Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Uma esfinge sem segredos chamada Marina Silva. Ou: A Marina “sonhática” é “pesadêlica”

Por: Reinaldo Azevedo

Marina Silva é uma esfinge. Sem segredos. O que ela pensa? Dizer que ninguém sabe é bobagem. Dá, sim, para saber. Não vou cair aqui na conversa mole de perguntar se Marina vai ou não realinhar as tarifas se, candidata do PSB, for eleita. É claro que vai. Qualquer que seja o eleito, o reajuste vai se impor. Contra quem? Contra ninguém. O realinhamento será uma imposição da realidade. Afinal, o Brasil não é a Venezuela. Se for presidente, Marina também vai ter de cortar gastos públicos — é o que Dilma ou Aécio terão de fazer. “Mas tirar dinheiro de onde?” De algum lugar. Ou o país vai para o vinagre. Nenhuma dessas vulgaridades me interessa. Essa gritaria só serve para gerar calor. E nenhuma luz.

A Marina que importa é outra. Sim, concordo: é quase impossível entender o que ela fala, com suas metáforas, alegorias e derivações impróprias — refiro-me à gramática mesmo! — porque, sei lá, os 340 mil verbetes contidos no “Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa” não lhe bastam… Faz sentido: pensamentos intraduzíveis pedem palavras… indizíveis. Pode não dar para entender o que ela diz, o que sempre desperta a suspeita do sublime, mas dá, sim, para saber o que ela pensa. E ela não pensa coisas boas.

Começo pela questão mais recente. Marina Silva se desgarrou do PT, como é sabido, mas não se livrou dos piores vícios da nave-mãe. Querem um exemplo? Ela foi uma das mais entusiasmadas defensoras do Decreto 8.243, o tal que atrela a administração federal a conselhos populares e institui, na prática, uma Justiça paralela. Seu “movimento”, que não é “partido”, combina com aquele estado de permanente mobilização, em que a militância atropela as instâncias da democracia representativa.

Recuemos um pouco. Como esquecer a atuação de Marina Silva durante a votação do Código Florestal? Se a sua proposta tivesse vingado, o país teria sido obrigado, atenção!, a reduzir a área destinada à agricultura e à agropecuária. O que escrevo aqui não é especulação. É apenas um fato. É demonstrável. Em 2013, a balança industrial produziu um déficit de US$ 105 bilhões, e o setor agropecuário, um superávit de US$ 82,91 bilhões. Isso para um país que teve um superávit de apenas US$ 2,5 bilhões. E olhem que foi uma trapaça contábil. De verdade, o saldo foi negativo. Ou por outra: o agronegócio salva o Brasil da bancarrota, mas Marina Silva queria diminuir a área plantada.

É o tipo de militância que seduz os descolados e os ignorantes, mas de ampla repercussão no exterior, especialmente nos países ricos que acham que devemos deixar a agricultura com eles, enquanto a gente disputa o cipó com os macacos e foge das onças-pintadas. Todos queremos preservar a natureza, é claro! Marina queria, de modo irresponsável, dar um tombo na agricultura e na pecuária. Ela quer economia sustentável? Quem não quer? A questão é saber o que entende por isso.

Pegue-se agora a questão energética. O Brasil só não passa por um apagão de fazer 2001 parecer brincadeira de criança porque cresceu 2,7% em 2011; 0,9% em 2012; 2,1% em 2013 e deve ficar em torno de 0,8% neste ano. Em 2015, projeções responsáveis apontam que não passa de 1,2%. Estivesse crescendo, como precisa, a pelo menos 4%, já estaríamos no escuro.

Mesmo assim, ainda que tente aqui e ali dizer o contrário, Marina se opôs, sim, à construção da usina de Belo Monte. Tanto é que apoiou um vídeo imbecil chamado “Gota d’Água”, que dizia uma impressionante coleção de bobagens a respeito da usina. Mais: esse empreendimento será subutilizado, sim, porque Belo Monte não terá reservatório. Será do modelo fio d’água. Pesquisem a respeito. Só se fez essa escolha errada por causa da militância ambientalista que Marina representa, já que se inunda uma área muito menor, mas se produz, em contrapartida, bem menos energia.

