Blogs e Colunistas

05/06/2012

às 18:11

Um certo “Eles Ninguém” que aposta na crise

Goste-se ou não do governo Dilma, uma coisa é fato: ela tem um estilo menos falastrão do que o do antecessor, e isso é uma coisa boa em si, ainda que a gestão seja fraca. Mas sabem como é a tentação… Nesta terça, a presidente fez um discurso na cerimônia que comemorou o Dia Mundial do Meio Ambiente. Lá pelas tantas, saiu-se com esta:
“Quem aposta na crise, como alguns apostaram há quatro anos atrás, vai perder de novo. Enfrentaremos novas dificuldades com transparência, sem esconder problemas, mas com metódica e cuidadosa ação governamental. Vamos continuar crescendo, incluindo, protegendo e conservando o meio ambiente”.

Algumas coisas, bem poucas, me dão sono. Uma é “filme de arte”; outra é discurso contra o que chamo “Eles Ninguém”. A presidente poderia renunciar a esta péssima herança deixada por Lula: atribuir dificuldades objetivas enfrentadas pelo governo a uma espécie de urucubaca ou de macumba feita pelos “inimigos”. Quem são “eles”, soberana? Quem, afinal, “aposta na crise” ou, sei lá, torce contra o Brasil?

Dilma está pressionada. Cresce a percepção no mundo de que está em curso uma reversão de expectativas no Brasil. O recente pacote de incentivo ao consumo encontra uma sociedade endividada, e é pouco provável que produza os efeitos esperados. No começo do ano, o governo falava em um crescimento de 4%. Hoje, são poucos os que apostam que possa chegar a 3%.

O governo é gastador, e isso não é segredo para ninguém. Embora a carga tributária bata sucessivos recordes (mesmo com expansão modesta da economia), as despesas se expandem sempre mais. Dilma não mudou a perspectiva meramente defensiva em relação a essa questão: “Não adianta defender políticas de ajuste, e nós sabemos disso porque sofremos isso na nossa própria pele, sem que o país cresça”. A questão, e Dilma sabe disso, não está em gastar menos ou mais, mas na qualidade desse gasto.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

95 Comentários

  • Sergio Santos

    -

    8/6/2012 às 1:13 pm

    Boa tarde,
    quem elege estes corruptos são os corruptos do funcionalismo publico! corrutos que vendem a nação por uns trocados…depois vem os bolsas escola, bolsas por filhos e outras bolsinhas.

  • Ana

    -

    7/6/2012 às 3:10 pm

    Nunca ninguém se fez tanto de vítima quanto o Lula. Todo discurso dele incluiu “Os que estão torcendo contra mim… / Os que estão contra mim… / Estão querendo que eu me dê mal… / Os que torcem contra o Brasil… / etc” Que tática! E dá certo num país onde o coitadismo e o vitimismo são estimulados.

  • LuizRobertoTV

    -

    7/6/2012 às 1:51 pm

    Opa! “Desabafa, Marta” é ótima idéia. Grande mote!
    Parabéns Leo (19:00 – 05/06).

  • LuizRobertoTV

    -

    7/6/2012 às 1:51 pm

    Reinaldo, só digo que li, gostei e recomendei – mais uma vez – como sempre. É o mínimo que posso fazer diante do seu prodigioso trabalho. Aliás, sua prodigiosa obra.
    Grato, incansável herói.

  • Heleodoro

    -

    7/6/2012 às 12:55 pm

    Ainda bem q o Brasil tem terras pra plantar e criar gado, porque ao q tudo indica, voltaremos a Era Feudal em q teremos q trocar comida e manufaturados pra viver. Provavelmente quem era petista se tornará os novos bárbaros desse futuro incerto. D:

  • Atento

    -

    7/6/2012 às 9:18 am

    Robes Mendes – 05/06/2012 às 19:14

    Ótimo seu comentário! Parabéns pela síntese! É exatamente isso!

  • JulioK

    -

    6/6/2012 às 6:01 pm

    Reinaldo,

    10:40

    Reinaldox na cascuda!

  • TERCILIO

    -

    6/6/2012 às 5:46 pm

    Concordo plenamente com voce Moises, para ver o pais livre dos petralhadas moro até debaixo da ponte.

  • Paulo Castellari Filho

    -

    6/6/2012 às 5:46 pm

    Quer saber quem torce contra? Eu.

  • MOISES

    -

    6/6/2012 às 4:00 pm

    Para Maria Helena 07:21

    Também estou disposto a sofrer qualquer tipo de crise para ver esse povo fora do poder.

  • junes marta paris

    -

    6/6/2012 às 3:35 pm

    Essa ilustre presidentA , ainda vai acabar com tudo de bom que foi conquistado no Brasil do presidente Fernando Henrique Cardoso… de que eles morrem de inveja!

  • samuel

    -

    6/6/2012 às 3:11 pm

    O comentaristas carlos – 06/06/2012 às 10:50 – fez o resumo da ópera petista. O PAÍS ESTÁ FALIDO! É uma questão de meses. A China estagnando e o partido Republicano (mais realista em matéria economica e vai aumentar a taxa de juros) vencendo nos EUA será a pá de cal para a economia Brasileira. Lula não sabe disso, não quer saber e nunca saberá, mas Dilma tem mais percepção, sabe que vai desabar na cabeça dela, mas está mais perdida que cachorro caído de mudança. Não compreende o capitalismo. Acabou de condecorar a CONCEIÇÃO SANTA MARIA, louvando as suas ideias como economista e por ahi vai…

  • Mako

    -

    6/6/2012 às 2:17 pm

    Eu já estou plenamente convencido que o melhor já passou e tempos mais difíceis chegaram. O PT surfou 9 anos de bonança graças aos sólidos fundamentos econômicos que encontrou na chegada, não aprofundou as reformas, regrediu quando inflou uma máquina governamental que já era vergonhosamente grande e para culminar com tudo isto, loteou tudo segundo as conveniências petralhas que como já exaustivamente comprovado não prima pela competência.
    Culpar entidades ocultas pelo seus passado e pelo futuro é efetivamente a atitude mais petralha que existe. Esta conversa mole não vai resolver nenhum problema dona Dilma. Trabalho duro e seriedade sim. Se não puder vai perder na próxima eleição, exatamente como deve ser em uma democracia.

  • -

    6/6/2012 às 12:50 pm

    Mais uma característica de PETRALHA, faz caga** e põe a culpa nos outros.
    NOJO DESSE DESGOVERNO

  • -

    6/6/2012 às 12:42 pm

    Fabrízio Michelon – 06/06/2012 às 10:40

    VAZA PETRALHA BURRO

    Reinaldox na cascuda!

  • rere

    -

    6/6/2012 às 12:32 pm

    Dona Dilma : ponha os pingos nos iiiiis e revele quem são os famigerados que querem uma Crise. A senhora, que é tão chegada à Comissões de Verdade, fale a verdade para nós: quem quer a Crise? Não vale brincar de esconde-esconde.

  • Luiz

    -

    6/6/2012 às 12:12 pm

    Reinaldo, as expéctativas são mais negras que isso.
    Uma grande construtora já está praticamente falida
    O mundo teme a explosão da boha imobiliaria brasileira

  • Sandra Tay

    -

    6/6/2012 às 12:07 pm

    Ela falou em 4 anos atrás. Então a herança maldita é do Aiatolulla. Ufa! desta vez o FHC ficou fora…kkkkk

  • MAYA

    -

    6/6/2012 às 11:11 am

    Com toda essa dificuldade,ainda consegui virar classe média.
    Eu sou um herói .

