Blogs e Colunistas

14/02/2012

às 6:23

Os cristãos, especialmente evangélicos e católicos, têm de ter claro um fato: a guerra do petismo contra os valores individuais e da família já começou; não é futuro; é presente. Ou: Evangélicos preparam “Marcha em Favor da Vida”

Terão os evangélicos e cristãos de maneira geral acordado a tempo? Não sei! Vamos ver! O PT tem sempre muitas moedas, e, infelizmente, há quem venda a convicção por trinta dinheiros. Essa é uma história antiga, não? Hoje em dia, existem supostos evangélicos que têm a coragem de recorrer à Bíblia para justificar o aborto — o que corresponde a pisotear a Palavra e a jogar no lixo a história do cristianismo — e supostos católicos que flertam abertamente com abortistas e aborteiras em nome “do povo”. As igrejas, infelizmente, estão infiltradas, num caso, pelo oportunismo e, noutro, pelo marxismo vagabundo. Uma depuração se faz necessária.

Fui o primeiro a alertar aqui, ainda no dia 28 de janeiro, que, dando as oposições por liquidadas e os partidos políticos todos por controlados, o PT preparava uma nova batalha ideológica: contra os evangélicos. Não estava inventando nem esquentando nada! Quem fez o anúncio no Fórum Social de Porto Alegre, com todas as letras, foi ninguém menos do que Gilberto Carvalho, o homem mais importante no PT depois de Lula. Se, amanhã, por qualquer razão, o Apedeuta ficasse impossibilitado de dar a última palavra no partido, Carvalho seria o único capaz de manter a sigla unida por um bom tempo ao menos. Ele conserva a memória da legenda, muito especialmente de seus porões, desde os tempos da gestão Celso Daniel, em Santo André.

Carvalho considera que a dita “classe C” está excessivamente exposta às igrejas evangélicas. Os representantes dessas denominações que conseguiram se eleger integram, não raro, partidos da base aliada, e os petistas procuram manter com as igrejas uma relação de boa vizinhança. Mas só quem desconhece a natureza do PT para se constituir como partido único (não de direito, mas de fato) apostaria numa futura convivência pacífica. ATENÇÃO! NÃO PODE EXISTIR VONTADE ORGANIZADA FORA DO PARTIDO. É UMA QUESTÃO DE PRINCÍPIO. O PT, HOJE, NÃO QUER, É EVIDENTE, O SOCIALISMO À MODA ANTIGA. ELE O QUER À MODA MODERNA: SER O ENTE DE RAZÃO QUE GERE A SOCIEDADE EM TODOS OS SEUS DOMÍNIOS. E os evangélicos tendem, no futuro, a atrapalhar esses propósitos.

O ministro foi longe naquele fórum. Deixou claro que o modo de realizar essa disputa é com uma mídia estatal presente, para veicular os valores do petismo, confrontando-os, então, com os de outras forças que têm enraizamento popular — como é o caso das igrejas. Carvalho acredita, então, que é preciso usar dinheiro público, com mídia política e ideologicamente orientada, para “ganhar o povo”. E UMA COISA OS CRISTÃOS TÊM DE TER EM MENTE: OS PETISTAS NÃO DESISTEM NUNCA! Vejam o caso de Eleonora Menicucci, a nova ministra das Mulheres, aquela que foi aprender a praticar abortos na Colômbia — embora a prática fosse crime naquele país também.

O governo retirou do Plano Nacional de Direitos Humanos a legalização do aborto, e Dilma fingiu ter mudado de idéia. Enviou uma Carta Aberta aos Evangélicos e foi ao santuário de Aparecida, escoltada por Gabriel Chalita (aquele que tem o mau gosto adicional de plagiar os próprios textos e descobriu em Maquiavel um entusiasta da utopia…), para demonstrar o seu súbito fervor cristão. Num rasgo de religiosidade criativa, chamou Nossa Senhora de “nossa deusa”, fundindo, quem sabe?, o catolicismo ao paganismo… Tentou parecer uma cristã exemplar. Aos 14 meses de mandato, nomeia para a pasta das Mulheres uma senhora que confessa o que confessou e que se diz “avó de uma criança e do aborto”. Na gestão de Fernando Haddad, na Educação, preparou-se o tal kit gay para as escolas com um punhado de absurdos. As crianças só não ficaram expostas a um filme que trata a bissexualidade como uma vantagem na comparação com a heterossexualidade e que defende que “transgêneros” usem o banheiro feminino das escolas porque a sociedade chiou.

A guerra ideológica anunciada por Carvalho, se vocês notarem bem, já está em curso. Há uma boa possibilidade de os cristãos terem acordado um pouco tarde. Os sinais de invasão do Estado na esfera dos valores que dizem respeito à família e a domínios que estão e devem estar fora do guarda-chuva do governo se vêem em todo canto. Assim como o PT vive da depredação da ordem legal nos estados governados pela oposição, promove um combate surdo, mas muito evidente, contra as forças que estão fora de seu domínio. O partido nunca teve aliados, mas subordinados. Aqueles que aceitarem a submissão podem, sim, se dar bem — e até obter vantagens estupendas. Mas têm de renunciar à própria vontade e à própria identidade. É um caso clássico, para recorrer a uma metáfora óbvia, de pacto com o demônio.

Mas por que as igrejas? Porque as religiões tendem a oferecer uma visão mais ampla da vida do que a própria política. Se essa organiza a experiência do cidadão, as suas relações com o poder do Estado e com a sociedade, aquelas acrescentam a essas dimensões as escolhas que são de ordem moral, que falam à consciência profunda dos indivíduos, a elementos nem sempre subordináveis às trocas pragmáticas do dia-a-dia. Cristo não disse “a César o que é de César” porque considerasse que o poder terreno não poderia ser contestado. O sentido profundo da consideração é outro: HÁ O QUE NÃO É DE CÉSAR, E ISSO CÉSAR NÃO TERÁ. O soberano compreendeu e, por isso, não gostou.

É claro que, nas democracias convencionais, religiões convivem bem com o poder, e as mais variadas denominações fazem esta ou aquela escolhas. E assim deveria ser aqui também. Eu não gosto do excesso de proximidade entre igrejas e esferas do estado — evangélicas, católicas ou quaisquer outras. Aliás, quanto mais distantes, melhor! Que César fique lá com seus brinquedinhos. Certas abordagens feitas por correntes evangélicas e católicas são, do ponto de vista teológico, uma monumental bobagem. Mas bobagem maior fará sempre o Estado quando se meter a tomar o lugar das religiões. E esse propósito está mais do que anunciado. Já está em curso.

Na Folha desta terça, leio o seguinte. Volto depois:
A bancada evangélica no Congresso Nacional prepara uma marcha “a favor da vida” e uma ação na Justiça contra o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral). Deputados e senadores estão descontentes com as declarações de Carvalho no Fórum Social Mundial. Em palestra, ele disse que o Estado deve fazer uma disputa ideológica pela “nova classe média”, que estaria sob hegemonia de setores conservadores. “Lembro aqui, sem nenhum preconceito, o papel da hegemonia das igrejas evangélicas, das seitas pentecostais, que são a grande presença para esse público que está emergindo”, disse.

O senador Magno Malta (PR-ES) disse que o ministro foi intolerante: “Somos gente boa só no processo eleitoral? Queremos uma agenda oficial com a presidente Dilma para que nos escute, porque este não deve ser o comportamento de um ministro”. Gilberto Carvalho negou que tenha feito ataques aos evangélicos e diz que foi mal compreendido. Hoje a bancada irá definir o dia da marcha em Brasília e os termos da ação contra Carvalho. Os congressistas também vão discutir o kit anti-homofobia da pasta da Educação e as declarações da ministra Eleonora Menicucci (Mulheres) favoráveis ao aborto.

Encerro
Vamos ver. Em Brasília, há quem aposte que isso tudo é fogo de palha e que o governo consegue controlar a insatisfação fazendo algumas concessões e favores. Tomara que não! Os que decidiram se opor às propostas totalitárias de Carvalho e às barbaridades ditas pela ministra Eleonora terão de deixar claro se o cristianismo é realmente um valor que orienta, como é o desejável, a sua conduta parlamentar ou se estamos diante da prática viciosa contrária: as necessidades dos políticos é que pautam o seu cristianismo.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

232 Comentários

  • Gus Van Sant

    -

    4/10/2012 às 8:32 pm

    para os crentes (evangélicos e católicos) a bíblia tem que ser imposta a todos.
    todo presidente que entra a igreja que saber se acredita em deus. mas os padres juram que respeitam o estado laico e perguntam só por curiosidade.
    mas esperar o quê de uma igreja que excomunga toda família de uma menina estuprada e perdoa o pedófilo!!
    “bem aventurados os pedófilos…”

  • Claudemir Carlos de Almeida

    -

    19/9/2012 às 11:23 am

    O Partido dos Trabalhadores é contrário a Vida, não respeita valores Cristãos, e mais uma vez o Partido manifesta repúdio aos Cristãos que defendem a Vida, o ministro Gilberto Carvalho foi muito infeliz, suas palavras representa as diretrizes de um Partido totalitário, e totalmente contrário aos princípios Cristãos.

  • Rita das Graças M. Ramos

    -

    15/4/2012 às 1:52 pm

    O PT já não consegue esconder seus planos “subversivos?”. A máscara vem caindo ao longo dos anos.O que pode nos salvar das suas manobras politiqueiras é a real politização do povo, principalmente das classes mais
    baixas ( de pouca instrução) que têm sido massa de manobra e representam grande parte do eleitorado.Parabéns, Reginaldo Azevedo! Gosto muito do seu trabalho.

  • antonio jose da silva

    -

    21/2/2012 às 11:09 pm

    AZEVEDO,

    Muito bom,conheço o PT de longas datas e não será desta vez que deicharão a arrogancia, troculência, falta de respeito e não deixarão de atropelar quen quer que seja para atender os seus objetivos. Ainda bem que existe profissionais da sua qualidade.boa sorte.
    Tony

  • Moisés Rosa

    -

    21/2/2012 às 9:21 pm

    Discordo de vc quando diz que o kit gay só não passou porque a sociedade não permitiu, só se vc esta nomeando os evangélicos como sendo essa sociedade. Pois digo se não fosse os evangélicos, os únicos que se levantaram contra essa vergonha, hoje nos já estávamos com essa porcaria de goela adentro.

  • joão Guilherme Barbedo Marques

    -

    21/2/2012 às 4:20 pm

    O diabo é esperto, mas não é a verdade. É o Pai da mentira. E com tal deixa sempre um rasto. As declarações de Gilbrto Carvalho são a parte visível deste rasto. E os homens que intrínsecamente nada querem com o Diabo, quando vêem esse rasto, atacam e, normalmente, quando o rasto é muito evidente, atacam até apagarem quaisquer vestígios.
    As declarações de Carvalho e de Menicucci foi o acender do fósforo. Se assim ´for, devemos agradecer a estas sinistras figuras

  • Rogerio

    -

    19/2/2012 às 5:11 am

    Olha Reinaldo, tenho certeza que existem vários lobos que fingem pastores.
    Nas eleições tive calorosos debates com um homem que se passava por pastor, mas que na verdade tinha como principal objetivo, blindar o Michel Temer contra acusações de suposta participação no satanismo. No nosso país está cheio.
    Infelismente muitas igrejas não tem condições de percebê-los, pois a longo tempo têm sido ensinado em seus púlpitos um cristianismo superficial e vazio.
    A mentira vem prevalecendo no seio da igreja, cultivada pelo inimigo de nossas almas, para que com o tempo pudesse gerar frutos.
    Que o povo se volte para a Verdade. A saber Jesus Cristo…

  • Rogerio

    -

    19/2/2012 às 5:01 am

    Quanta arrogancia desse PT. Como se não bastasse participar da política democrática, parte para um desejo de egemonia para conquistar o autoritarismo.
    É aviltante essa laia, me dá nojo.
    Quanto ao ataque à Igreja, tenho até dó, pois muitos governos tirãnicos muito bem estabelecidos passaram e o cristianismo prosseguiu triunfante. O mesmo se repetirá com o PT, pois Deus é maior que o diabo…

  • Maria Hilda da Silva

    -

    16/2/2012 às 8:59 pm

    Infelizmente, penso que descobriremos que o que pauta o cristianismo é a política. Pra mim, a maioria dos que dizem que são cristãos,não acreditam mesmo em Cristo. Falam o nome dEle,defendendo seus próprios pontos de vista.
    E ao meu ver, não sei bem se é a questão, mas deveria ter um meio de punir esses falsos pastores, que proliferam pra todo lado e são piores que os políticos. Eles também falam o nome do Senhor,mas não crêem de fato no Senhor. Pelos frutos se conhece a árvore.Eu decidi em qualquer censo que for perguntada sobre minha “religião”, direi,nenhuma. Não vou engordar estatística no que está completamente corrompido.

  • Carlos

    -

    16/2/2012 às 11:29 am

    Temos que tomar muito cuidado com esse textos, pois uma coisa é as pessoas como Carvalho e outra é a opnião do partido do PT, agora existem classes do PT que sim, querem por divina força acabar com valores religiosos em nome do prazer e emoções.

  • José

    -

    15/2/2012 às 10:08 pm

    O Marxismo é uma religião, a religião de SATANÁS. Veja que até fundamentalistas são. E o que mais SATANÁS mais deseja ? Resposta: Levar pessoas para o inferno, sendo que o PT e as demais esquerdas Comunistas servem a este propósito macabro. Por isso CRISTÃOS NÃO DESISTAMOS.

  • Pino 2807

    -

    15/2/2012 às 6:33 pm

    Kaos, “….encontrei a LUCIDEZ estudando a Evolução das Espécies, Genética, Neurociências,etc….”
    Para entender religião, igreja, Jesus Cristo… vc tem de estudar teologia, história da religião, religião.. acho.
    Quem disse prá vc que Deus brilhará na genética, na evolução da espécie…?

  • Osmario

    -

    15/2/2012 às 4:08 pm

    Que bancada evangélica, bancada cristã… São todos farinha do mesmo saco.

  • Adécio Sartori

    -

    15/2/2012 às 11:57 am

    Prezado Reinaldo
    Apesar de me expressar nesta coluna pela primeira vez confesso que sou seu admirador por seus posicionamentos claros, que revelam profundo conhecimento da fé e moral cristã e da ciência política que notadamente dizem respeito à conduta da sociedade brasileira. A conclusão “Encerro” foi sintética e de uma precisão impressionante. Parabéns! Quanto à questão do aborto são indecentes e imorais, tanto da parte da Senhora Ministra Eleonora, quanto da parte do Governo, que tem como principal protagonista a Excelentíssima Presidente da República Dilma Roussef, as declarações de que se trata de um problema de saúde pública e que, por isso, precisa estar na agenda dos Direitos Humanos. É de uma idiotice,canalhice, subestimação de capacidade de reflexão, perversidade e tantos outros negativos e nojentos adjetivos que se possam expressar, quererem nos enfiar goela abaixo essa mentira. A quem, na verdade, estão servindo? A uma agenda internacional? Não resta outra coisa senão a indignação dos que pretendem defender a vida, e o fazemos por esse instrumento que temos, de livre expressão, sob proteção constitucional, por um Estado Laico e não laicisado, ou laicisante. Tais distinções precisam ser aprofundadas, para não sermos manipulados por falso e mercenário intelectualismo. Se é de saúde pública o problema que se cuide dela. Não se pode transferir um problema de saúde pública para um problema de matança indiscriminada de inocentes. Aí sim, se torna problema de criminalidade. Não há outra especificação para aborto senão aquilo que o qualifica: crime hediondo! Matança de inocentes e indefesos! Isto por incompetência de um Governo que não sabe gerir os recursos de nossos impostos para zelar pelos serviços essenciais e notadamente da instituição familiar, segmentos da sociedade para os quais os nobres políticos foram escolhidos a cuidar. Respeite-se, na Democracia Plena que queremos viver o posicionamento da Moral Cristã, de fundamento milenar. E nos resta o lamento da falta de mobilização dos cristãos que não a defendem, por omissão, ou por falta de compromisso sério com a fé. Louvamos a Deus por este instrumento que temos para defender as nossas causas, amparado pela Constituição Cidadã, com equilíbrio e respeito, dentro dos parâmetros humanos e cristãos.

  • Charles A.

    -

    15/2/2012 às 11:19 am

    O que disse o Kaos14/02/2012 às 21:33 ,abaixo, disseram os nazistas , comunistas e assemelhados,que obrigavam(à força)cientistas e acadêmicos de renome a dar crédito às suas teorias macabras.Pior do que a religião intrometer-se em política é a mistificação das ideologias por meio da ciência.

  • Benedito Grava

    -

    15/2/2012 às 9:30 am

    “Ordem e Progresso”, essa é a frase que a nossa Bandeira tem escrita em seu centro, será que todos os brasileiros entendem o verdadeiro significado desta frase. Precisamos rever nossos valores; morais, sociais e espirituais, pois são esses três pilares que formam uma sociedade estruturada; politicamente, socialmente e educacionalmente. Hoje temos pessoas que Governam esta Nação sem nenhum compromisso com esses valores, por isso, tevemos se arma “politicamente, culturalmente e espiritualmente” para destronar essas pessoas indignas do nosso Governo, é nas “URNAS”. Lutar contras essas “IMPOSIÇÕES” imorais é um dever nosso, pois só assim é que teremos uma sociedade livre dessa corrupção que vemos dia-a-dia nos documentários da TV. É ora de mudar nossa maneira de agir. “VOTAR CORRETAMENTE”.

    Por isso, pesa a Deus a cada dia. Querido Senhor, ensina-nos a tua palavra para que ela desvende os nossos olhos e abra os nossos ouvidos a tua vontade. Dá-nos fé suficiente para trabalhar para tua obra, mesmo quando a nossa volta tudo pareça contrário. É o que oramos em nome de Jesus.

  • Val

    -

    15/2/2012 às 1:11 am

    Sem nenhuma censura aos Evangélicos,apesar de ser minoria estão mais presente na política e fazem mais barulho.Vejo com tristeza que os Católicos,do qual faço parte,pecam pela omissão.Os que fazem mais alarde são os famigerados da “teologia da libertação”,no qual incluo a CNBB.Para o bem da sã doutrina de Nosso Senhor,teria que deixar questão doutrinaria e se unirem.A unão faz a força.”QUEM ´NÃO ESTÁ COMIGO,ESTÁ CONTRA MIM”-Palavras de nosso Deus

  • Wil

    -

    14/2/2012 às 11:20 pm

    Kaos,
    Saia do caos que vive!
    O que é religião pra você? Você foi um enganado, por isso desistiu de ser religioso. A religião como a conhecemos é um engodo, “um caos mesmo” e foi essa que você vivenciou. A verdadeira religião qual é: cuidar dos necessitados! Mas se você estiver se referindo a um Deus cujo nome é Jesus Cristo então você deve estuda-lo para poder conhecer melhor sua própria filosofia. Por exemplo, você sabe quantas combinações são necessárias para formar uma célula viva? Pois é, são necessárias aproximadamente 400. E você acha que elas devem ser combinadas aleatoriamente? Não! É necessário organiza-las em seqüência de 1 a 400 em questão se segundos se não elas morrem. Agora eu ti pergunto: Tem que ter muita fé para acreditar que numa grande explosão elas foram seqüenciadas de 1 a 400 em um prazo tão curto, não é mesmo?

  • Terrano

    -

    14/2/2012 às 11:00 pm

    Hoje podemos até pensar em religiões como coisa restrita ao território do foro íntimo.
    O que está no teatro de operações do PT, no entanto, são os valores. As religiões pouco importam.
    Este tema… VALORES, açambarca a própria noção de sociedade.
    Se construimos um grupo alicerçado em objetivos, crenças, e “valores” comuns, não podemos deixar uma fração desta comunidade pregar abertamente a destruição de uma destas pilastras.
    Destruir os “valores” de uma sociedade, é o que o PT tem feito desde sempre.
    Da velha divisa “dividir para conquistar”, JÁ COLOCARAM EM PRÁTICA TODO TIPO DE ÓDIO QUE PUDERAM PLASMAR. E estão dividindo…

    Norte contra o Sul.
    Pobre contra Ricos.
    Negros contra o resto.
    Olhos azuis contra o resto.
    Índios contra o resto.
    Sem-teto contra o resto.
    Sem-terra contra o resto.
    Catso contra o resto.
    Não é mais uma tática “secreta”. É um método.
    Precisamos parar (todos) e estudar como este monte de bandidos e parasitas está agindo.
    Isto é uma guerra.
    Eles estão ganhando formidavelmente.

  • Wil

    -

    14/2/2012 às 10:42 pm

    No Brasil temos alguns tipos de fe, mais dois tipos sao delirantes: A fe dos “Macedos sem Medo” e a fe dos “Pilantras-Trajados”. Quantos escandalos, e os seguidores destes dois nao abadonam o barco… “admiro” os militantes dos dois: enganados mais felizes!

  • Kaos

    -

    14/2/2012 às 9:33 pm

    Reinaldo,
    1- Considero as religiões um dos grandes males que sempre desviaram (muitas vezes NA MARRA) a humanidade do verdadeiro Conhecimento, ou seja, de onde viemos e como funcionamos. Somos apenas animais da espécie humana, nenhum deus nos criou ou nos controla.
    2 – Quando usas a palavra “Palavra” estás mostrando obviamente a tua educação religiosa. Também tive a MESMA educação, mas hoje, com idade igual à tua, encontrei a LUCIDEZ estudando a Evolução das Espécies, Genética, Neurociências,etc. Olhe o trabalho do neurocientista Miguel Nicollelis lá no Nordeste. Um mundo NOVO e FANTÁSTICO se abriu, sem deuses, almas e espíritos.
    3 – Escrevestes …”Porque as religiões tendem a oferecer uma visão mais ampla da vida”. AMPLA??? Reinaldo, te admiro MUITO como ANALISTA, mas sinceramente esta tua defesa da religiosidade NÃO combina com uma pessoa tão RACIONAL com você é.
    4 – Escrevestes …” Mas bobagem maior fará sempre o Estado quando se meter a tomar o lugar das religiões.” CONCORDO plenamente, e acho que deveria ser PROIBIDO qualquer menção religiosa por parte de qualquer político ou governo. A política já é PODRE (a do PT revelou-se a mais podre), misturada com as religiões é caminho mais fácil para conturbar de vez com o pensamento (pouquíssimo) do cidadão brasileiro.

  • Ricardo2

    -

    14/2/2012 às 9:16 pm

    Quem é cristão e vota a favor do PT, vota a favor da possível liberação do aborto no futuro. Eles só não fazem agora por que o assunto rende muita polêmica,mas eles não desistiram, nem desistirão.

  • K.

    -

    14/2/2012 às 9:02 pm

    A Esquerda já é uma “religião”.

    Tem adeptos ou seguidores fanáticos, que professam um credo bem peculiar, são dogmáticos, e agora dedicam-se à doutrinação dos “conservadores”.

    Mas, infelizmente, ao contrario de outras tantas religiões, a Esquerda não se mostra virtuosa na tolerância.

  • Nascimento

    -

    14/2/2012 às 8:46 pm

    Querido Rei, depois do Kit-Gay a nova ministra deve iniciar a criação do Kit-Aborto, com técnicas de “faça você mesmo”.

  • tuca

    -

    14/2/2012 às 8:00 pm

    Tio, a melhor parte,”Há o que não é de Cesar, e isso César não terá. O nosso caráter, a nossa luta pela vida (aborto) e a nossa indignação diante tantos crimes que este governo tem praticado.Não, isto eles não vão tirar de nós.

  • EuDiNovo

    -

    14/2/2012 às 7:52 pm

    Sabe de uma coisa, esse assunto está muito estranho. Tem algo de podre acontecendo para os petistas colocarem uma maluca dessas no Ministério das mulheres. Essa louca tá me parecendo boi de piranha. Ela é a cortina de fumaça para total falta de competência para governar. Só pode! Todo mundo sabia que essa ministra recém empossada era louca, e estão querendo desviar a atenção real dos fatos. E quais seriam? Sei lá! São tantos e tô com preguiça de enumerá-los…Mas que tem algo fedendo, ah, isso tem! Nada acontece nesse país que tenha real importância. Nada. E isso há 9 anos. E quando essa maluca finalmente sair do governo, a Dilminha terá resgatado uma dívida com a militonta, com os “setores pensantes” e colocará a culpa na sociedade tacanha e retrógrada. Ai, cansei!!

  • Diri

    -

    14/2/2012 às 7:44 pm

    Reinaldo;
    Você está agindo como um profeta, revelando as más intenções do governo, denunciando a injustiça reinante no país e alertando o povo do perigo iminente. Fantástica a sua interpretação do “a César o que é de César” porque dá às pessoas a chance de refletir sobre as coisas lá do alto, os verdadeiros tesouros que a traça não come, não enferrujam e os ladrões não podem roubar. Miserável, segundo Paulo, é aquele que só pensa nas coisas deste mundo, pois pensa pequeno e não enxerga que o ser humano não é só de carne, que morre, mas tem espírito que é eterno.

  • Sofia

    -

    14/2/2012 às 7:41 pm

    *resposta (erro) *comentário(sim, correto).

  • Sofia

    -

    14/2/2012 às 7:40 pm

    desculpe os erros ortográficos, o teclado esta travando, o que estarei trocando-o, desculpe mesmo, pois o que se recebe do nosso eximio jornalista Reinaldo Azevedo, merece que usemos da mesma postura nas respostas.

  • SidneyCWB

    -

    14/2/2012 às 7:23 pm

    Alex F. – 14/02/2012 às 12:16.
    E com certeza você se acha democrático, não? Doce sabor da vingança? E depois os reacionários e fascistas somos nós. Defender a vida não é exclusividade das Igrejas, seu maluco. Mas acabar com ela, como vc destila em sua mensagem é bem coisa de esquerdopata fascista e ignorante que quer literalmente pulverizar quem pensa diferente de você…

  • Sofia

    -

    14/2/2012 às 5:53 pm

    Leonardo vc esta potr fora do asssunto, ou voce tem dificuldade de ler e entender texto mais longo., Quem falou sobre controlar os evangelicos foi o tal Gilberto Celso Daniel Carvalho, dizer que o que estamos vendo, que estamos sentindo sobre o PT no governo, Leonardo se vc acha que é caça as bruxas, que dizer da advohgada que entregou o ministro do STF e o tal Gilberto Celso Daniel Carvalho? heim? somos nós inventando coisas tamb[em? Infelizmente os petralhas são idolatras do PT, mesmo vendo que cada diua aumenta mais a quadrtilha , mesmo assim ainda acham ruim com quem não aceita tanta mafia. Nosso Brasil é democratico, não é comunista , não é não é …. Leonardo se te encomoda o que o Reinaldo erscreve, não leia o Blog dele, vai procurra os milicianos ….

  • Norberto Bobbio

    -

    14/2/2012 às 5:45 pm

    Os totalitaristas são bastante coerentes. Querem o domínio total. Inclusive o das mentes. E agem de acordo.
    Quanto à fé, basta ver a história da religião por trás da cortina de ferro.

  • fundamentalista

    -

    14/2/2012 às 5:28 pm

    Se o PT não for o próprio satanás é a réplica.

  • Mako

    -

    14/2/2012 às 5:27 pm

    Os políticos “envangélicos” estão colhendo o que plantaram quando venderam a alma ao demônio petista seduzidos pelas delícias do poder e corrupção liberada. Para onde foram os valores cristãos? Transformaram-se em reais, dólares e estão bem guardados? É cristão fazer comércio com a moral?
    Agora esperneiam, deveriam examinar suas consciências e voltar ao caminho do bem abandonando o demônio e juntando-se às forças do bem. Mas isto parece difícil não é? As portas do Mal são largas e as do Bem são estreitas. Provem que são cristãos caros, arrependam-se.

  • Ségolène

    -

    14/2/2012 às 4:57 pm

    Esse governo é repulsivo. Eu até entendo, não foram presos em vão; hoje mostram o que são de fato.

  • Lili

    -

    14/2/2012 às 4:48 pm

    Os valores do Pt são os valores da esquerda, isto inclui a legalização do aborto. Agora estes senhores estão espantados com os atos do Gilberto e da DIlma? Ele levemente desconfia de ter sido usado para ajudar a eleger a Dilma? Ele acreditou na promessa de políticos antes das eleições? Infelimzmente é tudo fingimento, vão continuar do lado do governo pois querem mesmo é se dar bem.

  • Raissa Pedra

    -

    14/2/2012 às 4:47 pm

    Reinaldo.
    Concordo com quem disse que tudo é fogo de palha e que o governo sabe como controlar os revoltosos e acrescento,a começar pelo falante senador Magno Malta que é sem dúvida
    um dos maiores bajuladores da Presidente.Reunião com ela para que? Na certa para receber afagos e apresentar a fatura para nomeações,liberação de verbas,etc e etc.
    As Igrejas podem e devem protestar mas o resultado será pífio pois não é a relegião que faz o caráter moral do homem e isso anda escasso na atualidade,com ou sem religião.Católicos, evangélicos,espiritas,seja lá o que for,pelo que se vê passaram a idolatrar o deus Lula que vem causando tanto mal à Política Brasileira com sua egolatria,falta de ética,de cultura e excesso de falação vazia que a muitos encanta.
    Se ainda me manifessto é pela revolta que sinto de ver um povo tão dominado por um ídolo de pé de barro para não dezer outra coisa.Esperança de que algo mude não a tenho mais pois até as Forças Armadas se acomodaram.

  • Marcus

    -

    14/2/2012 às 4:47 pm

    Dois assassinos, – Giberto Carvalho e essa louca Eleonora Menicucci – asquerosos, abjetos, que só tem espaços num governo amoral, bandido e criminoso como a dessa sem-caráter Dilma Roussef, transformando governo em conventilho da pior escória, querendo levar a sociedade para a sua pocilga. Morte para eles, que a mão de Deus os punam irremediavelmente, desgraçados! “Com os benignos te mostrarás benigno, com os sinceros te mostrarás sincero, com o puro te mostrarás puro, mas, com os PERVERSOS te mostrarás INDOMÁVEL.” Salmo 18:25

  • Cláudius

    -

    14/2/2012 às 4:41 pm

    Esta Ministra das Mulheres quer atacar a Ciência. Quando o ovo nida, recebe as primeiras partículas de tamanho femto [ Milésimo de bilionésimo ] e menores ainda, há um novo ser humano. É neste contexto da vida no qual deve-se discutir o aborto: as interdições morais dos brasileiros aceitam ou não matar este ser? Lembrando que estas interdições nos garamtem o mínimo de civilização.

  • Berlatto

    -

    14/2/2012 às 4:37 pm

    Aos que defendem a ideia da legalização do aborto virá resolver uma questão de saúde publica, em se referindo à enorme quantidade de abortos que são feitos às escondidas, perguntamos, então: os tóxicos, hoje consumidos largamente, tem feito grande números de doentes e criminosos e, por certo, é também um problema de saúde pública e de segurança. Devemos, então, legalizar e liberar o uso da cocaína, do crak, do ecstasy, e outros?
    Uma lei poderá tornar o aborto um procedimento legal, mas nem por isso ele deixara de ser IMORAL, acarretando terríveis danos aos praticantes, pais, médicos, influenciadores, etc. Nossa luta deverá ser sempre pela vida e nunca pela morte.
    “Abortamento é tisnar as mãos com o sangue de um inocente. Numa sociedade cristã deveríamos ter fé e consciência, e ajudar as mulheres a ter seus filhos e dirigi-los a outras mãos, caso não os quisessem”. (Raul Teixeira)

  • Anónimo

    -

    14/2/2012 às 4:33 pm

    Conservadorismo já !!!

  • jorge gaucho

    -

    14/2/2012 às 4:31 pm

    O único grupo organizado que existe no brasil é o das esquerdas, porém as igrejas cristãs tem muito mais credibilidade junto a população e se seus líderes não se venderem há a possibilidade das esquerdas perderem credibilidade, pois há uma clara guerra contra princípios morais básicos destas religiões.

  • ANDRE

    -

    14/2/2012 às 4:21 pm

    Reinaldo…é o seguinte…o ministerio das mulheres….já não
    é ministerio das mulheres faz tempo….na verdade….ele é o ministerio do “EXTREMO FEMINISMO”!!! GARANTO QUE A MAIORIA DAS MULHERES NÃO CONCORDAM COM O PROPRIO MINISTERIO DELAS!!!!

  • M

    -

    14/2/2012 às 4:20 pm

    Mais Reinaldox no Leonardo Meimes: agora, às 10h21.

  • indignada

    -

    14/2/2012 às 4:19 pm

    REINALDO, ESPERO QUE OS DEPUTADOS CRISTÃOS, EVANGÉLICOS E TODOS QUE ACREDITAM QUE TEMOS UM DEUS SUPREMO NÃO SE VENDAM POR 30 MOEDAS. AGORA VAMOS REALMENTE VER SE ESSES DEPUTADOS ACREDITAM NO PREGAM OU SE USAM DESSE POVO DA “CLASSE C” COMO FALA CARVALHO, PARA GARANTIR SUAS MORDOMIAS. CHEGAMOS A UM PONTO QUE NÃO DÁ MAIS PARA TAPAR OS OLHOS. A VERDADE TEM QUE PREVALECER. A FÉ DE UM POVO NÃO PODE SERVIR DE MANOBRA PARA UM PARTIDO SE PERPETUAR NO PODER E MUITO MENOS SEREM ENGANADOS POR PASTORES QUE VISAM O PODER. VAMOS FICAR DE OLHO.

  • Ade

    -

    14/2/2012 às 4:19 pm

    só sei que a profanação de um cadáver é crime.já a profanação de um feto ou embrião ou mesmo um bebê formado que vive em seus 9 meses não é considerado gente nem mesmo após o aborto pois é jogado no lixo ou é seu corpo aproveitado para fins que escabrosos e escandalosos. clama aos céus para quem acredita nele ou clama para a nossa humanidade se houver alguma.

  • Tarcisio

    -

    14/2/2012 às 4:18 pm

    Muito inteligente seu artigo.Porém, devo lembrar-lhe que não devemos generalizar quando falamos de católicos.A Igreja Católica Apostólica Romana tem desempenhado um trabalho missionário em quase todas as nações. Missionários se tornam mártires por defender o evangelho e por prestar a caridade aos que sofrem.Exemplo:África!Acho que falar que católicos seguem a linha comunista é muito arriscado.Lógico que existe simpatizantes dentro da igreja, mas eles não representam a sua totalidade.Assim como na política não existe tantas liderança católicas sendo políticos.Quantos padres, bispos ou religiosos estão assumindo cargo político. Como eu já falei, existem os “laranjas podres” assim como existem em quase todas as instituições, mas não é o caso de usarmos o termo “católicos” como um todo.Até porque a Igreja Católica Apostólica Romana é universal enquanto o PT não. Mas seu texto não deixa de ser esclarecedor e digno de aplausos.PAZ E BEM!!!
    Se quiserem podem acessar meu blog: tharsilva.wordpress.com

  • simplesmente maria

    -

    14/2/2012 às 4:15 pm

    Esse o discurso que deveria inspirar uma campanha presidencial da Oposição. Um discurso movido pela defesa de princípios que a sociedade brasileira preza: defesa da vida, defesa da liberdade de expressão e da liberdade religiosa, combate à corrupção generalizada e à falta de ética do governo. Em suma, defesa de princípios do conservadorismo democrático.

  • Tomaz

    -

    14/2/2012 às 4:10 pm

    Novamente este papo de que aborto é questão de saúde pública???!!!! Estão me ofendendo. Os médicos sabem muito bem tratar as consequências de um aborto provocado. Sou GINECOLOGISTA e OBSTETRA há mais de 20 anos e jamais presenciei a morte de alguma mulher que provocou ou tentou abortar. Esses comunistas podem querer abortar por questões pessoais mas não me venham ofender, me usurpar da profissão, nem me subjugar. Se querem aprovar o aborto que digam que é por questões políticas pois da saúde das mulheres e dos fetos cuido e entendo eu.
    Em tempo, é indiferente onde se pratica o aborto, se em condições salubres ou insalubres, o que conta é que o aborto sempre é letal para os bebês.

  • marize

    -

    14/2/2012 às 4:08 pm

    O PT, JÁ MANDOU OS VALORES MORAIS PARA O ESPAÇO DESDE QUE ASSUMIU O DESGOVERNO. A IDÉIA É ESSA MESMA, QUANTO MAIS IDIOTA O POVO, MAS ELES SE DÃO BEM.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados