No Dia da Consciência Negra, Paulo Henrique Amorim teve de publicar isto

Vocês se lembram — recorram ao arquivo (aqui, há uma seleção de textos) — de todas as coisas asquerosas que Paulo Henrique Amorim já escreveu contra o jornalista Heraldo Pereira. Um acordo judicial obrigou o animador de TV e blogueiro a tornar pública uma retratação por conta das ofensas dirigidas ao jornalista. Ele o fez, […]

Vocês se lembram — recorram ao arquivo (aqui, há uma seleção de textos) — de todas as coisas asquerosas que Paulo Henrique Amorim já escreveu contra o jornalista Heraldo Pereira. Um acordo judicial obrigou o animador de TV e blogueiro a tornar pública uma retratação por conta das ofensas dirigidas ao jornalista. Ele o fez, mas de modo meio maroto, acrescentando considerações que torciam o sentido da decisão judicial.

Teve de retratar-se de novo — sem firulas. No Dia da Consciência Negra, aquele que chamou Heraldo Pereira de “negro de alma branca” teve de publicar nos jornais a seguinte retratação:

 

Encerro
Paulo Henrique Amorim achou que poderia ensinar a Heraldo como ser um bom negro. Afinal, por que não um branco para fazê-lo, não é mesmo? Heraldo resolveu ensinar-lhe como funciona o estado de direito para brancos, negros, altos, baixos, inteligentes, bobalhões…

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s