Em 2010, a Marina candidata foi ao programa “Roda viva” e tratou do assunto. Como fala pelos cotovelos, impede que o pensamento de seus interlocutores respire. Vejam. Volto em seguida.

Em primeiro lugar, houve, sim, os devidos cuidados ambientais. Em segundo lugar, a tese da inviabilidade econômica é de uma impressionante falácia. De fato, Belo Monte tem mais dinheiro público do que deveria, mas isso se deve ao viés esquerdizante do governo petista — que Marina não combate. O capital privado só refugou porque o preço que o governo queria pagar pela energia era incompatível com a realidade. Ou por outra: quando os petistas decidiram tabelar o lucro — prática hoje em dia vigente apenas em Cuba e na Coreia do Norte —, Marina se calou. O negócio dela era com os bagres. Sim, preservemos os bagres. Mas e a energia elétrica? Mais: se o governo tivesse dado de ombros para o ambientalismo doidivanas e construído a usina com reservatório, mais energia seria produzida. Ou por outra: Belo Monte só não vai render o que poderia por causa do espírito marineiro.

Trato aí de duas questões que hoje são essenciais ao país: balança comercial e produção energética. Nos dois casos, a possível candidata do PSB à Presidência estava do lado absolutamente errado do debate. Errado por quê? Porque as suas escolhas contribuiriam para afundar o país — e, como é sabido, em casos assim, os pobres pagam o preço primeiro.

Questão política
Não é só isso. Marina fala em nome de uma tal “nova política” que ninguém, até agora ao menos, entendeu direito o que é. É impossível governar o país sem o Congresso, a menos que se queira gerar uma crise institucional dos diabos. Em sua pregação, ela dá a entender que políticos são sempre os outros, nunca ela própria. Por quê? Porque acredita na tal da “mobilização em rede”, que vem a ser a prima rica — e com nível universitário — de movimentos como o MST ou MTST. Nem por isso menos autoritários.

Na verdade, nesse particular, ela vai até um pouco além. Por mais que queira negar, parte do mau espírito das ruas — e não do bom — de junho do ano passado a esta data contou com o seu apoio silencioso. Ela pode se tornar a única beneficiária do ódio à política que tomou as ruas. E é evidente que esse tal espírito não me agrada. A propósito: alguém leu ou ouviu alguma censura de Marina aos black blocs?

O fato de a possível candidata do PSB ter hoje “conselheiros” com uma visão, digamos, mais à direita em economia do que o petismo não me seduz absolutamente. Na verdade, do meu ponto de vista, só torna a equação ainda mais confusa porque não vejo como ela poderia incentivar com a mão esquerda o espírito militante e procurar conter com a direita o rombo nos cofres públicos. Ou por outra: o discurso ideológico de Marina atenta contra o caixa, mas ela se cerca de gurus econômicos que fazem profissão de fé na responsabilidade fiscal.

Na minha coluna de hoje na Folha, critico as patrulhas petistas — ou a seu serviço — que tentam impedir que se formule um pensamento alternativo no Brasil. Busca-se deslegitimar desde a origem qualquer crítica organizada ao governo e ao partido oficial. Aécio Neves, do PSDB, é vítima desse procedimento. Eduardo Campos também era. Será que estou a fazer o mesmo com Marina? Uma ova! Estou é criticando aqui o que conheço de sua militância e dizendo por que ela não me serve. Em muitos aspectos, Marina pode representar um perigo ainda maior do que o petismo.

Se ela se eleger presidente e puser em prática o que pensa sobre militância organizada, a relação com os Poderes instituídos, o agronegócio e o setor energético, quebra o país e o conduz a uma crise política sem precedentes. Claro! Uma Marina que conseguisse governar teria de jogar fora a Marina “sonhática”, que está muito mais para “pesadêlica”.

Texto publicado originalmente às 5h37
Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. paulo sergio

    será q é isso msm q queremos pra presidente ? o ditdo q diz oq ta ruim ñ pode ficar pior neste caso ñ combina .

  2. Olavo Crowell

    Artigo perfeito. Parabéns, Reinaldo!

  3. CARLOS EDUARDO CAMACHO

    Só rezando!!!!

  4. Alexia

    Deveriam proibir as estatísticas dos mais elegíveis, e muito tendencioso!! Muito gente diz q o Aercio não ganha, se todos votarem nele , ele ganha!!!!!Aercio, melhor opção!!!

  5. Leda de Oliveira Seixas Maia

    Ai meu Deus,que cansaço da impunidade deste país! Estou de um jeito que qualquer um menos a Dilma. Eu não tive nojo da comida do bandejão de $1,00 que ela comeu; eu tive nojo da hipocrisia dela.

  6. Luiz

    Estamos ferrados…

  7. guilherme yule

    Sabendo como sei de onde esta moça veio, onde ela foi criada, quais eram seus costumes éticos e de comportamento, a cultura da sua região. Não leio nada a respeito da mesma.

  8. julio

    Concordo em numero e grau com o seu artigo ! Mas ainda tenho muito mais receio da continuação com o PT.

  9. Adriana Minuzzi da Motta

    Ela,não me engana, conheço está gentalha,as duas são vinho da mesma pipa, umas Bruxas, só Falta as Vassouras, Marina =Igual a Dilma, vai se dar mal também, e nós juntos, vamos chorar e Chorar, Muito, por não votar e acreditar no Senador Aécio Neves da Cunha, temperamento Dócil!!!

  10. Revil

    Essa comunista so se disfarça mais na verdade se for eleita vai faser o inferno no brasil,podem ate falar mal da dilma mais ela abriu milhars de vagas para comcursos publicos pelo pais e proporcionou varios projetos para mudanças em sistemas publicos

  11. Edison Bittencourt

    Reinaldo, na mosca.
    Isaias Lopes da Silva: Você não entendeu nada do comentário
    do Reinaldo, desculpe.
    Mais uma tentativa… O Brasil não é um laboratório.
    O Brasil afundou, está literalmente quebrado.
    O Brasil, já é um país das ONGs. Imaginem com a Marina!!!

  12. Luciano

    Quanto retrocesso! Impossível uma pessoa que tenha o mínimo de consciência e cultura não ver as asneiras de pensamento da Marina,se é que pensa, O que mais me apavora é que ainda assim há chances pois na eleição passada teve muitos votos…fico pensando quem é o mais burro: Ela? Ou os eleitores que votam nela?

  13. Antonio, advogado, ambientalista

    /artigo muito oportuno, concordo, a Marina que eu conheci no Congresso Nacional durante as discussões da reforma do Código Florestal se eleita representará um retrocesso, ambiental, da produção nacional,na infraestrutura, no crescimento do pais e no IDH. A visão dela sobre questões ambientais é preconceituosa e em alguns pontos até mesmo contra o meio ambiente.Conhece bem a Floresta Amazônica e quase nada dos demais biomas.

  14. Marcelo

    ReinaldoXXXXXXX cascuda!

  15. Isaias Lopes da Silva

    A filosofia de governo pregado pela Marina pode ser antiquada,ferindo vários princípios de convivência humana,no entanto,o governo do PT tem sido o pior governo de todos os tempos que se tem notícia no Brasil.Será que não vale a pena tentar uma mudança para ver como vai ficar.

  16. oliveira

    Realmente o Brasil dos brasileiros não merecem tela como candidata à presidente; ela não tem expressão nenhuma !!! e vai nos representar ??? Existem tantas pessoas de renome que poderiam ajudar o Brasil, mas ninguém quer se sujar nesse meio de corruptos que não pensam no Brasil de seus filhos e netos , mas sim nos seus interesses vis que qdo morrerem nada levarão; Espero que nessa eleição o povo aprenda a votar e os Tribunais Eleitorais já eliminem de cara os ” Fichas Sujas” seguindo a Lei aprovada!!!!

  17. TARCÍSIO

    O PAULO MARTINS JÁ SE MANIFESTOU E DEU SUA OPINIÃO… VEJA NO YOUTUB

  18. mário r.costa

    Sonhática,pesadêlica e ,economicamente insustentável.
    Misto de Gahndi e Madre Theresa´de Calcutá, ficaria
    mais adequada banhando-se nas águas poluídas do Ganges
    e rezando para as divindades induistas.
    É uma fraude que tem uns poucos seguidores de boa forma~-
    ção intelectual mas que devem estar em trânse místico, oni-
    rico, que é o bom vocábulo português para quem sonha, ainda
    que acordado.
    O Brasil não merece tamanha lambança e nem tem cacife para
    suportar o desmonte do pouco de sua economia que vai sobrar dos desmandos Dilmo-petistas.

  19. Luiz

    Essa mulher é mais um espantalho criado pelo molusco. É como eu digo a meus amigos: o PT pode ser ruim, mas existem coisas muuuuuuuito piores.

  20. João

    O ponto é que esta senhora é tão bem vista pelos investidores quanto o Aécio, ao contrario da Dilma. O ponto é que este texto é coxinha e direcionado a uma “direita” bilateral no sentido político propriamente dito. É necessário ser apartidário em um momento onde se vê a necessidade de

  21. Walter

    Esta senhora é tão competente que não conseguiu montar um partido
    Até o Levy Fideles conseguiu,
    Comparar com Aécio, Dilma, Eduardo, Serra, Alkmin e ate Lula, é uma brincadeira de mal gosto

  22. Jose Maria

    Comunistas bolivarianos consagrados por Lula da Silva, através do Foro de São Paulo, tramam contra a Democracia brasileira. Dois candidatos de ideologias idênticas na mesma eleição para um mesmo cargo, só no Brasil, mesmo. Já não é de hoje que nos fazemos de palhaços das Américas. Ridículo!!!

  23. Manueto

    Concordo com tudo e gostei muito da expressão “pesadêlica”. Viveremos um pesadelo com essa aparição do seringal na Presidência da República. Qualquer conversa com pessoas esclarecidas do Acre atestará que a candidata é uma farsa, e que alguns pontos de sua trajetória sofrida, publicados na imprensa, são pura invenção, tal como a alfabetização aos 17 anos. Ainda teve tempo de chegar à universidade e virar professora?!Qual é a idade de Marina?

  24. Elisa

    Cristiano infelizmente vc esta certo! a maioria do povo brasileiro é isso ai!

  25. Helcio J. Tagliolatto

    O novo Código Florestal contém, no que tange às matas ciliares, um atraso homérico, justo para atender não ao agronegócio, mas aos adeptos do lucro a qualquer custo, que existe também no agronegócio, como em qualquer atividade humana, e que não poderia ser deixado de lado na legislação. Participo do programa de micro-bacias, e a redução da área de mata ciliar é o calcanhar de aquiles da preservação das nascentes, bem como do curso saudável para córregos e riachos. As parcas fontes de água que abastecem São Paulo sofrem com essa degradação de suas fontes.

  26. Maiky san nagazake

    Eu acho que ela deveria sim se ser a presidenta,pois quem apoia a sustentabilidade e respeito ao meio ambiente merece o seu voto tudo o que temos e da natureza.

  27. carlos

    Dilma ruim com pior sem.

  28. Americo Valfrido Rodrgues

    A situação, à respeito, é tão grave, que só começando do zero,… mas tem o jeitinho brasileiro.

  29. Helô

    Parabéns!Você soube expressar com clareza o que a camada popular também precisaria conhecer sobre a candidata.
    Como pode o PSD OFERECER À NAÇÃO COMO CANDIDATA SUA quem não é do seu partido E NEM tem a mesma filosofia? ESTRANHO, NÃO?

  30. alexandre

    A estrategia coerente é eliminarmos OS PETRALHAS. Para isso acontecer temos que trabalhar o eleitor desavisado … Aécio e Marina no segundo turno que vença o MELHOR.

  31. f Silva

    Um dos aspectos mais importante destas eleições de outubro e fazer um Senado forte, de oposição, para que equilibre as ações governamentais, cortando os excessos do governo, os abusos cerceadores do estado democrático de direito. Evitar-se-á que se instale no Brasil uma república de “conselhos á bolivariana”.
    Essa mensagem precisa ser divulgada.

  32. gaudério

    Marina é o PT com roupa de Vestal ecológica radical.

  33. Luiza

    Marina presidenta? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Ninguém leva essa Marina a sério..
    Na rede ela é aquele ET que ninguém levaria para casa..
    Ela é ridículaaa
    O pt deve estar morrendo de rir com essa oposição ruim..
    Assim não dá mesmo…

  34. Larissa

    E votar em quem? Aécio? Dilma? Sabe, atualmente estamos começando a entrar em uma questão que vai muito além da economia. A preservação da natureza é necessária para que haja prolongação da vida humana na terra.Não estou falando de dinheiro aqui. então que venham os apagões! se ninguém quer economizar energia que fique sem! porque daqui a pouco nem água teremos. se prepare.

  35. Yara

    Parabéns Reinaldo, sua análise realmente é perfeita. Estou indgnada com o rumo que está se delineando essa eleição. Prevalece o ditado: Se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.

  36. Acoftalmo

    Cadê a UNE, Sindicatos?Será que se sentem envergonhados?São todos de saudosa memória,todos cooptados pelo governo, no marxismo os síndicatos faziam contra ponto.

  37. Acoftalmo

    Como era bom os debates quando era permitido contraditório. Hoje é resumir, no menor tempo,sem contestação.O que interessa e tempo de TV.

  38. Acoftalmo

    Nós precisamos mudar se não der certo daqui a 4anos mudamos de novo.

  39. Acoftalmo

    Acredito que segundo turno será Marina x Dilma.

  40. Acoftalmo

    A militância, policiamento e poder do PT, Marina está muito aquém.

  41. Gilma

    Reinaldo Azevedo! Parabéns pela matéria, penso o mesmo! Esta mulher é um perigo! Não tem como confiar!

  42. maria eugenia g. cavalheiro

    Marina não tem projeto para o Brasil, ninguém se engane, essa mulher tem planos para ela mesmo, esse preparo da Marina é o veneno politico. é o desastre igual o que sacrificou a vida de Eduardo Campos.

  43. Kaldas

    Reinaldo,futuro sombrio aguarda o povo brasileiro, queira Deus que não…

  44. Carlos Alberto

    Um exercício crítico de qualidade, obrigado Reinaldo Azevedo.

  45. Marcelo Pedroni

    “As instancias da democracia representativa e a crise institucional dos diabos”
    O Brasil ta’ falido desde a mais infra-vermelha esquerda ate’ a mais ultra violeta direita.

  46. André Renato

    Ou os eleitores que não sofreram LAVAGEM CEREBRAL votam em peso no AÉCIO ou,então, o país que já está a beira do precipício, inapelavelmente cairá nele, e aí, para sair dele levará uma eternidade, isso se conseguirmos sair.

  47. Francisco PG

    Marina Silva elegeu-se na esteira de Chico Mendes, com pouquíssimos votos. Nunca fez nada de representativo e não tem a menor estrutura para govornar um País sem depender exatamente de quem queremos nos livrar. É um engodo, autoritária sem ter qualidades para tanto e realmente, de forma lamentável tenho que concordar com o articulista: afundará o Brasil, porque ela é contra os fazendeiros (Ronaldo Caiado que a analise…) que fazem o Brasil caminhar para a frente devido à falta de novas industrias ou empregos. Aqui não é a Suiça para viver de serviços. Menos ainda ser cabide de empregos para imbecis “papagaios de pirata”, do seu ex futuro partido, do PSB ou do PT. Ela não tem TIME : vai governar com quem?

  48. Francisco Moraes

    Eu ainda não tinha lido nenhuma critica tão bem feita sobre este embuste chamado Marina. Quando penso que quase vinte milhões de eleitores votaram nela na última eleição, fico assustado com a possibilidade que a morte do Eduardo Campos está permitindo. O nosso país não precisa destes entes messiânicos, dotados desta visão simplista para solução dos nossos problemas.
    A era Getulio, Chaves, Peron, Evita, entre outros já passou. Não precisamos disto. Estes entes dotados deste “poder divino” que desconhecem regra de mercado, meritocracia não podem ter este espaço na nossa vida política. Este bláblá de ambientalismo, sustentabilidade somente é bom para quem quer defender interesses externos. E estes entes tipo Marina entre outros embarcam neste viés por que não conseguem ver outra saída para desenvolverem seus projetos pessoais.
    Precisamos reduzir o espaço destes tipos de “black blocs” eleitos como pode ocorrer com a Marina.
    As vezes começo a duvidar da competência do Eduardo Campos, devido o mesmo ter aderido a este discurso da Marina. Só podia ser desespero de causa. E ele não precisava disto. Tinha tudo para crescer independente deste viés que a Marina representa.

  49. Maria

    Ser contra Belo Monte é sinal de deficiência mental ou vigarice intelectual .)

  50. Maria de Fatima

    Na minha opinião, o melhor candidato é o Bolsonaro, por ser polêmico e sincero. Estou indignada com tantas bagunças desenfreadas no Brasil. O judiciário está de mal a pior, magistrados não querem ler os processos e eu fiquei sabendo, quem dá as decisões são, na maioria os estagiários e as secretárias. Estou litigando contra a Telemar /OI, já constam 989 folhas, de um direito meu que foi violado pelo ofensor e pelo próprio Judiciário. Estou garantida pela Lei Federal e pela própria Constituição Federal. Tudo começou assim; contratei um serviço, FALE E NAVEGUE com 200 minutos, no valor de R$76,90 após 4 meses as contas ficaram alteradas, percebi que mudaram de serviços sem o meu consentimento, então eu não paguei os meses de julho a agosto de 2011. O artigo 39,III, parágrafo único do CDC me garante a não pagar por algo que eu não contratei.Ingressei com uma ação contra Telemar/OI no foro regional de Campo Grande/RJ. Acontece que a ré mentiu na contestação, que nunca maculou o meu nome no cadastro de inadimplentes. Eu só tomei conhecimento quando fui abrir um crediário. A ré já havia sujado o meu nome muito antes do ingresso da ação. Peticionei esclarecendo a juíza o tal acontecimento. No dia da audiência o meu advogado teve um desentendimento com a juíza e a mesma disse: ” vou julgar todo pleito autoral improcedente e cumpriu.Interpus os embargos de declaração e sendo julgado improcedente. Entrei com o recurso de apelação, comentei a má ´fé da ré, que havia sujado o meu nome, interrompeu os serviços telefônicos (art. 22 do CDC ) pois sou uma pessoa de 82 anos de idade e fiquei indevidamente sem o telefone e alem de ter pago indevidamente, por ligações para a Holanda, provei que não tenho parentes e amigos na Europa, isto aconteceu em 2006. A relatora julgou o pedido parcialmente procedente, para que a ré declarasse as contas nulas, que retirasse o meu nome do cadastro restritivos de crédito e arbitrando os danos em R$3.000,00 ( três mil reais ), que o prazo para reaver o que foi pago indevidamente é o decenal, quer dizer, eu estou dentro do prazo, porque o ocorrido foi em 2006 e terminando em 2016, foi usado uma doutrina e uma jurisprudência e o artigo 205 do CC/06.Depois disse que não sabia se podia prosperar, então interpus os embargos declaratórios, que só foram aceitos através da liminar do CNJ. Não estava conseguindo enviar eletronicamente e também não estavam recebendo físico, sendo tolido o meu direito da ampla defesa, os embargos foram improcedente e tentei interpor o agravo regimental, eletronicamente, cujo prazo 5 dias e sem êxitos, dai entrei com recurso de apelação e sendo inadmitido pela Terceira Vice do TJRJ e em poucas linhas: ‘ Inadmito Súmula 281/STF, entrei com agravo e sendo inadmitido pelo ministro do STJ acompanhou a decisão do Tribunal local. Acontece que eu vi através da internet o recurso especial de nº 884009/RJ, que se trata de um empresário famoso, que o recurso foi inadmitido pela Súmula 281/STF e depois foi admitido pela Terceira Vice do TJRJ e subindo o recurso para o STJ e sendo julgado procedente e ganhando cem mil reais pelos danos morais. Sabe porquê?, porque se trata de um homem poderoso, rico e influente no RJ e quem sou eu?, uma cidadã que paga os impostos para manter os salários dos magistrados, idosa e pobre a diferença é essa. Onde está o principio da igualdade e sendo os fatos iguais, que é a súmula e teve tratamento diferenciado. Entrei com agravo interno para o STJ e o colegiado julgou improcedente. Então quer dizer, que é defesa do ofensor não do consumidor. É muito triste uma situação dessa natureza e é por isso que a Telemar/Oi continua com a prática abusiva, porque não tem uma penalidade mais rígida. Estou sem o telefone, sujaram o meu nome no SERASA e SPC, estão com o meu dinheiro desde 2006, mudaram de serviço sem o meu conhecimento. Eu quero um Brasil, onde as leis sejam respeitadas e que haja justiça. Deveria acabar com o 5º Constitucional. Por causa de uma Súmula eu tive o meu direito cortado por decisões injustas.