Brasil tem melhor junho para geração de vagas formais desde 2014

Foram criados 9.821 postos no mês, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

O Brasil abriu 9.821 vagas formais de emprego em junho, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Trabalho.

No mês, foram 1.181.930 admissões e 1.172.109 demissões. Foi o terceiro resultado mensal positivo seguido e também o primeiro positivo para o mês desde 2014, quando foram abertas 25.363 vagas.

No primeiro semestre do ano, houve ganhos líquidos de 67.358 vagas. Nos doze meses até junho, 749.060 vagas foram fechadas.

O resultado de junho foi puxado pela agropecuária, que gerou 36.827 postos formais no mês. A administração pública também teve desempenho positivo, com geração de 704 vagas.

A construção civil foi o setor que mais fechou vagas: 8.963. O saldo também ficou negativo em segmentos importantes da economia, como indústria de transformação (-7.887 postos), serviços (-7.273 postos) e comércio (-2.747 postos). Serviços industriais de utilidade pública fecharam 657 postos, e a indústria extrativa mineral, 183.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Tio Do lanche

    Ótimo, só faltam 12 milhões de desempregados frutos do PT

    Curtir

  2. Tio Do lanche

    A veja restringe seu acesso, a UOL agradece…

    Curtir

  3. O,07% de 14.000.000.!
    Resultado fantástico e digno de ser a chamada principal de Veja.com.
    Uma porcaria de informação, como tudo em Veja nos últimos tempos!

    Curtir

  4. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    Por muito pouco o Brasil não vira uma Brazuela, por causa da desindustrialização acelerada que o Brasil sofre aliado ao Socialismo vagabundo de fim de feira da ex-URSS sendo implantado pelo partido de bolcheviques (o PT).
    “10 empresas que deram adeus à Venezuela” (Exame)

    Curtir