Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Professores e alunos de federais protestam na Bovespa

Por Gheisa Lessa

São Paulo – Professores, alunos e demais funcionários das universidades federais em greve estão reunidos em uma manifestação na Rua 15 de novembro com a Três de Dezembro, no centro da capital paulista, em frente à Bovespa. O protesto reúne a Universidade Federal do Grande ABC (UFABC), Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O protesto faz parte da paralisação nacional dos servidores que foi decretada pela Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra), entidade que representa a categoria. De acordo com o presidente da associação dos professores da UFABC, Armando Caputi, há cerca de 200 pessoas no local e o número deve aumentar.

Caputi afirma ainda que a paralisação vai além do pedido de reajuste salarial para a categoria, “este é um ato que exige a reestruturação da carreira e melhores condições de trabalho, ou seja, queremos uma concessão educativa diferente da que o Governo quer implementar”, afirma o também professor da Universidade.

Os alunos, que aderiram à causa dos professores, também fazem parte da manifestação com cartazes, apitos e um carro de som. A aluna da Universidade Federal do ABC, Carla Cristina Souza Santos, que está no protesto, afirma que os alunos aderiram ao ato porque “a paralisação acabou tomando proporções para a melhora do ensino, e não só aumento de salário. Os alunos também declararam greve para evitar que os professores fiquem sozinhos nessa”, afirma.