“Guerra” entre massas de ar faz a temperatura subir em SP e RJ

Ar quente e menos denso, sobre a região Sudeste, está impedindo o avanço dos ventos mais frios, da região Sul

A mudança brusca de temperatura, que resultou em 34° C na tarde desta segunda-feira na cidade de São Paulo e 37°C no Rio de Janeiro, foi causado por um fenômeno conhecido como bloqueio atmosférico. Segundo meteorologistas, o ar quente e menos denso, sobre a região Sudeste, está impedindo o avanço dos ventos mais frios, da região Sul.

“As massas de ar estão competindo nas regiões Sul e Sudeste e não conseguem atuar de forma equilibrada nessas áreas. O ar frio intenso no Sul está causando pancadas de chuva no Rio Grande do Sul, e o vento quente aumenta a intensidade do calor nas cidades do Sudeste”, afirmou Ernesto Alvin, meteorologista da unidade de São Paulo do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

A alta na média de temperaturas é comum para o período da primavera. A estação é uma transição do inverno, normalmente mais seco, para a o verão, com elevado nível de chuvas e aumento das temperaturas nas cidades do Sudeste.

Leia também:
Ano de 2014 teve o mês de junho mais quente já registrado
Oito dos nove anos mais quentes já registrados ocorreram após 2000

Segundo informações do Climatempo, as temperaturas continuarão elevadas até quinta-feira. No Rio, as temperaturas podem chegar perto dos 40°C, e em São Paulo a máxima atinge 34°C neste dia.

O final de semana pode ter temperaturas menores e no domingo os termômetros deve registar no máximo 28°C em São Paulo  e 29°C no Rio. Em ambas as cidades, a nebulosidade deve aumentar e as pancadas de chuvas devem ocorrer rapidamente em locais isolados.