Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

PUC-SP – Quando jornalistas decidem corrigir o que está certo, abusando da ignorância

Coleguinhas decidem apontar erro que não existe em nota de reitora da universidade. E ainda: a minoria truculenta e barulhenta nos seus últimos dias

Por: Reinaldo Azevedo

Ai, ai, às vezes, a gente sente certo cansaço do, como direi?, estado das coisas.

Nesta segunda, a Polícia Militar teve de ser acionada para que petistas e militantes de extrema esquerda da PUC-SP não agredissem estudantes que decidiram fazer um ato em favor do impeachment.

O protesto foi feito sem incidentes. E os provocadores foram mantidos distantes de suas vítimas potenciais. Tão logo o ato acabou, os esquerdistas decidiram provocar a PM. Entre outras graças, resolveram jogar fumaça de maconha na cara dos policiais. Houve reação, como acontece em qualquer democracia do mundo.

Muito bem! A esquerda, que sempre posa de vítima, cobrou da Reitoria um protesto contra a ação da PM, e a reitora Anna Maria Marques Cintra, que a esquerdalha já tentou derrubar algumas vezes, cedeu à pressão e divulgou a seguinte nota:
“Pelo presente ofício, vimos manifestar o nosso descontentamento com as ações da Polícia Militar frente às manifestações no último dia 21 de março em nossa universidade, em que alunos foram vítimas de bomba, tiros de borracha e gás lacrimogêneo.
Neste sentido, a Reitoria da PUC-SP lamenta o corrido, além de ser contra qualquer ato de violência”.

Gramática
Por alguma razão que só a ignorância explica, os jornalistas de vários veículos divulgaram a carta e resolveram acrescentar um “(sic)” depois de “vimos”, como se a reitora tivesse cometido um erro. O advérbio latino — “assim” — é empregado para indicar que “assim está no original”, com esse erro.

A ignorância é só dos autores do “sic”. O presente do indicativo do verbo “vir”, na primeira pessoa do plural, é “vimos” mesmo. Não há erro nenhum aí. Se querem corrigir a nota, recomendem “nesse” em lugar de “neste”. O que dizer aos coleguinhas? Na dúvida, consultem ao menos o Houaiss. O problema é que os ignorantes costumam ter muitas certezas e poucas dúvidas.

VIR - HOUAISS

Panelaço
Ora vejam… Escrevi aqui na madrugada passada que o 21 de março marcaria o dia em que a maioria silenciosa da PUC acordou. Nesta terça, cerca de 300 esquerdistas decidiram se manifestar contra a ação da PM num protesto e, depois, numa passeata.

Sabem o que aconteceu no caminho? Foram alvos de um panelaço de moradores, protestando, também eles, mas contra as palavras de ordem dos estudantes governistas.

A minoria de truculentos ainda faz barulho. Mas está em declínio, e também a PUC ainda vai se libertar, como o Brasil.

E o caminho será a paz.

Quanto aos jornalistas, recomenda-se que caprichem na cobertura. E que estudem gramática!

Voltar para a home

TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. PUC em Direita

    PUC em Direita:
    https://www.facebook.com/PUC-em-Direita-1525971667705822/

    NOSSA MISSÃO:
    Extirpar o pensamento comunista e a doutrinação de esquerda sofrida pelos alunos da PUC para que a PUC não seja mais um centro de formação de militantes usados como massa de manobra pelos poderes políticos de esquerda e que têm dominado as principais universidades públicas e privadas do Brasil disseminando seus erros e seus falsos ensinamentos no meio acadêmico como sendo verdade absoluta e incontestável, mas que no fundo a única intenção é a imposição de sua ideologia e a dominação política sobre a sociedade brasileira.

  2. Antonio

    Aluno petista da PUC… deve ser o protótipo da esquerda-caviar: veste camisa vermelha estampada com a cara do Che Guevara, mas não desgruda de seu iPhone 6 (que custou “só” 4 mil reais pro bolso do papai…).

  3. Gabriel Birkhann

    interessante. não sabia disso.

  4. Felipe

    Já agora também deixo a sugestão de substituir a palavra “corrido” por “ocorrido”. A frase fica com o seu sentido um pouco alterado. Digo eu!

  5. Adilson Brilhante

    Quando eu estudei (no tempo) do grupo escolar todos os alunos diziam a tabuada para todos ouvirem e se conjugava verbo em todos os tempos.

  6. domenico

    Rapaz,eu já vi cada erro gramatical de jornalistas de certa relevância nos meios jornalísticos ! Que coisa feia !

  7. Silvia

    “cotou”= incidiu em alguma razão qualquer de cota, sem outros méritos.

  8. Silvia

    Jornalistas tipo: “cotou”, passou…

  9. Manuel Antonio Fialho

    Deixando de lado essa conversa fiada de politicamente correto. a PUC é uma instituição da igreja católica e, como tal tem que resguardar certos valores, senão perde o sentido de instituição católica. Não pode permitir que bandos organizados para defender ladrões invadam suas instituições. Afinal
    Não roubarás está lá na bíblia .
    Não roubarás e não acolherás ladrões. Qualquer instituição religiosa, educacional, hospitalar ou cultural, exige ou dá preferencia a funcionário que sejam da religião ( eu não sou religioso, só na minha experiencia de vida constatei esses fatos)As instituições católicas , talvez para não serem acusadas de descriminação aceitam qualquer um. Já houve casos de espaços da PUC serem usados por essa ralé inclusive para falar contra a existência de religião e dos valores familiares chamados por eles de pequenos burgueses. Eles que vão fazer a bagunça deles lá no Instituto Lula. Será que o Okamoto deixa ?

  10. Ney S. Monteiro

    Jornalistas da “Pátria Educadora”.
    Tipo pagou, passou.

  11. Kevin Lomax

    Não vamos subestimar a Organização Criminosa e seu GOVERNO-QUADRILHA

    Eles são que nem monstro de filme de terror, quando todo mundo pensa que já morreram eles se levantam para assustar mais alguém

    A caneta do Governo é poderosa e sabemos que os nossos parlamentares não são assim tão patriotas e republicanos

    Temos que dar o tiro de misericórdia que é o IMPEACHMENT

    Pressão total nos deputados que estão indecisos no mapa do site VEM PRA RUA. Não adiantar mandar e-mail pra deputado da esquerda bolivariana

    Os partidos que tem que ser pressionados são PMDB, PP, PROS, PR, PSD, PTB, PRB e os nanicos

    Não Vai Ter GOLPE, vai ter IMPEACHMENT

  12. Sergio

    Uma conversa telefonica fortuitamente gravada quando uma pessoa com foro privilegiado chama um numero que por autorizacao legal esta sendo monitorado pela policia, deve ser mantida em segredo somente se a conversa for de carater estritatemente pessoal, sem repercussoes danosas para outras pessoas, para as intuticoes ou para o pais. Quando a uma das pessoas ao telefone diz claramente que esta planejando cometer um crime contra pessoas,instituicoes, ou contra o pais, o sigilo dever ser quebrado. Nesse caso, o juiz tem a obrigacao moral de tornar publico o que foi gravado. Trata-se
    do BEM COMUM e nenhuma lei esta acima do bem comum. Leis foram criadas para proteger o povo e a nacao. Leis
    nao sao nuvens flutuando no espaco, nao importa o que esta acontecendo aqui em baixo. O legalismo irresponsavel e tao danoso quanto a falta de leis.

  13. Marcos F

    Estes jornalistas só conhecem o passado, não querem encarar o presente.

  14. angelo

    Senhores, Boa tarde , Em atenção ao texto, Toda a Ação, corresponde a Reação, portanto se houve Ação contra a PM,
    é justo que os FEDELHOS esquerdistas, sintam a Reação.

  15. Luiz

    A gritaria com palavras de ordem, na Rua Ministro Godoi, uma das entradas da PUC-SP, “não acabou/ tem que acabar/eu quero o fim da Polícia Militar”, ocorrida no último dia 21, é no mínimo deprimente em nossa escala de valores, para aqueles que querem uma sociedade mais moderna e mais democrática. Talvez uma busca de um mundo de “paz e amor”, imatura politicamente, os tornem desconectados da realidade. Nota-se que a minoria dos alunos se auto-financiam (sem ajudas de família, Fundo de Financiamento Estudantil, e outras tutelas), então fazem estes atos descabidos e deixam o estudo para depois. A ordem, juntamente com a Polícia, é primordial para uma boa escola, uma boa universidade, uma boa sociedade, se divergem disto, deveriam estudar mais, ler mais e empregar melhor o precioso tempo.

  16. Gabriel L. Costa

    Oi, Reinaldo! Parabéns pelo texto e pela lucidez. Sinto em informar que os “leninzinhos na puberdade” estão se mobilizando em outras faculdades, em apoio à PUC-SP, à “democracia” (petista) e contra o “golpe”. Posso acompanhar de perto na Cásper Líbero, onde estudo, em que alunos estão montando um tal “Cásper contra o golpe”, que já entrou em a parceria com outra excrecência, produzida pela Mackenzie, “Mackenzie pela democracia”. Já ouvi comentários também de parceria com a Universidade Metodista e, claro, a Universidade de São Paulo(USP).
    O jeito é ler o pedido de impeachment em praça pública!

  17. Mauricio M.A

    Tenho minhas dúvidas, ainda restam vários petistas enrustidos na reitoria da PUC. O professor Sérgio Cortela é um simpatizante do velho PT.

  18. walter

    Muitos da esquerda, intelectuais ou não, são muito medíocres em relação aos americanos e europeus. Também há muitos aventureiros.

  19. Orange3

    Kkkk. É porque pensaram que o correto é “viemos”. Muita gente faz isso. Agora, em se tratando de jornalistas… Só não surpreende que sejam petralhas.

  20. Evandro

    Triste ver as Universidades públicas ou privadas e a UNE totalmente cooptada. Espero que os próprios estudantes e professores não demorem para libertar a USP, UNICAMP, PUC….

  21. Hipócrates Viana

    O problema das Universidades e dos jornalistas em geral no Brasi é quel pararam no tempo. Mais precisamente nas décadas de 60 e setenta. Já se passaram mais de 50 anos e essa esquerda guevarista ainda pensam e raciocinam como se estivessem naquele tempo. Têm ódio recolhido pelas PMs. Dão aulas fazendo militância fazendo apologia aos seus “heróis” que já a muito desmascarados e extintos nos Países civilizados. Ninguém aguenta mais os DCEs entupidos de idiotas remelentos que não estudam, só fumam maconha e vivem de protestos e invasões. Maioria dos universitários os rejeitam. Querem estudar se formarem e ganhar a vida dignamente. Tá na hora de extiguir essa corja pelo anonimato. Não merecem plateia. Indiferença neles!

  22. Silva Júnior

    “…também a PUC ainda vai se libertar”. No caso da PUC, o que mais me surpreende é que ela, mesmo sendo uma entidade privada, deixou-se encabrestar por essa gente.

  23. Leia Nucci

    Reinaldo, suas análises são excelentes e você ainda nos brinda com informações sobre regras de Português! Perfeito!

  24. Pedro Henrique de Mattos

    Reinaldo, você é sensacional. Com que clareza você os chama de BURROS. Com que sutileza você mostra a esses esquerdopatas que a sua ignorância não é só de ideologia e sim de gramática. Eles, os esquerdistas podem fazer o que querem contra qualquer um. Os que pensam ao contrário, não. Estão proibidos. Será que eles não se tocam??????

  25. Cristina Marques

    Meu velho pai, diria” a ignorância é atrevida”… Realmente como comentou o Reginaldo, os jornalistas envolvidos poderiam dormir sem essa!

  26. wilson

    Na PUC a mensalidade é paga pelo papi daí é podre de chique ser guevarista mas ninguém é de ferro manifestação só de segunda a sexta , agora que sub-nível de ensino tá a PUC.

  27. Tucson58SP

    TÁ FICANDO NAUSEANTE, MAS NÃO PODEMOS JAMAIS DESISTIR !
    .
    Essa agonia de termos um país fracassado e vergonha de ser brasileiro tem que acabar… Por isso não podemos desistir…
    O passarinho leva uma gota de água no bico para tentar apagar o incêndio da floresta, é o ele consegue fazer para ajudar. Nos, os bons, os mansos, democratas, trabalhadores, estudantes, temos no mínimo fazer igual ao pássaro… ou mais, já que podemos. Um simples ato de bater panela na janela já é uma grande ajuda. Não podemos deixar que essa tristeza nos domine. Há de haver luz, temos que buscá-la….

  28. Paulistana

    Nota-se q nenhum desses jornalistas pegou verdadeiramente no batente em suas vidas. 99% das correspondências comerciais começam com esse tempo verbal “vimos”, ou seja, nós, desta empresa. Ao q tudo indica nunca nem leram uma correspondência comercial em suas vidas. O q é muito normal para os q nada fazem e nenhuma responsabilidade têm.

  29. Ronaldo

    Tem gente ruim de serviço em todo lugar .
    Pusilâmines.

  30. Mandav

    Já comentei algumas vezes: Fico estarrecido (é este o termo que a Competanta usa?), fico mesmo, com o tremendo despreparo das novas gerações de “repórteres e jornalistas”, sobretudo nas tais “coberturas ao vivo” na TV… Quanta bobagem, quantos erros de toda ordem, quanta confusão mental!!! É de chorar! Até a Globo, que deveria ser a melhor, me provoca náuseas pela falta de mínimo cuidado no preparo de seus ditos repórteres. William Waak deve estar com comichões sem cura…

  31. osvaldo

    QUE SAUDADE DA UNE DO MEU TEMPO
    Reinaldo, a proposito de uma manifestação dentro de uma instituição de ensino do alto nível da PUC, me pergunto; a UNE ainda existe?????
    a ultima referencia que vi a respeito foi numa foto do Lula fazendo um de seus comícios fechados só para petistas, aparece uma moça com uma camiseta da UNE, eles não falam mais nada, não dão as caras, nem mesmo no meio estudantil.
    Nos anos duros da ditadura militar a UNE era uma representação tão efetiva quanto os maiores partidos da oposição daquela época.
    Onde estão os estudantes que serão os futuros lideres desse país?

  32. Palhaço do Nariz Vermelho

    Essa molekada esquerdinha adora servir de bucha de canhão para comunista. Não arrumam nem o próprio quarto mas querem ditar regras para o Brasil.

  33. Sergio Hora

    “Que estudem gramática”, não.
    Que estudem!

  34. reginaldo

    Os jornalistas envolvidos poderiam dormir sem essa. BOA REINALDO!

  35. alberto santo andre

    a prova vivenciada no dia a dia e que manifestaçoes contra a quadrilha petralha de assalto ao pais , embora em muito maior numero , por serem de pessoas honestas e trabalhadoras , que veem na policia o elo de ligaçao da justiça com a populaçao . sempre transcorre em paz , ja os cumplices destes quadrilheiros que tomaram de assalto obrasil , embora em menor numero e coloque menor nisto , por serem bandidos , vagabundos , e cumplices de criminosos a soldo , sempre a entreveros , visto que a justiça, representada pela policia , e a criminalidade e banditismo , representados por pseusdos estudantes , cujo codinome e terrorista , como acontece em qualquer pais realmente democratico , sempre acaba em entrevero , pois afinal em uma sociedade democratica cabe a policia , fazer , com que respeitem as leis , maconheiros que sao , e inclusive provedor de erario para os criminosos , que respeitem onde vivem e convivem pessoas honestas e trabalhadoras , os lugares deles sao em covis .

  36. Vinicius

    Atitude bem previsível da PM, que com a fumaça da Cannabis, entrou no” barato” e sentou a borracha.
    Tão reclamando do que ?

  37. ps

    Parabéns a PM de SP !!!

  38. flavio

    Tomaram ovadas dos moradores dos prédios. Abaixo a esquerda ditatorial.

  39. Marilena Chun Li

    Ninguém mais aguenta essa gente.

  40. simplesmente maria

    Surpreendente que indivíduos com a profissão de jornalistas não saibam conjugar o verbo vir. E ousam expor sua ignorância com um ‘sic’ impertinente. Vexame!

  41. Zyj

    PRÁ CIMA DELLES PULIÇADA!! Porrete nesses vagabundos!

  42. Alexandre

    Conta o anedotário político que Jânio Quadros – conhecido por seu vernáculo escorreito – quando prefeito de São Paulo, recebeu uma comissão de representantes de professores em greve. O líder deles se levantou e disse algo assim: “Senhor Prefeito, viemos aqui hoje para apresentar a Vossa Excelência nossa pauta de reivindicações”. Antes que o representante continuasse, Jânio, também conhecido por seus repentes e rompantes, levantou-se de imediato e disse, saindo, para não mais voltar à reunião: “Vieram e não me encontraram!”

  43. Diogo

    Acho difícil a PUC se libertar do esquerdismo, pois este está enraizado em suas entranhas, tenho um amigo de Colégio que hoje é docente nessa instituição, surpresa a minha quando vejo no face um texto dele com defesa velada aos alunos esquerdopatas e ataque a PM. O texto é daqueles inteligentinhos que critica sem deixar explicito, coisa que a esquerda adora fazer, posar de isentos defendendo o que há de pior na nossa política.

  44. Gelson

    O que fica provado é que maconha destrói neurônios.

  45. carlos

    a pontifícia universidade católica transformou-se na toca dos excomungados.
    é o fim do mundo mesmo.

  46. Igor

    Chi!
    Estão ensinando aos futuros administradores do Brasil que fumaça de baseado é arma?
    Os bolivarianos plantadores de maconha vão ser os maiores produtores de armas letais do Planeta.
    Será que estamos vislumbrando o nascer da maior revolução armamentista já vivida pela humanidade?

  47. Silvando

    A turma está desesperada.

  48. Tamos de Olho

    Nenhuma surpresa RA, onde reina a ignorância e o atraso, exemplarmente representados pelo líder da seita e sua sucessora, que cotidianamente assassinam o pobre português, não se pode esperar muito.
    Agora jornalistas que não sabem escrever são o vergonhoso produto destas vergonhosas instituições, cujo o corpo docente está mais preocupado com a militância politica. Militância esta mantida e aprovada por PUC-SP, USP, UNICAMP e por aí vamos, tomadas que estão pelos órfãos de 64, os coxinhas vermelhos. É o fim dos tempos verbais, dos plurais, e do Brasil.

  49. André Luis Rosa de Oliveira

    ” O problema é que os ignorantes costumam ter muitas certezas e poucas dúvidas.”

  50. dudu

    Reinaldo, vc está esperando muito de um monte de “burguesinhos mimados e engajados na luta contra a direitcha raivosa”!!!kkkkk Esses aí passaram os anos de “facul” fumando maconha e enchendo a cara no “buteco”. Aulas? Só de ideologia marxista. Português? Pra que??