  • carlos

    -

    6/6/2012 às 10:50 am

    Eu aposto na crísis com fundamentos de mais de 300 % e sou realista não ufanista do Brasil oba oba.
    Vejamos, últimos dois trimestres com crescimento de 0,0 % e 0,2 % com perspetivas para este último de menos de 1 % e sendo assim com os próximos dois se conseguir crescer 2 % em cada um, o ano vai fechar em 1 %, lá na frente veremos declarações de ah mais ainda assim crescemos.
    Porque tudo isso e sendo otimista com o governo dos pacotinhos semanais gera insegurança e ninguém vai investir porque abaixaram o IPI, só que , além de que as empresas nacionais estão com a corda no pescoço por dividas em dólares que são maiores que as reservas, que alias também e dinheiro emprestado pelos bancos a juros de 12 %; por outro lado tem o recurso orçamentário de 40 bi para investimento dos quais até metade do ano gastou apenas 15 % e não sabemos se não são saldos a pagar do ano anterior pode ser que não seja nem a metade investimento real.
    O quadro e feio: Bancos endividados em dólares, empresas idem, pessoas físicas idem e governo com uma dívida pública bruta que deve estar beirando os 3,5 tri a juros de taxa selic a mais alta do mundo, friamente a situação acho que estamos quebrados e não só o governo, talvez ate pior que muitos europeus que ao menos tem o capital humano educado e em condições de partir de novo do zero com tecnologias propiás, alias o mundo está em essa sinuca o resto que se diga e balela.

  • MINEIRIN INVOCADIN

    -

    6/6/2012 às 10:43 am

    Reinaldo,essa gerentona de péssimos bofes,trucuLENTA(e bota lenta nisso,quando se trata de defenestrar parte da “herança maldita” do porco-rei;no caso,os sinistros que,ao invés de cargos mereciam algemas!),ranzinza e tergiversadora,além de aprendiz de omeleteira reprovada, revela-se ainda ligada umbilicalMENTE(e,neste caso,como mente,comumente,a flanelinha!)ao seu criador,na medida em que insiste na estupidez “PTlógica” do embuste,da atribuição “aos outros” de culpa pelos fracassos,pela inépcia,incomPeTência,tibieza e confusa administração;que o digam as estradas sucateadas,a desindustrialização galoPanTe,a INsegurança pública,a corrupção desenfreada e institucionalizada nos e em torno dos podres poderes,enfim, o VERDADEiro desastra vendido como “país das maravilhas”! Ela parece nunca ter escutado que “não adianta salgar carne podre!”;assim,segue,PaTinando e derrapando nas vias mais que tortas da nomenklatura bandida!Ela,com seu “jeito sexy de ser”,me dá um soninho!!!

  • Fabrízio Michelon

    -

    6/6/2012 às 10:40 am

    Reinaldox na cascuda!

  • Renato

    -

    6/6/2012 às 10:25 am

    Essa mania do Lula precisa ser abolida de uma vez por todas. Não nos esqueçamos: quando o PSDB era governo, o PT apostava o tempo todo na desgraça do Brasil, só para eles um dia assumir o poder.

  • Lidia

    -

    6/6/2012 às 10:18 am

    Eu sou a minoria….e sei que esse governo que nada criou e tudo copiou está sem saídas novas para alavancar o Brasil..estão no poder a mais de 9 anos e meio…e ficam medicando doenças diferentes com os mesmos antibióticos…Eles acham que o povo com salários estagnados, vão conseguir gastar mais com menos?????Mandam o próprio povo as compras como se todos nós tivessemos dinheiro no colchão….ou caixa 2????A falta de coragem desse governo para enfrentar os problemas sérios do país é explícito.Eles enrolam, enrolam…fingem que fazem…e o povo desimformado, alienado,aliciado…finge que acredita….DEPOIS DA DECLARAÇÃO DE UM EX PRESIDENTE DA REPÚBLICA QUE NÃO DESENCARNA DO PODER E CONSEGUE SE ACHAR ONIPOTENTE…EU TENHO ORGULHO DE DIZER EU SOU MINORIA!!!!!!!

  • celia

    -

    6/6/2012 às 10:06 am

    Quero informar outra coisa e a não ser que esteja redondamente errada, quando falamos ou escrevemos que algum fato ocorreu “HÁ ALGUNS ANOS” não precisamos é claro, adicionar a palavra “ATRÁS”. Porém, não precisamos descobrir quem são os “alguns” para infelizmente termos certeza que a crise já existe. E eu quero trabalhar como garagista do Senado!

  • Eduardo

    -

    6/6/2012 às 9:48 am

    Ela, a presidentA, não faz “politicas de ajuste” e o país continua crescendo um minguado percentual; muito aquém do necessário para a sua sustentabilidade. Não há qualidade de gasto que dê jeito nessa roubalheira constatada em todos os setores da nossa economia; sem desestatização, nada feito.

  • Elpidio

    -

    6/6/2012 às 9:30 am

    Ela está totalmente eclipsada a recessão vem aí e com força total ninguém segura o mundo está em transe e o Brasil está incluso…

  • Angelo

    -

    6/6/2012 às 9:13 am

    Senhores,Esse governo MEDIOCRE,tem o resultado que merece,
    o que leio abaixo da comentarista Ana,é um absurdo 350 Mil
    CHUPINS,MAMANDO NAS TETAS DESSE GOVERNO MEDIOCRE,INCAPAZ,
    SANGUE-SUGA dos trabalhadores,GOVERNO MENTIROS,ANALFABETOS
    NA CONDUÇÃO DOS DESTINOS DO BRASIL,E A PRESIDENTE CONTINUA
    A FALAR BESTEIRAS,NA VERDADE O POVO MERECE ESSAS
    MEDIOCRIDADES QUE TEM.

  • Ana

    -

    6/6/2012 às 8:23 am

    Reinaldo:

    Pesquisa feita pela FIESP, consta que temos no Brasil, entre Municípios, Estados e Governo Federal, nada menos, nada mais que, PASME: ### 350 MIL XUPINS OU CC´S, SEM CONCURSO PÚBLICO MAMANDO NAS TETAS DOS GOVERNOS ###, ou seja, imagine o que não são gastos com toda esta gente com o dinheiro suado dos pobres trabalhadores brasileiros. E, cada vez mais vão colocando os cumpañero em cargos Estatais e inchando a máquina pública. Logo teremos que ABRIR MAIS UMAS ESTATAIS para abrigar este montão de gente SUPER QUALIFICADA(SIC).

  • Paul

    -

    6/6/2012 às 7:45 am

    A presidente deveria lembrar a postura histórica do seu partido, apostando em coisas ruins para conseguir o poder.

  • Maria Helena

    -

    6/6/2012 às 7:21 am

    “Qem aposta na crise”? Eu!!!(com dedo pra cima e tudo).Aposto nela pra tirar essa gente doida daí! Aposto nela pra salvar o Brasil de mal maior. Aposto nela pra acordar essa gente imbecil que consegue acreditar que um lula, uma dilma têm competência pra alguma coisa que não seja a desconstrução da democracia brasileira.

  • Marcos F

    -

    6/6/2012 às 5:39 am

    despesa,gasto e investimento. Nos três, sai dinheiro.
    Usar um deles é uma escolha, e um bom administrador – ou até um devasso – deve escolher o melhor onde com poucos recursos alcança-se a satisfação.
    Isso é uma explicação “Meu Caminho” caso a presidenta não tenha cursado o que diz – o que até agora as evidências têm comprovado, mesmo inverossímeis.

  • paulistano

    -

    6/6/2012 às 4:03 am

    Enquanto os comunistas estiverem no poder eu torço contra o Brasil. É preciso que haja fome, enchentes e secas, terremotos, para que o povo acorde e vote na direita. Depois a gente anexa aos EUA e seremos todos felizes.

  • Raissa Pedra

    -

    6/6/2012 às 1:52 am

    Reinaldo.
    Esse dotô Lula é mesmo indecifrável, nem Freud, Lakan e outros conseguem explicar a sua personalidade. Como no momento é impossível aplicar a teoria de Lombroso, só nos resta conviver com a divergência do que faz com o que fala.
    Quando Estados Unidos e Europa se preocupavam com a crise económica,ele a chamou de marolinha e passou a incentivar o consumo,tendo criado um alto índice de inadimplentes
    que só agora esta aparecendo. Facilitou e incentivou aposentados da terceira idade a contraírem empréstimos que
    fizeram a alegria dos banqueiros e o desespero dos idosos
    que não têm reajustes e ainda se vêem desfalcados com o pagamento do empréstimo. Até onde vai chegar essa situação
    só Deus sabe.
    Fala como se ainda fosse presidente “enfrentaremos novas dificuldades,com transparência,sen esconder problemas,mas com metódica ação governamental”.
    Enfrentaremos novas dificuldades, ação governamental?
    Pelo que se sabe a única dificuldade enfrentada por Lula cidadão comun é o de saúde, ademais não consta que exerça qualquer cargo público ligado às finanças do pais, e/ou ser porta voz da presidente para se expressar dessa maneira.
    TRANSPARÊNCIA, PELO QUE SE VÊ, MENOS NO PROCESSO DO MENSALÃO.
    LEWANDOWSKI, DEVOLVE O PROCESSO PARA JULGAMENTO E AJUDE LULA, AMIGO DA FAMÍLIA, NA REALIZAÇÃO DE SEU GOVERNO DE TRANSPARÊNCIA. O Brasil agradece.

  • Carlos Gilberto Dias

    -

    6/6/2012 às 1:44 am

    No princípio, acreditei que a Presidente Dilma iria mudar o curso na gastança desenfreada e irresponsável levada a efeito no governo anterior, já que levei em consideração a seriedade de seu primeiro discurso. Vã esperança, pois seu governo continua com os mesmos erros e, perdulariamente, gastando muito e mal. Pobre Brasil!

  • Porco capitalista

    -

    5/6/2012 às 11:23 pm

    Desespero evidente no palavreado. Na verdade ninguém torce contra, nós pagaremos a conta. Houve estelionato eleitoral em 2010. A moça não tem nenhum projeto claro. Só mesmo o projeto petista de poder. Para nao perder eleição municipal haverá gastança, como em 2010, depois arrocha as regras convenientemente afrouxadas e espera 2014 para repetição da mágica.
    Caixa econômica ampliando prazo de financiamento e Banco do Brasil perdendo três bilhões no Votorantim, são o retrato da realidade.

  • Henrique

    -

    5/6/2012 às 11:09 pm

    Concordo com seu ponto de vista, tem que identificar e assumir o problema, porém, não podemos negar que existe muita gente que torce contra, pra não dizer a maioria.

  • Gione Oigen

    -

    5/6/2012 às 10:47 pm

    Dilma, salva o teu governo e fecha a metade desses Ministérios-ralos-de-dinheiro-público.
    Senão o PIB não chega nem a 1 %.
    Queremos torcer por você, mas está difícil. Sem alguma medida radical, de impacto, nada vai reverter esse PIBINHO.

  • toninho malvadeza

    -

    5/6/2012 às 10:06 pm

    Tio sabe o que me da sono ? Ouvir o Suplicy falar.Me da uma nhaca.

  • nihil

    -

    5/6/2012 às 9:47 pm

    Enquanto ela fica blablazando e culpando as sombras pela má administração dos recursos publicos, o PIB, se é que cresceu, foi apenas míseros 0,2%. Mantega concede renuncia fiscal a alguns produtos por noventa dias e sobe impostos para outros eternamente. Nunca se arrecadou tanto e a arrecadação continua crescendo muito acima do crescimento da economia. E os serviços publicos, cada vez piores.
    O povão está reclamando e parece que a casa vai cair.
    Aquele ….que comprou uma tv de 55″ e teve que reformar a casa , pois a tv, lá não cabia…

  • Edson Oliveira

    -

    5/6/2012 às 9:30 pm

    Uma pergunta que não cala ONDE o governo federal investe?
    O PAC é uma farsa, o PIB é uma Piada, o governo não saber agir na crise, os Bancos estão com a faca no pescoço imposta pelo governo, as empresas nacionais estão com deficit, a industria está entrando em parafuso, o congresso ainda não começou a trabalhar esse ano, a presidenta está tampando o sol com peneira,o ministro está sonhado acordado, resumindo estamos jogados a própria sorte.
    Nos jornais e na televisão só tem petista concordando com as medidas insuficiente do governo.

  • Edson Oliveira

    -

    5/6/2012 às 9:14 pm

    Brasileiro não torce pela crise mas que ela vai vim e devastar a economia do Brasil vai, já ouve uma grande fuga de capital estrangeiro,as maiores empresas no Brasil são estrangeiras e como as matrizes necessitam de recursos esse capital sairá daqui, eles vão diminuir seus investimentos substancialmente aqui como as empresas chinesas, indiana, alemã e americana.
    Nossas commodities estão em ladeira a baixo a empresas nacionais com Vale e Petrobras estão com balanços horríveis sem expectativa de uma recuperação rápida, a nossa industria está entrando em parafuso com os seguidos pacotes do governo que sempre é redução de IPI para linha branca e carros, reforma tributaria que é BOM não ouço nem falar,é pecado é coisa de tucano que quer desmoralizar o governo.
    Na crise de 2008 EU vi e sentir a crise fortemente as empresas que presto serviço pararão e até hoje estão em parafuso por terem acreditado na historia da Marolinha.
    Tem mais mas não vou ser o profeta do apocalipse.

  • Alzira

    -

    5/6/2012 às 9:01 pm

    “Enfrentaremos novas dificuldades com transparência, sem esconder problemas”. Isso eu quero ver!

  • Andre M. Andrade Jr

    -

    5/6/2012 às 8:59 pm

    Ser melhor do que Lula não é mérito é obrigação.Falam em 3% de pib mas sabemos que será menor.Dois bancos já estão fazendo água.O que será? Boa coisa não é.Esta é a administração da gerentona do PAC.Fernando Henrique já dizia de seu ministro da fazenda,quando ele era do Lula,este é fraquinho…A coisa já está desandando e os jornais seguram a barra para não criar pânico!

  • Spitfire

    -

    5/6/2012 às 8:35 pm

    Depois de ser governado por mais de 9 anos pela escória petista, os brasileiros desinformados que votaram na camarada Dilma começam a perceber que a camarada Dilma não poderá enganar a todos seus eleitores durante todo o tempo e ela já começa a dar desculpas. Até agora o PAC emPACou muito. O governo PeTista dos camaradas lulla(o invejoso)e Dilma fez muito pouco e muito menos do que apregoado na propaganda eleitoreira do PT. O PAC desandou e como a Delta está envolvida na maioria das obras do PAC, vai desandar mais ainda. Quando os camaradas Dilma e lulla acordarem, verão que todas aquelas promessas mirabolantes viraram pó! É o jeito PT de governar, muita roubalheira, muita corrupção, perda de foco nas coisas importantes, prevalecendo aspectos ideológicos ultrapassados em detrimento das ações realmente importantes para o crescimento de nossa Nação, emprego para todos os petistas incompetentes, boquinhas que não acabam mais, inflando as despesas do governo com seres e gastos inúteis. Um país como o Brasil não pode ser governado pelos camaradas do PT, que só tem gente incompetente movida a ideologia comunista/nazista com muito ódio e muita ignorância. Ficam o tempo todo querendo acabar com a liberdade de imprensa usando centenas de subterfúgios. O Brasil precisa ser governados pela elite intelectual e tecnocrática brasileira, como foi no governo do grande, senão o maior, estadista brasileiro, FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, que acaba de ganhar um prêmio equivalente ao Prêmio Nobel, o Prêmio Kluge, no valor de U$1.000.000,00 (mais um motivo para o camarada lulla se revirar na cama de inveja)- interessante que a imprensa pouco noticiou tal fato.

  • indignada

    -

    5/6/2012 às 8:16 pm

    Reinaldo, a mania da petezada é culpar sempre os outros. Os golpistas, quadrilheiros, mentirosos, enganadores, cínicos, bandidos…são eles mas sempre culpam “os outros”. Isso é do caráter da famíglia petralha.

  • Pessimista

    -

    5/6/2012 às 8:13 pm

    8 sinais de que estamos à beira do apocalipse econômico, segundo Raoul Pal
    Analista prevê colapso bancário e surgimento de um novo sistema financeiro até 2013

    São Paulo – Não faltam visões pessimistas sobre os rumos da crise econômica, mas o ex-gestor de fundos hedge na GLG Partners e na Goldman Sachs e fundador do Global Macro Investor, Raoul Pal caprichou nas previsões tenebrosas.

    Em uma apresentação compartilhada na internet, Pal prevê o colapso do sistema bancário mundial, com os governos das principais economias quebrando e o sistema financeiro passando por uma reorganização completa.

    Quando isso vai acontecer? Para ele, entre 2012 e 2013. “Temos cerca de seis meses de negociação nos mercados ocidentais para fazer dinheiro suficiente para compensar as perdas futuras”, alerta Pal.

    Na visão do analista, após o efeito dominó, que não pouparia Europa, Estados Unidos e China, o mercado de títulos morreria e só sobraria o ouro e o dólar.

    “O colapso bancário e os calotes em massa trariam o maior choque econômico que o mundo já viveu”, diz Pal. “Gostaria de ver outro cenário com igual probabilidade, mas não consigo… Tudo que podemos esperar é que eu esteja errado, mas, de qualquer forma, um sistema completamente novo vai surgir e vai abrir uma série de oportunidades”, destaca o analista, em sua apresentação.

    Veja, a seguir, trechos dos slides em que Pal explica por que, em sua visão, o fim está próximo:

    · O mundo não tem um motor de crescimento, com todas as economias do G20 entrando em “velocidade de estol” (velocidade abaixo da qual um avião não se sustenta mais no ar e começa a cair) ao mesmo tempo.

    · O mundo está prestes a entrar em sua segunda recessão, com uma depressão em andamento. Pela primeira vez desde a década de 1930, estamos entrando em uma nova recessão antes que os índices de produção industrial, encomendas de bens duráveis, emprego e PIB do setor privado tenham voltado ao patamar anterior.

    · Este será o pico cíclico mais baixo de crescimento do PIB na história dos países do G7, ou seja, é o alicerce mais fraco para se entrar em uma recessão.

    · As 10 nações mais devedoras do mundo têm uma dívida superior a 300% do PIB mundial.

    · A história mostra que quando uma nação dá o calote na dívida soberana, outros calotes vêm em seguida. Um calote da União Europeia significaria um calote do Reino Unido, seguido por Japão, Coréia do Sul, China, Estados Unidos e, finalmente, a maior crise bancária da história.

    · Não sabemos exatamente o que está por vir, mas podemos ligar os pontos entre o ponto que estamos agora e o colapso do primeiro grande banco. Há pouco espaço para resgates governamentais, o que permite facilmente ligar os próximos pontos entre o primeiro banco fechado e o colapso de todo o sistema bancário europeu, e depois a quebra dos governos.

    · Praticamente não há freios para evitar essa situação e quase ninguém percebe a seriedade da situação.

    · O problema não são os 70 trilhões de dólares em dívida do G10. O problema é o colateral de 700 trilhões de dólares em derivativos associados a eles. Isso equivale a 1200% do PIB mundial e está apoiando em bases muito, muito fracas

  • @MyrianDauer

    -

    5/6/2012 às 8:12 pm

    “Eles Ninguém” podem torcer contra ou a favor…
    O que sei é que “Nós Todos” perderemos com a incompetência do governo, a gastança, a corrupção e o arranca-rabo entre políticos ordinários de qualquer partido!

  • Curumim

    -

    5/6/2012 às 8:08 pm

    Ella e seus cúmplices sempre trabalharam contra o país. Por isso julga os outros por si.

  • Muttley,

    -

    5/6/2012 às 8:05 pm

    É isso aí, Reinaldo!!!…Uma administração eficiente depende menos do viés ideológico do gestor e, totalmente da qualidade de gestão. Fazendo um exercício de futurologia, a partir da segunda metade do Século XXI as democracias abdicarão do voto direto para um único chefe de executivo e os parlamentares (eleitos) contratarão equipe de executivos para gerir os diversos ministérios, sobre os quais, exercerão severas fiscalizações sobre o cumprimento das metas. Assim será a democracia do futuro. Picaretas tipo LULLÃO e outros bofes, virarão zeladores de zoológico. Com todo respeito à classe!…

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados