Doente, deputado usa verba pública para uma viagem a cada 4 dias

Aníbal Gomes emendou quatro meses de faltas sob o argumento de que sofre com dores nas costas. Longe da Câmara, viajou mais de 30 vezes com o 'cotão'

Conhecido no noticiário político-policial da Operação Lava-Jato, o deputado federal e réu no petrolão Aníbal Gomes (PMDB-CE) é uma figura praticamente invisível na Câmara dos Deputados. De 1995 para cá (está no sexto mandato), há apenas registros de cinco discursos de Gomes em plenário – o último aconteceu em 2004, para saudar a nomeação do então senador e hoje deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT) ao cargo de presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Nesta legislatura, o peemedebista não apresentou nenhum projeto e, ao longo de todo o ano de 2016, apenas compareceu ao Congresso a partir de setembro.

A baixa assiduidade, no entanto, não se repete quando se trata de desfrutar dos privilégios concedidos aos congressistas. Mesmo em meio a uma sequência de faltas, o deputado cearense exigiu, por meio da cota parlamentar, o reembolso de seus gastos. O “cotão”, como é informalmente chamado, tem a finalidade exclusiva de custear despesas com o mandato. O deputado cobrou, no ano passado, o reembolso de 182.877,78 reais. Apenas deixou de apresentar notas enquanto afastou-se formalmente do cargo, de maio a setembro, e seu suplente sentou na cadeira.

Até mesmo quando justificou ter dores na coluna para não comparecer à Câmara – ele faltou a simplesmente todas as 36 sessões realizadas entre o início de fevereiro e o final de abril com tal argumento -, o deputado desfrutou do dinheiro que deveria cobrir exclusivamente gastos decorrentes da atividade parlamentar.

Nesse período, Gomes fez mais de trinta viagens entre Fortaleza, sua base eleitoral, e Brasília, onde mora com a família. Ou seja: uma média de um voo a cada quatro dias. Todas as notas foram apresentadas à Casa e, em seguida, reembolsadas. Ao faltar às sessões nos primeiros quatro meses do ano, o congressista afirmou que estava em tratamento de saúde.

O site de VEJA pediu os atestados, por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI), com as motivações apresentadas por Gomes para justificar as sucessivas ausências na Câmara dos Deputados. O fornecimento dos dados, no entanto, foi negado sob o argumento de que informações relativas a procedimentos médicos são “expressamente” consideradas atos pessoais e, portanto, protegidas por sigilo. A Casa ressaltou, ainda, que as informações exigem “consentimento expresso” para serem repassadas.

Procurado, o deputado disse que apresentou atestados em “quase todas as faltas”. “Houve algumas que não [apresentei]”, admitiu. “A gente fica até com vergonha. É tão problemático que às vezes a gente prefere não ir para não estar lá atormentando os médicos. Mas quase todas estão justificadas”, completou. A ausência por questões de saúde é um dos poucos argumentos aceitos para evitar que haja corte de salário proporcional à quantidade de faltas.

O deputado afirmou ainda sentir fortes dores na coluna e já ter passado por duas cirurgias. “O fato de estar doente, em crise, e, portanto, não ir ao plenário, não quer dizer que dois ou três dias depois eu não esteja bom o suficiente para fazer uma viagem ao meu estado. E coluna é assim, meu amor: tem dia que eu não me levanto. Aí eu tomo um remédio, ligo para o médico, e dois dias depois estou andando”, disse, para justificar a rotina de faltas.

Em dezembro de 2016, o Supremo Tribunal Federal acolheu denúncia do Ministério Público que esmiuçou um pouco mais profundamente a atuação do parlamentar cearense. Aníbal Gomes tornou-se réu por corrupção (ativa e passiva) e lavagem de dinheiro. Ele é acusado de prometer pagamento de propina de 800.000 reais ao então diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa para permitir e facilitar as negociações entre a estatal e empresas de praticagem da Baixada Santista e de São Sebastião (SP). Gomes também é alvo de outra denúncia, ainda não analisada pelo Supremo, em que é acusado de receber propina no petrolão em nome do presidente do Senado, Renan Calheiros , (PMDB-AL), de quem é aliado.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Quando estiver na cadeia, a coluna não vai doer, vai ficar deitadnho quietinho

    Curtir

  2. Silvia Valle

    Absurdo!!!! Enquanto as pessoas enfrentam filas do SUS para conseguirem consultas por realmente estarem doentes, esse senhor brinca com nosso dinheiro !!!! Quero ver aparecer dores quando passar a enfrentar essas filas

    Curtir

  3. Tutti buona gente!

    Curtir

  4. Daniel Carvalho - PARAÍBA

    Amparado, blindado. Povo serviçal dessa porqueira até quando?

    Curtir

  5. joao pereira de oliveira

    Esse é inseto do mal.

    Curtir

  6. marcos mouta

    Os politicos e também o povo fazem desse país o c* do mundo!…………………………porque votam num m**** desses?

    Curtir

  7. roney rodrigues

    vagabundo

    Curtir

  8. MARCOSRAINHO

    O povo de fortaleza vai reelegê-lo.

    Curtir

  9. sidney abreu

    Típico político Brasileiro, não trabalha, recebe em dia todos os proventos e ainda acha normal sua situação. Até quando vamos manter esses politicos de carreira e sustentar verdadeiros vagabundos corruptos??

    Curtir

  10. Alcivando Lucio

    Que me perdoe os cearenses, porém quando leio que um pilantra destes está no sexto mandato e não apresenta nada para o estado é pouco frequenta o parlamento começo a acreditar que o brasileiro não sabe votar.

    Curtir

  11. Vá se tratar no SUS seu fdp de chifres!!!

    Curtir

  12. Michelle Rombaldi

    Isso é Brasil sil sil! Que absurdo! Quando essa bandalheira com o dinheiro do contribuinte vai cessar? É desanimador.

    Curtir

  13. É mais um nordestino safado, corrupto e sem vergonha, L I X O.

    Curtir

  14. Ronaldo Magnavacca

    É facil resolver o problema desse ai: Aposenta-o por invalidez, passa o cargo dele para outro que esteja disposto a trabalhar e resolvido. Assim toda vez que ele sentir as dores, ele não precisa ficar pegando atestado (diga-se que deve ser tudo falso né!!!) e o contribuinte brasileiro agradeçe.

    Curtir

  15. Daniel Soares

    Cortar essa vergonhosa mordomia, que não é a única, são centenas, pagas com dinheiro público não vejo nenhuma iniciativa do governo nesse sentido mas cortar das migalhas que o trabalhador brasileiro ganha ai o governo quer e faz questão de fazer. Isso é Brasil.

    Curtir

  16. Daniel Soares

    Para trabalhar ele tem dores nas costas, mas para viajar não, um verdadeiro sanguessuga da nação e ainda se diz um representante do povo. Cretinice e safadeza sem limites e o povão vai lá e o reelege. Tão safados quanto o safado.

    Curtir

  17. Esse parasita vagabundo está aí, chupando o sangue do povo desde 1995, parabéns Fortaleza, vocês fazem o país inteiro pagar pelo voto errado de vocês.

    Curtir

  18. Quarenta anos atrás o PELÉ disse que o povo não sabia votar e quase foi linchado. Hoje continua a mesma coisa, com esse vigarista, com o Renan, o Rodrigo Maia, o Geddel, o Pallocci, o Zé Dirceu, o Lula, a Dilma, o Collor, o Sarney, toda a quadrilha do PT, etc. Parabéns à República das Bananas.

    Curtir

  19. Em uma Cleptocracia declarada como é o Brasil, ele se aproveita de um conjunto imoral de leis e normas, que beneficia os políticos corruptos! O STF, assiste a tudo, de camarote, e partilha o gosto pelo escárnio! Nada vai acontecer com esse bandido, gângster, e ele sabe disso! Vai continuar a meter a mão no dinheiro público! O povo, esse, não tenho pena, afinal votaram no bandido, e não cobram respeito!

    Curtir

  20. Fábio Luís Inaimo

    Esse povo, ignorante, gosta mesmo é de coroné com cara de cangaceiro como esse aí !! Vai votar ruim lá longe !!!

    Curtir

  21. Francisco Lemos

    por essa, e outras, voce, cidadao otario, paga os impostos mais caros do planeta terra.

    Curtir

  22. JOSÉ ALVES GUIMARÃES

    mAS, AFINAL, AONDE ESTÁ A SURPRESA?

    Mas, afinal, aonde está o ineditismo? Todos os “parlamentares” utilizam os mesmos expedintes, em maior ou menor frequência. Na verdade, os “políticos” brasileiros vivem exclusivamente do sangue e do suor do povo abestalhado que trabalha e paga impostos abusivos para sustentar e enriquecer uma corja que nada produz e suga as riquezas do país. Todos são parasitas e sanguessugas, pois não servem para nada de bom.

    Curtir

  23. Caius Justus

    Vamos fechar o congresso brasileiro! NÃO SERVE PARA NADA. É SÓ DESPESA E PILANTRAGEM.

    Curtir

  24. Paulo Souza Santos

    E o Povo Ó!!!

    Curtir

  25. Almicre Piovezan

    Enquanto não muda o sistema de escolha de candidatos, como empresário voto em BRANCO.

    Curtir

  26. Eliseu Egídio Porto

    24 anos. Esse é o tempo que o vagabundo passará no Congresso. O nordestino não sabe votar? Com certeza, e os paulistas também não, pois mantiveram outro vagabundo, Eduardo Suplicy, no senado pelo mesmo tempo. Não satisfeitos, o elegeram vereador com número recorde de votos. Conclusão: temos o país e os políticos que merecemos.

    Curtir

  27. Quem votou neste filho da P no minimo sente vergonha de tal atitude ou é igual a ele um ladrão

    Curtir

  28. quero, peço ” INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL ” chega de tanta roubalheira
    palhaçada , m\arquem bem o rosto dele

    Curtir

  29. Reforma política já. Insuportáveis figuras inexpressivas e corruptas políticas eleitas às costas de um sistema eleiroral fajuto e do analfabetismo de muitos.

    Curtir

  30. Valk Paulino

    Bandido…Bandido…Bandido…simplesmente Bandido, os filhos e netos desse crápula devem terem a maior vergonha de serem descendente desse sujeito.

    Curtir

  31. Carla Santos

    Vai ver q viajar faz parte da fisioterapia dele kkkk!

    Curtir

  32. foro privilegiado…

    Curtir

  33. Micky Oliver

    PARASITA, FDP!! MORRA DE UMA VEZ!!!

    Curtir

  34. Paulo Bandarra

    Que partidinho este PMDB. Não tem um que se salve.

    Curtir

  35. Alguém se surpreendeu com a matéria???Enquanto o povo não souber votar(6 mandatos)não vamos nos livrar desses vagabundos!Alô Cearenses!Olho vivo!O cara tá fazendo o estado de bobo!!!

    Curtir

  36. Pele de saco imprestável. Vamos esperar ele no aeroporto.

    Curtir

  37. Januario Neto Souza Neto

    cadeia nesse pilantra!

    Curtir

  38. Antonio Radhar

    Pois é, e o vigarista se elege pela 6º vez !!! O povão merece ter esse tipo de político ….

    Curtir

  39. Jorge Luiz Teixeira

    A palavra que qualifica e resume definitivamente a dignidade dos membros dos 3 poderes da República Federativa de Pindorama é #SURREAL !
    Ê laiá !
    P.S. Quem lê está coluna e perder o Villa no roda viva, é um tremendo de um sem noção !

    Curtir

  40. Deusdede Oliveira

    Faço apenas uma pergunta! Qual o partido desse …. Se fosse nós contribuintes, seriamos taxado como vagabundos segundo se expressou nosso político mais limpo que passou na Presidência da República (FHC). Imaginem se fosso cassar os do PMDB teriam que criar um novo. São uns brncalhões

    Curtir

  41. Tiberio Franca

    Bandido,velho pilantra,se pegasse ele na rua era uma surra tão grande que ele ia levar, que a coluna dele ia ficar boazinha na hora

    Curtir