 7 bilhões aos trabalhadores, referentes aos ganhos de investimentos em infraestutura

A Caixa Econômica Federal finalizou o pagamento do lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A operação foi concluída pouco antes do prazo estabelecido por lei, na quinta-feira, 31 de agosto.

Foram distribuídos nesse processo 7,2 bilhões de reais a cerca de 88 milhões de trabalhadores, segundo a Caixa. Com os depósitos extras, o  índice de rentabilidade das 245,7 milhões de contas contempladas pela medida alcançou 7,14% em 2016. O pagamento foi proporcional ao saldo de cada conta no dia 31 de dezembro, com remuneração de cerca de 1,93 reais para cada 100 reais disponíveis à época (faça o cálculo aqui).

 

A liberação para os trabalhadores equivale à metade do lucro de 14,55 bilhões de reais que o fundo obteve no ano passado como resultado da aplicação dos recursos em obras de infraestrutura. Foi a primeira vez que o lucro do FGTS foi distribuído com os trabalhadores. A mudança foi incluída na medida provisória 763 – a mesma que liberou o pagamento das contas inativas do fundo.

O objetivo da divisão do lucro do fundo é tornar a remuneração do FGTS menos desvantajosa. Pela regra atual, o FGTS paga juros de 3% ao ano mais a taxa referencial (TR). Com isso, o rendimento tem ficado historicamente abaixo da inflação e de investimentos conservadores, como a poupança.

(Com Reuters)