Blogs e Colunistas

13/07/2011

às 5:09

Por que o brasileiro não se indigna e não vai à praça protestar contra a corrupção? Ensaio uma resposta antes de alguns dias de folga

Juan Arias, correspondente do jornal espanhol El País no Brasil, escreveu no dia 7 de julho um artigo indagando onde estão os indignados do Brasil. Por que não ocupam as praças para protestar contra a corrupção e os desmandos? Não saberiam os brasileiros reagir à hipocrisia e à falta de ética dos políticos? Será mesmo este um país cujo povo tem uma índole de tal sorte pacífica que se contentaria com tão pouco? Afirmei, então, que ensaiaria uma resposta, até porque a indagação de Arias, um excelente jornalista, é procedente e toca, entendo, numa questão essencial nos dias que correm. A resposta não é simples nem linear. Há vários fatores distintos que se conjugam. Vamos lá.

Povo privatizado
O “povo” não está nas ruas, meu caro Juan, porque foi privatizado pelo PT. Note que recorro àquele expediente detestável de pôr aspas na palavra “povo” para indicar que o sentido não é bem o usual, o corriqueiro, aquele de dicionário. Até porque este escriba não acredita no “povo” como ente de valor abstrato, que se materializa na massa da rua. Eu acredito em “povos” dentro de um povo, em correntes de opinião, em militância, em grupos organizados — e pouco importa se o que os mobiliza é o Facebook, o Twitter, o megafone ou o sino de uma igreja. Não existe movimento popular espontâneo. Essa é uma das tolices da esquerda de matriz anarquista, que o bolchevismo e o fascismo se encarregaram de desmoralizar a seu tempo. O “povo na rua” será sempre o “povo na rua mobilizado por alguém”. Numa anotação à margem: é isso o que me faz ver com reserva crítica — o que não quer dizer necessariamente “desagrado” — a dita Primavera Árabe. Alguém convoca os “povos”.

No Brasil, as esquerdas, os petistas em particular, desde a redemocratização, têm uma espécie de monopólio da praça. Disse Castro Alves: “A praça é do povo como o céu é do condor”. Disse Caetano Veloso: “A praça é do povo como o céu é do avião” (era um otimista; acreditava na modernização do Bananão). Disse Lula: “A praça é do povo como o povo é do PT”. Sim, responderei ao longo do texto por que os não-petistas não vão às ruas quase nunca. Um minutinho. Seguindo.

O “povo” não está nas ruas, meu caro Juan Arias, porque o PT compra, por exemplo, o MST com o dinheiro que repassa a suas entidades não exatamente para fazer reforma agrária, mas para manter ativo o próprio aparelho político — às vezes crítico ao governo, mas sempre unido numa disputa eleitoral. Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Haddad, ministro da Educação e candidato in pectore do Apedeuta à Prefeitura de São Paulo, estarão neste 13 de julho no 52º Congresso da UNE. Os míticos estudantes não estão nas ruas porque empenhados em seus protestos a favor. Você tem ciência, meu caro Juan, de algum outro país do mundo em que se fazem protestos a favor do governo? Talvez na Espanha fascista que seus pais conheceram, felizmente vencida pela democracia. Certamente na Cuba comuno-fascistoide dos irmãos Castro e na tirania síria. E no Brasil. Por quê?

Porque a UNE é hoje uma repartição pública alimentada com milhões de reais pelo lulo-petismo. Foi comprada pelo governo por quase R$ 50 milhões. Nesse período, esses patriotas, meu caro Juan, se mobilizaram, por exemplo, contra o “Provão”, depois chamado de Enade, o exame que avalia a qualidade das universidades, mas não moveram um palha contra o esbulho que significa, NA FORMA COMO EXISTE, o ProUni, um programa que já transferiu bilhões às mantenedoras privadas de ensino, sem que exista a exigência da qualidade. Não se esqueça de que a UNE, durante o mensalão, foi uma das entidades que protestaram contra o que a canalha chamou “golpe da mídia”. Vale dizer: a entidade saiu em defesa de Delúbio Soares, de José Dirceu, de Marcos Valério e companhia. Um de seus ex-presidentes e então um dos líderes das manifestações que resultaram na queda de Fernando Collor é hoje senador pelo PT do Rio e defensor estridente dos malfeitos do PT. Apontá-los, segundo o agora conservador Lindberg Farias, é coisa de conspiração da “elites”. Os antigos caras-pintadas têm hoje é a cara suja; os antigos caras-pintadas se converteram em verdadeiros caras de pau.

Centrais sindicais
O que alguns chamam “povo”, Juan, chegou, sim, a protestar em passado nem tão distante, no governo FHC. Lá estava, por exemplo, a sempre vigilante CUT. Foi à rua contra o Plano Real. E o Plano Real era uma coisa boa. Foi à rua contra a Lei de Responsabilidade Fiscal. E a Lei de Responsabilidade Fiscal era uma coisa boa. Foi à rua contra as privatizações. E as privatizações eram uma coisa boa. Saiba, Juan, que o PT votou contra até o Fundef, que era um fundo que destinava mais recursos ao ensino fundamental. E onde estão hoje a CUT e as demais centrais sindicais?

Penduradas no poder. Boa parte dos quadros dos governos Lula e Dilma vem do sindicalismo — inclusive o ministro que é âncora dupla da atual gestão: Paulo Bernardo (Comunicações), casado com Gleisi Hoffmann (Casa Civil). O indecoroso Imposto Sindical, cobrado compulsoriamente dos trabalhadores, sejam sindicalizados ou não, alimenta as entidades sindicais e as centrais, que não são obrigadas a prestar contas dos milhões que recebem por ano. Lula vetou o expediente legal que as obrigava a submeter esses gastos ao Tribunal de Contas da União. Os valentes afirmaram, e o Apedeuta concordou, que isso feria a autonomia das entidades, que não se lembraram, no entanto, de serem autônomas na hora de receber dinheiro de um imposto.

Há um pouco mais, Juan. Nas centrais, especialmente na CUT, os sindicatos dos empregados das estatais têm um peso fundamental, e eles são hoje os donos e gestores dos bilionários fundos de pensão manipulados pelo governo para encabrestar o capital privado ou se associar a ele — sempre depende do grau de rebeldia ou de “bonomia” do empresariado.

O MST, a UNE e os sindicatos não estão nas ruas contra a corrupção, meu caro Juan, porque são sócios muito bem remunerados dessa corrupção. E fornecem, se necessário, a mão de obra para o serviço sujo em favor do governo e do PT. Não se esqueça de que a cúpula dos aloprados pertencia toda ela à CUT. Não se esqueça de que Delúbio Soares, o próprio, veio da… CUT!

Isso explica tudo? Ou: “os valores”
Ainda não!

Ao longo dos quase nove anos de poder petista, Juan, a sociedade brasileira ficou mais fraca, e o estado ficou mais forte; não foi ela que o tornou mais transparente; foi ele que a tornou mais opaca. Em vez de se aperfeiçoarem os mecanismos de controle desse estado, foi esse estado que encabrestou entidades da sociedade civil, engajando-as em sua pauta. Até a antes sempre vigilante Ordem dos Advogados do Brasil flerta frequentemente com o mau direito — e o STF não menos — em nome do “progresso”. O petismo fez das agências reguladoras meras repartições partidárias, destruindo-lhes o caráter.

Enfraqueceram-se enormemente os fundamentos de uma sociedade aberta, democrática, plural. Em nome da diversidade, da igualdade e do pluralismo, busca-se liquidar o debate. A Marcha para Jesus, citada por você, à diferença do que querem muitos, é uma das poucas expressões do país plural que existe de fato, mas que parece não existir, por exemplo, na imprensa. À diferença do que pretendem muitos, os evangélicos são um fator de progresso do Brasil — se aceitarmos, então, que a diversidade é um valor a ser preservado.

Por que digo isso? Olhe para a sua Espanha, Juan, tão saudavelmente dividida, vá lá, entre “progressistas” e “conservadores” — para usar duas palavras bastante genéricas —, entre aqueles mais à esquerda e aqueles mais à direita, entre os que falam em nome de uma herança socialista e mais intervencionista, e os que se pronunciam em favor do liberalismo e do individualismo. Assim é, você há de convir, em todo o mundo democrático.

Veja que coisa, meu caro: você conhece alguma grande democracia do mundo que, à moda brasileira, só congregue partidos que falam uma linguagem de esquerda? Pouco importa, Juan, se sabem direito o que dizem e são ou não sinceros em sua convicção. O que é relevante é o fato de que, no fim das contas, todos convergem com uma mesma escolha: mais estado e menos indivíduo; mais controle e menos liberdade individual. Como pode, meu caro Juan, o principal partido de oposição no Brasil pensar, no fim das contas, que o problema do PT é de gestão, não de valores? Você consegue se lembrar, insisto na questão, de alguma grande democracia do mundo em que a palavra “direita” tenha se tornado sinônimo de palavrão? Nem na Espanha que superou décadas de franquismo.

Imprensa
Se você não conhece democracia como a nossa, Juan, sabe que, com as exceções que confirmam a regra, também não há imprensa como a nossa no mundo democrático no que concerne aos valores ideológicos. Vivemos sob uma quase ditadura de opinião. Não que ela deixe de noticiar os desmandos — ministros do governo Dilma caíram, é bom deixar claro, porque o jornalismo fez o seu trabalho. Mas lembre-se: nesta parte do texto, trato de valores.

Tome como exemplo o Código Florestal. Um dia você conte em seu jornal que o Brasil tem 851 milhões de hectares. Apenas 27,7% são ocupados pela agricultura e pela pecuária. A agricultura ocupa 59,8 milhões (7% do total); as terras indígenas, 107,6 milhões (12,6%). Que país construiu a agropecuária mais competitiva do mundo e abrigou 200 milhões de pessoas em menos de 40% de seu território, incluindo aí todas as obras de infraestrutura? Tais números, no entanto — do IBGE, do Ibama, do Incra e da Funai — são omitidos dos leitores (e do mundo) em nome da causa!

A crítica na imprensa foi esmagada pelo engajamento; não se formam nem se alimentam valores de contestação ao statu quo — que hoje, ora veja!, é petista. Por quê? Porque a imprensa de viés realmente liberal é minoritária no Brasil. Dá-se enorme visibilidade aos movimentos de esquerdistas, mas se ignoram as manifestações em favor do estado de direito e da legalidade. Curiosamente, somos, sim, um dos países mais desiguais do mundo, mas que está se tornando especialista em formar retóricos que lutam… contra a desigualdade. Entendeu a ironia?

Quem vai à rua?
Ora, Juan, quem vai, então, à rua? Os esquerdistas estão se fartando na lambança do governismo, e aqueles que não comungam de suas ideias e que lastimam a corrupção e os desmandos praticamente inexistem para a opinião pública. Quando se manifestam, são tratados como párias. Ou não é verdade que a imprensa vê com entusiasmo os muitos milhares da parada gay, mas com evidente descaso a marcha dos evangélicos? A simples movimentação de algumas lideranças de um bairro de classe média para discutir a localização de uma estação de metro é tratada por boa parte da imprensa como um movimento contra o… “povo”.

As esquerdas dos chamados movimentos sociais estão, sim, engajadas, mas em defender o governo e seus malfeitos. Afirmam abertamente que tudo não passa de uma conspiração contra os movimentos populares. As esquerdas infiltradas na imprensa demonizam as reações de caráter legalista — ou que não comungue de seus valores ditos “progressistas” —, tomando-as como expressão não de um pensamento diferente, divergente, mas de atraso.

Descrevi, meu caro Juan, o que vejo. Isso tem de ser necessariamente assim? Acho que não! Para que se possa pensar, no entanto, na reação, é preciso entender como o sistema político brasileiro passou a tomar a máquina corrupta como expressão da eficiência do estado — uma “eficiência” que tem o povo como adversário. Mas isso fica para outro texto, que este já vai longe.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

1.357 Comentários

  • Lauro pietroluongo junior

    -

    11/12/2014 às 8:23 pm

    Nosso povo se esqueceu de lutar pelo próprio povo.Viramos fantoches,cobaias.Paramos de criar e começamos a copiar,pena que copiamos o que é ruim.Nos acostumamos a inércia,perdemos a vergonha,coragem,honra,dignidade.Mancharam nossa bandeira.Com desordem e retrocesso.QUE PENA,ESTOU EM LUTO PELA COVARDIA DE MEU POVO.

  • Malu

    -

    9/12/2014 às 1:04 am

    Uma análise contundente sobre o “povo” brasileiro – pacífico? acomodado? ou espertalhão?

  • Antonio Ribeiro Guimarães

    -

    28/11/2014 às 8:10 pm

    O desequilibrio administrativo político-do legislativo e do executi-
    vo,está no abandono da classe média pela longividade da esquerda
    governante,sem a influência da direita( do setor privado), na lide
    governante, paralela com a esquerda estatal,contrariando a direita
    produtiva que a esquerda a mantem atrela a si pela ignorancia do
    Superior Tribunal Eleitoral que não entende nada de política públi-
    ca administrativa, errando,constantemente, deferindo abertura de

    partido de esquerda retrógado que,no Estado Democrático de Direito,
    moralmente, é permitido dois só dois partidos políticos-um de direita e um,de esquera-constitucionalmente, pluralidade política
    e não,partidária.É preciso fechar todos os partidos políticos do
    legislativo de esquerda, que exceda a um e abrir um de direita,para
    valer o Estado Democrático de Direito. O recado está dado, para
    que, o legislativo e o Tribunal Superior Eleitoral, não alegue
    ignorância.Se a internet não pode publicar,por controle dos ma
    landros políticos e do judiciário eu mando está matéria o jornal
    o Estado de São PULO,onde já mais de quilos e quiinhentas gramas
    de documento. Eu sou quem escreveu na constituinte o Estado Demo-
    crático de direito.

  • Antonio Ribeiro Guimarães

    -

    28/11/2014 às 7:59 pm

    O desequilibrio administrativo político-do legislativo e do executi-
    vo,está no abandono da classe média pela longividade da esquerda
    governante,sem a influência da direita( do setor privado), na lide
    governante, paralela com a esquerda estatal,contrariando a direita
    produtiva que a esquerda a mantem atrela a si pela ignorancia do
    Superior Tribunal Eleitoral que não entende nada de política públi-
    ca administrativa, errando,constantemente, deferindo abertura de
    partido de esquerda retrógado que,no Estado Democrático de Direito,
    moralmente, é permitido dois só dois partidos políticos-um de direita e um,de esquera-constitucionalmente, pluralidade política
    e não,partidária.É preciso fechar todos os partidos políticos do
    legislativo de esquerda, que exceda a um e abrir um de direita,para
    valer o Estado Democrático de Direito. O recado está dado, para
    que, o legislativo e o Tribunal Superior Eleitoral, não alegue
    ignorância.

  • WENDEL

    -

    7/11/2014 às 6:11 pm

    O FATO É ….COM TANTAS FRAUDES, ROUBOS,MENSALÕES,PRATICADO PELA ESQUERDA ISSO TUDO EXTREMAMENTE TURBINADO PELO PODER PT .
    URNAS FRAUDADAS ETC PORQUE NÃO UMA INTERVENÇÃO INTERNACIONAL TIPO #SOS ???
    PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR ONDE ESTÁ A DIREITA DESSE PAIS??
    ONDE ESTÃO OS HOMENS DE BEM DESSA TERRA AGUERRIDA??
    O FATO QUE BRASILEIRO FOI DOUTRINADO ATE HOJE A SER RATO E COMER RESTO .
    QUANDO O JOAQUIM BARBOSA FOI AMEAÇADO A DEIXAR O CARGO OU TOMARIA UM TIRO ONDE TAVA AS ONGs A FAVOR DOS NEGROS AMEAÇADOS DE RACISMOS ??
    O BRASIL É UM PAIS DOMINADO POR HIPÓCRITAS NÃO PATRIOTAS VICIADOS EM CORRUPÇÃO DIÁRIA .

  • adalto

    -

    30/10/2014 às 10:51 pm

    Os tais caras pintadas foram usados no momento em que não o povo, mas a classe dominante que foi prejudicada quis que fosse assim.
    quanto aos movimentos de 2013, o gigante acordou e foi novamente dormir em berço esplêndido.
    A politicagem e a acomodação com a mamipulaçao do povo segue em frente.

  • EDGARD FRAGA MOREIRA DA SILVA

    -

    29/10/2014 às 12:10 pm

    Boa Tarde. como você já respondeu,uma grande maioria da imprensa de viés liberal é minoritária, e a sociedade civil e militar onde estão? Assiste a tudo de forma quase submissa, onde estão os defensores do estado de Direito, da legalidade e das Instituições?
    Parece que dormem em “berço esplêndido.
    Certo que uma grande parte do povo os 51,64%, não irão contestar, mas e a sociedade civil, o representantes da legalidade?.

  • Dejair

    -

    12/10/2014 às 6:24 pm

    Isto foi publicado em jul 2011.

    Até hoje o povo continua “carneirinho”. Toma tento gente!

  • Eliz

    -

    3/10/2014 às 3:20 pm

    Protestar inclui muitas coisas que é desconhecido por muitos, tanto para aqueles se omitem quanto aqueles que acham que protestar é quebrar tudo.. neste domingo, vamos ao protesto e creio que muitos vão se omitir e não exercerão sua cidadania!!

  • Graciano

    -

    18/9/2014 às 7:43 am

    E onde estão as centrais sindicais, em especial a CUT, a FUP, os sindicatos dos bancários, as associações de professores, a OAB, a CNBB, que não se pronunciam sobre o tsunami de lama que inunda o nosso País? Onde estão elas , que agora se omitem, se escondem atrás do muro da omissão, desapareceram do cenário publico? Onde estão elas que com as forças que têm, com a capacidade liderança que possuem, não vão às ruas para liderarem manifestações repudiando a corrupção e os desmandos de nossos governantes? Casos como o Hélio Cioletti não significam nada para essas entidades?

  • Oswaldo

    -

    17/9/2014 às 9:54 pm

    Hoje,17/09/2014, voltei a ler o seu “por-que o brasileiro não se indigna…” escrito em 2011- é muito atual e permanecerá atual per secula seculorum, se não reagirmos como devemos.

    Quem reagirá aos sórdidos escândalos, aos roubos que de tão grandes não se consegue, se quer saber deles um valor pelo menos aproximado?

    Quem reagirá quando tudo parece ter sido comprado?
    Quando a nossa carta magna ainda não está pronta e é sobre maneira, interpretada ao sabor da conveniência de quem possa e pague? – Reinaldo os seus escritos são marcos históricos.

    Mas, por eles e por tudo mais que temos visto e sofrido não será inconveniente repetir: IMPEACHMENT.

  • Helio cioletti

    -

    17/9/2014 às 2:14 pm

    Ao colunista,
    Infelizmente sua Revista com toda credibilidade tem nos seu Editorial um forma muito puritana
    Para a cultura do Brasileiro, temos um poblema muito serio e que jamais foi comentado pelo
    Nobre Jornalista.
    Fala muito em Fies, tenho 73 anos nao tenho renda, mais tenho uma filha Estudando Medicina
    Estudou em escola publica, fez enfermagem,hoje faz medicina em Valenca, nao tem o o Fies
    Ate hoje nao comprendro o porque o Estado importa medico e faz o financimento para uma aluna
    Tao dedicada, estudiosa tem que ficar devendo a faculdade todos simestre e se nao fazemos
    Vaquinha e vendendo aquilo que ainda nos resta, a faculdade nao aceita sua matricula semestral
    E ela ficaria sem estudar, falta. 18 meses para termino, nao sei como vamos fazer para o termino
    De curso, ja estamos devendo aquilo que e empagavel. Como faremos?

    Hoje Sr jornalista vivemos com renda de Cabelereira que a profissao de sua Mae e para temos um filho com Poblemas mentais.

    Helio Cioletti

  • Wilson Gama

    -

    9/9/2014 às 12:18 pm

    O Povo que não vai às ruas é aquele que perdeu o direito de protestar quando vendeu ou trocou o seu voto por migalhas e que agora se alimenta de sua própria imoralidade e cumplicidade com os malfeitores que se apoderaram das Instituições Governamentais desse País. A morosidade e a punição com penas leves com que a Justiça age nos crimes de desvios de verbas federais, fraudes em licitações, mensalão, contratos superfaturados entre outros crimes, faz com que políticos corruptos sejam astros num espetáculo milionário que são as eleições. Aqui no Amapá não é diferente. Políticos que foram presos em operações da Polícia Federal concorrem com enorme possibilidade de ganhar, compram voto com o dinheiro que roubaram do próprio povo. É muito difícil mudar esse quadro. O povo não quer conhecimento e instrução para moldar um novo perfil da cidadão brasileiro. Um abraço Reinaldo!

  • anomino

    -

    4/9/2014 às 9:42 am

    temos que dar um fim nisso, antes que seja tarde

  • Nazário Moreira Neto

    -

    30/8/2014 às 7:36 pm

    Corretíssimo! Diria que ideologias e partidos políticos com bandeiras autênticas e posições definidas fazem parte do processo democrático, como exemplo temos os EUA onde os democratas e republicanos se alternam no poder. Já aqui, no Brasil, saindo de um regime de escessão e quando se pensava que haveria um período de um governo ideologicamente diferente da misturada do pós regime militar, ocorreu o pior: misturou-se o PT com todas as siglas de partidos profissionais, de negócios e de venda, sem nenhum compromisso com seus eleitores e juntou-se também os coronéis tipo Lula, Sarney, Collor, Renan Calheiros, Maluf e tudo de ruim que temos na política brasileira. Voltamos a estaca zero com nossa cambalida democracia e teremos agora, com Marina, o veneno em dose reforçada que pode curar ou matar o paciente com várias recaídas.

  • clovis cardoso

    -

    12/8/2014 às 8:53 pm

    Boa noite caro Reinaldo Azevedo, sou clovis cardoso
    Ao ler que vc escreveu, fiquei feliz em saber de tudo que vc falou,ao meu ver poucos brasileiros o sabem que vc relatou
    por isso que eu digo, e falo, estudem, leiam pra que vcs fiquem a saber de algo de que realmente se passa em nosso
    Brasil, e que realmente acontece, fico grato,e ao mesmo tempo leslosgiado com tua pessoa, e continue a nos manter informados de tudo que nos não sabemos, abraços.

  • RENE F. SILVA

    -

    11/8/2014 às 4:22 pm

    Eu só quero saber , quando vão acabar com o maldito FATOR PREVIDENCIÁRIO , todos os candidatos se esquivaram e não responderam .RENE

  • edithe de almeida

    -

    11/8/2014 às 11:10 am

    Com referencia à prova da OAB , sou contra , sou bacharel em direito com pos em direito do trabalho, acredito que isto , ja ajuda, nao uma prova idiota que os caras criaram , para tirar dinheiro do povo, Veja se cada inscrição custa 200,00 e tem milhares de candidatos, onde passa 9%, imagina o tamanho da conta da OAB. estao ricos, e nao precisam mais de dinheiro pois existem de 2 a 3 provas no ano. Outra coisa dizem que é porque vc vai trabalhar com pessoas. Nao entendo toda e qualquer profissao , trabalha-se com pessoas. existe um Codigo de ética que deve ser levado a serio. e onde eu enetendo a propria sociedade se encarrega da tirar os maus elementos. Medico trata da vida das pessoa, dentista trata da saude bucal. engenheiro da moradia etc etc. e não fazem prova. Porque o advogado tem que fazer. Porque…..

  • Antonio Ribeiro Guimarães

    -

    30/7/2014 às 5:58 pm

    Eu aconselho a quém produz,capital e trabalho e todos que
    tralham pela produção, para tirar o seu sustento, não votar
    em ninguém porque estão sendo explorados por uma esquerda
    imoral,por falta de partido de direita moralizante, a quém
    possa votar com confiança.

  • SEVERINO RAMOS DE OLIVEIRA

    -

    21/7/2014 às 4:50 pm

    Gostei da sugestão, ir a praça protestar, reivindicar seus direitos, ou ao que interessar, certo. Sirvo-me do ensejo para tornar público o que vem acontecendo em minha cidade, Condado/PE, pequena cidade com uma população um pouca mais que vinte mil habitantes, com aproximadamente dezessete mil eleitores. Esteve em nossa cidade a Controladoria Geral da União, onde foi feita uma auditoria, tendo encontrado uma série de irregularidades, envolvendo o erário público, óbvio. Até o presente momento não foi tomada nenhuma providência contra o, ou os culpados. O mesmo fez o Tribunal de Contas/PE. detectando também irregularidades e nenhuma providência foi tomada até agora.
    Vou citar um caso tão verídico quantos os acima explicitados: O então prefeito Ediberto Tavares de Quental,(DEM)abandonou durante a sua gestão, num mandato de oito anos a Praça São Cristóvão,e a Praça Vanderley de Matos Barbosa, esta, só existe o local da praça e, a São Cristóvão, uma praça história, com coreto e outras singularidades, resolveu expandir dita praça, invadindo uma área ao lado, onde funcionavam várias pequenas lojas de onde os comerciantes há mais de quarenta anos tiravam os seus sustento e de suas famílias. O então prefeito resolveu despejá-los sem autorização judicial, demoliu todos os Boxes ali existentes que compunham-se de vinte e seis Boxes, com agressão, não respeitando as ações ajuizadas, em tramitação por esse juízo. As quais são: Interdito Proibitório, Atentado e Ação de Usucapião,sem contar com as ações de indenizações por danos morais e materiais. Houve eleição em 2013, foi eleita uma mulher, Sandra Félix,(PSDB), que deu continuidade a administração arbitrária da expansão da dita praça apesar dos pedidos ao judiciário. Pior é que já se encontra em fase de inauguração. Pergunto, após a inauguração, quais os resultados das ações em tramitação acima citadas.
    Os proprietários dos Boxes perderam tudo, mesmo assim, aguardam a decisão da JUSTIÇA.
    Esta é uma contribuição, em desfavor a corrupção.

  • herbete mendes boiba

    -

    19/7/2014 às 9:47 pm

    meu caro amigo Reinaldo Azevedo, confesso que, me agrada muito sua forma de se expressar em cada assunto discutido, quem dera se os nobres Deputados se espelhassem em sua opinião o Brasil realmente seria outro. parabéns a revista veja por te VOCÊ como colunista. grato herbete.

  • José Ferreira

    -

    17/7/2014 às 11:26 am

    A culpa de tudo isso é NOSSA, minha, sua, dos brasileiros. Dia desses em diálogo com um vizinho amigo comerciante daqueles bravos, daqueles que muitos precisam morrer ou deveriam ter morrido e aproveitando uma deixa dele convidei-o para uma jornada política e adivinhe o que aconteceu? Veio a resposta que era esperada e vou mais adiante 90% de nós somos assim: “Ah, agora não estou com uns probleminhas, veja com o sicrano ele é muito bom pra essas coisas, ah lembrei! o beltrano é excelente. Somos sim, todos nós culpados pelo que acontece aqui em nosso Brasil com “s”.

  • LUIZ GABRIEL CHAVES

    -

    16/7/2014 às 10:56 am

    em outras palavras estamos nas mãos dos facinoras de esquerda que nada mais quererem não ser subverter as órdem de valores para se manterem acima de tudo ou o povo esclarecido saem as ruas ou ficaremos como esta.

  • e.b.w.t.s

    -

    12/7/2014 às 9:29 pm

    a culpa de tudo isso e nossa não e com vandalismo ou com guerras que vamos tornar nosso pais melhor nem com qualquer outro tipo de violência se queremos vamos fazer acontecer não vamos julgar pois isto e nossa culpa nos que escolhemos os políticos nos que o colocamos na cadeira vamos buscar uma forma de fazer as coisas acontecerem melhor pro nosso pais
    como ?
    escolhendo bem em que da nossos votos, o brasil ocupa o 6 lugar na economia mundial isso e pouco estamos com poucos hospitais poucas escolas e vamos continuar assim

  • Roberto Carlos Teixeira

    -

    12/7/2014 às 6:06 am

    Lúcido, simplesmente lúcido! Excelente texto!

  • Anónimo

    -

    8/7/2014 às 9:43 pm

    Acorda povo brasileiro… Já entramos em colapso total faz tempo.

    Mais de 60% da população brasileira não sabem ler e nem
    Para poder cobrar dos poderes você precisa ter a noção e compreensão de seus direitos. O patriotismo não vem da natureza, vem da educação familiar e escolar.

  • marcia m

    -

    8/7/2014 às 8:00 pm

    ose brasil e um paiz de vergonha. nada acontece aqui

  • silva

    -

    5/7/2014 às 12:41 pm

    …se já se sabia dessas armações do pt contra a nação brasileira dessas manobras e infiltrações porque a oposição nada fez para impedilos??? Essa turma de bandidos está no poder a algum tempo e ao que parece todos se os politicos se venderam ao pt!!!! o povo foi abandonado??? …e ao que parece até o EXERCITO é mandado por quem manda no país o PT virou epdemia nacional é isso? estamos ferrados então….silva

  • elias

    -

    17/5/2014 às 11:25 pm

    Desde o tempo de roma “pão e circo” Jesus foi reprovado pelo povo que gritou Barrabás!hoje ainda é mesmo povo “pão e circo” agora Copa de Futebol, Cachaça e Samba!

  • nonato

    -

    22/4/2014 às 10:22 am

    outra opinião,eu vejo a copa do mundo aqui no como um desperdicio de dinheiro,muitas das vezes nos somos os c ulpados por que deixamos que isso aconteça e de reclamamos, por isso que Deus o meu povo perece por falta de conhecimento povo brasileiro se instrua e não deixe que os seus direitos sejam violados as eleições vem ai agora é a sua vez não se corrompa com nada seja honesto analise bem os seus candidatos e depois de eleitos fiscalize o que ele esta fazendo não tenha medo amem.

  • nonato

    -

    22/4/2014 às 10:10 am

    porque tende a bajular os politicos para consegui algo se eles tem a obrigação de trabalhar pelo povo, ai eles iludem o povo com futebol, carnaval e também o povo tem medo de cobrar os seus direitos achando que está fazendo alguma coisa errada tá na hora do povo ir para as ruas e botar esse pessoal contra a parede do contrário tu vai ficar na mesma, os politicos e funcinários deveriam pagar com o proprio as sua despesas não colocar na conta do povo acorda brasil.

  • arnaldo ribeiro ou israel

    -

    21/4/2014 às 5:32 pm

    A MORTE DE UM REI IMORTAL:
    (MT.23.1) Então, falou Jesus às multidões e aos discípulos, (EX.1.16) Dizendo: (JB.12.23) É chegada a hora de ser glorificado o Filho do Homem: (MT.15.10) Ouvi e entendei: (JB.3.27) O Homem não pode receber cousa alguma se do céu não lhe for dada: (EC.37.28) A vida do Homem se encerra num certo número de dias; porém os dias de Israel são inumeráveis: (AT.20.10) Não vos perturbeis, que a vida nele está; (JB.5.26/27) porque assim como o Pai tem vida em si mesmo, também concedeu ao Filho ter vida em si mesmo; e lhe deu autoridade para julgar, porque é o Filho do Homem:(LC.13.27) Mas ele vos dirá: (JB.10.28) Eu lhes dou a vida eterna: (GL.2.20) Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim: (RM.6.19) Falo como Homem, por causa da fraqueza da vossa carne: (JÓ.33.2) Passo agora a falar, em minha boca fala a minha língua:

    Agora que o meu corpo já se curva sob o peso da idade, e já não dispondo de visão ocular suficiente para este Trabalho; penso que já é hora de retornar para a casa do nosso Pai Eterno, pois sinto que já estou pronto para voar rumo à glória infinita; (LC.22.37) pois vos digo que importa que se cumpra em mim o que está escrito:
    (JB.5.41) Eu não aceito a glória que vem dos homens, (SL.78.22) porque não creram em Deus, nem confiaram na sua salvação: (SL.14.3) Todos se extraviaram e juntamente se corromperam, não há quem faça o bem, não há nem um sequer; ((IS.5.23) os quais por suborno justificam o perverso, e ao justo negam justiça!(2PE.2.3) Também, movidos por avareza, farão comércio de vós com palavras fictícias: Ex.: IRRESIGNAÇÃO: Para eles, o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme:(LE.3.17) Então, disse comigo: (IS.14.14) Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo; (SL.18.22) porque todos os seus juízos me estão presentes, e dos seus estatutos não me desviei:
    (SL.122.1) Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor(1PE.4.7) porque a ocasião de começar o juízo pela Casa de Deus é chegada: (EC..41.5) Não temas o decreto da morte: Lembra-te de todos aqueles que foram antes de ti e dos que virão depois de ti; este é um decreto que o Senhor pronunciou contra toda a carne: (JÓ.5.26/2) Em robusta velhice entrarás para a sepultura, como se recolhe o feixe de trigo a seu tempo; (1SML.12.17) não é agora o tempo da sega do trigo?
    (DT.10.12) Agora, pois, ó Israel, que é que o Senhor requer de ti? (SL.74.18) Lembra-te disto: (LC.2.26) Revelara-lhe o Espírito Santo que não passaria pela morte, antes de ver o Cristo do Senhor: (GN.15.13) Então lhe foi dito: (EZ.2.3)) Filho do Homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se insurgiram contra mim, eles e seus pais prevaricaram contra mim até precisamente ao dia de hoje: Os filhos são de duro semblante e obstinados de coração, eu te envio a eles e lhes dirás: (ÊX.3.14) Eu sou o Senhor que me enviou a vós outros, (JD.1.15) para exercer juízo contra todos e para fazer convictos os ímpios de todas as obras impias que impiamente praticaram, e acerca de todas as palavras insolentes que ímpios pecadores proferiram contra ele:: (Z.39.22) Desse dia em diante os da casa de Israel saberão que eu sou o Senhor seu Deus: (PV.1.23) Atentai para a minha repreensão, eis que derramarei copiosamente para vós outros o meu Espírito e vos farei saber as minhas palavras; (JB.6.45) e serão todos ensinados por Deus: (SL.1.5) Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos;(EZ.12.24) porque já não haverá visão falsa nenhuma, nem adivinhação lisonjeira, no meio da Casa de Israel: (JB.20.22) Recebei o Espírito Santo:
    (DT.29.25) ) Então se dirá: LC.19.9) Hoje houve salvação nesta casa; (LC.19.10) porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido: (DT.5.24) Hoje vimos que Deus fala como o Homem, e este permanece vivo; (LS.2.23) porquanto Deus criou o Homem inexterminável, e o fez à imagem da sua semelhança:(TG.2.23) E se cumpriu a escritura a qual diz: (1CO.15.54) Tragada foi a morte pela vitória: (1JB.5.4) E esta é a vitória que vence o mundo: A nossa fé: (JB.15.13) Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos: (EC.11.24) A benção de Deus se apressa a recompensar o justo, e numa rápida hora o faz crescer (LC.22.69) Desde agora estará sentado o Filho do Homem à direita do Todo-Poderoso Deus:
    (JB.8.19) Eis em que deu a tua vida! E do pó brotarão outros; (LS.3.11) porque desgraçado é o que rejeita a sabedoria e a instrução, e a esperança deles é vã e os trabalhos sem fruto, e inúteis as suas obras: (JÓ.4.20) Nascem de manhã e à tarde são destruídos, perecem para sempre, sem que disto se faça caso:(JB.5.44) Como podeis crer, vós os que aceitais glória uns dos outros, contudo, não procuram a glória que vem do Deus único?(EC.32.20) Aqueles que temem ao Senhor conhecerão o que é justo, e farão luzir as suas boas obras como farol: (OS.14.9) Quem é sábio, que entenda estas cousas; quem é prudente que as saiba; porque os caminhos do Senhor são retos e os justos andarão neles, mais os transgressores neles cairão: (AP.22.11) Continue o injusto fazendo injustiça, o imundo ainda sendo imundo;o justo continue na pratica da justiça, e o Santo continue a santificar-se…
    .

  • isabella

    -

    8/4/2014 às 10:26 pm

    o brasileiro não protesta porque e ingnorante e burro veja bem agora temos que pagar mais de 17% de aumento de conta de luz para cemig e eu garanto que todos os brasileiros vai pagar sem reclamar

  • nelson pequeno aureliano

    -

    27/3/2014 às 10:05 am

    O povo esta na rua, mas eu tambem estive, só que as soluçoes nao sao feitas, eu penso que nos apenas apresentamos numeros de pessoas, para qdo chega no final da passeata nada se concretizou, e acontece as agressoes, vandalismos, e a demagogia continua. Dentro da iniciativa privada a maturidade dos intelectuais sao realizadas, sabemos que o povo nao é mais o mesmo, porque as carencias de cada um impede, um melhor entedimento, pois muitos as vezes nem sabem o que estao fazendo naquele local, por que estao sendo manipulados. Sou um metalurgico desde os 14 anos de idade, atualmente aposentado, nao sou de ficar enganando, pois o nosso objetivo, e de realizaçoes, a revoluçao esta na consciencia de cada cidadao, que sofre no seu dia a dia, dentro do lar, da conduçao, no trabalho, nos estudos, na vida social, enfim sendo sacrificados em todos os segmentos da sociedade, onde o social, nao esta na politica socialista, pois somos capitalista, e sem recursos, ninguem é capaz de ir a lugar nenhum, há alguns anos atrás dizia-se em melhores salarios, estamos vivendo os mesmos momentos, com irrisorios percentuais de aumentos, e a poupança popular cada vez mais perdendo o seu fator de motivaçao para o poupador, conseguir realizar os seus sonhos, na vida cotidiana.

  • larisa de souza

    -

    25/3/2014 às 8:28 am

    de que maneira o povos antigos se manifestaran antigamente

  • Pedro Paulo Tulaki

    -

    10/3/2014 às 6:54 pm

    Pessoal eu não vou escolher ladrão para me roubar, vou votar nulo para deputado e senador só vou votar para presidente para impedir que essa terrorista assaltante de banco … se reeleja.
    Para mim o clclo do PT acabou espero que ele definhe e suma.

  • Pedro Paulo Tulaki

    -

    10/3/2014 às 6:25 pm

    Quem faz baderna bota fogo em tudo e provoca a polícia não é o povo ordeiro mas os black blocs que são terroristas mercenários a serviço do PT pagos para promover vandalismo e acabar com os protestos fora PT fora Dilma fora black blocs.

  • Paulo Luiz Mendonça.

    -

    6/2/2014 às 3:23 pm

    Parabéns Reinaldo Azevedo pelo seus comentários na Jovenpan. São exatamente o que eu gostaria de gritar para o Brasil inteiro, pena que o PT e seus aliados nem se tocam e a bandalheira continua a passos largos.Mais uma vez parabéns.

    Paulo Luiz Mendonça.

  • Paulo Luiz Mendonça.

    -

    6/2/2014 às 3:19 pm

    Regressando a terra.

    Viajando pelo espaço, meu pensamento vagueia entre nuvens esparsas e corriqueiras, entre elas prevalece o azul do mundo celestial. Abaixo, a terra está suspensa no imenso espaço sideral, galáxias deslumbrantes se espalham no vazio da imensidão do universo, neste momento Tudo é paz, tranqüilidade e harmonia, não se ouve nada, tudo é silêncio. Voltando para o nosso planeta, sinto de imediato um transtorno na emoção, a paz e a harmonia sentida no espaço desapareceram, o que vejo e sinto é estarrecedor, humanos acotovelam-se em disputas ferrenhas por espaços e status sociais.
    A humanidade está efervescente em sua luta diária. Religiões disputam espaços e adeptos para sua congregação. Comerciantes disputam clientes, a ganância se faz presente, os ricos querendo enriquecer ainda mais, os pobres diante das desigualdades lutam pela sobrevivência, As multinacionais disputam nações para estender seus tentáculos exploratórios
    Aquela paz vista do espaço era falsa e enganosa, aqui no nosso planeta não vejo harmonia, não vejo solidariedade, nem amor ao próximo, o que vejo é falsidade e hipocrisia.
    Quem criou, ou como surgiu esta humanidade sem amor, sem escrúpulos, sem solidariedade e sem respeito ao próximo.
    Será que foi criada com um passe de mágica, será que foi criada paulatinamente através dos milênios, como saber, tudo é mistério, tudo é enigmático para a nossa parca inteligência e conhecimento. As religiões dizem saber tudo, dizem enfaticamente, não há mistério, tudo foi desvendado, será mesmo verdade que tudo foi devidamente esclarecido, será!

    Paulo Luiz Mendonça.

  • ricardo

    -

    24/1/2014 às 9:16 am

    Pq o brasileiro nunca termina o q começa e isso e um grande problema

  • zoraide maria

    -

    18/12/2013 às 11:22 am

    Meu Deus, Reinaldo

  • Soraya

    -

    8/10/2013 às 9:48 am

    Porque não sabe protestar, começou a protestar e só faz baderna, estão pondo fogo em tudo, falta cultura!

  • Andreildo Martins Costa

    -

    7/10/2013 às 6:56 am

    Infelizmente a grande massa, o “povo”, vivem alienados e sendo guiados por um sistema corrupto, e os que se dizem nossos governantes (os gestores nas três esferas, Federal, Estadual e Municipal), não estão nem ai para (o povo), pelo contrário continuam nesse teatro da enganação, onde finge que tá fazendo e nós fingindo que tá tudo bem. A última do Governo Federal é a lavagem de dinheiro, implantando cisternas de PVC ou coisa parecida, lava dinheiro na implantação e depois no abastecimento dessas cisternas…
    Vamos despertar NAÇÃO BRASILEIRA.

  • Luiz

    -

    3/10/2013 às 1:21 am

    Parece bricadeira mais a declaração do primeiro ministro chines em visita ao Brasil seria uma soluçao a curtíssimo prazo se adotássemos.

    Chega a ser absurdo mais infelismente concordo em tudo e acredito que seria a solução para colocar o pais nos trilhos novamente.

    Por Joelmir Beting

    10 soluções para melhorar o Brasil (que funcionaram na China)

    O Primeiro Ministro da China, Wen Jiabao, visitou o Brasil recentemente pela primeira vez e supreendeu pelo conhecimento que tem sobre nosso país, segundo ele, devido o aumento da amizade e dos negócios entre Brasil e China, vem estudando nossa cultura, nosso povo, desenvolvimento e nosso governo nos últimos 5 anos e, por isso aproveitou a visita de acordos comerciais para lançar algumas sugestões que, segundo ele, foram responsáveis pelas mudanças e pelo crescimento estrondoso da China nos últimos anos.

    Durante uma de suas conversas com a Presidente Dilma e seus ministros, Wen foi enfático no que ele chama de “Solução para os paises emergentes”, que é o caso do Brasil, China, Índia e outros países que entraram em grande fase de crescimento nos últimos anos, sendo a China a líder absoluta nessa fila.

    O que o ministro aponta como principal ponto para um país como o Brasil desponte a crescer fortemente???

    Mudanças imediatas na administração do país, sendo a principal delas, a eliminação de fatores hipócritas, onde as leis insistem em ver o lado teórico e não o prático e real de suas consequèncias, sendo que, para isso o país terá que sofrer mudanças drásticas em seus pontos de vista atuais, como fez a China nos últimos 20 anos, sendo os 10 principais os que se seguem:

    1) PENA DE MORTE PARA CRIMES HEDIONDOS COMPROVADOS:

    Fundamento: Um governo tem que deixar de lado a hipocrisia quando toca neste assunto, um criminoso não pode ser tratado como celebridade, criminosos reincidentes já tiveram sua chance de mudar e não mudaram, portanto, não merecem tanto empenho do governo, nem a sociedade honesta e trabalhadora merece conviver com tamanha impunidade e medo, citou alguns exemplos bem claros: Maníaco do parque, Lindeberg, Suzane Richthofen, Beira Mar, Elias Maluco, etc. Eliminando os bandidos mais perigosos, os demais terão mais receio em praticarem seus crimes, isso refletirá imediatamente na segurança pública do país e na sociedade, principalmente na redução drástica com os gastos públicos em segurança. A longo prazo isso também reflete na cultura e comportamento de um povo.

    2) PUNIÇÃO SEVERA PARA POLÍTICOS CORRUPTOS:

    Fundamento: É estarrecedor saber que o Brasil tem o 2º maior índice de corrupção do mundo, perdendo apenas para a Nigéria, porém, comparando os dois países o Brasil está em uma situação bem pior, já que não pune nenhum político corrupto como deveria, o Brasil é o único país do mundo que não tem absolutamente nenhum político preso por corrupção, portanto, está clara a razão dessa praga (a corrupção) estar cada vez pior no país, já que nenhuma providência é tomada, na China, corrupção comprovada é punida com pena de morte ou prisão perpétua, além é óbvio, da imediata devolução aos cofres públicos dos valores roubados. O ministro chinês fez uma pequena citação que apenas nos últimos 5 anos, o Brasil já computou um desvio de verbas públicas de quase 100 bilhões de reais, o que permitiria investimentos de reflexo nacional. Ou seja, algo está errado e precisa ser mudado imediatamente.

    3) QUINTUPLICAR O INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO:

    Fundamento: Um país que quer crescer precisa produzir os melhores profissionais do mundo e isso só é possível quando o país investe no mínimo 5 vezes mais do que o Brasil tem investido hoje em educação, caso contrário, o país fica emperrado, aqueles que poderiam ser grandes profissionais, acabam perdidos no mercado de trabalho por falta da base que deveria prepara-los, com o tempo, é normal a mão de obra especializada passar a ser importada, o que vem ocorrendo a cada vez mais no Brasil, principalmente nos últimos 5 anos quando o país passou a crescer em passos mais largos.

    4) REDUÇÃO DRÁSTICA DA CARGA TRIBUTÁRIA E REFORMA TRIBUTÁRIA IMEDIATA:

    Fundamento: A China e outros países desenvolvidos como os EUA já comprovaram que o crescimento do país não necessita da exploração das suas indústrias e empresas em geral, bem pelo contrário, o estado precisa ser aliado e não inimigo das empresas, afinal, é do trabalho destas empresas que o país tira seu sustendo para crescer e devolver em qualidade de vida para seus cidadãos, a carga tributária do Brasil é injusta e desorganizada e enquanto não houver uma mudança drástica, as empresas não conseguirão competir com o mercado externo e o interno ficará emperrado como já é.

    5) REDUÇÃO DE PELO MENOS 80% DOS SALÁRIOS DOS POLÍTICOS BRASILEIROS:

    Fundamento: Os Brasil tem os políticos mais caros do mundo, isso ocorre pela cultura da malandragem instalada após a democrácia desorganizada que tomou posse a partir dos anos 90 e pela falta de regras no quesito salário do político. O político precisa entender que é um funcionário público como qualquer outro, com a função de empregar seu trabalho e seus conhecimentos em prol do seu país e não um “rei” como se vêem atualmente, a constituição precisa definir um teto salarial compatível com os demais funcionários públicos e a partir dai, os aumentos seguirem o salário mínimo padrão do país, na China um deputado custa menos de 10% do que um deputado brasileiro. A revolta da nação com essa balbúrdia com o dinheiro público, com o abuso de mega-salários, sem a devida correspondência em soluções para o povo, causa ainda mais prejuízos ao estado, pois um povo sentindo-se roubado pelos seus líderes políticos, perde a percepção do que é certo, justo, honesto e honrado.

    6) DESBUROCRATIZAÇÃO IMEDIATA:

    Fundamento: O Brasil sempre foi o país mais complexo em matéria de negociação, segundo Wen, a China é hoje o maior exportador de manufaturados do mundo, ultrapassando os EUA em 2010 e sem nenhuma dúvida, a China e os EUA consideram o Brasil, o país mais burocrata, tanto na importação, quanto exportação, além é claro, do seu mercado interno, para tudo existem dezenas de barreiras impedindo a negocição que acabam em muitas vezes barrando o desenvolvimento das empresas e refletindo diretamente no desenvolvimento do país, isso é um caso urgente para ser solucionado.

    7) RECUPERAÇÃO DO APAGÃO DE INVESTIMENTOS DOS ÚLTIMOS 50 ANOS:

    Fundamento: O Brasil sofreu um forte apagão de investimentos nos últimos 50 anos, isso é um fato comprovado, investimentos em infraestrutura, educação, cultura e praticamente todas as demais áreas relacionadas ao estado, isso impediu o crescimento do país e seguirá impedindo por no mínimo mais 50 anos se o Brasil não tomar atitudes fortes hoje. O Brasil tem tudo para ser um grande líder mundial, tem território, não sofre desastres naturais severos, vive em paz com o resto do mundo, mostrou-se inteligente ao sair ileso da grande crise financeira de 2008, porém, precisa ter a coragem de superar suas adversidades políticas e aprender investir corretamente naquilo que mais necessita.

    8) INVESTIR FORTEMENTE NA MUDANÇA DE CULTURA DO POVO:

    Fundamento: A grande massa do povo brasileiro não acredita mais no governo, nem nos seus políticos, não respeita as instituições, não acredita em suas leis, nem na sua própria cultura, acostumou-se com a desordem governamental e passou a ver como normal as notícias trágicas sobre corrupção, violência, etc, portanto, o Brasil precisa investir na cultura brasileira, iniciando pelas escolas, empresas, igrejas, instituições públicas e assim por diante, começando pela educação patriótica, afinal, um grande povo precisa amar e honrar seu grande país, senão é invevitável que à longo prazo, comecem surgir milícias armadas na busca de espaço e poder paralelo ao governo, ainda mais, sendo o Brasil um país de proporções continentais como é.

    9) INVESTIR EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA IMEDIATAMENTE:

    Fundamento: Proporcionalmente, o Brasil investe menos de 8% do que a China em ciência e tecnologia, isso começou a ter forte reflexo no país nos últimos 5 anos, quando o Brasil passou a crescer e aparecer no mundo como um país emergente e que vai crescer muito a partir de agora, porém, não tem engenheiria de qualidade, não tem medicina de qualidade, tecnologia de qualidade, não tem profissionais com formação de qualidade para concorrer com os países desenvolvidos que encontram-se mais de 20 anos a frente do Brasil, isso é um fato e precisa ser visto imediatamente, pois reflete diretamente no desenvolvimento de toda nação.

    10) MENORIDADE PENAL E TRABALHISTA A PARTIR DE 16 ANOS

    (o mundo está envelhecendo…):

    Fundamento: O Brasil é um dos poucos países que ainda possuem a cultura de tratar jovens de 15 a 18 anos como crianças, não responsáveis pelos seus atos, além de proibi-las de oferecer sua mão de obra, isso é erro fatal para toda a sociedade, afinal, o Brasil, assim como a grande maioria dos paises, estão envelhecendo e precisam mais do que nunca de mão de obra renovada, além do que, essa contradição hipócrita da lei, serve apenas para criar bandidos perigosos, que ao atingirem 18 anos, estão formados para o crime, já que não puderam trabalhar e buscaram apenas no crime sua formação. Na China, jovens tem permissão do governo para trabalhar normalmente (não apenas como estagiários como no Brasil) a partir dos 15 anos, desde que continuem estudando e, sim, respondem pelos seus crimes normalmente, como qualquer adulto com mais de 18 anos.

    Este texto foi retirado do Blog do jornalista Joemir Beting da Rede Bandeirantes, segundo Joelmir, o texto não está na íntegra, já que não foi permitida a sua divulgação nos meios de comunicação, também, segundo o assessor que permitiu o “vazamento” do relatório da conversa com o primeiro ministro chinês, o governo brasileiro optou por não divulgar estas informações por não se tratarem da real missão do primeiro ministro ao Brasil, que era apenas para tratar de assuntos comerciais entre os dois paises, mas como diz Joelmir, para bom entendedor, apenas isso basta, ou seja, não há interesse do governo em divulgar esses fatos, pois, para o PT e demais governantes, do jeito que o Brasil se encontra é exatamente o jeito que eles sempre sonharam, um país que reina a impunidade política e o povo não tem vez nem voz, até porque, essa cultura que o sr Wen tanto cita, é exatamente o que poderia causar problemas na atual política brasileira, portanto, um povo acomodado e que apenas assiste de camarote o corrupto sacar dinheiro do seu próprio bolso, é o sonho de qualquer criminoso do colarinho branco.

  • speckneto

    -

    27/9/2013 às 10:25 pm

    A culpa de tudo isso é do nosso supremo.

  • Adão Luiz

    -

    23/9/2013 às 10:33 pm

    Diante,tanta roubalheira,decepção com a política deste país e um regime democrático,onde o cidadão trabalhador é menos valorizado que aqueles que rouba,mata,destrói famílias,tenho a curiosidade de ver Jair Bolssonaro e Conte Lopes,governando o Estado de São Paulo.

  • Basiglia

    -

    6/9/2013 às 4:54 am

    Se os políticos brasileiros tentassem dirigir um negócio qualquer, com certeza quebrariam a cara. São incapazes.Enriquecem na política por vias ilegais. Corrupção. É o nosso momento atual, é cultural. Talvez daqui a 50 anos. E mesmo assim com muita luta, conscientização.

  • Basiglia

    -

    6/9/2013 às 4:46 am

    Reinaldo
    A esquerda não sabe mais qual é o objetivo. Como disse Bakunin:”Querem os operários no poder.Sim, mas então não serão os mesmos, não serão operários”. Quanto aos dominadores de sempre, mesmo na oposição não perderam um palmo de terra no Maranhão, no Pará e em todos os lugares de sempre – o mesmo na indústria, o mesmo no comércio. Cada político dos nossos é um empreendedor, um comerciante às voltas com seu negócio, com sua indústria.

  • Alexia

    -

    6/8/2013 às 1:33 pm

    Dear Mr. Reinaldo, o povo não está nas ruas protestando porque eles trabalham. Será que essa classe que está nas atravancando o trânsito sabe o significado de: To Work and Trabalhar? Penso que não! Porque eu tenho uma sobrinha adolescente de 16 anos que foi participar desses protestos só porque como ela mesma disse: ” eu e minhas amigas não tínhamos nada de interessante para fazermos e então fomos lá pra agitar”. Minha sobrinha estuda em um colégio caro em que a mensalidade passa de R$2ooo, e ela assim, como suas colegas nunca andaram de ônibus. Logo, esses protestos são feitos por quem tem automóvel bom, viaja de avião, tem plano de saúde de 1º mundo, conhece e usa mais a língua inglesa que a portuguesa. Sei que essa classe também tem o direito de protestar, afinal mais corredores de ônibus tira dela o direito de usar o carro, os aeroportos estão abarrotados de pessoas da nova classe “C” e não sobra espaço para os da classe média “A e B” deslizarem placidamente suas malas como costumava fazer em outros tempos. Por lado, concordo com seu pensamento quando afirma: ” todos convergem com uma mesma escolha: mais estado e menos indivíduo; mais controle e menos liberdade individual.” Espero que em 2014 haja uma mudança substancial mesmo que seja com os “os hegelianos de esquerda e os hegelianos de direita”, o que não pode continuar são essas coligações que já venderam a alma ao Diabo há muito tempo e continuam “sabotando” a reconstrução do Brasil em torno de uma identidade nacional.

  • CELCESAR PINTO - AVERDAVERDADEDASMENTIRAS

    -

    29/7/2013 às 3:33 pm

    CARO SR. REINALDO ESTA SUA POSTAGEM TEM QUE SER ATUALIZADA POIS AGORA O POVO JÁ ESTÁ NAS RUAS. É NECESSÁRIO CONTINUAR A INCENTIVÁ-LA COM UMA POSTAGEM ATUAL PARA NÃO HAVER UM RETROCESSO E UMA RETOMADA DOS PETISTAS PARA O ANO DE 2014.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados