Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Os pterodáctilos que querem controlar a “mídia” voltam a sobrevoar o Congresso. Pergunto: controlar o quê? Ela já não está suficientemente controlada?

Por: Reinaldo Azevedo

Eles são petistas e não desistem nunca! E ainda não desistiram de cubanizar também as comunicações no Brasil. Os sedizentes “movimentos sociais e sindicatos” que integram um tal “Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC)” fazem nesta quinta um ato na Câmara dos Deputados em defesa da tal regulamentação da mídia. Querem porque querem uma tal “Lei da Mídia Democrática”.

Vocês sabem o que os petistas e esquerdistas menores e ainda mais rombudos entendem por “mídia democrática”. É aquela que estará sob a censura do partido — ou dos coletivos.

No dia 1º de março, o PT divulgou uma resolução “em favor de um novo marco regulatório das comunicações, tal como proposto pela CUT, pelo FNDC e outras entidades”. E o que quer o tal Fórum? Leiam um pequeno trecho de sua proposta:

“O FNDC propõe inclusão, na estrutura das empresas de Rádio e TV, de mecanismos que estimulem e permitam o controle público sobre a programação, como conselhos com participação da sociedade, conselhos editorais e serviços de ouvidoria.”

Entenderam? Formar-se-iam conselhos da companheirada para decidir o que pode e o que não pode ir ao ar. Se tiverem tempo, mais tarde, sugiro que deem uma olhada na lista de entidades e grupos que formam o FNDC (aqui). Lá está, como costuma acontecer com quase tudo o que não presta, o Conselho Federal de Psicologia. Por que psicólogos estariam interessados na censura? Não sei! Essa gente quer censurar até propaganda de biscoito. Está no grupo a Associação dos Engenheiros da Petrobras. Qual é o problema desses engenheiros com a imprensa livre? Sentem-se, por acaso, incomodados quando se noticia que os petistas deram uma refinaria de presente para Evo Morales ou quando fica claro que a empresa teve um prejuízo de US$ 1,180 bilhão comprando uma sucata em Pasadena, nos EUA? E uma tal FENADADOS (Federação Nacional dos Empregados em Empresas e Órgãos Públicos e Privados de Processamento de Dados)? Por que trabalhadores de processamento de dados querem censurar o jornalismo?

Acima, há o link que remete à lista completa das entidades. Na maioria, são sindicatos, federações ou confederações de trabalhadores, gente que, em razão da legislação de origem fascista que ainda regula a atividade sindical no Brasil, tem seu rico dinheirinho garantido em razão da cobrança de taxas obrigatórias. Com os cofres cheios, mas sem ocupação, então decidem ter ideias… A esmagadora maioria é ligada ao PT — sim, a CUT está no grupo.

Há também as ditas associações culturais. Se vocês forem pesquisar quem compõe a diretoria, encontrarão lá militantes petistas, ex-jornalistas demitidos dos grandes veículos por incompetência e que decidiram transformar seu rancor em ideologia, notórios militantes do PT e do PCdoB.

Controlar pra quê?
Cabe uma pergunta, até óbvia demais: por que essa gente quer tanto controlar as TVs e rádios no Brasil se, na maioria dos casos, elas já estão “controladas”. Apontem uma só emissora relevante, de rádio ou TV, que não esteja afinada hoje com os valores culturais da esquerda. Jornalismo, novelas, programas de entretenimento… Nada escapa!

Eu estava em Roma enquanto o papa estava no Brasil, mas acompanhei o noticiário. Uma frase do Sumo Pontífice — “Se uma pessoa é gay e procura Deus e tem boa vontade, quem sou eu para julgá-lo” — bastou para transformá-lo numa espécie de militante da causa. Dispensou-se uma cobertura simpática à visita de Francisco, mas notem que ele foi tratado sempre como uma espécie de “liderança progressista”, aberta aos novos tempos. No dia a dia, os valores ditos tradicionais são impiedosamente ridicularizados. A campanha em favor da descriminação total das drogas, por exemplo, virou ponto de honra do, por assim dizer, establishment jornalístico. Todas as formas de “família” são exaltadas em horário nobre, menos aquela que ainda é formada por papai-e-mamãe. 

Os ditos “escândalos” que atingem os adversários do PT e das esquerdas — refiro-me, claro, aos casos Siemens e Alstom — merecem uma cobertura absolutamente desproporcional ao fato, até porque, até agora, há não mais do que vazamentos selecionados por “alguém” lá do Cade. Em nenhum momento se indagou às autoridades federais por que o acordo de leniência, por exemplo, só se refere à atuação da Siemens em São Paulo. É o tipo de pauta que não interessa. Os petistas infiltrados nas redações e que exercem severa patrulha sobre seus chefes  não investem no assunto.

Pergunto de novo: controlar a mídia pra quê? Com alguma ironia, diria até que, sob o controle do PT, talvez ela fosse, em muitos aspectos, até mais conservadora e pudica do que é hoje, não é mesmo?

Caminhando para o encerramento, creio que o controle imaginado por essas entidades — a maioria delas vive ou de dinheiro público ou da grana que arrancam dos trabalhadores em razão da legislação vigente na área sindical — não acontecerá. No fundo, a turma sabe disso e não se importa. O que essa gente quer mesmo é manter as emissoras sob permanente pressão, forçando-as a aderir à sua agenda. E, reconheça-se, esses brucutus obscurantistas são bem-sucedidos.

Eu duvido, para encerrar, que, sob o controle do PT e da CUT, a Globo, por exemplo, estivesse mais à esquerda do que hoje. Em qualquer área. Podem escolher o tema. Aquilo que a canalha chama “mídia” involuiu bem depressa do pluralismo (“todas as opiniões, mesmo as mais exóticas, merecem atenção”) para o banimento da divergência. Tudo é aceitável, sim!, desde que não possa ser tachado pelas patrulhas de “conservador” e “reacionário”: a família de papai-e-mamãe, por exemplo.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

115 comentários
  1. patriota

    desde quando sindicato está interessado nos “sindicalizados”? eles comem teu dinheiro no início do ano quer você queira ou não, eles tem autonomia de vampirismo. digo mais, eles são mais politizados do que tudo, como todos os movimentos da esquerda “brazzilehira” usurpam as vozes dos cidadãos, do dito “povo” e fazem o que os seus dirigentes preferem para ter mais dinheiro e pagar de “amigo da classe”…

  2. Maurício.

    Reinaldo, comento em teu post de agosto, pois achei mais adequado. O PT não desistiu de controlar a mídia. Veja esta notícia:

    Concessão Movimentos sociais estão fazendo um abaixo-assinado para apresentar um projeto de lei na Câmara dos Deputados que garanta a democratização dos meios de comunicação.

    Concessão 2 Entre os pontos do projeto, de iniciativa popular, está a proibição do aluguel de horários nos canais de televisão, fonte de renda de várias redes, que faturam com locação de espaço para religiosos.

    Fonte: http://outrocanal.blogfolha.uol.com.br/2013/11/28/shoptime-pode-sair-do-ar-qvc-quer-entrar-no-pais/

  3. Luis Souza

    A opnião da FENADADOS não reflete a opnião dos trabalhadores de processamento de dados. Trabalho na área e tenho observado que esta federação toma atitudes sem consultar seus trabalhadores. A associação desta ao FNDC pode ser por motivações políticas que nada tem a ver com os trabalhadores da área.

  4. Alexandre Souza

    O argumento principal é inquestionável: Controlar o quê? Ela já não é suficientemente controlada?
    Engraçado é que muitos são os mesmos que se queixavam da censura da mídia na ditadura.

  5. Gabriel

    Ensaiando uma possível resposta à pergunta (que também me faço) “por que controlar a imprensa se ela já aderiu ao marxismo cultural?”, cheguei a isto (talvez eu esteja errado, é claro): Porque os totalitários temem a simples possibilidade de que, num futuro não muito distante, pessoas competentes e independentes, que repudiam pautas ideológicas, possam chutar, paulatinamente, os adesistas e medrosos dos jornais e emissoras. É uma estratégia preventiva. Em vez de ter um controle indireto, baseado na pressão constante, por que não controlar diretamente os meios de produção do noticiário opinativo nacional?

  6. Ferrabraz

    Mais uma vez, 2014 será o ano de definição. Até porque os petistas estão assinando contratos de trabalho que serão renovados em 2015 com os médicos cubanos através desta terceirização do trabalho com o estado cubano. O que indica claramente que os petistas não cogitam abandonar o poder e irão melar as eleições em 2014.

  7. Revoltada

    Quando PT comemorou 10 anos no poder, acredito ser poder e controle total de instituições. Cabe uma perguntinha r é domínio do poder real ou o poder de fato? Voltamos a ser colônia sob o comando deste senhor do marketing e do blá, blá, blá. Um grupo comemora 10 anos de poder em seu circulo estraçalhando a República.É o inferno de Dante.

  8. Roberto

    Reinaldo, nem em todas as áreas a Globo é tão esquerdista quanto o PT. Ela, por exemplo, não defende os atos de organizações criminosas como farc e mst,elo menos nunca vi chegar a esse grau de delinquência.
    Outra coisa que os petistas não admitem é anunciar a corrupção dos seus governos, o que a Globo ainda faz.
    Esses 2 pontos com certeza seriam mudados num eventual controle. Agora, em relação aos pontos progressistas (tipicos da esquerda herbívora) – aborto, descriminalização das drogas, desarmamento -, não poderiam ser mais afins.

  9. arlete

    É o discurso petista… puro descaramento.
    E eles juram que defendiam a DEMOCRACIA do Brasil no pós 64.
    “Quem não te conhece que te compre”…

  10. Luiz

    Caro Reinaldo, para aqueles que pregam a liberação das drogas e controle social de tudo, matérias jornaliísticas como do link abaixo jamais sairá nos jornais.
    Detalhe:n No caso, já foi devidamente comprovado que o assassino estava “chapado” de drogas e que cometeu o crime porque o pai era um obstáculo para as drogas.

    http://www.oimpacto.com.br/jornal-o-impacto/filho-mata-pai-e-irma-a-tercadadas-em-santarem/

  11. vitor vitelli medina

    ISINBAYEVA NOTA 1000

    “Se permitirmos esse tipo de coisas, tememos muito por nossa nação porque nos consideramos normais, com um padrão. Nós apenas vivemos com homens ao lado de mulheres e mulheres ao lado de homens. Tudo deve ser assim. Isso vem da história. Nós nunca tivemos problemas assim na Rússia e não queremos ter problemas assim no futuro.
    É desrespeitoso para com nosso país, com nossos cidadãos. Nós temos nossas leis e todos tem que respeitar. Quando vamos a outros países nós tentamos seguir suas regras”, completou Isinbayeva.

  12. Observador

    É por isso que só assisto a Globo em último caso, apenas se não houver outro programa tão bom quanto em outro canal. Querem fazer engenharia social através dos programas e quase sempre tentam induzir as pessoas a pensarem errado, só tem gay e comunista trabalhando lá. Só falta tentarem empacar uma novela para divulgar o islamismo. Se depender de mim vão ficar com a audiência das favelas.

  13. aldo

    Rodolfo – 22/08/2013 às 17:25 – A liberdade de expressão já é uma cláusula pétrea, pois se incluí nos “direitos e garantias individuais”, mas a liberdade de imprensa pode ser regulada. Porém, isso para os legisladores é mero detalhe, assim como a Constituição. 98 de 100 leis são declaradas inconstitucionais quando alvo de uma ADI e as 2 que se salvam, só não são derrubadas, pq no Brasil existe um câncer mortal que destrói o estado de direito: o ativismo judiciário. O que o Brasil precisa é uma nova Constituição que proiba emendas e garanta todos os direitos cívis, sem excessões, a criação de uma corte constitucional que analisará leis antes delas serem aprovadas (assim evitando que políticos desonestos usem causas de apelo popular para se promoverem) e a adoção do parlamentarismo, sistema mais barato, menos burocrático e que obriga o primeiro ministro a trabalhar com seriedade.

  14. BRASIL = TITANIC

    O BRASIL TERÁ O MESMO DESTINO DO RMS TITANIC… A DITADURA CRIMINOSA E DESTRUIDORA DOS GOVERNOS PT E PMDB VÃO PELA SOBERBA E PREPOTÊNCIA LEVAR O BRASIL AO NAUFRÁGIO TOTAL E VERGONHA INTERNACIONAL… COMO SE PODE VER SOMOS UM POVO TOTALMENTE IRRESPONSÁVEL E IGNORANTE… Nós povo Brasileiro estamos a meio passo de ser transformados numa nação de prisioneiros de uma das piores ditaduras alguma vez vistas no mundo. Nós Brasileiros IGNORANTES somos manipulados por um grupo político altamente criminoso e cruel, que usa e abusa da nação para seu TOTAL E BELO PRAZER, o Brasil está condenado a destruição de todos os sonhos de um dia se transformar num país evoluído de primeiro mundo, talvez daqui a 150 anos isso venha a se mostrar possível, mas durante os próximos anos iremos assistir á morte completa dos valores da liberdade, verdade e seriedade… Somos governados pelo mal, por uma seita de políticos LADROES altamente criminosos e cruéis, capazes de matar o seu povo apenas pelo motivo da ganância e do poder sem limites. Somos reféns da ignorância E IRRESPONSABILIDADE TOTAL E GERAL da população, e tudo isso é agravado pelas seitas PTistas e PMDBistas destruidoras da política e de governos desumanos e criminosos deste nosso infeliz Brasil, TODA A POLÍTICA BRASILEIRA É SUJA E PODRE, SOMOS UM PAÍS DE MENTIRA, um país da vergonhosa chacina impiedosa praticada por quem infelizmente nos DESGOVERNA. O BRASIL É UM PAÍS A POUCOS PASSOS DE UMA MORTE TERRÍVEL E AVASSALADORA. UMA VERGONHA DE NAÇÃO…

  15. Raissa Pedra

    Reinaldo.
    A “mídia amestrada” é facilmente controlada com altas verbas de publicidade. Mas como controlar uma VEJA E SEUS BRAVOS JORNALISTAS? Só mesmo com leis que lmitem a liberdade de expressão e de investigação.
    O corretor ortográfico já estabeleceu o seu controle, quanto se atinge o PT, não fazendo a correção.

  16. Silvera

    O culpado por essa tragedia nacional promovida pelo PSDB è PT é o general FIQUEREDO que não apoiou seu vice AURELIO CHAVES se tisseve apoiado o pais seria democrativado com decencia , honra E jamais FHC com seu politicamente correto teria chegado a presidençia muito mesmo o esquerdisda do LULA !

  17. Trocando o nickname

    Caro Reinaldo,
    Se me permite,
    ” A insustentável “leveza” do Foro de São Paulo”
    http://www.brasilacimadetudo.com/2013/08/a-insustentavel-leveza-do-foro-de-sao-paulo/#more-20093

  18. Vera L.

    Reinaldo,
    Concordo inteiramente. E acho a Globo a mais assanhada. Está fazendo propaganda direto de descriminalização das drogas, leia-se liberar geral “Na Moral”. A “causa gay” está escancarada em todos os programas. A legalização do aborto. Hoje na novela teve uma cena que disse tudo e mais um pouco…Asqueroso aquele programa da Regina Casé. Só aparece UM lado, o lado que eles apoiam, as “causas” que apoiam. E CHEIO DE PROPAGANDA OFICIAL. A Regina mesmo é a propagandista MUITO bem paga pelo governo com o NOSSO dinheiro. Caras de pau. E a Globo resolveu que a família TRADICIONAL JÁ ERA! Agora VALE TUDO! TUDO MESMO. Tim Maia ficou ultrapassado…A Globo mostra nos programas uma grande FARSA. É claro que sabemos que hoje em dia tem várias formações familiares, mas a família tradicional, pai, mãe, filhos AINDA È A GRANDE MAIORIA. A Globo que CATEQUIZAR as pessoas, o telespectador! Essa cambada que quer “regular a mídia” vive no mundo da lua. Hoje mesmo o JN foi SUPER PARCEIRO do governo. Com Mantega, com Padilha. Corja que não vale NADA, regular o quê? Está tudo DOMINADO.

  19. lucas

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  20. karlos

    comunistas são psicopatas por natureza quanto mais tiranos ais em democracia falam,quanto mais terroristas mas em paz falam,essa gente precisa ser desmascarada,depois julgada e a pena tem que ser cumprida.E a partir de agora aprendam todos é como REI faz ,gente é dar nome aos bois,sem medo da patrulha

  21. claudia

    Os cafajestes vão comendo pelas beiradas, não custa tentar. Obrigada pelo seu mais que elucidativo texto. Outro primor.

  22. João Carlos

    Eu gostaria de saber como tantas pessoas encontram tempo para ficar à disposição dessas “causas”, como se fossem a última muralha do universo. Quando eu preciso comparecer ao médico, para tratar da saúde tenho de negociar com meu chefe. Tem gente que leva a vida do jeito que pediu a deus (em minúsculo mesmo)

  23. Anónimo

    Depois de apanhar do Olavo e do Reinaldo, o intelectual resolveu brigar com rockeiros, apanhou também.

    Resposta de Lobão ao famoso sheik cubano-petista Emir Sader, no mídia sem máscara

    Réplica ao texto do Sr. Emir Sader

    Sr. Emir Sader,

    Tomo a liberdade de interpretar como diretas as suas indiretas à minha pessoa pelo singelo fato de ter escolhido o meu rosto para emoldurar o seu artigo, e mesmo que o senhor não tenha tido a hombridade de mencionar o meu nome, sinto-me na obrigação de lhe enviar a minha réplica. Sendo assim, vamos começar por partes:
    1) Se existe essa transição de esquerda para a direita, me parece muito claro que o inverso é absolutamente verificável. O próprio Paulo Maluf, o José Sarney, o Fernando Collor, o Severino Cavalcanti, o Renan Calheiros entre tantos outros fazem parte integrante e fundamental da base aliada do PT. Todos com calorosa acolhida e, por que não dizer, com ardorosa defesa por parte de nossos grandes pensadores da esquerda (consulte sua colega, Marilena Chauí e pergunte o que ela acha atualmente do Paulo Maluf. É comovente perceber o amor, o carinho e admiração que ela nutre por ele nos dias de hoje). Portanto, sua tese começa a se desmoronar logo no segundo parágrafo do seu artigo.
    2) O processo de conversão ao que o senhor se refere é algo mais simples e direto. Basta ter o mínimo de bom senso e uma inteligência mediana para se constatar a canoa furada que é a esquerda e seu lamentável histórico. É um mimo da sua parte achar que a URSS é o único repositório de quaisquer críticas tecidas à esquerda. Não, meu nobre companheiro. Não há na história da humanidade um só caso de que possamos nos jactar de alguma pálida forma que seja, da esquerda tendo um papel bem sucedido como modelo político. Todos foram um retumbante fracasso. Na URSS, na China, no Vietnã, Camboja, em Cuba, agora, na Venezuela, na Europa Oriental, na Albânia, na Coréia do Norte, Angola e por aí vai… Todos regidos por tiranetes caricatos. E não temos apenas a disseminação da miséria nesses povos, temos verdadeiros massacres, os maiores genocídios da história se concentram justamente nas administrações comunistas. Isso é fato irrefutável, portanto, o Stálin ser comparado a Hitler acaba sendo, por incrível que pareça, um eufemismo. Não me parece muito consistente o senhor querer fazer crer a qualquer criatura com mais de dois neurônios que Cuba é uma democracia plena, onde se respeita os direitos fundamentais do cidadão. Isso é um fato também. Não há o que discutir, lhe restando apenas o direito um tanto suspeito de ser um tiete de um regime deplorável. No entanto, o Brasil trava relações diplomáticas intensas com os irmãos Castro, auxiliando sua administração com polpudas quantias do NOSSO dinheiro para aquela bela e tão maltratada ilha. E isso na maior cara de pau!
    3) No quinto parágrafo do seu artigo o senhor faz uma alusão de casos de pessoas que são “recompensadas pela direita”. Mas que direita? Praticamente TODOS os órgãos estão comprados pelo governo! A maioria esmagadora dos intelectuais e artistas desse país está se lambuzando toda com gordas verbas federais e deformando sua funções primordiais para se transformarem em militantes cínicos (eu mesmo fui laureado com uma polpuda verba pela lei Rouanet, verba essa que recusei peremptoriamente).
    E daí a inversão dos fatos: vocês são os chapas-brancas! Vocês são os militantes e patrulheiros ideológicos de plantão! Vocês se locupletam com verbas públicas! Vocês são a força de engenharia social de um governo corrupto e incompetente e isso é muito feio, pra não entrar muito fundo na questão. O rebelde aqui sou eu, companheiro. O espaço que recebo dessa tal mídia de direita a qual você se refere é cada vez mais exíguo. Só consegui fazer um programa de televisão em TV aberta e todos aqueles que costumava frequentar por tantos anos me fecharam suas portas até o presente momento, embora, malgrado todas as tentativas (inclusive a sua) de detratar e inviabilizar o meu livro, ele continua entre os mais vendidos por mais de 20 semanas. Sorry…
    manifestoQuando sai alguma matéria sobre o Manifesto do Nada na Terra do Nunca é sempre no intuito de denegrir de forma capciosa o seu conteúdo e, não raro, também a minha pessoa e minha conduta, da mesma forma que o senhor comete neste artigo.
    Estou cansado de ler resenhas e crônicas me esculhambando, afirmando coisas absurdas como ser eu a favor da ditadura, da tortura, do regime militar. Eu jamais tomei esse tipo de posição!
    Eu simplesmente não acredito em quem pegou em armas nos anos 60 pra “defender a democracia” porque isso não aconteceu! Eles (o senhor estava nessa também, não?) lutavam por uma outra ditadura! E esse é um cacoete mórbido que virou tabu investigar e isso é péssimo para todos nós.
    Não acredito em pessoas como o senhor, que não passa de um filósofo de meia tigela, jogando pra sua galera, achando que vai se criar cagando goma pra cima de mim. Não vai!
    Não admito ninguém ficar questionando a validade da minha qualidade artística, principalmente em se tratando de alguém que nada mais fez do que mostrar ser um analfabeto musical de amplo espectro. De outra forma não se arvoraria em tecer tão estúpido comentário em detrimento de uma porca e covarde estratégia pretendendo me despotencializar por uma suposta e inexistente decadência musical. Isto é, antes de mais nada, patético para a sua já tão combalida reputação.
    Para concluir, quero deixar bem claro ao senhor e aos seu leitores uma coisa: se informe mais a respeito de quem está falando, nutra-se de mais prudência, vai por mim… Tente enxergar o próprio rabo e pare de projetar a sua mediocridade, sua obtusidade e sua venalidade em outros, principalmente quando pode ter a infelicidade de se deparar com pessoas assim como… eu.
    Portanto, um dever de casa para o companheiro Emir Sader: escreva cem vezes no seu caderninho: “Escriba de aluguel é o caralho.”

    Lobão.

    Escribas de Aluguel
    Emir Sader

    Somente depois do fim da ditadura passou a surgir no Brasil o fenômeno de artistas e intelectuais que, até ali, estavam nas filas da oposição democrática, passando a buscar abrigo nos espaços das elites conservadoras. A própria forma que assumiu a transição favoreceu essa conversão.
    Seu caráter conciliador entre o velho e o novo, chancelado pela aliança promiscua no Colégio Eleitoral entre o PMDB e o então PFL, no bojo do qual os que não ficavam com a candidatura de Paulo Maluf, recebiam o epíteto de “democratas” ou de “liberais”, como o próprio nome do partido originário da ditadura mencionava. Antonio Carlos Magalhães, Marco Maciel, José Sarney – entre outros – embarcaram nessa canoa e foram recebidos de braços abertos pelos que organizaram a transição conservadora da ditadura à democracia.
    O processo de conversão de gente de esquerda para a direita tem uma longa história. O principal mecanismo para essa transição é a critica de erros – reais ou supostos – da esquerda, como justificativa para distanciar-se desta e caminhar – de forma célere ou lenta – para a adesão à direita. Passar da critica à demonização da URSS foi a forma clássica dessa transição. Se o projeto que encarnava o socialismo de Marx, Lenin, Trotski, tinha se degenerado tão brutalmente, haveria que jogar no lixo não apenas aquela primeira forma de existência de um projeto socialista, mas o socialismo e seus teóricos e dirigentes.
    Faziam essa expurgação e eram acolhidos ou na social democracia ou – passando às vezes por aí como transição – diretamente para a direita. A teoria do totalitarismo teve o papel de tentar centrar o debate não na polarização capitalismo/socialismo, buscando identificar a URSS com o nazismo, Stalin com Hitler, todos na mesma canoa do totalitarismo.
    Claro que não era apenas um processo de reconversão intelectual. Era um processo de reconversão de classe social. Quem fazia esse trajeto era acolhido e bem recompensado pela direita – com edição de livros de denuncia do comunismo ou da esquerda –, com amplas entrevistas na mídia conservadora, afora outras recompensas materiais.
    Nada muito diferente do que acontece no mundo nas ultimas décadas. Os pretextos podem ser o fim da URSS – confundido com o fim do socialismo –, críticas levantadas pela direita sobre corrupção em partidos de esquerda, politicas que não respeitariam o meio ambiente, etc., etc. O objetivo é encontrar álibis para deixar de ser de esquerda.
    As formas que essa conversão assume são, via de regra, pelos generosos espaços que a mídia de direita reserva carinhosamente aos que se dispõem a criticar sistematicamente a esquerda, com a suposta autoridade de quem foi de esquerda ou diz que foi. Contanto que não dirijam os fuzis que a direita lhes concede contra a própria direita.
    Jornais como O Globo, O Estado de São Paulo, a Folha de São Paulo, a Veja, entre outros, estão cheios de esquerdistas “arrependidos”, que poupam seus patrões – que, todos, apoiaram o golpe de 1964 –, para concentrar seu fogo na esquerda – no PT, nos governos do Lula e da Dilma, na CUT, no MST, etc., etc.
    São escritores e músicos em fim de carreira, que já não produzem nada que valha a pena há décadas, que vivem do seu passado e do serviço que prestam à direita. Ganham seu dinheirinho, têm seu espaço numa imprensa cada vez menos lida, ou na TV como clowns da burguesia.
    Escribas de aluguel terminam suas carreiras – que às vezes tiveram algum brilho no passado – comendo da mão da direita oligárquica, fazendo ainda pose de artistas ou de intelectuais, odiando o Brasil que se transforma, se democratiza, apesar de e contra eles.

  24. Felipe

    Maldito o dia em que o povo brasileiro resolveu encastelar esta organização criminosa no poder do Brasil!

  25. O Fim do Muro de Berlim

    Todos os opositores aos gulags da comunicação. Imprensa livre cria problemas a criminosos, em especial os políticos e eles estão possessos com a possibilidade de aparecerem suas fétidas e ignóbeis ações.

  26. Alan

    E os petralhas da psicologia estão lá para garantir mais uma boquinha…
    Dia 27 de agosto acontece eleições no Sistema Conselhos de Psicologia. Só que, chapas de oposição, ficam sem ter nenhuma divulgação oficial, enquanto os petralhas psicologos divulgam no Jornal, em eventos nacionais, revistas, etc, etc. Pior que isso, é o MP dizer que tá tudo certo…VERGONHOSO!

  27. R Q

    A população tem que estar atenta para esta tentativa de golpe contra a liberdade de imprensa. Já basta de mídia cordeirinha do PT !!

  28. Como diria Ciro

    Mas é muita … !
    Controlada e Cen$$$$$$$$$urada pelas verbas oficiais das quais depende. É até coerente, inaceitável é a desfaçatez de se dizerlivre, sabendo que não é … A maioria esmagadora é dependente da propaganda das estatais, além da do próprio governo, sempre crescente nos últimos anos , não por acaso petistas, cuja ideologia de fachada precisa de adesão popular ao projeto de poder estabelecido no Foro de São Paulo. Enquanto prazerosamente pagarmos os extorsivos impostos que sustentam verdadeiros usurpadores da crença e crendice popular sempre com finalidade eleitoreira .

  29. Emj

    Irmão de Obama está ligado à Irmandade Islâmica http://t.co/qdDhQOzSGT

  30. Jackson

    No amor e na guerra…vale tudooo!!

  31. Ferreira Pena

    Comunistas não desistem, de várias formas vão insistindo até conseguir o objetivo. Pode demorar um pouco, mas vão conseguir, infelizmente! E o Babacão bananeiro mexendo os cordéis, sempre por trás, nunca sabe de nada.

  32. José Oliveira

    Já impuseram a Lei de programação, obrigando os canais de TV paga a introduzirem programas elaborados aqui, e virou tudo uma merda …Ficaram raros os bons produtos estrangeiros, além do que, os nacionais, são todos de conteúdo comunista . Aliás, cinema nacional, com raras exceções, é quase sempre isso aí.

  33. Georgvan gundim Barreto

    Acho que ja controlam,boa parte,com poucas excessoes ,exemplo veja,o resto tenho a impressão que esta contaminado,enquanto a impressa for uma concessão publica,nao haverá liberdade,pois a qualquer hora o governo pode cassa-lá ,isso e fato e nao se discute ,agora e vergonhoso voce ver seus comentários ,em outras empresas serem censurados,onde todos lutaram para esta abertura ,um comentário deste em outra empresa eu ja seria censurado.

  34. Alberto de Araújo

    A mesma cantilena.O controle da mídia é fundamental para os tentáculos do PT se manter no poder.Particularmente, observo uma parte da mídia bem ativa em defender os valores democráticos.Reconheço que há uma parte dela macomunada com o governo.Não sei se a mídia explora o assunto que a sociedade quer saber ou a sociedade se submete ao assunto explorado pela mídia.Para o nosso povo com demanda de discernimento, talvez a segunda hipóteses seja a mais viável.Não tenho meios para uma avaliação. Não entendo parte da imprensa fazer ouvidos de mercador para as incursões petistas com a finalidade de inibir o trabalho dela.Só há imprensa com liberdade de expressão.A democracia oferece esta oportunidade.Defendê-la é essencial para a sua sobrevivência.É o que o país deseja.A César o que é de César a Deus o que é de Deus.

  35. joao couvert

    Mais subserviente que é a Globo, impossível. Eles não tem escrúpulo, basta acompanhar os jornais com um olhar critico para perceber que lá tudo é planejado para agradar o PT.

  36. Nuno Alves

    Apesar de gastarem milhões do dinheiro público para financiar veículos, blogs e jornalistas de aluguel, os petistas ainda não se consideram seguros na imprensa. São incompetentes em tudo que fazem. INCOMPETENTES!

  37. Jackson

    E viva o PT !!!!!!!!!!!!

  38. Rodrigues

    Algo me diz que à visita que a Dilma fará ao EEUU o Obama terá uma conversa com ela, semelhante a que John F. Kennedy, teve com João Goulart presidente do Brasil (1961-1964), “não queremos mais uma Cuba”. Pela sua história o Brasil não tem perfil para partidão, esse bando tentou tomar o governo na era militar através do terrorismo, agora tenta por vias democráticas o aparelhando de tudo que é possível. Mas é bom lembrar, que esse pessoal não é capaz de entender os sinais, a maior oposição a isso tudo não esta vindo dos partidos, mas sim das ruas querendo o cumprimento da constituição cidadã. É bom lembrar que no movimento de junho a mídia televisiva, também esteve na pauta.

  39. francisco

    Nâo devemos nos esquecer que as concessões de rádio e televisão são a título precário, o que permite aos governos exercer enorme pressão sobre os concessionários.

  40. Maria/Salvador

    Na programação da Globo não pode faltar um Salve as petezadas, ex: programa de Regina Casé com ministra, Dilma, Louro José que de vez em quando solta que adora Dilmona,jornal nacional é uma negação tamanha. Globo controlada, quem ainda duvida?

  41. Guilherme

    Bom se depender da Folha, como ficou provado o dia todo hoje, a contratação de 4 mil guerrilheiros cubanos não é um assunto muito relevante, já que enquanto o Globo, Estado e Veja davam manchete para o assunto e mostravam “o outro lado”, os vermelhinhos da Barão de Limeira resolver ignorar solenemente o assunto.

  42. André Flandres

    Repito: a questão não é saber se eles iriam ou não conseguir implantar o comunismo no Brasil.
    .
    (A bem da verdade, como um porto de chegada, o comunismo jamais foi implantado em país algum do mundo, porque ninguém sabe – nem nunca soube – o que seria exatamente isso. Marx concebeu o comunismo tão somente como um processo dialético.)
    .
    Voltando da divagação. O problema é o estrago que essa gente faz em seus esforços para implentar o comunismo.
    .
    Decerto há os oportunistas que sabem que tais esforços são inúteis para o inviável propósito declarado. Já bastam para fazer um belo estrago na sociedade.
    .
    Mas não nos deixemos enganar: o estrago é tanto maior quanto mais sincero são os esforços.

  43. arlete

    NADA acontece no Governo ou no PT sem o aval de Lula.
    E você AINDA acredita que o Lula não sabia/sabe de NADA???

  44. Charles A.

    Relutei em aceitar,mas os esquerdistas estão vencendo de 10 a 0.Tudo o que querem,conseguem.Conseguiram implantar a tal revolução cultural sem quase nenhuma resistência.Às vezes acho incompreensível que pessoas com boa formação cultural e com inteligência suficiente para fazer juízos dignos,deixem-se policiar pelo “politicamente correto”,nome exótico para controle da mente, e negociem com essa gente.A única esperança é que elles se afoguem na própria mer…Há consenso entre os poderosos de que é uma boa ideia(51!) a cubanização do Brasil.Vamos, portanto, virar socialistas!Logo implantarão a pena de morte para quem matar um mosquito da dengue e para quem discordar do pt. Que se levantem os deuses da República e inspirem os amantes da liberdade! E que o Verdadeiro e Único Deus nos abençoe e proteja contra a besta e sua legião!

  45. LOIRA INTELIGENTE

    A internet e as redes sociais, estão sendo em minha opinião, o laboratório de criação de vários monstros, que daqui a pouco estarão digladiando-se entre si, como já está ocorrendo, para terem a supremacia sobre os incautos que estão aderindo às suas sanhas de poder, rotuladas de renovação, de mudança de paradigmas, ou qualquer outra bandeira teórica e inovadora que atraia as massas, mas cujo objetivo das tais “cabeças pensantes”, sem dúvida, é despontarem como verdadeiros heróis para usurparem o poder por outras vias.
    A forma mais fácil encontrada para atender-lhes a sanha, é aliciar a juventude e também os adolescentes usuários das redes, cevando, para atraí-los a adentrarem na arapuca, em busca de “novos rumos” para a sociedade.
    Nos dias de hoje, vários “ ZÉs” estão em franca ascensão no país, sem precisarem tomar porrada, sem risco de serem presos, ou exilados, mas que no fundo almejam o mesmo ideal Dele que queria ser o dono do BRASIL. Zé Dirceu em minha opinião, foi um revolucionário de araque, estribado em uma ideologia inconsistente não comprovada pelos fatos, hoje já caminhando para a senectude e a cadeia,frustrado por não ter tomado o “trono” brasileiro, que estrategicamente deixou para quem na ocasião, tinha mais possibilidade de pleiteá-lo, para depois nele sorrateiramente assentar-se. Felizmente para o BRASIL, não deu certo, a cela será o seu palácio, e essa escória passará para a história como o presidente, NÃO PRESDENTE, que tentou mudar os rumos do país apoderando-se do congresso, afim de manipular o legislativo, transformando-o em subserviente ao poder executivo,e dessa forma mudar ao bel prazer as regras institucionais. Ainda bem que o judiciário, as instituições e o povo não deixou.
    Então; um “ZÉ”, como esse já está com seu destino traçado. Se fosse nos dias de hoje, tal personalidade com o avanço dos meios de comunicação e formas de arregimentar as massas nas redes sociais, por certo já teria conseguido o seu intento. Tem vários “ZÉs” se criando nas redes sociais, e um deles atende pela alcunha de C A P I L É.

  46. Rodolfo

    Não consigo entender porque a oposição(frouxa, safada e vagabunda) não se antecipa a essa gente que quer calar a imprensa e propõe um PL, ou melhor, uma PEC que coloque como cláusula pétrea a LIBERDADE de IMPRENSA e de EXPRESSÃO nesse país, nos moldes da CF dos EUA.
    Anularia de uma vez por todos esses animais da CUT, PT, MST, UNE…

  47. hipócrates viana

    Vi aqui na Veja uma reportagem que trazia uma foto do 007 sendo interrogado por um vilão gay (personagem representado por Bardem brilhantemente). Na reportagem uma instituição ligada aos gays reclamava que nos filmes só 6% dos personagens eram gays. Na globo, em toda novela o que não falta é gay. Nessa atual acho que o protagonista é o Félix, o gaysão. Sem contar com ex-pegador de outras novelas, Marcelo Antoni e o galego bombado, ambos num esforço danado para se parecerem gays, mas sem muito sucesso. O José de Abreu já disse que no futuro todos seremos bissexuais (espero que esse futuro demore um pouco, pelo menos o tempo de já ter partido, não gostaria de ver ou participar de uma sociedade tão singela). Que esquerda esquisita rapaz! Lutam para que todo mundo seja viado ou sapata (desculpem o linguajar, mas cansei de ser educadinho com essa gentalha), querem que todos sejam abortistas, que sejamos uma sociedade de consumidores de drogas (principalmente as pesadas), que a corrupção seja algo corriqueiro, ou seja que o País se transforme numa verdadeira putaria sem fim, num grande bordel avermelhado. O paraíso da sacanagem. Vamos ver quanto tempo levará para isto acontecer, se demorar pouco, bye bye Brasil!

  48. Muasses

    A caminho do obscurantismo.
    Ô meu querido Rei! vamos lembrar aos pterodáctilos que hoje eles estão comemorando os 10 anos da explosão do campo de lançamento da base de alcântara, no Maranhão. Pessoas morreram ali gente; lula fez um proselitismo a não mais poder com aquele fato); famílias hoje estão chorando seus entes queridos mortos, porém, na cabeça dessa esgotofera essa notícia já era, não pode…o que importa é noticiar o encontro de uma presidente da república com essa figura mais que abjeta de lula: aquele que se vê mais do que é.

  49. Berlatto

    É isso aí, Reinado. Como vc sempre diz: o PT tem método, né?, todos nós sabemos quais. A demonização da imprensa, da polícia e agora dos médicos segue um método. Quem vai ser a próxima vitima? Seria a família tradicional e seus valores?

  50. Luiz

    Um exemplo eloe éa tal de Regina Casé, com aquela propaganda da Caixa e aquele horroroso programa Esquenta, que está estigmatizando os brancos. Só dá negão no programa e fazendo proselitismo das favelas. É horroroso e insuportável ver aquela mulher. Não vejo o programa, diga-se de passagem, mas sou obrigado a ver essa petralha nos comerciais do bolsa esmola.