Blogs e Colunistas

16/05/2012

às 19:27

Quem negocia com bandido? Investigações da PF, do FBI e da Interpol sustentam que Collor recebeu Dossiê Cayman e que sua família pagou US$ 2,2 milhões por papéis fraudulentos

O senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL), aquele que já caçou marajás um dia e que se dedica hoje a caçar jornalistas, acusa fanaticamente um profissional da VEJA de ter-se unido a bandidos etc. e tal. Ele finge não saber a diferença entre conversar com quem quer que seja em busca de informações e, de fato, se associar à bandidagem. E parece não saber a diferença faz tempo!

Lembram-se do Dossiê Cayman — aquilo, sim, uma picaretagem armada contra os tucanos? O caso foi investigado pela Polícia Federal, pelo FBI e pela Interpol. Conclusão: Collor recebeu o papelório. E sua família, segundo as investigações, pagou US$ 2,2 milhões por eles. Quem mesmo, senador, negocia com bandidos? Ou não eram bandidos os que armaram aquela tramoia? O que Vossa Excelência queria de posse daquela falcatrua? Por certo, não era fazer reportagens, ainda que muitos repórteres tenham sido pautados, não é mesmo?

Leiam o que informou a Folha no dia 12 de dezembro do ano passado. Eis que, cinco meses depois, temos o valente senador posando (Emir Sader, seu neoamigo do PT, escreveria “pousando”) de grande moralista, a acusar gente decente de se envolver com bandidos.
*
Por José Ernesto Credendio
Investigação da Polícia Federal afirma que a família do senador e ex-presidente Fernando Collor (PTB-AL) pagou em 1998 pelo dossiê Cayman, conjunto de papéis forjados para implicar tucanos com supostas movimentações financeiras no exterior. Segundo o inquérito, o senador teria recebido pessoalmente a papelada das mãos de um envolvido, em Maceió. As conclusões são baseadas em investigações da Polícia Federal, do FBI (nos Estados Unidos) e da Interpol. Collor não foi indiciado por não ter participação direta no pagamento nem na elaboração dos papéis, mas é citado como beneficiário do caso. De acordo com a investigação, o dossiê custou US$ 2,2 milhões em valores da época, pagos a partir de uma conta controlada por Leopoldo Collor, irmão do senador, no paraíso fiscal das Bahamas.

Os irmãos Collor caíram em um engodo, diz o inquérito, já que na prática pagaram uma fortuna por papéis grosseiramente falsificados. A investigação rastreou as viagens feitas pelos envolvidos na produção e na difusão do dossiê. Eles transitam por EUA, França e Salvador, onde houve escala do avião. Por fim, chegam a Maceió. Os documentos mostram como uma “offshore” no Uruguai, em nome de um laranja de Leopoldo Collor, controlava uma conta nas Bahamas.

E como foi a negociação para que o dinheiro fosse depositado em um banco em Coral Gables, uma cidade na Flórida (EUA), sem deixar rastros. Mas o FBI entrou no caso e conseguiu, ao lado da Interpol, apurar as conexões. O valor da venda apareceu em uma agência do Eurobank na cidade norte-americana, conforme autorização de transferência bancária de 31 de agosto de 1998. Parte da trama foi relatada à investigação por Raymundo Nonato Lopes Pinheiro, então diretor internacional de comercialização da Rede Globo e réu no processo. “Laranja” de Leopoldo, ele confirma que é autor do documento que permitiu a transferência bancária, por meio de procuração.

Nonato disse à PF que conhecia Leopoldo desde os 17 anos. A existência da empresa “offshore” foi confirmada pelo irmão de Collor. A conta em Coral Gables era, no papel, de Martha Volpato, indicada para receber o pagamento pelo dossiê e, assim, evitar que o negociador surgisse na transação. O principal negociador é Luiz Claudio Ferraz da Silva, amigo de Leopoldo. Ele teria entregue os papéis a Fernando Collor em 5 de setembro de 1998, em Maceió.

Martha, que recebeu US$ 20 mil, chegou a ser presa em outra operação da PF. As investigações estão em processo na 10ª Vara de Justiça Federal de Brasília, quase pronto para julgamento.

Encerro
Como se vê, o lobo pode mudar de pelo, mas não de hábitos.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

57 Comentários

  • Rombo

    -

    18/5/2012 às 5:39 pm

    ESSE SENHOR JÁ PASSOU PELO DEPOSIÇÃO JÁ DERRUBARAM DO CAVALO E NÃO APRENDEU .AGORA ESTA ENGANDO O PT PARA VIR A SER CANDIDATO EM 2014 .NÃO APRENDE O ROXINHO JÁ ERA

  • João Filogônio

    -

    18/5/2012 às 11:43 am

    A maioria dos dementes exibe no semblante (em alguns breves momentos) a condição de demente; exibe (por alguns segundos) um olhar característico de pessoas portadoras de desiquilíbrio mental. Por mais de uma vez o “ilustre” Senador já protagonizou essa cena.

  • Marcos Tadeu

    -

    18/5/2012 às 10:00 am

    Senhores Senadores:
    Uma LLaranja podre apodrece as boas laranjas.
    Abram os olhos ou a mente

  • Virginio Marcos Lopes

    -

    17/5/2012 às 7:49 pm

    Cachoeira ou uma curva de rio
    Collor é uma cascata em que águas fomos nos meter

  • ocidental

    -

    17/5/2012 às 6:43 pm

    Havia um casal de velhos.Ele,motorista de táxi,trabalhava ainda e conseguiam sobreviver parcamente com o que ele conseguia ganhar. Um triste dia ela, a esposa,foi diagnosticada com câncer . O tratamento seria caro, longo e trabalhoso.( Vocês estão acompanhando o caso do Lula,do Zé Alencar já acompanharam e sabem como deve de ser caro.)Pois bem ,ele, o marido, decidiu-se,desesperado ,por vender a casa em que moravam,único bem que possuíam para poder pagar o tratamento da esposa.Aí veio o collor e passou a mão no dinheiro . A esposa morreu sem tratamento e o velho marido se suicidou.É fato,aconteceu perto de mim. Vocês acham que isso foi um crime? Como um ser humano desses pode por a cabeça no travesseiro e dormir??? Que moral tem para querer peitar a imprensa livre?

  • ocidental

    -

    17/5/2012 às 6:33 pm

    Atenção para LC ,das 20:10 horas : Cascudíssima disfarçada de ‘conselheira’.Não se enganem, eu rastreio uma ‘cascuda’ , até as disfarçadas.Reinaldox nela.

    Reinaldox na cascudíssima!

  • ricardo carvalho

    -

    17/5/2012 às 6:24 pm

    Lula você precisa responder a pergunta feita em 1989, pelo e não adversário Collor : Lula você adquiriu um sistema de som. Você deu à quem ? E o Lula se borrou todo. Ele tinha adquirido para uma namorada de Brasília… Não é verdade Lula ? E o mais grave é que Collor falou ainda de uma filha que Lula tinha e que só depois assumiu a paternidade. E Hoje, os dois vivem se beijando e sendo parceiros dos fatos mais escusos deste país.

  • Nelson de Azevedo Neto

    -

    17/5/2012 às 5:12 pm

    Fernado Collor é uma mistura de filhote de coronel com o típico playboy cinquentão de fala empostada e metido à cawboy… Deve estar passando por uma crise melancólica e saudosista da velha Alagoas…
    :)

  • cuidado com a patrulha

    -

    17/5/2012 às 4:17 pm

    “Fernandinho da boca-do-Rio”.Ex-manequim.
    O Collor é um petralha genuíno!

  • Rere

    -

    17/5/2012 às 12:53 pm

    Engraçadíssima a cara do Collor : cabeça erguida ; olhar e postura de um homem probo, digno, de caráter absolutamente ilibado.Esse mundo está de perns pr’o ar mesmo.

  • capixaba atento

    -

    17/5/2012 às 12:27 pm

    Reinaldo, esse vagabundo, que preferiu se chafurdar na lama, como costumava dizer, devia estar bem quietinho, meditando sobre a sua mediocridade e DESPREPARO TOTAL para dirigir um país complexo como o Brasil. Vemos que hoje é apenas um RESSENTIDO, querendo vingar-se da revista VEJA, por ter exposto aos quatro ventos o quanto ele é corrupto e mau caráter … Que me desculpem os eleitores da valorosa Alagoas, mas precisam ser mais cuidadosos na escolha de seus representantes, pois esta que fizeram para o Senado é infeliz e irresponsável. Será que nas Alagoas ninguém sabe em quem está votando ???

  • Mako

    -

    17/5/2012 às 12:26 pm

    Que interessante esta noticia. Investir 2.2 milhoes em lixo nao parece muito inteligente.

  • Anónimo

    -

    17/5/2012 às 11:53 am

    Alguma coisa esta errada, como tantos corruptos que estão na ativa conseguem se elegerem, ou é voto comprado, ou as urnas estão manipuladas, ou os seus eleitores comeram titica de galinha quando eram crianças.

  • RADI-KAL

    -

    17/5/2012 às 11:26 am

    A Revista VEJA é a pedra capaz de acertar o tão fragilizado telhado de vidro de Fernando Collor, daí o verdadeiro e grande motivo pelo qual o referido meliante da política brasileira está tão temeroso e defende a supressão da verdade!!!

  • Pernambucano

    -

    17/5/2012 às 11:14 am

    Que time do c… Lula, Collor, Sarney, Dirceu e Gilberto Carvalho; Palloci, Renan , Jucá e Orlando Silva; Cabral e Demóstenes. Técnico – Carlinhos Cachoeira.

  • eumesma

    -

    17/5/2012 às 11:13 am

    Collor deveria fazer de tudo prá manter um “low profile”, andar encostadinho pelos corredores e jamais chegar perto de um microfone.
    Mas é incorrigível. Como dizia a minha avó:
    Tratando-se de porcaria, quanto mais mexe, mais fede.

  • ricardo carvalho

    -

    17/5/2012 às 11:05 am

    Quando teremos a Comissão da Verdade Verdadeira, para apurar as corrupções do Governo Lula ? Ai sim, vamos saber a verdade verdadeira a respeito do maior corrupto de toda a história deste país. Não é mesmo, Lula ? Não é mesmo, Palloci ? Não é mesmo Zé Dirceu ? Uma comissão sem políticos e qualquer membro dos 3 poderes. Nomes indicados por entidades civis, como a OAB.

  • an

    -

    17/5/2012 às 10:56 am

    Quando será que vai acabar o reinado dos “coroné”?

  • Se-Gyn

    -

    17/5/2012 às 10:43 am

    Collor, Collor… Ah, sim – Collor. Aquele do empichamento.

    Pois é, apesar da atual pinta forçada de lord, o figura anda bastante blazé!…

  • Angelo

    -

    17/5/2012 às 10:12 am

    Senhores,e pensar que esse circense,foi um dia presidente
    destePaís,sangue-suga do povo e agora inimigo da imprensa
    livre,depois de terem caido no engôdo e pagarem o valor
    de US$2,2 milhões devem ter ficado com aquilo bem mais roxo.

  • Setembrino Aparecido de Jesus da Silva

    -

    17/5/2012 às 10:11 am

    Sinceramente, não consigo entender essa gente! Os caras possuem 2 milhões de dólares na conta e se preocupam em comprar papéis falsos com esse dinheiro? Definitivamente essas pessoas possuem fortunas mas não sabem aproveitar a vida!

  • Erasmo MOraes Oliveira

    -

    17/5/2012 às 9:53 am

    Caro Reinaldo , no seu “encerro” só faltou , E a Justiça na Sua Velosidade “, Desde 1998 ?.

  • paulo

    -

    17/5/2012 às 8:54 am

    Hoje é aniversário do assassinato do governador do Acre para encobrir a verdade sobre o “Canal da Maternidade”!

  • jean michel

    -

    17/5/2012 às 8:53 am

    “O senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL), aquele que já caçou marajás um dia e que se dedica hoje a caçar jornalistas”…KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • MINEIRIN INVOCADIN

    -

    17/5/2012 às 8:49 am

    Reinaldo,assim como o “new love” desse sujo “pra lamentar”,o porco-rei,a sede de vingança,o gosto extremado pela tramoia,a arrogância,a virulência,a truculência,uso e abuso do “vale-tudo”,da falta de escrúpulos e da ética,a imoralidade e amoralidade,uma filosofia de vida e ideologia segundo as quais “os fins JUSTIFICAM os meios” integram seu dna vagabundo! Quanto a “Os irmãos Collor caíram em um engodo, diz o inquérito, já que na prática pagaram uma fortuna por papéis grosseiramente falsificados.”,ainda bem que deram com os burros n’água,como” ladrão que rouba ladrão” e outras imoralidades mais! Agora,descoberta e revelada essa safadeza,deveriam ser aprofundadas as investigações em torno da origem dessa grana e bem assim uma forma de “DESCER O RELHO” nesse desequilibrado e ardiloso sujeito,no mínimo por “associação criminosa”,já que visava a obter vantagens pessoais com a “armação ilimitada”!

  • elguajiro

    -

    17/5/2012 às 8:12 am

    Na epoca quente das reportagens do financiamento das FARCS ao pt e grana de cuba,saiu uma reportagem sobre o Daniel Dantas em que a Veja diz ter uma lista das contas de petralhas em paraisos fiscais, e desafia os petralhas a pedirem o numero destas contas.Veja alegou à epoca que as contas foram passadas pelo DD.O que a Veja fez sobre estas contas?Se acovardou, como o FHC nas gravações das FARCS dando milhões de dolares pro pt e que foi gravada no governo FHC, por agentes a ABIN infiltrados?Pq o FHC não usou estas gravações na campanha do Serra?Misterio.

  • Marcus Meyer

    -

    17/5/2012 às 6:54 am

    Não é à toa que Collor acabou amigo de Lula! Afinal, são muito parecidos no caráter!

  • Patrícia de Sampa

    -

    17/5/2012 às 2:58 am

    O meu medo é que de tanto se ler essas bandalheiras, elas se tornem tão banais que não mais indignarão ninguém. E aí, babau!!

  • FERNANDO

    -

    17/5/2012 às 2:17 am

    Nobre Reinaldo, os “Canalhas envelhecem, mas as canalhices continuam as mesma”. Um delinqüente pode ficar em abstinência criminosa por um tempo, mas não por toda vida, está aí o caso de Fernando Collor. Um marginal seguirá sempre o seu “Instinto criminoso”. Não tem jeito! Uma vez delinqüente, sempre delinqüente. Fernando Collor é o que de pior surgiu na política do país nas últimas décadas. E agora voltou a política muito mais perigoso por ter se oferecido como o porta-voz das “Quadrilhas dos PTralhadas-Comunas” contra à imprensa isenta e seus profissionais. Collor retornou a política com sede de vingança, e para tal fará pior que num passado muito recente. Esse é o Collor do final dos anos 80 e início dos anos 90, só envelheceu, porém seus atos “Maquiavélicos e Criminosos” continuam os mesmos, com uma diferença, mais estruturados e organizados com apoio da PTralhada-Comuna. Esse Collor nunca enganou ninguém. Esse é o velho e experiente Collor, do mundo para o mundo das “Falcatruas e Maracutaias”. Fernando Collor sempre foi e será um “Lobo travestido em pele de cordeiro”. Collor tem “Peçonha” em sua alma e em sua essência. E diga-se, Collor é um dos piores e mais perigoso “Peçonhento” de sua espécie, serpente. Esse é Fernando Collor…

  • 44%Fernando44%

    -

    17/5/2012 às 1:47 am

    Collor sempre teve jeitos e trejeitos de menino riquinho bobo e mimado. Pensava que era esperto (em conjunto com seu irmão Leopolldo). Caíram no conto do bilhete (dossiê) premiado! Pensar que gente dessa “qualidade” chegou a governar estepaíz. E os aloprados de Lulla e Zé fizeram igualzinho. Pensar que gentinha dessa qualidade…

  • FM

    -

    17/5/2012 às 1:25 am

    Cada vez que leio algo assim tão asqueroso desse cidadão, fico achando que realmente essa tal de urna eletrônica deve ser mesmo uma fraude, pois não acredito que milhares de cidadãos eleitores, mesmo em sua plena ignorância tenham um grau de idiotia tão elevado, suficiente para continuarem votando em Collor.

  • Alex

    -

    17/5/2012 às 1:24 am

    Se este cara de pau do Collor tivesse vergonha na cara, nem aparecia mais como politico ,e o povão sem juízo nunca devia ter votado neste camaradinha.

  • toninho malvadeza

    -

    17/5/2012 às 12:50 am

    CARCARÁ faz negócios com bandidos,e quer bancar o MORALISTA ? Sei.

  • Nanico

    -

    17/5/2012 às 12:41 am

    Típico.
    Nanico

  • neoliberal otimista

    -

    17/5/2012 às 12:07 am

    Pois é, além de tudo Fernado Collor de Melo e seu irmão Leopoldo são dois tremendos otários ! Pagaram 2,2 MILHÕES DE DÓLARES por um “dossiê” fajuto, falsificado ! Que trouxas, que bobalhões ! BEM FEITO !!!

  • Marcos F

    -

    16/5/2012 às 11:58 pm

    Leopoldo … eu o conheci. Eu tinha 22 anos, era contato de uma agência de publicidade, e tratava direto com ele na Globo de São Paulo.
    Era ele, não? Um cara elegante, simpático … quem diria: um bandido a mais no grupo do irmão.
    É, o tempo passa – uns melhoram um pouco, outros pioram muito!

  • Paulão

    -

    16/5/2012 às 11:37 pm

    Reinaldo,
    Na verdade, esse lobo psicopata mudou de hábitos, sim. Ele assimilou o péssimo costume petralha de acusar os outros de praticarem os crimes que ele próprio pratica.
    Que baita evolução, né?
    Esse guri da Dinda vai longe…….

  • Terrano

    -

    16/5/2012 às 11:14 pm

    É incrível o que um garoto de recados do pt precisa fazer para mostrar que não foi violentado pelo partido.
    Maricão!

  • Vanessa

    -

    16/5/2012 às 11:07 pm

    Além de todos os adjetivos já conhecidos o impichado é um tremendo OTÁRIO … Pagar U$ 2,2 milhões por um dossiê fajutamente falsificado é coisa de ‘gênio’!

  • raimundo

    -

    16/5/2012 às 10:57 pm

    Agora dá pra entender porque Collor bate em Veja e Roberto Civita.

  • Leitor atento

    -

    16/5/2012 às 10:22 pm

    He he he,… o atordoado caiu no conto do paco, rsrsrs…, e depois dizem que é mineiro que compra bondes…

  • PARTIDO - PÊQUÊPÊ

    -

    16/5/2012 às 10:18 pm

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    O CARA DEVE ESTAR FAZENDO AQUELA BELA GINASTICA FACIAL NESTE MOMENTO rsrs SEMPRE TAO ATeLÉTICO …
    .
    O IMPORTANTE É NAO FICAR PARADO, NAO É MESMO ? ELE SE MANTEVE EM ATIVIDADE. AI,AI … COMO DIZIA A PESSOA LA DO NEGOCIO LA DO TRÓÇO; PUFFF, PÚTS …
    .

  • Normitcha

    -

    16/5/2012 às 10:07 pm

    Se o Brasil não fosse democrático nunca que Collor estaria lá na CPI. Texto irrepreensível, mas compará-lo com Lobos não, pois até onde sei, Lobos não são traiçoeiros!

  • Curumim

    -

    16/5/2012 às 10:04 pm

    Se já está quase pronto para julgamento, isto significa que, talvez em 20 anos, se tenha alguma novidade.

  • sandra

    -

    16/5/2012 às 10:02 pm

    rsrsrssrsrsrs Eu lembro do Uruguay com “i”!

    Dilma está acelerando todos os seus “ansiados projetos” (se vingar dos militares – embora ela mesmo tenha promovido crimes cruéis na época – matar bebes, etc.) porque está vendo que o PT já era.

    Embora colabore com tudo que eles tramam, ela quer mais é satisfazer seu ódio, pois de um momento para o outro o PT pode dar um golpe nela mesmo. Ela deve ter dito ao Collor para aproveitar o momento porque em breve já não será possível ele fazer algo… e ele aproveitou!!!!

    Ainda bem que temos brasileiros com excelente memória e jornalistas honestos.

  • Lúcio Lopes

    -

    16/5/2012 às 9:55 pm

    E eu que pensava que as Ilhas Cayman fossem reduto exclusivo do PT!!!

  • no chá das 5

    -

    16/5/2012 às 8:37 pm

    E que tal,isso,virar notícia novamente?????
    O que falta para isso??
    será que não tem ninguém que se interesse por isso??
    Que tal a oposição??

  • Artur

    -

    16/5/2012 às 8:29 pm

    O true Collor é um perigo , de caçador de marajás à caçador de dossiês falsos ,pagou um mico? mas dinheiro não é problema para eles, só resta saber se quem lhes deu um chapéu ainda tem a cabeça no pescoço.

  • LC

    -

    16/5/2012 às 8:10 pm

    Reinaldox na cascudíssima!

  • ClaudioSP

    -

    16/5/2012 às 8:09 pm

    E continua senador? Cadê o Conselho de Ética? Cadê o “vampiro” Humberto Costa? Cadê um petralhofrênico para pedir a cassação dele? Fecha a boquinha, Collor, senão aparece mais coisa.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados