Blogs e Colunistas

16/09/2010

às 6:19

Presidente do Banco do Brasil compra imóvel com dinheiro vivo, que guardava em casa!!!

Por Mônica Bergamo, na Folha. Comento.
O presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, comprou um apartamento no interior de São Paulo neste ano em dinheiro vivo. O imóvel foi declarado na escritura por R$ 150 mil. Com 160 m2 de área, ele tem duas vagas para automóveis de passeio. Foi adquirido em abril deste ano da Construtora Eugenio Garcia.

A Folha visitou o prédio. Um apartamento vizinho ao de Aldemir Bendine, no mesmo andar que o dele, está à venda por R$ 310 mil. A escritura do imóvel foi registrada em abril. Nela consta que a construtora fechou a compra e que o valor do imóvel foi “recebido em moeda corrente nacional”. Bendine diz que fez o pagamento em notas de reais.

A lei permite que um imóvel seja quitado por meio de cheque, transferência bancária ou dinheiro vivo. A operação não é ilegal.

FISCO
Por meio da assessoria de imprensa do Banco do Brasil, Bendine disse que, além de a lei permitir a transação em dinheiro vivo, o valor desembolsado é compatível com a sua declaração de Imposto de Renda (leia texto ao lado) deste ano.

O executivo diz que informou ao fisco guardar R$ 200 mil em casa, em dinheiro vivo. Teria gasto uma parte deste total para adquirir o apartamento. De acordo ainda com assessores de Bendine, os recursos que ele tinha em aplicações financeiras seriam insuficientes para fazer frente ao gasto. Por isso, ele recorreu ao dinheiro guardado em sua residência.

O banco estatal diz que, por se tratar da vida pessoal de Bendine, não divulgará as razões que o levaram a optar por manter dinheiro em casa, perdendo os rendimentos em aplicações de instituições financeiras como o próprio Banco do Brasil.

Quanto ao fato de um imóvel das mesmas dimensões que o dele estar à venda no mesmo prédio pelo dobro do preço, a assessoria afirmou que há várias explicações possíveis para a diferença. Aqui

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

73 Comentários

  • Móises

    -

    18/9/2011 às 2:03 pm

    A explicação não pode ser lida por problemas técnicos… será?

  • Marcos

    -

    4/8/2011 às 10:55 am

    E estas empresas continua trablahndo para o Banco e não deveria esta no EDITAL o Banco e UM só…..

  • Marcos

    -

    4/8/2011 às 10:48 am

    Lembrando que essas empresas prestam serviços para ATIVOS SA será que não entraram com decumentos inrregulares também, outra coisa nesta lista esta faltando uma empresa que quase entrou no estado de Goiàs com documentação inrregular também que foi a ATIVOS CONSULTORIA que emitiu um atestado FALSO do Banco Triãngulo S/A e esta trabalhando com o Banco do Brasil cobrando os não correntista será que não entrou com atestado inrregular também ?

  • Mario

    -

    28/7/2011 às 2:31 pm

    Incrivel!!! Este cara continua sendo o presidente do Banco do Brasil. Agora a nova: Licitacao do BB para empresas de cobrança é fraudada no Brasil INTEIRO e nao há investigacao. Quem recebeu propina no Banco do Brasil para aceitar atestados falsos em processo de licitacao????? Guardando dinheiro em casa, hun, sei não… Mas agora sei porque no Banco do Brasil vale tudo e nada é investigado. empresas prejudicadas pela fraude na licitacao do BB procurem deputados, senadores, revista veja, folha de SP, RedeRecord, Jornal naconal, qualquer coisa pois no banco do Brasil vale tudo, alguem tá ganhando muito dinheiro, depois diz que é pro partido..http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/bb-contrata-firmas-que-ele-excluiu-por-suspeita-de-fraude/

  • Valdenio Barbosa

    -

    27/1/2011 às 8:26 pm

    Essa é a unica solução para quem espera um financiamento de habitação do BB. Pois desde setembro de 2010 que espero esse financiamento,ja paguei até o ITBI e mais de 50% do valor do imóvel, e não tive nenhuma resposta. Ele tambem deve ter esperado muito desistiu. É um verdadeiro descaso do BB por isso ele preferiu comprar á vista.

  • dinheiro.vivo

    -

    18/9/2010 às 6:25 pm

    se a moda pega hein? o proprio chefe maior de uma instituicao financeira estatal, a maior da america do sul guarda suas economias (?) em casa – que motivos tem ele para convecer o cliente a depositar no banco que ele dirige? guarda em casa porque nao pode contabilizar ou porque nao pode contabilizar que guarda em casa? ou o banco nao eh seguro??? em casa rende mais????

  • anaelvas

    -

    18/9/2010 às 6:19 pm

    E voce? Confia no banco todo seu, porque o proprio presidente do BB deixa seu dinheiro debaixo do colchao. Como se explica? Justifica? O Presidente de um banco se recusa a manter dinheiro em conta, em aplicacoes e produtos do proprio banco pois prefere manter sob sua guarda e “em especie”???? Pode ate tentar explicar o que nao se justifica ou tentar justificar o que nao se explica… Mas que eh estranho, isto eh..e ja tem gente em Brasilia querendo sua cadeira Mr. DIDA…

  • PCA

    -

    17/9/2010 às 4:02 pm

    Qualquer outra pessoa poderia ter essa quantia em casa, mas o presidente de uma instituição financeira não, que imagem essa atitude passa para os funcionários e correntista do BB? Será que o presidente não confia no banco para guardar suas economias?

  • Anonymous

    -

    17/9/2010 às 2:19 am

    Rei,

    A única explicação plausível é que eram *dólares* e não reais guardados em casa.

  • Ronaldo Macedo

    -

    16/9/2010 às 11:51 pm

    Isso é muito estranho mesmo, um Presidente de Banco guardar dinheiro vivo em casa, alem disso, um imóvel cujo valor de mercado é quase o dobro ser comprado nestas condições, esse fato merece ser bem investigado.

  • paulo

    -

    16/9/2010 às 10:25 pm

    será que o Lee Osvald seria benvindo no momento atual?

  • Anónimo

    -

    16/9/2010 às 9:52 pm

    Caro Reinaldo,
    Já que conseguiu levantar o dinheirinho na cueca do Presidente do Banco do Brasil, levante agora a quantidade de cargos que ele veem criando para os seus amigos…Antigamente existia somente um orgao resposavel por São Paulo, hoje não dá nem para contar…É só levantar os companheiros… Coisa de louco…

  • Anónimo

    -

    16/9/2010 às 9:40 pm

    Parabens Reinaldo…
    Até que enfim alguem começou a levantar a verdade…

  • Itumbiara-GO

    -

    16/9/2010 às 7:09 pm

    Será que ele não aplicou o dinheiro no BB por medo que seu sigilo fosse violado?

  • Anónimo

    -

    16/9/2010 às 6:18 pm

    O cara é presidente de banco e prefere manter dinheiro em casa a deixá-lo aplicado? Putz, vou amanhá mesmo sacar minhas merrecas.

  • Observer

    -

    16/9/2010 às 6:07 pm

    Nada como a atitude do presidente para avaliar a confiança no banco que preside.

  • Carlos

    -

    16/9/2010 às 5:42 pm

    Um presidente de um banco tinha dinheiro vivo guardado em casa? Pagou o apartamento pela metade do preço? Será se ele não tem mais guardado? Ele estava a esconder as notas? Porquê?

  • Cil

    -

    16/9/2010 às 4:33 pm

    Duvido que esse imóvel custe só isso! Aqui em Aracaju por 160 mil você compra um apartamento de 70-80 m2 se novo e entre 100-120 m2 se usado, com uma vaga na garagem. Agora, ele ter “dinheiro vivo” mostra a confiança que ele tem na instituição que dirige. Deixa para o povo comum ser roubado pelo banco do brasil já que agora não somos VIPs. Veja que até a receita vai tratar certas figurinhas como clientes VIPs, enquanto o povo…

  • decio a sinatora

    -

    16/9/2010 às 4:02 pm

    150.000 reais 1.500 nnotas de 100…….ou…3.000 notas de 50,00…..ou 7.500 notas de 20,00….ou 15.000 notas de 10,00….ou 30.000 notas de 5,00 ou 75.000 notas de 2,00… onde sera que o ilustre guardava essa insignificancia…

  • cadu

    -

    16/9/2010 às 3:40 pm

    Atenção Bandidos! Vamos assaltar a casa de um PeTista? É certo de conter montanhas em dinheiro vivo! Não se esqueçam de procurar debaixo do colchão!

  • Giovani

    -

    16/9/2010 às 3:24 pm

    Queria escrever algo diferente dos demais comentários, ser original, mas não dá. A “coisa” pública é deles, ou seja, dos ladrões habilitados pelo PARTIDO, possuem liberdade, autonomia e assistência administrativa para roubar de todos, desde que contribuam para a sua continuidade. Um ladrão por todos, e todos os ladrões pelos ladrões.

  • goyasantana

    -

    16/9/2010 às 3:24 pm

    DECLARAR À RECEITA TER DINHEIRO VIVO EM CASA TEM SERVIDO PARA LAVAGEM DE DINHEIRO!!!

    Muitos picaretas têm declarado ao fisco ter dinheiro vivo em casa. Trata-se de uma mutreta destinada à lavagem de dinheiro sujo!
    Funciona assim:
    1) o sujeito declara sua renda legítima ao fisco e as despesas que o fisco exige que sejam declaradas (imposto na fonte, INSS, despesas médicas etc)
    2) toda ou parte da diferença entre a renda e as despesas informadas à Receita é declarada como dinheiro vivo
    3) porém, o dinheiro vivo proveniente da renda legítima na verdade não existe, pois já foi gasto em várias outras despesas que não foram declaradas ao fisco (alimentação, vestuário, viagens, diversão etc)
    4) o dinheiro vivo declarado à receita corresponde, na realidade, à mufunfa proveniente da corrupção, do tráfico de drogas e de outras atividades ilícitas
    5) dessa forma, o picareta lava o dinheiro sujo, fazendo parecer que a grana viva que tem proveio de sua fonte legítima de renda.

  • Banco Santos 2

    -

    16/9/2010 às 3:23 pm

    Essa notícia tem que ser divulgada por toda a imprensa.
    Só há dois motivos para o presidente do Banco do Brasil ter agido dessa maneira.
    A primeira alternativa seria ele não acreditar na instituição financeira que ele comanda, portanto, todos os clientes do banco deveriam retirar seu dinheiro imediatamente de tal instituição, ou irão perceber tarde demais que foram roubados, como no caso do Banco Santos.
    A segunda alternativa seria o dinheiro vir de “fonte não contabilizada”, ou seja, crime de lavagem de dinheiro.
    Em um país sério, onde as pessoas prezam pelo dinheiro conseguido com o seu trabalho, o BB estaria em uma situação difícil: ou foi cometido crime e o presidente precisa ser demitido; ou atesta-se que há insolvência financeira na instituição, o que a levaria à falência.

  • Derly Siqueira

    -

    16/9/2010 às 3:09 pm

    Há algo a comentar??? A não ser os nossos resmungos de sempre… Ou será que ele “desconfia” que o Banco do Brasil irá à falência?…

  • elizio

    -

    16/9/2010 às 2:11 pm

    Eu também só guardo dinheiro em casa; aí fora tá cheio de petralhas.

  • João Batista

    -

    16/9/2010 às 1:56 pm

    Vai ver ele não acredita em banco.

  • ASHIMIZU

    -

    16/9/2010 às 1:49 pm

    Minha avo’ nao sabe usar a internet e os terminais eletronicos e deixa suas economias numa caixinha de sapato. Esse Aldemir Bendine deve ter as mesmas dificuldades dela, oras!!!

  • Jeremias-no-deserto

    -

    16/9/2010 às 1:34 pm

    Dá vontade de lembrar aquele adágio popular bem chulo: quem tem c… tem medo;o presidente da maior instituição bancária do país guarda o seu rico dinheirinho….debaixo do colchão!!! Claro está que deve ser dinheiro de procedência espúria, ou então o sábio bancário não confia absolutamente na instituição que preside. Mais estória para o nosso já riquíssimo folclore político.

  • José Mário Fontes

    -

    16/9/2010 às 1:15 pm

    As desculpas da PaTota estão, cada vez mais, difíceis de engolir.
    Ora vejam, o presidente de um banco, como o Banco do Brasi, guardar dinheiro debaixo de colchões!

  • Eliane

    -

    16/9/2010 às 1:08 pm

    Que coisa estranha! O presidente anterior também comprou um apartamento(em Copacabana).Será que este abono,imóveis, já foi incorporado ao salário?Sempre se ouviu dizer que o BB paga bem aos seus funcionários, mas eu não sabia quão bem !

  • Victor

    -

    16/9/2010 às 12:49 pm

    Agora quando o pessoal da agência vier me oferecer planos de previdência, fundos e CDB’s, vou dizer “nem o presidente de vocês confia nessas aplicações.”

  • Ziu

    -

    16/9/2010 às 12:49 pm

    Reinaldo, É muito interessante observar a predileção dos integrantes do governo Lula em guardar dinheiro “embaixo do colchão”.
    Seria por medo de serem furtados pelos seus pares, ou quem sabe, temor pelo vazamento do sigilo?

  • Lucia SP

    -

    16/9/2010 às 12:47 pm

    Se o próprio presidente do Banco do Brasil acha mais seguro guardar $$ em casa, que será de nós, pobres mortais, que ainda depositamos nossos parcos caraminguás na boca do caixa?

  • GetReis

    -

    16/9/2010 às 12:36 pm

    Das duas uma,ou ele não acredita no BB, ou está com medo que aconteça como na Receita federal.

  • Guilherme

    -

    16/9/2010 às 12:35 pm

    Do jeito que as instituicoes desse país andam sujas (Correio, BNDS, etc.), se fosse ele eu faria a mesma coisa.

  • ales

    -

    16/9/2010 às 12:27 pm

    E esse cara tá dando mau exemplo. E se todo mundo deixasse o dinheiro em casa? O BB iria falir!

  • ales

    -

    16/9/2010 às 12:24 pm

    Acho que ele faz igual o meu pai. Não sabe usar caixa eletrônico e deixa dinheiro em casa.

  • L.Candeia

    -

    16/9/2010 às 12:08 pm

    A “cumpanheirada” age com rédeas soltas, sem qualquer freio, sem temer qualquer tipo de resposta legal…
    Decerto o “magnífico/formidável criador e condutor destepaizcomonuncaantesseviu” queda-se silente. Se cobrado, reconhecerá no assecla mais um “ronaldinho”…
    “Vade retrum”, Lullarápio e caterva !

  • Cristina Prestes

    -

    16/9/2010 às 11:34 am

    Bom dia Reinaldo, pois é, estamos no Pais das Maravilhas, Alice (Dilma) uma boa menina carregando seu colelhinho,o Homem de Lata(Lula) com um coração no peito. Ainda tem gente que acredita em Coelhinhos da Pascoa, Papai Noel e Duendes. E certamente para o Sr.Presidente do BB R$150.000,00 mil reais é o troquinho que sobrou da padaria. E porque colocar troquinhos em aplicações, deixa no cofrinho de casa mesmo.
    Sinceramente, como essa gente subestima a capacidade de pensar dos brasileiros. Vou enfiar o dedo na boca e vomitar !!!! Isso me embrulha o estomago.

  • Marcos F

    -

    16/9/2010 às 11:25 am

    Sobraram 50 balas?
    Dá uma rajada!
    … ou dê uma risada.
    Comprou seu colchão expansível hoje? O Presidente do Banco do Brasil o fez, e ganhou 50% de desconto na “festa do ap”.
    Latino, sem dúvida.
    Mas, como diz o petista, “todo mundo faz isso hoje”.

  • naldig

    -

    16/9/2010 às 11:24 am

    Que que é isso, minha gente? Presidente do Banco do Brasil guardando dinheiro no colchão! E tem gente que acredita! Aí tem de tudo que se possa imaginar! Barbaridade, tchê!

  • "Anos Dullulla" Faz Escolla

    -

    16/9/2010 às 11:19 am

    O delegado interpela o ladrão: “Então, o senhor está me declarando, taxativamente, que roubou os R$ 200 mil?”. O meliante assumido: “Claro. Não sou um amador qualquer. Eu sou um ladrão profissional, consciente dos meus direitos e deveres”. Indigna-se, o representante da lei: “Como assim? Está zombando da minha cara, rapaz?”. O vigarista explica: “Se não fosse minha profissão de bandido, o senhor estaria desempregado. É graças ao desonesto que há policiais, delegados, varas criminais, cartórios, advogados e agentes penitenciários. Sou eu que mantenho os altos salários dos juízes, desembargadores, oficiais de justiça e, por que não dizer, jornalistas e políticos”. O delegado vira-se para o advogado do ladrão: “Diz ao seu cliente que o nome disso é desacato”. E o ladrão: “Desacato? Meu advogado disse que essa era a senha pra bandido ser solto… e custa 10 mil pilas”. O delegado deu aquele sorrisinho maroto, igual dos aloprados. Resumo da tragédia nacional: nestepaíz só fica na cadeia quem não paga pensão alimentícia e, claro, quem está roubando comida pra matar a fome.

  • Roberto Xavier

    -

    16/9/2010 às 11:18 am

    Dinheiro limpíssimo. Só ficou sujo depois de acondicionado na cueca.

  • TRILEGAL

    -

    16/9/2010 às 11:12 am

    PO REINALDO, VAI VER ESSE CIDADAO TEM O MESMO DOM DO ‘LULINHA, O MIDAS’ EM TRANSFORMAR TUDO QUE PEGA EM OURO.

  • Andre

    -

    16/9/2010 às 11:07 am

    Muito estranho…Presidente de banco guardar dinheiro em casa, optar em nao receber os rendimentos de aplicacao e declarar uma compra abaixo do valor? Hummm… Esta cheirando mal!

  • me engana que eu gosto

    -

    16/9/2010 às 10:47 am

    péssima publicidade pro banco. qual alternativa é

    verdadeira?

    1 – o presidente prefere ficar com a grana em baixo do colchão a receber os parcos rendimentos que ele oferece;

    2 – não quis pagar a tarifa do TED que é alta para economizar;

    3 – ficou com medo dos mensaleiros cobrar comissão;

    4 – alguém do aparelho pode quebrar o sigilo e ver se

    está pagando os 10% do dízimo do partido.

    5 – todas as alternativas são verdadeiras.

  • Paulo Bento Bandarra

    -

    16/9/2010 às 10:24 am

    “há várias explicações possíveis para” manter o dinheiro vivo em casa. Nenhuma delas muito honestas ou recomendáveis. Certamente ele está também tranqüilo de que seus dados na Receita Federal não serão violados para não virar alvo de ladrões atrás desta quantia, por ser da turma que viola dos outros, e não das vítimas que são violadas. guardar R$ 200 mil em casa, em dinheiro vivo, é um doce para a bandidagem!

  • celso silveira

    -

    16/9/2010 às 10:20 am

    Um segredinho: a gente diz ter dinheiro vivo em casa, mesmo não tendo, para encobrir possíveis propinas recebidas em dinheiro vivo.
    Como eu sei disso tudo? tive um amigo que trabalhou para a Casa de Facilidades do Palácio do Planalto, também conhecida como Lupanar do Planalto.

  • beaujolais

    -

    16/9/2010 às 10:14 am

    Se a Veja é que faz o trabalho policial – e muito bem -, acho que seria uma boa para a PF se ela contratasse os serviços da revista. Bem, como sou eu a dar a sugestão, reservo-me o direito aos 6% regulamentares.

  • Ricardo André

    -

    16/9/2010 às 10:01 am

    Eu é que vou tirar todo o meu dinheiro do BB. Se o diretor não confia no Banco para guardar o dele, eu é que vou?

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados