Blogs e Colunistas

02/09/2013

às 5:25

“O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota”

É o título de uma coletânea de textos de autoria do filósofo sem carteirinha, crachá ou livro-ponto Olavo de Carvalho (foto), lançado há duas semanas pela Editora Record (615 páginas, R$ 51,90). Os artigos foram selecionados e organizados por Felipe Moura Brasil, um jovem de vinte e poucos — bem poucos — anos, que também cuida de notas explicativas e referências bibliográficas que remetem o leitor tanto à vasta obra do próprio Olavo como à teia de autores e temas com os quais seus textos dialogam ou polemizam. Moura Brasil informa que a seleção obedeceu a seu gosto pessoal e à necessidade de partilhar a sua experiência de leitor e estudioso da obra de Olavo. Esse moço é a prova de que a inteligência e a autonomia intelectual sobrevivem mesmo aos piores tempos. E os piores tempos podem não ser aqueles em que o amor à liberdade é obrigado a resistir na clandestinidade — afinal, resta a esperança no fundo da caixa —, mas aqueles em que a divergência se torna, por si, uma violência inaceitável. Nesse caso, a própria esperança começa a correr riscos. O livro, o que não chega a ser uma surpresa, provocou um enorme silêncio — que é uma das formas do moderno exercício da violência. Os leitores, no entanto, estão fazendo a sua parte, e ele já figura em 10º lugar na lista dos “Mais Vendidos”, na categoria “Não-Ficção”, na VEJA desta semana.

“O Mínimo…” reúne, basicamente, artigos que Olavo publicou em jornais e revistas, inclusive nas revistas “República” e “BRAVO!”, das quais fui redator-chefe — e a releitura, agora, em livro, me remeteu àqueles tempos. Impactam ainda hoje e podiam ser verdadeiros alumbramentos há 10, 12, 13 anos, quando o autor, é forçoso admitir, via com mais aguda vista do que todos nós o que estava por vir. Olavo é dono de uma cultura enciclopédica — no que concerne à universalidade de referências —, mas não pensa por verbetes. E isso desperta a fúria das falanges do ódio e do óbvio. Consegue, como nenhum outro autor no Brasil — goste-se ou não dele —, emprestar dignidade filosófica à vida cotidiana, sem jamais baratear o pensamento. Isso não quer dizer que não transite — e as falanges não o fustigam menos por isto; ao contrário — com maestria no terreno da teoria e da história. É autor, por exemplo, da monumental — 32 volumes! — “História Essencial da Filosofia” (livros acompanhados de DVDs). Alguns filósofos de crachá e livro-ponto poderiam ter feito algo parecido — mas boa parte estava ocupada demais doutrinando criancinhas… Há o Olavo de “A Dialética Simbólica” ou de “A Filosofia e seu Inverso”, e há este outro, que é expressão daquele, mas que enfrenta os temas desta nossa vida besta, como disse o poeta, revelando o sentido de nossas escolhas e, muito especialmente, das escolhas que não fazemos.

O livro é dividido em 25 capítulos ou macrotemas: Juventude, Conhecimento, Vocação, Cultura, Pobreza, Fingimento. Democracia, Socialismo, Militância, Revolução, Intelligentzia, Inveja, Aborto, Ciência, Religião, Linguagem, Discussão, Petismo, Feminismo, Gayzismo, Criminalidade, Dominação, EUA, Libertação e Estudo. Cada um deles reúne um grupo de textos, e alguns se desdobram em subtemas, como a espetacular seleção de textos de “Revolução”, reunidos sob rubricas distintas, como, entre outras, Globalismo, Manipulação e Capitalistas X Revolucionários.

Vivemos tempos um tanto brutos, hostis ao pensamento. Vivemos a era em que o sentimento de “justiça” ou o de “igualdade” — com frequência, alheios ou mesmo refratários a qualquer noção de direito — reivindicam um estatuto moralmente superior a conceitos como verdade e realidade; estes seriam, por seu turno, meras construções subjetivas ou de classe, urdidas com o propósito de provocar a infelicidade geral. Olavo demole com precisão e brilho a avalanche de ideias prontas, tornadas influentes pelo “imbecil coletivo” e que vicejam muito especialmente na imprensa — fenômeno enormemente potencializado pelas redes sociais.

Em 2003, o jornal “O Globo” ainda publicava textos como “Orgulho do Fracasso”, de Olavo. E se podia ler (em azul):
Língua, religião e alta cultura são os únicos componentes de uma nação que podem sobreviver quando ela chega ao término da sua duração histórica. São os valores universais, que, por servirem a toda a humanidade e não somente ao povo em que se originaram, justificam que ele seja lembrado e admirado por outros povos. A economia e as instituições são apenas o suporte, local e temporário, de que a nação se utiliza para seguir vivendo enquanto gera os símbolos nos quais sua imagem permanecerá quando ela própria já não existir.
(…)
A experiência dos milênios, no entanto, pode ser obscurecida até tornar-se invisível e inconcebível. Basta que um povo de mentalidade estreita seja confirmado na sua ilusão materialista por uma filosofia mesquinha que tudo explique pelas causas econômicas. Acreditando que precisa resolver seus problemas materiais antes de cuidar do espírito, esse povo permanecerá espiritualmente rasteiro e nunca se tornará inteligente o bastante para acumular o capital cultural necessário à solução daqueles problemas. O pragmatismo grosso, a superficialidade da experiência religiosa, o desprezo pelo conhecimento, a redução das atividades do espírito ao mínimo necessário para a conquista do emprego (inclusive universitário), a subordinação da inteligência aos interesses partidários, tais são as causas estruturais e constantes do fracasso desse povo. Todas as demais explicações alegadas — a exploração estrangeira, a composição racial da população, o latifúndio, a índole autoritária ou rebelde dos brasileiros, os impostos ou a sonegação deles, a corrupção e mil e um erros que as oposições imputam aos governos presentes e estes aos governos passados — são apenas subterfúgios com que uma intelectualidade provinciana e acanalhada foge a um confronto com a sua própria parcela de culpa no estado de coisas e evita dizer a um povo pueril a verdade que o tornaria adulto: que a língua, a religião e a alta cultura vêm primeiro, a prosperidade depois.
(…)

Retomo
Grande Olavo de Carvalho! Dez anos depois, com o país nessa areia, como ignorar a força reveladora das palavras acima? Olhem à nossa volta. O que temos senão um governo incompetente, que fez refém ou tornou dependente (com Bolsa BNDES, Bolsa Juro, Bolsa Isenção Tributária) uma elite não muito iluminada, combatido, o que é pior, por uma oposição que não consegue encetar uma crítica que vá além do administrativismo sem imaginação, refratária ao debate, que foge do confronto de ideias como Lula foge dos livros e Dilma da sintaxe?

O país emburrece. Eu mesmo, mais de uma vez, em ambientes supostamente afeitos ao pensamento, à reflexão e à leitura, pude constatar o processo de satanização do contraditório. É mais difícil travar com intelectuais (ou, sei lá, com as classes supostamente ilustradas) um debate racional sobre a legalização do aborto do que com um homem ou uma mulher do povo, de instrução mediana. E não porque aqueles tenham os melhores argumentos. Ao contrário: têm os piores. Olham para a sua cara e dizem, com certo ar de trunfo, como se tivessem encontrado a verdade definitiva: “É uma questão dos direitos reprodutivos da mulher”. Digamos que fosse… Esses tais “direitos reprodutivos” teriam caído da árvore da vida, como caiu a maçã para Newton, ou são uma construção? Por que estaria acima do debate?

Mais um pouco das palavras irretocáveis de Olavo (em azul):
Na tipologia de Lukács, que distingue entre os personagens que sofrem porque sua consciência é mais ampla que a do meio em que vivem e os que não conseguem abarcar a complexidade do meio, a literatura brasileira criou um terceiro tipo: aquele cuja consciência não está nem acima nem abaixo da realidade, mas ao lado dela, num mundo à parte todo feito de ficções retóricas e afetação histriônica. Em qualquer outra sociedade conhecida, um tipo assim estaria condenado ao isolamento. Seria um excêntrico.

No Brasil, ao contrário, é o tipo dominante: o fingimento é geral, a fuga da realidade tornou-se instrumento de adaptação social. Mas adaptação, no caso, não significa eficiência, e sim acomodação e cumplicidade com o engano geral, produtor da geral ineficiência e do fracasso crônico, do qual em seguida se busca alívio em novas encenações, seja de revolta, seja de otimismo. Na medida em que se amolda à sociedade brasileira, a alma se afasta da realidade — e vice-versa. Ter a cabeça no mundo da lua, dar às coisas sistematicamente nomes falsos, viver num estado de permanente desconexão entre as percepções e o pensamento é o estado normal do brasileiro. O homem realista, sincero consigo próprio, direto e eficaz nas palavras e ações, é que se torna um tipo isolado, esquisito, alguém que se deve evitar a todo preço e a propósito do qual circulam cochichos à distância.

Meu amigo Andrei Pleshu, filósofo romeno, resumia: “No Brasil, ninguém tem a obrigação de ser normal.” Se fosse só isso, estaria bem. Esse é o Brasil tolerante, bonachão, que prefere o desleixo moral ao risco da severidade injusta. Mas há no fundo dele um Brasil temível, o Brasil do caos obrigatório, que rejeita a ordem, a clareza e a verdade como se fossem pecados capitais. O Brasil onde ser normal não é só desnecessário: é proibido. O Brasil onde você pode dizer que dois mais dois são cinco, sete ou nove e meio, mas, se diz que são quatro, sente nos olhares em torno o fogo do rancor ou o gelo do desprezo. Sobretudo se insiste que pode provar.

Sem ter em conta esses dados, ninguém entende uma só discussão pública no Brasil. Porque, quando um brasileiro reclama de alguma coisa, não é que ela o incomode de fato. Não é nem mesmo que exista. É apenas que ele gostaria de que existisse e fosse má, para pôr em evidência a bondade daquele que a condena. Tudo o que ele quer é dar uma impressão que, no fundo, tem pouco a ver com a coisa da qual fala. Tem a ver apenas com ele próprio, com sua necessidade de afeto, de aplauso, de aprovação. O assunto é mero pretexto para lançar, de maneira sutil e elegante, um apelo que em linguagem direta e franca o exporia ao ridículo.

Esse ardil psicológico funda-se em convenções provisórias, criadas de improviso pela mídia e pelo diz que diz, que apontam à execração do público umas tantas coisas das quais é bom falar mal. Pouco importa o que sejam. O que importa é que sua condenação forma um “topos”, um lugar-comum: um lugar no qual as pessoas se reúnem para sentir-se bem mediante discursos contra o mal. O sujeito não sabe, por exemplo, o que são transgênicos. Mas viu de relance, num jornal, que é coisa ruim. Melhor que coisa ruim: é coisa de má reputação. Falando contra ela, o cidadão sente-se igual a todo mundo, e rompe por instantes o isolamento que o humilha.

Essa solidariedade no fingimento é a base do convívio brasileiro, o pilar de geleia sobre o qual se constroem uma cultura e milhões de vidas. Em outros lugares as pessoas em geral discutem coisas que existem, e só as discutem porque perceberam que existem. Aqui as discussões partem de simples nomes e sinais, imediatamente associados a valores, ao ruim e ao bom, a despeito da completa ausência das coisas consideradas.

Não se lê, por exemplo, um só livro de história que não condene a “história oficial” — a história que celebra as grandezas da pátria e omite as misérias da luta de classes, do racismo, da opressão dos índios e da vil exploração machista. Em vão buscamos um exemplar da dita-cuja. Não há cursos, nem livros, nem institutos de história oficial. Por toda parte, nas obras escritas, nas escolas de crianças e nas academias de gente velha, só se fala da miséria da luta de classes, do racismo, de índios oprimidos e da vil exploração machista. Há quatro décadas a história militante que se opunha à história oficial já se tornou hegemônica e ocupou o espaço todo. Se há alguma história oficial, é ela própria.

Mas, sem uma história oficial para combater, ela perderia todo o encanto da rebeldia convencional, pondo à mostra os cabelos brancos que assinalam sua identidade de neo-oficialismo consagrado — balofo, repetitivo e caquético como qualquer academismo. Direi então que açoita um cavalo morto? Não é bem isso. Ela própria é um cavalo morto. Um cavalo morto que, para não admitir que está morto, escoiceia outro cavalo morto. Todo o “debate brasileiro” é uma troca de coices num cemitério de cavalos.

Encerro
Leia esse livro de Olavo de Carvalho. Ninguém, no Brasil, escreve com a sua força e a sua clareza. Tampouco parece fácil rivalizar com a sua cultura, fruto da dedicação, do trabalho no claustro, da aplicação, não da busca de brilharecos. Leia Olavo: contra o ódio, contra o óbvio, contra os idiotas e a favor de si mesmo.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

465 Comentários

  1. Felipe Andres

    -

    14/04/2014 às 17:54

    Olavão é um gênio, impossível negar. Não é qualquer cidadão que consegue reunir tanto conhecimento, sabedoria e cultura. Infelizmente ninguém é perfeito, algumas vezes o velho exagera nos palavreados de baixo calão e me parece até mal educado em alguns casos. Imagino que seja esse o motivo principal pelo qual muitos o odeiam, mesmo assim, nota-se colocações engraçadas e inteligentes por parte desse senhor que utiliza de um estilo tão peculiar.

    Eu apenas vi alguns comentários sobre o livro, mas acredito que valeria a pena, mesmo para os ateus e a galera de esquerda, que são seus principais adversos.

  2. rodrigo rocha

    -

    11/04/2014 às 16:04

    Ele ataca de forma direta e clara as questões que nos rodeiam.

  3. olivcorsi

    -

    10/04/2014 às 22:32

    Bom livro… Algumas “piadas” nos comentários, mas, faz parte.

  4. Matias Santos

    -

    26/03/2014 às 18:44

    Acabei de comprar! Agora espero ansioso a chegada deste material…

  5. Daniel

    -

    01/03/2014 às 22:55

    E pensar que os esquerdistas demonizam esse sábio homem! Deve ser porque a ignorância treme quando se depara com a razão e a lógica argumentativa.O último texto transcrito, então, se mostrou para mim como uma “revelação”, algo que intuía, mas ainda não conseguia verbalizar, teorizar! Esta aí a explicação do que vivemos hoje: não discutimos sobre problemas reais, mas sobre problemas que queríamos que fossem reais, sobre os quais construímos “teorias” para solucioná-los. As nossas academias estão cheias desses masturbadores intelectuais, principalmente nas de Direito e Ciências Humanas em geral. Se a realidade contraria a minha tese, que se dane a realidade. O resultado disso é a mediocridade geral, a hipocrisia, a inversão de valores, a criminalização do cidadão ordeiro, pacato e ético e a comiseração dirigida a autênticas bestas-feras.

  6. LUIZ CARLOS GOMES DE MORAES

    -

    24/02/2014 às 10:01

    Estou lendo este livro e realmente mexeu comigo. São textos brilhantes e profundos, fruto da genialidade e lucidez de Olavo de Carvalho, e também pelo respeito que demonstra pela religião. Olavo que Deus lhe dê saúde para que nos brinde com sua inteligência por muitos e muitos anos!

  7. Mario Rossoni

    -

    03/02/2014 às 17:31

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda!

  8. Anónimo

    -

    21/01/2014 às 17:37

    Legal

  9. Paulo Machado

    -

    20/01/2014 às 16:07

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  10. Félix

    -

    08/01/2014 às 12:17

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  11. Tiago Gregório

    -

    01/01/2014 às 16:18

    Nunca senti tanto prazer em vender um livro!!!

  12. Maria Rita S. Pinto

    -

    31/12/2013 às 14:58

    Excelente. O livro tem me respondido a muitas perguntas tais como a droga e o crime organizado no Brasil. Às vezes, até assusta, como a história de Bush, mas não se pode deixar de pensar duas vezes no que escreveu.

  13. pd

    -

    28/12/2013 às 14:44

    O leitor Celso José Ferst Júnior – 16/11/2013 às 22:11, prefere “uma pedra argumentando do que” o prof. Olavo. Vou arranjar-lhe um continente inteiro (a América do Sul).

  14. Yuri Brandão (Maceió)

    -

    23/12/2013 às 4:40

    PREZADO REINALDO AZEVEDO:

    A leitora “Luciene”, com comentário postado às 21h47 do dia 21, até tem o direito de se opor à terminologia “gayzismo” empregada pelo mestre Olavo.

    Duvido, porém, de que ela tenha lido o mínimo necessário a respeito do filósofo, para captar que, nesse vocábulo, o sufixo “-ismo” é utilizado, em verdade, para legitimamente denotar e rechaçar a negativa influência que sectaristas sexistas pretendem promover com suas militâncias a favor de uma espécie de universalidade gay (quase) obrigatória e de valores aí subjacentes.

    Ela parece julgar o professor Olavo por recortes aleatoriamente feitos. Tanto é assim que deixa transparecer como real a equivocada ideia de que o filósofo emprega “gayzismo” pura e simplesmente por preconceito contra quem seja homossexual, quando, na verdade, ele combate outro inimigo…

    Ademais, a leitora mente. Que Olavo de Carvalho recorre a palavrões, isso é verdade, conquanto não constitua demérito, e sim, a meu ver, estilo ou mesmo cacoete de quem geralmente está tão compenetrado nos raciocínios, que termina por não se dar conta de alguns gestos ou trechos de fala. Mas afirmar que ele ataca a dignidade do adversário é de todo um despropósito!

    A assertividade e a firmeza com que não raro o professor Olavo se refere a seus (efetivos, potenciais ou supostos) interlocutores não significam agressão à dignidade deles, como disse a leitora, senão um ingrediente básico e próprio da polêmica ou da crítica.

    E isso não pode ser visto como um argumento “ad hominem” ou “ad personam” (do tipo abusivo); está mais para “ad rem”, pois Olavo de Carvalho vai ao âmago da questão, ainda que o faça com a contundência natural dos discursos voltados à polêmica, à crítica, à desconstrução da tese alheia.

    Destarte, a leitora merece “Reinaldox” não porque discorde, embora sem fundamento, do vocábulo “gayzismo”, mas porque afirma uma mentira: a de que o autor ataca dignidades.

    Por ora é isso. Abraço do Y.

  15. Luciene

    -

    21/12/2013 às 21:47

    Como levar a sério alguém que fala em “gayzismo”? E como reclamar de violência através do silêncio contra alguém que não sabe falar de qualquer assunto sem palavrões ou sem atacar a dignidade do adversário, como faz este senhor? O silêncio, nessas horas, acaba sendo a única resposta possível da parte dos mais educados.

  16. Gutenberg

    -

    18/12/2013 às 3:07

    O maior livro publicado no Brasil nas ultimas decadas…li essa obra de arte em 4 dias….

  17. roni

    -

    09/12/2013 às 13:33

    Alguém pode explicar a ausencia total dos jornais:
    ESTADO DE SÃO PAULO e FOLHA DE SÃO PAULO
    sobre as afirmações ESTARRECEDORAS de Romeu Tuma Jr???

  18. Paola

    -

    01/12/2013 às 12:32

    Excelente.

  19. roberto

    -

    23/11/2013 às 17:11

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda!

  20. Carlos

    -

    19/11/2013 às 16:54

    o ódio a Olavo de Carvalho e a emocionada luta “armada” de lugares comuns, idiotices e conclusões sumárias e estúpidas contra ele são, para mim, algumas das maiores provas da validade de tudo o q ele diz.

  21. Celso José Ferst Júnior

    -

    16/11/2013 às 22:11

    Já estava difícil de ler a crítica quando eu cheguei em “Olavo é dono de uma cultura enciclopédica”. Paro por aqui.

    Prefiro uma pedra argumentando do que esse boçal.

  22. James Meira

    -

    12/11/2013 às 22:50

    As metáforas de Olavo são um capítulo à parte de sua obra. E o tal “pilar de geleia” é muito apropriado.

  23. "Malvadeza"

    -

    30/10/2013 às 22:36

    No Brasil tudo se disfarça, se escamoteia, mediante o mimetismo insidioso do camaleão. Nossa “cultura”, lato sensu” é povoada de verniz e pouco substância. Pior, conferem-se aos envernizados imerecido crédito à carência da substância que alimenta a inteligencia, aperfeiçoa a moral, lustra a ética e eleva a alma ao progresso da humanidade. A “vida de gado desse povo marcado, desse
    povo feliz” [conforme a música], é correlata ao faz-de-conta a partir do nosso enredamento civilizatório conspurcado desde antes da proclamação da República, através do ‘manto diáfano da fantasia’ e dos equívocos que se seguiram até hoje, em holocausto aos mínimos valores da antropologia cultural e social. O verniz disso está desgastado, carcomido e putrefato. O nosso edifício reclama sua reconstrução em terreno dos valores majoritários preconizados pela
    “República” [Platão], sob pena de, não muito tarde, termos de nos
    refugiar no “Inferno” [Dante] dessa [praticamente] anomia sócio-cultural dos dias em que vivemos, ou, até o momento em que nos encontrarmos em estado de aporia.

  24. Jean

    -

    28/10/2013 às 16:58

    Estou me desintoxicando da doutrinação comunista lendo e ruminando esta fantástica obra.

  25. Xavier

    -

    21/10/2013 às 1:53

    Alguém aí embaixo falou do Roda Viva… depois do que fizeram com o pobre Cabo Anselmo, que destarte e obviamente não conseguiu a anistia da “Comissão da Mentira Petralha”, restam poucas esperanças de rever O MAIOR FILÓSOFO BRASILEIRO na TV. Relembro com tristeza o falecimento do Prof. Munir Nasser, outro gigante na defesa da liberdade contra comunas loucos e corruptos.

  26. Diolásia de Lima Cheriegate

    -

    14/10/2013 às 12:06

    Brilhante. Concordo com a maioria de suas ideias e claras afirmações. É direto, é sintético e coerente.
    Comprarei sua obra.

  27. Félix Maier

    -

    14/10/2013 às 10:02

    Caro Reinaldo,
    E segue Olavo com sua obra, que se revelou um tremendo sucesso (por várias semanas, continua em 4º lugar na lista de Veja), apesar do estrondoso silêncio da mídia em geral, IDIOTA por excelência. Não é de estranhar que Olavo já foi ameaçado de morte e teve que se refugiar na Romênia durante certo tempo.
    Uma abordagem do livro pode ser conferida em http://www.midiasemmascara.org/artigos/cultura/14548-olavo-de-carvalho-e-um-sujeito-esquisito.html

  28. Jacqueline

    -

    11/10/2013 às 11:40

    Reinaldo, eu ri muito quando cheguei no tema da educação. O filho de Olavo, Pedro, diz que a educação (das escolas públicas americanas) é para boiolas. A definição que Olavo dá para boiolice é hilária. Parece que ele estava descrevendo a atitude de alguns conhecidos meus.

  29. Raul

    -

    10/10/2013 às 13:01

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda!

  30. John

    -

    09/10/2013 às 10:11

    ReinaldoXXXXXXXXX na cascuda!

  31. cristina carvalho

    -

    08/10/2013 às 14:09

    Estou lendo,mas já estou gostando pelas verdades que diz.

  32. Adriano Claro

    -

    06/10/2013 às 23:01

    Incrível como cinco minutos de palavras de Olavo nos faz pensar e refletir, sem vinculação persuasiva, aquilo que no mais estava quase que estampado na face de todos nós. Incrementando ao que diz Reinaldo Azevedo, e a partir desta experiência ao ler o texto, pude perceber nitidamente que este tempo desprendido à esta leitura de Olavo e Reinaldo, valeu muito mais do que uma aula de três horas com um professor que tem por “telos” a ideologização. Um nos faz expandir e nos abre a visão para uma compreensão mais apurada dos fatos, enquanto o outro limita-se a guilhotinar todo o intelecto, todo um pensamento vivo, deixando no lugar deste apenas uma “mente zumbi” programada para combater automaticamente ao ouvir certos “conceitos”, sem poder entendê-lo bem (assim como já diz o texto de Reinaldo e Olavo). Lastimável a situação a qual encontra-se a realidade cultural brasileira. Difícil é encontrar alguém que consiga manter a conversa no plumo sem digredir duas ou três vezes antes de terminar uma pensamento. Além do livro, acho que o minimo que precisa-se fazer para não ser um idiota, é ter um cuidado em especial para não ser reduzido a essa incongruência alienante a qual já está submetido estes que tiveram sua racionalidade expurgada. Comprarei o meu.

  33. Igor Correio Oliveira

    -

    03/10/2013 às 20:52

    Eu sou Olavette com muito orgulho.

  34. Douglas Rafael

    -

    03/10/2013 às 19:51

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  35. Thiago

    -

    03/10/2013 às 10:58

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  36. Ana

    -

    01/10/2013 às 14:46

    o livro é INCRÍVEL!

    Além disso, abre uma porta para poder adentrar á alta cultura, à pesquisa, ao estudo em alto nível.

    para acadêmicos que se ressentem pelo baixo nível intelectual tupiniquim, e que gostariam de estudar algo com real consistência mas não sabem o que, ou onde arranjar material de apoio, esse livro abre uma janela para um mundo novo.

  37. Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões

    -

    30/09/2013 às 19:17

  38. Rodrigo "ANTAgônico"

    -

    30/09/2013 às 16:19

    A “excelcitude” deste senhor é totalmente incompatível com os propósitos da grande mídia.

  39. Marcos

    -

    29/09/2013 às 23:32

    Amanhã comprarei o meu exemplar.

  40. willian

    -

    25/09/2013 às 3:59

    é a pessoa mais inteligente e corajosa que conheço no momento . estou ansioso para lê esse livro …

  41. marceloh.

    -

    24/09/2013 às 10:43

    Traz o professor para a VEJA!

  42. Ribeiro

    -

    19/09/2013 às 17:20

    O brasileiro precisa ter acesso as informações que estão no maravilhoso livro do Prof Olavo. Nestes tempos, de notícias tão obscuras que projetam nosso país para um buraco negro, o livro dele, é um oásis no deserto das ideias, excelente material, próprio para iluminar as mentes jovens e delinear um novo caminho, nesta estrada tão abandonada e repleta de perigos ocultos em sua trajetória.

  43. Acleylton Costa

    -

    19/09/2013 às 12:29

    Olavo de Carvalho é um dos grandes remanescente da Filosofia Clássica. Olavo de Carvalho é um contraponto nesta era do imperialismo da superficialidade e da imbecilização cultural, política e religiosa do povo brasileiro. Estou ansioso para me conectar com esta extraordinária literatura filosófica. Parabéns ao Olavo de Carvalho e a todos que se dedicam na propagação de uma cultura sóbria, transparente e existencial.
    Sou Professor de Filosofia no Ensino Médio e sonho pelo dia em que nossa juventude seja capaz de ultrapassar o véu da aparência e de toda banalização existencial.

  44. Renato

    -

    18/09/2013 às 14:39

    Entrei em contato com o pensamento do Professor Olavo a pouco tempo, mas já estou fascinado pela abordagem corajosa, certeira e brilhante de suas ideias.

  45. Felipe

    -

    14/09/2013 às 21:25

    Traz o professor para a VEJA!

  46. Michel Loiola

    -

    14/09/2013 às 14:12

    Graças a deus o conheci. Comprei o livro e recomendo mas ja lia seus artigos a um tempo. fiquei muito feliz. insuperavel até hoje pra mim.

  47. Augusto

    -

    13/09/2013 às 9:23

    Prof. Olavo é insuperável em sua visão de mundo…
    É impossível não se deixar apaixonar por seu pensamento brilhante e humilde, Veja está de parabéns em publicar, é enobrecedor se deixar tocar pelas idéias e ideias desse filósofo radicado nos Estados Unidos, a leitura e reflexão de suas colocações são mais do que bem vindas, são essenciais a qualquer pessoa de boa vontade que deseja realmente ser melhor e humano…

  48. Luciana S.

    -

    11/09/2013 às 14:51

    Em meio a tanta mediocridade que leio e escuto diariamente, é um deleite e um privilegio ter acesso aos textos de Olavo de Carvalho e Reinaldo Azevedo. Lucidez é um bem precioso atualmente!

  49. Luiz Ettore

    -

    10/09/2013 às 23:42

    Olavo é quem, todos deveriam conhecer.

  50. Fernando

    -

    10/09/2013 às 23:28

    Conheço o trabalho do filósofo e já o admirava. Lerei o livro, com certeza, pelo meu bem, e pelo bem do Brasil.

  51. Marise

    -

    10/09/2013 às 23:03

    Pe. Paulo Ricardo está sendo para muitos de nós o VERDADEIRO evangelizador que a Igreja Católica APOSTÓLICA ROMANA, está precisando. Que o Espírito Santo, continue a lhe iluminar e Nossa Mãe Santíssima esteja em sua frente.

  52. Carlos Alberto Silva

    -

    10/09/2013 às 22:27

    Muito bom ,sou fã deste cara.

  53. Cecilia

    -

    10/09/2013 às 15:57

    Documentário que todos os estudantes de sociologia deveriam ver. https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=QALMRUlr69c#t=26

  54. Jack

    -

    07/09/2013 às 4:39

    O sujeito mais inteligente que já vi.

  55. CHESTER MONCERRATH DIAS

    -

    06/09/2013 às 11:34

    Vou comprar. Gostei muito da resenha!!!

  56. Silvio Ricardo

    -

    05/09/2013 às 20:29

    Não deixem de assistir vários depoimentos de ex-guerrilheiros, ex-esquerdistas falando todas as verdades sobre essa esquerda histriônica e mentirosa que o PT sintetiza.
    http://www.youtube.com/watch?v=lhbW7gfUVXk

  57. Silvio Ricardo

    -

    05/09/2013 às 18:51

    Desde há muitos anos sou leitor assíduo do Filósofo, por sua inteligência, sua lucidez, sua humildade e honestidade intelectual. Comprei mais esse livro dele, porque os demais já possuo. Um grande abraço para você, Reinaldo, e parabéns por contribuir, e muito, com o saneamento intelecto-moral deste país de carnavais, arruaças e demagogos de plantão.

  58. Altamir Braga

    -

    05/09/2013 às 18:07

    Este primoroso intelectual deveria conter o cigarro.
    Como brasileiro dedico a ele longa vida. Respeito. Mas, ele pita muito e nós corremos o risco de vê-lo envenenado…

  59. Ricardo

    -

    05/09/2013 às 17:48

    Excelente texto! Engloba vários assuntos, de grande importância atual.

  60. Beth

    -

    05/09/2013 às 2:50

    Sou leitora de ambos: Olavo de Carvalho e Reinaldo Azevedo. Recomendo-os com entusiasmo.

  61. Emerson

    -

    05/09/2013 às 0:36

    Eu lembro de quando a revista Bravo começou. Eu, ainda jovem, me deliciei com aqueles textos de pessoas que eu nem sabia da existência. Essa revista me abriu portas e me fez ver o mundo com mais clareza. Bons tempos…

  62. Bruno Sampaio

    -

    04/09/2013 às 19:13

    Grande Olavo! Grande Reinaldo! O meu exemplar chegou hoje, e já fui lendo rapidinho 3 artigos (fiquei até agitado de tanto entusiasmo). Realmente a organização ficou excelente, parabéns ao Moura Brasil.
    Olavão é um monstro !!! Compre o livro e divulgue-o, já que não contamos com o apoio da mídia, apesar do sucesso comprovado nas listas de mais vendidos.

  63. Alexander Scherer

    -

    04/09/2013 às 18:48

    Parabéns Prof Olvao mais uma vez!

  64. Alexander Scherer

    -

    04/09/2013 às 18:47

    Parabéns Prof. Olavo o Sr. é a única pessoa com cacife para debater com o Prof. Dugin, não os favelados intelectuais da USP.

  65. Humberto Campos

    -

    04/09/2013 às 17:21

    Olavo atingiu o zênite na vocação de intelectual público. Depois, para se fazer entender, passou à pedagogia dos xingamentos. Infelizmente, é julgado erradamente por isso. Sou leitor e ouvinte há anos. Um gigante!

  66. Thiago

    -

    04/09/2013 às 10:11

    Olavo de Carvalho sobre o argumento:
    “Sustento minha admiração e respeito, mas não sou como a grande massa dos seus ouvintes que confunde admiração com devoção religiosa”…

    “Isso é outra besteira brasileira! Ó, brasileirinho (adaptação minha), você para com isso! Para com isso. No Brasil, qualquer pessoa que você admira ou leva a sério, [a reação é assim:] “É idolatria! É idolatria!” No Brasil, é proibido admirar. A admiração que esse pessoal todo [leitores, ouvintes e alunos] tem por mim é zero perto da admiração que eu tenho, sei lá, pelo grande escritor George Bernanos. Eu jamais permitiria que se falasse mal do cara. No Brasil, quando você admira, sempre tem que falar um pouco de mal, pra não dizer que é idolatria.

    Por quê? Porque brasileiro é assim, cada um quer fingir: “Ah, eu tenho o meu pensamento independente… Não sigo ninguém…” Isso é uma farsa. Uma farsa! Eu sei o que é um pensamento independente. Um pensamento independente custa uma vida de esforço. Pra você conseguir ter uma ideia sua, realmente fundamentada, são 30 anos, ô Fernando. Agora, no Brasil, todo mundo finge. E pra fingir, ele tem que fingir que não admira muito: “Ah, eu admiro, mas com restrições…” Isto é uma frescura, uma viadagem, não me venha com essa conversa”

  67. Carlos Alberto

    -

    04/09/2013 às 9:46

    ReinaldoXXXXXX na cascuda!

  68. João Araujo

    -

    04/09/2013 às 1:14

    Viva Olavo e Reinaldo

  69. Grato

    -

    04/09/2013 às 1:06

    O Olavo de Carvalho e o Reinaldo Azevedo, são OS CARAS !!!!

    PARABÉNS !!!

  70. ivaldo

    -

    03/09/2013 às 23:25

    GRANDE OLAVO , ETERNO MESTRE !

  71. Octávio

    -

    03/09/2013 às 20:59

    Me lembro bem de 2002, quando eu argumentava com um amigo (?), a grande farsa que era o então candidato favorito a presidente da república. Quase apanhei. Era proibido, em qualquer roda de gente “culta”, reconhecer que o país estava prestes a cair nas mãos de um populista sem escrúpulos. Anos depois, já no Mensalão, tentei ter o meu “triunfo maligno” atirando na cara deles a burrice que haviam ajudado a consolidar, votando no Lula. Surpresa… todos haviam se convencido que a culpa daquela roubalheira era de um tal “sistema político brasileiro” e contra o qual o Molusco nada podia ter feito. No mundo inteiro existem imbecis. Mas só o brasileiro médio sabe que é e tem orgulho disso. Olavo de Carvalho é leitura obrigatória.

  72. Ronald Pinheiro

    -

    03/09/2013 às 20:50

    Reinaldo, boa noite.
    Excelente resenha, pena que não a li pela primeira vez aqui: no bueiro chamado “247″ fizeram um “copy-paste” miserável da tua resenha (ao menos disseram que era tua) e se limitaram a dizer que “se ele recomenda, boa coisa não é”.
    Saudades do Jacob Gorender…

  73. Luiz Schuwinski

    -

    03/09/2013 às 19:27

    Há muito tempo deixei de ser idiota, mas ao comprar o livro de Olavo de Carvalho estarei revalidando minha vacina contra a idiotia reinante em Macunaíma’s Land.
    No formato e-Book, na Livrarias Curitiba, R$45,00.

  74. Olavete Reinaldete

    -

    03/09/2013 às 18:21

    A m…, Reinaldo, é que está piorando muito rápido. Dizer a verdade aqui é motivo pra ser execrado, você que o diga. A verdade no Brasil encara o nosso conceito de verossimilhança e pelas nossas impressões erradas acaba parecendo mentira.
    Precisamos de uma elite pensante urgente, que nos salve deste mar de lama de burrice, ou estamos perdidos.

  75. Marcelo A.Pires

    -

    03/09/2013 às 17:22

    desculpe o erro de português é farol! obrigado!

  76. Cássio Lombardini

    -

    03/09/2013 às 17:19

    O juscelino Kubitschek no final da década de 50 com equipamentos da época contruiu uma cidade,Brasília,em 5 anos.O PT em 10 anos com a tecnologia atual não consegue entregar um canalzinho,Transposição do Rio São Francisco.

  77. Marcelo A.Pires

    -

    03/09/2013 às 17:18

    Quando eu assisto os vídeos do Olavo no you tube, me orgulho de ser Brasileiro!! Continue assim grande Olavo
    você é o farou da nossa luta!! tamus juntos!!!

  78. prof. Antonio Ribeiro de Almeida

    -

    03/09/2013 às 16:30

    Sou formado em Filosofia pela UFMG e admiro os escritos de Olva de Carvalho que é para mim um dos últimos filósofos deste país.Fui aluno de Arthur V. Velloso, Pe. Orlando Vilela, Edgard Godoy da Matta Machado e João camillo de Oliveira Torres. e uma grande tristeza me invadiu ao ver o Brasil de hoje. Se pudesse mudaria deste país porque os acontecimentos diários na política e no crime causam vômitos

  79. napoleão de oliveira

    -

    03/09/2013 às 14:44

    Estou comprando…

  80. leonardo

    -

    03/09/2013 às 14:39

    Olavo de Carvalho é brilhante. Seguramente o maior intelectual brasileiro vivo. Entretanto, muita gente o segue como se fosse uma espécie de guru, um “deus”, com o que não concordo. Mas entendo, dada a sua superioridade intelectual e de caráter frente à totalidade da “intelligentsia” somada.

  81. Luciane Lazzarin

    -

    03/09/2013 às 14:05

    Olavo de Carvalho é fundamental,é o farol de lucidez nesse mundo a deriva…

  82. Odair

    -

    03/09/2013 às 13:32

    Não tem como expressar em poucas palavras o prazer que é ler os textos, artigos, livros e toda e qualquer coisa que os dois publiquem. Vida longa ao dois com as bençãos de Deus.

  83. Theo

    -

    03/09/2013 às 13:19

    Vou comprar o meu>

  84. Nelson

    -

    03/09/2013 às 12:04

    Uma simples discordância das idéias do Olavo seria natural e salutar. Quem, entretanto, tem bolas e cérebro nesse país para entrar em um debate civilizado com ele? A canalha prefere atacar sua pessoa, rosnar, vociferar, falar pelos cantos escuros, falar sozinho, inventar um Olavo e fingir que consegue desqualificar seus argumentos ou, o que é mais comum, agir como se ele não existisse. As vendas desse livro me surpreenderam e encorajaram. Mostraram que talvez ainda haja bastante gente disposta a se informar e aprender com um dos poucos pensadores de verdade nesse país.

    Cada um à sua maneira, vocês são como uma dose de sanidade, alerta, clareza, humor e fina ironia de que precisamos tão desesperadamente nesses tempos. A força do pensamento do Olavo e seu trabalho infatigável e corajoso, tio Rei, vão permanecer. Mesmo guardadas as proporções e que seja exagero para muitos, só consigo pensar no paralelo dos profetas do antigo testamento, que tinham uma missão pesada de proclamar a verdade, dizer simplesmente a verdade para um povo cego e de coração duro para que acordassem e se corrigissem e eram perseguidos por isso.

  85. In Hoc Signo Vinces - VIVA P II

    -

    03/09/2013 às 11:43

    Justiça tarda mas não falha ! Finalmente Olavo de Carvalho pode se tornar conhecido por aqueles que talvez não tiveram a oportunidade de conhecer sua obra ! Não perco o True Outspeak por nada ! Sou leitor do Olavo há mais de 2 anos e ele é uma de minhas referências até pra vida ! Obrigado Reinaldo! Obrigado Olavo !

  86. Miguel Lohnhoff

    -

    03/09/2013 às 11:23

    Certamente irei comprar meu exemplar!! Obrigado Reinaldo!

  87. rosa carrières

    -

    03/09/2013 às 10:50

    O livro é excelente.

  88. Heloisa Helena Paiva de Sousa Fernandes

    -

    03/09/2013 às 10:05

    RETRATO VERDADEIRO, REALISTICO DO QUE SOMOS, DA NOSSA ÍNDOLE.

  89. Silvio

    -

    03/09/2013 às 9:45

    Só li boas recomendações até agora e essa do Reinaldo foi a melhor. Já comprei o meu exemplar!

  90. Felipe Andrade

    -

    03/09/2013 às 9:35

    O Professor Olavo é o único filósofo brasileiro vivo. A aula sobre Hegel no seminário foi magistral! Perfeito!
    E ainda tem gente que chama a Marilena Chun-li de “filósofa”!
    .
    faz-me rir! ora porr*! Como diria o professor!

  91. Rose

    -

    03/09/2013 às 9:22

    Acabei de colocar na lista de artigos de primeira necessidade. Obrigada.

  92. Roberto Garcia

    -

    03/09/2013 às 9:11

    esse texto descreve muito bem o que foi construído no Brasil, a alma de um povo que não distingue o acessório do principal. Os heróis são canalhas bonachões e o saber é motivo de riso.

  93. Trocando o nickname

    -

    03/09/2013 às 7:53

    Caro Reinaldo,
    Vida longa prá vocês dois!
    .
    Parabéns aos comentaristas.Li 274 comentários!
    .
    O Olavo também tem uma página no Orkut.
    .

    O

    o

  94. Ségolène

    -

    03/09/2013 às 7:50

    Estou na segunda leitura do meu. Impecável.

  95. Heloisa Bizzo

    -

    03/09/2013 às 6:33

    Ainda bem que vocês existem! Que seria de
    nós?

  96. Nelson

    -

    03/09/2013 às 4:08

    Reinaldo, muito obrigado ! Não sei como expressar a alegria de ver um texto seu sobre o Olavo. Lembro-me quando, por insistência de um amigo, acabei lendo meu primeiro artigo dele em 2000, Inteligência e Verdade, um texto já de 1994. Aquele texto e a obra do Olavo que passei a acompanhar na sequência redefiniram minha aprendizagem e caminhada intelectual. Hoje, se sou também leitor diário do seu blog é por causa direta do Olavo. Espero que muitos agora possam conhecê-lo a partir de você. Obrigado por ajudar, com sua influência e pelo alcance do seu blog, a quebrar um pouco dessa barreira de silêncio em torno do Olavo. Silêncio tão revelador: fruto do ódio, inveja, orgulho, mediocridade, impotência, incompetência e ignorância que seu pensamento e obra despertam e desmascaram. Copiando a citação dele: ´Sapientiam autem non vincit malitia´, A malícia nada pode contra a sabedoria [Vulgata, Sabedoria 7.30]. Vida longa e parabéns a vocês dois !

  97. maxiliano mancano

    -

    03/09/2013 às 4:06

    Seria super bacana,Amigo Reinaldo e o amigo Olavo, fazer link pela Veja

  98. Walmor

    -

    03/09/2013 às 2:12

    Utilizei um texto do Olavo numa prova de Criminologia na UFSC. Foi muito engraçado ver meus alunos sendo obrigados a lê-lo e interpretá-lo, especialmente os vermelhinhos, pois citar Olavo numa universidade federal é uma atitude incomum, quase criminosa.

    Não deu outra, um deles não se aguentou e à mingua de argumentos (é incrível como lhes faltam) chamou o Olavo de “bosta”…

    Hahahahaha foi sensacional. Impagável. Uma digna reprovação “cum laude”.

  99. Observador

    -

    03/09/2013 às 1:56

    Quem tem preguiça de ler e quer conhecer o pensamento de Olavo de Carvalho pode entrar no you tube e pesquisar o nome dele e encontrará dezenas de vídeos que abrirão sua mente e o farão tomar ciência de inúmeros fatos que a tv e os jornais te sonegam.

  100. Oliveira Jr

    -

    03/09/2013 às 1:12

    Parabéns Reinaldo, belo texto, honesto! Obrigado Olavo! Obrigado Felipe Moura! Que venham outros!
    .
    Como se vê, nem todas as luzes do fim do túnel se deixam apagar.

  101. Roberto Victoriano

    -

    03/09/2013 às 1:05

    Comentar qualquer texto do Olavo de Carvalho, é impossivel, pois não conheço outro intelectual que tenha o poder de sintese tão fudamentada e tão suscinta.
    A intelectualidade brasileira. “Ela própria é um cavalo morto. Um cavalo morto que para não admitir que esta morto escoiceia outro cavalo morto. Todo o “debate brasileiro” e uma troca de coices num cemitério de cavalos.”
    OLAVO DE CARVALHO com toda maiusculas

  102. André

    -

    03/09/2013 às 0:58

    Comprei o meu na pré-venda, mas já li vários dos artigos pois acompanho o mestre Olavo batendo na ignorância esquerdista há mais de 2 anos.
    AVISO AOS LEITORES: esta não é a obra-prima do mestre Olavo. Seu melhor livro é O Jardim das Aflições, seguido de Aristóteles em Nova Perspectiva. Não perca A Filosofia e seu Inverso. Seu debate com o Duguin (mentor de Putin, aquele mesmo) em Os EUA e a Nova Ordem Mundial é leitura obrigatória também.

    E quantos comentários sobre o livro. Há esperança!

  103. Fábio

    -

    03/09/2013 às 0:19

    Parabéns pelo texto Reinaldo,

    Algum dia em minha vida fui um “idiota útil”. Moro em Salvador, votei em Lula em 2002 e em Jacques Wagner – na primeira vez que concorreu ao governo. No fundo nunca fui um amante do PT como muitos aqui em Salvador. Votei mais pela questão da mudança, pela bandeira que marcou o discurso do PT ao longo dos anos – a ética na política; a oposição aos velhos oligarcas e a diminuição de desigualdades sociais que se eternizaram em nosso país. Para minha surpresa, tudo o que Lula e seus companheiros combatiam, demonizavam e vociferavam foram, sem a menor desfaçatez, emulados e elevados a uma escala inimaginável no mundo da política e do poder. Aos poucos, tomado por indignação e percebendo que ao meu lado as pessoas estavam à beira da cegueira ideológica fui em busca de algo vital para o indivíduo que busca afirmar sua cidadania: a informação! Foi duro, difícil…dificílimo achar alguma cabeça pensante, alguém que pudesse me fazer enxergar o mundo e, principalmente, o Brasil, de forma clara e desmistificada. Esse cara chama-se Olavo de Carvalho! É uma pena que esse cara seja tão ignorado pela grande mídia e suas opiniões estejam ao alcance da massa dominada por órgãos de imprensa que, à luz de todos esses escândalos grotescos, se posiciona de uma forma covarde e essa “história militante” que se tornou hegemônica e absoluta em nosso país.

  104. Rodrigo Alves Lemes

    -

    03/09/2013 às 0:14

    Já comprei na loja do Google. Olavo e Reinaldo: sugiro um vídeo no canal do tio Rei para um bate-papo com o mestre Olavo. Ou ele poderia conversar contigo no TrueOutspeak

  105. Marcelo

    -

    03/09/2013 às 0:10

    Otima noticia! Acabei de baixar via iTunes diretamente para Melbourne, Australia!

  106. Fredy

    -

    03/09/2013 às 0:10

    Viva o maior filósofo brasileiro!!! Já entrei na campanha: “Cultura enriquecida, Olavo no Roda Viva”.

  107. Comentário

    -

    02/09/2013 às 23:59

    João Pitella Junior – 02/09/2013 às 22:02.
    Meu caro, a minha com certeza não foi nem um pouco subestimada por este título.

  108. Alexandre Cardozo

    -

    02/09/2013 às 23:59

    Minha vida no mundo intelectual se divide em antes de O. de Carvalho e depois de O. de Carvalho.

  109. Salve!

    -

    02/09/2013 às 23:55

    Parabéns por citar este livro Reinaldo! Comecei a ler o Olavo até onde eu me lembro por uma citação que li no seu blog, fiquei embasbacado com o que ele dizia, apesar de ser muitas vezes o óbvio. Quando leio você, o Olavo e muitos outros que felizmente vem surgindo, como o Padre Paulo Ricardo, ainda tenho alguma esperança que o Brasil não um Cubão.

  110. Jotinha (ES)

    -

    02/09/2013 às 23:39

    Um excelente livro de auto-ajuda para lulopatas que precisam dar um basta ou, pelo menos, uma trégua no autêntico conflito armado que vivem contra a obviedade.

  111. João Gladstone de Oliveira

    -

    02/09/2013 às 23:35

    Por síntese de comentário apenas reproduzo as palavras do caput da transcrição em azul aqui publicado do livro de Olavo de Carvalho : “Língua, religião e alta cultura são os únicos componentes de uma nação que podem sobreviver quando ela chega ao término da sua duração histórica. São os valores universais, que, por servirem a toda a humanidade e não somente ao povo em que se originaram, justificam que ele seja lembrado e admirado por outros povos. A economia e as instituições são apenas o suporte, local e temporário, de que a nação se utiliza para seguir vivendo enquanto gera os símbolos nos quais sua imagem permanecerá quando ela própria já não existir.”
    NOSSO : E, por redução da síntese, diríamos que a Universalidade está por Porta para quem busca o entendimento verdadeiro por entrar e sair LIVREMENTE por Ela; e sem tratá-lo nem de perto, por sinônimo e por semelhança com a palavra (realidade). Por Ela, o homem é introduzido da diversidade de imagens e por suas palavras de imagens ao verdadeiro e Universal; e se faz por se tornar pensar bem além do real segundo o entendimento comum da palavra realidade. O homem é essencialmente o espírito, quem (ou “que -por coisas” )nele habita (dentro) em sua interioridade e por fonte de suas motivações. As suas motivações o espírito geradas o conduzem realizar ou exercitar por realidade fora do corpo. O contido em sua interioridade lançado para fora, se expressa em seu próprio entendimento de juízo em discernir por se julgar quem ele é em verdade e também o outro. Este quando em verdade, se faz no homem interior por conteúdo do Universal; e fica por memorial em caráter eterno de todos por Quem está estabelecido previamente (independente do curso da história dos homens por seus sistemas por realidades ). Já a memória dos feitos comuns por obras de um alguém operoso não mais serão lembradas pelas gerações que se renovarão (e sempre por começar por sadio retorno dos ideais da memória do Universal) ; e assim florescerão enquanto não forem contaminadas e lançados para fora da Universalidade no coletivo. O lançamento para fora também faz o homem comum perder a identidade Universal em Humanidade; se fazem por pensamentos do espírito vigente em corrupção que age no coletivo e procede do coletivo. Um povo de homens gerados da universalidade, chamaríamos povo de “homem interior” livres em seu “caráter do Universal”; e o “homem interior” frutificará por exercício de vida responsável como povo que se chama de Uma Nação Livre e verdadeira; por Testemunho confirmarão da Unidade de quem dEla faz parte. A VIDA É SINGULAR DO INDIVÍDUO, E NÃO DA MASSA POR COLETIVO E FORA DO UNIVERSAL SEM O SEU CONTEÚDO. Também o verdadeiro sentido de significado de vida do homem está vinculado ao Universal pensamento dos valores do “homem interior” e seu exercício por Testemunhos fiéis diante Da Lei por validar a legitimidade da causa.

  112. Márcio

    -

    02/09/2013 às 23:05

    Muito justa a homenagem, tio Rei. Abração.

  113. erico rocha de oliveira

    -

    02/09/2013 às 23:04

    Grande Reinaldo! Grande Olavo de Carvalho! Você tem razão, Reinaldo. O “cara” é mesmo insuperável. Dá de mil a zero no mais “inteligente” dos petralhas. Aliás, acho que não existe petralha inteligente. Existe, sim, petralha menos burro, mas que é burro, é. O professor Olavo, MAIOR FILÓSOFO BRASILEIRO, SEM SOMBRA DE DÚVIDA, é um campeão da resistência às teses materialistas, ultrapassadas e podres da esquerdalha que domina o pais. Não há ninguém que faça frente à sua cultura, erudição e força de argumentos. Vim a conhece-lo, através de sua obra e videos, há pouco tempo e só lamento não te-lo conhecido bem antes. A mídia pode tentar ignorá-lo, assim como o faz a “intelectualidade” esquerdista tacanha. Mas o PÚBLICO NÃO O FARÁ E SUA OBRA TENDE A CRESCER CADA VEZ MAIS, ALIMENTANDO E FAZENDO RENASCER, AINDA QUE VAGAROSAMENTE, O PENSAMENTO DEMOCRÁTICO VERDADEIRO E O AMOR À SABEDORIA. Precisamos combater com unhas e dentes as ideias do Apedeuta e seus asseclas, que menosprezam o conhecimento, a cultura e os valores morais cristãos. Ler a obra de Olavo de Carvalho é APRENDER A PENSAR COMO HOMEM LIVRE. Ainda não comprei o livro, mas vou comprá-lo e divulgá-lo a todos que puder.

  114. Felipe Marcelino Vilela

    -

    02/09/2013 às 22:45

    Boa noite meu PROFESSOR REINALDO.
    Não posso ficar sem esse livro e gostaria de saber como faço para comprar esse livro pela internet. Abraço. Felipe

  115. claudia

    -

    02/09/2013 às 22:40

    A-DO-RO Olavo de Carvalho, tudo de bom! Vou ler, com certeza.

  116. Observador

    -

    02/09/2013 às 22:35

    Para quem quer entender o Brasil ler Olavo de Carvalho é imprescindível e muito mais interessante do que ouvir Lula e Dilma falarem suas baboseiras grotescas. Olavo de Carvalho deveria ser leitura obrigatória em escolas e universidades para promover o crescimento intectual dos jovens.

  117. Ronald Madeira Maia

    -

    02/09/2013 às 22:23

    Ao longo da minha vida intelectual tive oportunidade de deparar-me com nomes de estofo moral,principalmente na integralidade do curso no Colégio Militar do Rio de Janeiro onde sedimentei os alicerçes para o meu porvir cultural.
    Na vida universitária,infelizmente,só frustrados utilitarismos que,redundaram no meu espírito,brumas de incertezas e conflitos existenciais.Surgiu então para meu gáudio e para o dissipamento das zonas escuras no meu cérebro,a exuberante figura do intelectual maior desse nosso indigitado país.Refiro-me ao Olavo de Carvalho que,além desse traço cultural pauta sua vida de filósofo e professor arrimada num caráter ínclito,numa desabrida coragem e,sobretudo,num senso crítico da realidade só encontrado nos grandes mestres.
    As minhas dúvidas,incertezas e pobreza anímica,repito,somente foram desfeitas sob as luzes da fulgurante inteligência do ser humano ímpar Olavo de Carvalho.
    O sucesso do seu livro é resultante
    da admiração devotada por seus alunos,nos quais aí me incluo.
    A sua obra,indelével e consistente,certamente,se constitui na bússula segura para os homens de bem do “patropi”.
    Congratulações pela feliz edição do livro sob comento e,parabéns igualmente para voce Reinaldo,pela honestidade intelectual demosntrada.

  118. Carol

    -

    02/09/2013 às 22:23

    Fizeram de tudo para acabar com o Olavo de Carvalho: boicote, tentativas de desqualificar seu trabalho, etc.
    Não adianta, a competência e determinação do Olavo de Carvalho é bem maior do que todas artimanhas dos esquerdopatas.
    Há muitos anos Olavo de Carvalho vem alertando sobre tudo que está acontecendo no Brasil e AL. Sempre denunciou o plano de poder dos integrantes do “foro de SP”.
    Quer saber a verdade sobre os planos dos esquerdistas? Acompanhe o trabalho do Olavo de Carvalho. Ele é um grande estudioso, e sabe o que diz.

  119. Fernando

    -

    02/09/2013 às 22:22

    Infelizmente a grande maioria dos eleitores não tem a menor idéia do que se passa e acabam por consumir a propaganda mais fácil de digerir que vem da imprensa chapa branca.
    A luta pelo esclarecimento é árdua e demorada, pois conforme o próprio Olavo já comentou, a oposição está muito aquém de combater essa hipnose social do populismo messiânico do lulismo.

  120. Emilio

    -

    02/09/2013 às 22:07

    Não é somente uma leitura proveitosa, é também muito divertida. Não fico sem ler estes dois, Reinaldo e Olavo. Vida longa!

  121. João Pitella Junior

    -

    02/09/2013 às 22:02

    Caro Reinaldo,

    Você é um gênio. Concordo com tudo o que você escreve e sou fã do Olavo também. Tenho todos os livros que vocês já publicaram. Só estou com uma pulga atrás da orelha: o título deste novo livro do Olavo não subestimaria demais a inteligência do leitor? Achei um pouco agressivo, mas espero que eu esteja errado. Sucesso a vocês na destemida luta diária contra a burrice reinante. Abraço, João.

  122. Winston Smith

    -

    02/09/2013 às 21:55

    O mestre Olavo é demais. Vou comprar meu exemplar.

  123. Buitre

    -

    02/09/2013 às 21:53

    comprei na pré-venda (altamente recomendável…)

  124. Gisele

    -

    02/09/2013 às 21:53

    Maratona para encontrar o livro nas livrarias…..lista de encomenda…chega e acaba na hora. Hoje comprei dois, um deles para presentear. O vendedor teve que ir pegar no depósito, tinha acabado de chegar. Êeeeeeeeeeee

  125. Lorival

    -

    02/09/2013 às 21:52

    Emburrecer nem sempre é um consequência de um mau governo, é o objetivo desses comunistas. Ao invés de saúde e educação, dá uns trocadinhos para calar a boca do povo, e ainda ganha voto. Vejam o caso do HADDAD, 8 anos à frente do Ministério da Educação. Destruiu todas as reformas na educação que vinham sendo feitas pelo governo sob o comando do Paulo Renato até 2002. O povo ficou mais burro com o HADDAD. Sobre o Arco do Futuro prometido durante a campanha para prefeito, mandou dizer (o HADDAD não teve coragem de mostrar a cara)que não ia fazer mais num ato de pilantragem política nunca antes visto. Passar uma tinta para fazer corredores de ónibus é mais mais barato e não dá muito trabalho. Tudo pelo “social”. Imaginem que esses comunistas que odeiam a classe média que lhes paga os salários iriam dar moleza aos “riquinhos” paulistanos. É a especialidade do comunista HADDAD, nivelar tudo por baixo.

  126. roberto caldeira soares

    -

    02/09/2013 às 21:50

    A DOENÇA MENTAL, A CORROSIVA PATOLOGIA PSICOLÓGICA E MORAL CHAMADA MARXISMO-SOCIALISMO-PETISMO…NINGUÉM DESCREVE, EXPLICA, IDENTIFICA E COMBATE MELHOR ESTA PSICOPATIA DO QUE OLAVO DE CARVALHO.ESTE LIVRO DEVERIA SER INDICADO PARA TODOS OS CONCURSOS DE VESTIBULAR DO PAÍS A FIM DE CURAR A JUVENTUDE BRASILEIRA DA MACIÇA LAVAGEM CEREBRAL QUE SOFRE DESDE QUE SAI DO VENTRE MATERNO. MAS CADÊ OS PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS ESCLARECIDOS E CORAJOSOS PARA PROPOR TAL INDICAÇÃO? E COM TODO RESPEITO POR TODOS OS NOSSOS GÊNIOS LITERÁRIOS (DRUMMOND, MACHADO, CECÍLIA, ETC.)MAS ESTE LIVRO, NO MOMENTO ATUAL, É MAIS IMPORTANTE E URGENTE DO QUE QUALQUER CLÁSSICO DA NOSSA LITERATURA. VIDA LONGA A OLAVO, REINALDO E TODOS OS QUE ESTÃO ENFRENTANDO A MAIOR CORRUPTOCRACIA DA HISTÓRIA BRASILEIRA.

  127. marco

    -

    02/09/2013 às 21:34

    Como eu gostaria de ver o Olavo no Roda Viva n precisaria nem chamar conservadores para entrevista-lo

  128. Um dia memorável!!!

    -

    02/09/2013 às 21:33

    Hoje foi um dia histórico! Rompeu-se o silêncio sobre o trabalho monumental de Olavo de Carvalho, seja como o único pensador de altíssimo nível que nos restou, seja como um incansável formador de pessoas de espírito livre. E isso só podia acontecer através de você, Reinaldo, que nunca nos deixa à deriva, neste oceano de mentiras, deturpações,roubalheira e estupidificação em que fomos mergulhados.
    Devemos muito a vocês, por salvar nossas consciências dessa putrefação!

  129. Augusto

    -

    02/09/2013 às 21:31

    Anderson Koberstein – 02/09/2013 às 20:17
    .
    Primeiro, mandar o outro ficar quieto demonstra um traço ditatorial de sua argumentação, que combina mais com os blogs esquerdistas com este aqui;
    .
    Segundo, quem falou que os protestos são para resolver? Eles são para desnudar o problema, desgastar a imagem do PT e abrir caminho para o discurso da oposição.
    .
    Terceiro e último, o fato de eu apontar uma única crítica ao Olavo, não significa que eu não reconheça a grandeza e a importância de sua obra. Veja os elogios que teci a ele nesse blog.

  130. fogoamigo

    -

    02/09/2013 às 21:31

    Brilhante.
    Vamos lê-lo e acompanhá-lo pelos sites “olavodecarvalho.org” e “midiasemmascara.org” do qual é fundador e editor-chefe
    É a oportunidade para sair do pântano que é o Brasil atual.

  131. Maria Elisabeth martins

    -

    02/09/2013 às 21:29

    Maravilha!! Estou adorando este livro.. acabei de comprar e suas disertações são geniais.. Parabéns Reinaldo por divulgar este grande escritor!

  132. Tony

    -

    02/09/2013 às 21:11

    Recebi o meu hoje à tarde, 2 edição. Comecei a ler e gostaria de parabenizar Felipe Moura Brasil, que lá de baixo dos seus vinte e poucos anos, mas de forma audaz e genial começou a organização com o tema da juventude.

  133. Paulistano na Bahia

    -

    02/09/2013 às 20:42

    FÃS DO INCANSÁVEL BATALHADOR OLAVO DE CARVALHO, NAO DEIXEM DE LER “OS EUA E A NOVA ORDEM MUNDIAL” ONDE ELE DEBATE (E ESMAGA) COM O CIENTISTA POLÍTICO RUSSO, ALEXANDRE DUGIN.
    ESTÁ NAS LIVRARIAS. É SIMPLESMENTE IMPERDÍVEL.
    IMAGINO QTOS DESSES NOSSOS ARROGANTES ACADÊMICOS, QUE ADORAM ARROTAR SEUS TÍTULOS DE DOUTORES, NAO LÊEM E ADMIRAM SECRETAMENTE OLAVO DE CARVALHO, MAS NÃO TEM CORAGEM DE ASSUMIR ISSO PUBLICAMENTE.

  134. DAVID NOMERO DE MACEDO

    -

    02/09/2013 às 20:35

    EM UM PAÍS ONDE TELEXFREE E CAPILÉXFREE PROSPERAM ……………….. A TOLICE É REINANTE.

  135. Anónimo

    -

    02/09/2013 às 20:32

    Apesar de ser um best seller, eu o encontrei, escondido numa estante baixa na Saraiva de SJC -SP

  136. Vera

    -

    02/09/2013 às 20:28

    Uns fazem da realidade a base para moldar sua filosofia (Montesquieu); outros fazem da filosofia a base para a moldar a sua realidade (Marx)

  137. Alice

    -

    02/09/2013 às 20:22

    Grande Olavo elles não querem divulgar mas os honestos divulgam

  138. Cesar Silva

    -

    02/09/2013 às 20:21

    Vida longa a Olavo de Carvalho! Vida longa a Reinaldo Azevedo! Seja bem vindo, Felipe Moura Brasil.

  139. tonio cunha

    -

    02/09/2013 às 20:20

    Vou compra-lo, pois preciso melhorar meu conhecimento, apesar de minha idade me sinto muito desatualizado. Não consigo compreender e explicar porque ainda existe esta discusao sobre comunismo e capitalismo. Vemos a todo momento que o comunismo, principalmentes seus mais ferozes defensores, sao cada vez mais proximos do capitalismo. A china hoje è uma grande Disneylandia do Capitalismo, os neo-comunistas se transformaram nos mais novo milionarios do capitalismo de estado, ou melhor do comunismo de mercado, sei la, isso é que me confunde a mente.

  140. Anderson Koberstein

    -

    02/09/2013 às 20:17

    Augusto E E os protestos resolveram os problemas essenciais do Brasil? Não, então fique quieto.

  141. fontana

    -

    02/09/2013 às 20:04

    Esclarecimento: são os de carteirinha,cracha, cartão de ponto e os ctrl-c/ctrl-v.

  142. fontana

    -

    02/09/2013 às 19:53

    Os ditos intelectuais progressistas, filósofos, sociólogos, deixam se dominar por visões surreal, utópicas, e passam a viver em um mundinho particular, quando se imaginam senhores do universo. É o caso dos adoradores do efeito do FHC …

  143. Guilherme

    -

    02/09/2013 às 19:51

    O Olavo é um dos grandes expoentes intelectuais da atualidade, o cara manja muito das tramoias da esquerda. Parabéns, Reinaldo, por divulgar a obra desse grande intelectual. Continue partindo pra cima da esquerdalha, Tio Rei!

  144. Michele da Matta

    -

    02/09/2013 às 19:43

    Olha só, Tio Rei, o que o Olavo escreveu no facebook “Muito obrigado pela resenha. Sua generosidade intelectual é imensa, proporcional à sua inteligência. Obrigado pelas palavras sinceras e estimulantes.” E os petralhas piram.

  145. juscelino

    -

    02/09/2013 às 19:39

    Ando acompanhando o Olavo de Carvalho pelo facebook, a menor dele foi mandar os esquerdalhas ajuntar os seus 40 melhores intelectualoides e desafia-lo para um debate. adivinha se aparece alguém.?

  146. José Arnaldo Amaral

    -

    02/09/2013 às 19:38

    O papa Francisco é o principal instrumento de Deus no enfrentamento às legiões diabólicas na Terra. Assim como Olavo de Carvalho, sob devota proteção da Virgem Santíssima e do Santo Pio de Petroccina,dá valente enfrentamento cá neste violentado Brasil às hostes do rabudo, encarnadas nas gangs do PT e caterva. Vade retro !!!

  147. James

    -

    02/09/2013 às 19:32

    O meu chegou hoje pelo correio.

  148. Tálib

    -

    02/09/2013 às 19:28

    Reinaldo,
    Comprei este livro no aeroporto de Brasília vindo a um congresso em Fortaleza.
    Olavo é um gênio.
    Suas dissertações sobre a juventude e o conhecimento (a parte de Viktor Frankl é um primor) são geniais.
    Pena que Dilma e Lula – comunistas e petistas de modo geral – tem pouco talento para leituras e, ainda que o tivessem, não alcançariam o que o genial Olavo tem a dizer. Em suma, continuariam idiotas.
    Excelente livro!

  149. Kahlil

    -

    02/09/2013 às 19:18

    Olavo de Carvalho é excepcional na luta contra o PT e os comunistas.
    Precisamos divulgá-lo o máximo possível.
    Abraços,
    Kahlil.

  150. Fabio Tagliavini Neto

    -

    02/09/2013 às 19:00

    E meus parabéns Reinaldo , a maioria dos chamados erroneamente de intelectuais não tem coragem de tecer elogios aos seus pares.Isto demonstra humildade e hombridade.

  151. Kio

    -

    02/09/2013 às 19:00

    Pensava que o mal no Brasil era passageiro. Olavo de Carvalho, fez eu perceber que não é nem o cobrador, mas o próprio motorista.

  152. Antonio Casca

    -

    02/09/2013 às 18:59

    OINC… OINC…! CAIN… CAIN…!

    Como já escrevi lá atrás, eu tenho alguns livros do grande Olavo de Carvalho e vou comprar este mais recente nesta semana.
    Considero o Olavão um grande filósofo, mas ele nunca me tirou uma dúvida que me assalta faz tempo.
    A dúvida é a seguinte: quando chutamos o rabo de um esquerdopata ou de um petralha, ou de um bolivariano, que vem a ser tudo a mesma coisa, eles saem uivando, latindo, ganindo, relinchando ou cacarejando?

  153. Fabio Tagliavini Neto

    -

    02/09/2013 às 18:58

    Esqueçam de Olavo no Roda Viva , ele detonaria todos os entrevistadores de meia pataca.A Cultura não tem ” balls” pra chama-lo!!!

  154. Elnio Franco

    -

    02/09/2013 às 18:52

    Comprei o livro na pré-venda e chegou hoje (2 Set) já na 2ª edição! Parabéns Prof Olavo! Minhas congratulações ao grande feito Felipe Moura! Ainda há uma luz no fim do túnel. E faço minhas as palavras do Tomé.

  155. Castro

    -

    02/09/2013 às 18:51

    Vida longa ao grande Olavo de Carvalho!!!

  156. karlos

    -

    02/09/2013 às 18:48

    Falta o meu, Reinaldo que Deus continue a iluminar, e nos preserve a saúde de Olavo,porque nesse deserto cultural brasileiros sobraram poucos,sugiro também a obra do saudosíssimo professor José Monir Nasse http://www.youtube.com/user/editorae vejam.

  157. ales

    -

    02/09/2013 às 18:30

    O primeiro texto que li do Olavo de Carvalho foi “O imbecil juvenil”. E não é que ele está neste livro! Obrigado!!!

  158. Rodney

    -

    02/09/2013 às 18:13

    Tenho uma profunda admiração por José Reinaldo Azevedo e Silva e pelo professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho! Agradeço a Deus todos os dias pela Vida destes dois grandes guerreiros de nosso tempo! :-)

  159. Marco Aurélio

    -

    02/09/2013 às 17:55

    Tio Rei,

    Cada dia te admiro mais pela competência, honestidade intelectual, coragem e inteligência. Continue mantendo viva a esperança dos seus milhares de leitores que acreditam num Brasil que nos orgulhe. Já comprei o livro do Olavão. Parabéns pela excelente resenha.

  160. Augusto

    -

    02/09/2013 às 17:52

    CRÍTICA: Serra estava certo e Olavo errado.
    .
    Na última pergunta do debate eleitoral, Serra criticou a tarifa de ônibus (que HOJE sabemos que foi um dos estopins dos protestos de junho), mas Olavo queria que ele falasse sobre o Foro de SP.
    .
    Vide: http://www.youtube.com/watch?v=K1mEpSANU2k

  161. Jeferson Torres

    -

    02/09/2013 às 17:47

    Seria muito interessante se Olavo de Carvalho concedesse entrevista ao Roda Viva. Muito interessante mesmo. Uma exceção em meio à regra: alguém que consegue expor as misérias do marxismo cultural com propriedade e coragem.

  162. Tomé

    -

    02/09/2013 às 17:37

    Li alguns textos abaixo sobre pessoas lamentando a briga entre o Olavo e o Rodrigo Constantino. Com todo respeito ao Rodrigo, que este baixe sua bola e entenda que ele é aprendiz ainda e tem muita estrada para percorrer antes que possa chegar aos pés do Olavo. Aliás, me preocupa que a imprensa esquerdista queira fazer do Constantino o “rosto da direita”. Trata-se de um ardil, pois embora ele seja um sujeito que fale as coisas certas, não tem ainda capacidade para desmoralizar qualquer esquerdista que esteja à sua frente, tampouco de defender seus pontos de vista com a mesma tenacidade e conhecimentos que o Olavo possui. O esquerdismo da imprensa sabe disso e adota a estratégia de abrir espaço ao Rodrigo para que pareçam pluralistas aos olhos dos incautos e, ao mesmo tempo, confiram à direita um caráter juvenil e cru. Rodrigo tem um futuro brilhante, mas ainda não é gente grande e espero que tenha humildade para entender isso. De resto, me junto aos que apelam para um Roda Viva com o Olavo de Carvalho sob a batuta do Augusto Nunes. Vai ser um evento histórico!

  163. André Serrano

    -

    02/09/2013 às 17:30

    Grande Reinaldo Azevedo… Ver este post sobre o querido Olavo de Carvalho é um presente especial. Já comprei o meu exemplar, pena que a fnac está demorando a entregar. Vamos divulgar esta obra aos quatro cantos. Grande abraço…

  164. Rafael Marcos

    -

    02/09/2013 às 17:24

    Ótima resenha Rei!!
    Já comprei este livro do Olavo e estou lendo
    Já li também O PAIS DOS PETRALHAS 2 e MANIFESTO DO NADA NA TERRA DO NUNCA

  165. toninho malvadeza

    -

    02/09/2013 às 17:21

    Todo dia vejo um vídeo do Olavo de Carvalho,e agora pretendo ler esse trabalho lindo.Só acho que ele fuma demais,…faz mal Olavo,precisamos de você.

  166. Bruno

    -

    02/09/2013 às 17:17

    Que bom!!! Ainda existe vida inteligente no país!!!! Pensei que estava tendo um pesadelo e morando em um livro do KAFKA!!!!! Contra os esquerdiotas e os politicamente corretos…..Reinaldo e Olavo!!!!

  167. Magally

    -

    02/09/2013 às 17:14

    Viva,Rei!Você,o Augusto,o Diogo,o Pondé e agora Olavo de Carvalho(que descobri graças a você) formam o time dos que pensam neste pobre Brasil!Também gostaria de ver o Olavo,além do Pondé,você e o Villa no Roda viva.Seria um banho de inteligência mostrando ao país como são diferentes as coisa quando raciocinamos.Salve!

  168. Marco Aurélio

    -

    02/09/2013 às 17:14

    Haverá um tempo, num futuro talvez distante, em que o nome Olavo Luiz Pimentel de Carvalho será homenageado como uma das mais raras e felizes ocasiões da história brasileira, onde se aliaram as maiores virtudes intelectuais, morais e culturais.

  169. Eurico Marques

    -

    02/09/2013 às 17:04

    Espantosa a clareza que um idioma pode atingir. Que delícia ler Português claro, objetivo e sem voltas. Um retrato escrito de uma crueza e verdade invejáveis.

  170. Marco Oliveira

    -

    02/09/2013 às 17:00

    Parabéns Reinaldo Azevedo,
    um livro deste calibre não pode passar despercebido, porém, na Universidade infestada de manipuladores de jovens é bem provável que nem conheçam o trabalho de Olavo, além disso, criticam sem ter lido. Enquanto isso, nas estantes da biblioteca proliferam os livros de retórica bolorenta dos socialistas e assim um estudante da área de Humanas nem é instigado a ler um liberal.

  171. Tomé

    -

    02/09/2013 às 16:57

    Esse é meu mestre. Admiro muitos outros, mas o Olavo está acime deles. Se o Brasil não fosse um país de covardes e pusilânimes, onde todo mundo sente ojeriza de um bom debate e faz de tudo para estar naquele estado de falsa cordialidade, o Olavo estaria na TV debatendo toda semana. Sucesso ao Olavo e que o prodígio Felipe Moura Brasil continue trilhando um belo caminho.

  172. Vander

    -

    02/09/2013 às 16:57

    O livro é realmente otimo

  173. Teresinha

    -

    02/09/2013 às 16:55

    Esta pequena degustação intelectual desperta a vontade de querer mais e mais. Olavo de Carvalho revela também sua bondade ao autorizar o jovem para essa coletânea.
    Quem sabe, num despertar de consciência possamos trocar todos os atuais livros do MEC e incluir os do Olavo de Carvalho, Reinaldo Azevedo.

  174. JLK

    -

    02/09/2013 às 16:45

    Acabei de receber o meu exemplar. Ja iniciei a leitura – expetacular! Recomendo!

  175. LUCIANA COSTA

    -

    02/09/2013 às 16:41

    A propósito, já estou lendo o livro. A linguagem é simples, clara, prática. Gostando muito. Imaginei Felipe Moura um homem de sessenta anos, bem calmo, sereno… rs, nunca ia imaginar vinte poucos anos, bem poucos.

  176. LUCIANA COSTA

    -

    02/09/2013 às 16:37

    amei.. juntou aqui duas pessoas que admiro completamente.
    Não conhecia os textos e estou mais do que curtindo uma realização… tá confirmado minha admiração por Olavo e por Reinaldo. Sei que pra vocês posso dizer – Que Deus os ilumine.. abços.

  177. Sergio Luis

    -

    02/09/2013 às 16:29

    Ótimo título

  178. JR

    -

    02/09/2013 às 16:28

    O meu chegou hoje!!!!

  179. Cleomar

    -

    02/09/2013 às 16:24

    Olavo, Reinaldo, Roberto Campos: “O pulso ainda pulsa”

  180. Marcio Moura

    -

    02/09/2013 às 16:22

    parabens Reinaldo, pessoas como voce e Olavo de Carvalho mostram ao mundo que no Brasil ainda existe espaço para pessoas que pensam.

  181. Susie

    -

    02/09/2013 às 16:02

    Descobri Olavo de Carvalho na internet, procurando sobre Nova Ordem Mundial. Fiquei fã e vi todos os vídeos disponíveis, passei a acompanhar o True Outspeak, agora mensal, uma pena, e o Mídia Sem Máscara, além da pagina no facebook e garanto que já estou menos idiota. Continuo a insistir!

  182. Anónimo

    -

    02/09/2013 às 16:00

    As Bibliotecas da Usp, Unesp e Unicamp, UFOP, UFMG, UFABC,FGV, UFRJ, Unb, UFRGS,PUC SP,etc. estão proibidas de adquirir essa bíblia direitista para seus acervos. Os fessores marxistas avisam que não deixaram que ela subverta as cabeças ocas das suas mafaldinhas e dos seus mafaldinhos.

  183. Fernanda

    -

    02/09/2013 às 15:58

    Que bom ler sua resenha Reinaldo! O meu livro já encomendei, pois fui à livraria e contaram que em poucos dias o estoque esgotou.

  184. Blog and Roll

    -

    02/09/2013 às 15:41

    Ótima dica, Reinaldão!

  185. Isaac Ramos

    -

    02/09/2013 às 15:41

    Chamem o Olavo pro Roda Viva !!

  186. André Luis

    -

    02/09/2013 às 15:41

    Excelente resenha, excelente livro. Ainda há homens de bem!

  187. Antunes

    -

    02/09/2013 às 15:41

    Engraçado o comentário abaixo sobre o isolamento. Acho que não deve ser esse o nosso destino, pois crescem as pessoas com acesso à informação, e teóricamente a chance de novos relacionamentos de amizade construtivos. Mas na prática, percebe-se que hoje pensar é criticado no Brasil. Eu sou hostilizado em meu círculo de amizades por criticar o Governo! Por não acreditar nos jargões entre esquerda e direita, o discursos fascistóides contra a elite… Como sou Médico, também sinto hoje a hostilidade contra minha classe professional, afinal, somos insensíveis em busca de dinheiro, e nos recusamos a trabalhar nos rincões… Chegará o momento que vozes dissidentes serão acusadas com provas forjadas, e amigos do regime poderão fazer o que quizerem, amparados por um Sistema Judiciário parcial, garantidor da impunidade…

  188. Gabriel

    -

    02/09/2013 às 15:41

    Baita texto, Reinaldo!

  189. Paulo Anjos

    -

    02/09/2013 às 15:39

    Voce deve concordar com o video de Olavo no You-tube “MÍDIA, CONTROLE DA MENTE, ENGENHARIA SOCIAL – LAVAGEM CEREBRAL”
    pois é a pura verdade.

  190. ANGELO SANTOS

    -

    02/09/2013 às 15:36

    Olavo de Carvalho, e Reinaldo de Azevedo, na mesma pagina, muita coisa boa junta, gostaria muito de ver os dois juntos em algum lugar, só para eu ficar ouvindo esses dois homens de coragem falando aquilo que quase ninguém tem coragem de falar ! Obrigado Reinaldo já salvou a minha segunda-feira !

  191. "3ª VISÃO"

    -

    02/09/2013 às 15:26

    Reinaldo e todo mundo : boa tarde !! Comecei minha tarde na internet pelo Estadão. Dei uma risada quando li que a Dilmá convocou o Gilberto de Carvalho para ver o que farão com os EEUA e a espionagem deles !!! Mas não é uma piada ???Já não bastaram as caras e bocas do
    Cardoso,ontem no Fantástico,’denunciando’ a espionagem americana como ‘inaceitável’ e blá, blá ??? Então pensei,após ler a hilária manchete do Estadão :’–Vamos ver o que o Reinaldo diz sobre isso !’ Mas deparei-me-logo de cara- com o magnífico texto sobre Olavo de Carvalho e seu mais recente livro.(Vou comprá-lo!) Muito bom tudo : Olavo, livro e texto do Reinaldo !!! Aí vieram-me à mente algumas histórias que me infernam a vida.Sim ,infernam ,porque as escuto de gente do povo,simples e ignorante e que,portanto,deveria estar aprendendo os valores universais, deveria estar aprendendo a raciocinar com Aristóteles e os gregos, deveria estar aprendendo DIREITO (é estudante de direito,a tal pessoa …deveria estar praticando a religião da verdade e dos bons costumes ),mas que, graças às inúmeras bolsas de ‘pro-uni’ e ‘pro qualquer coisa da vida’ (financiadas por mim ,você e nós todos )estão aprendendo as ‘verdades tortas’ a que se referem Olavo e Reinaldo. Realmente, desde que me entendo por gente,descobri que ‘nestepaís’ há uma verdade oculta, que todo mundo sabe, e uma verdade de mentirinha,que todo mundo finge que é verdade. . Agora , nestes tempos bárbaros de PT e comunistóídes mil ,inventaram outro tipo de ‘teatro do absurdo’ : criam ‘estórias’ fictícias com pinceladas de verdades em cima,que é para dar uma certa veracidade ás coisas, e entopem o povão ignaro com tais factóídes. Disseram,em aula de direito , a esses alunos capturados na base do pró-uni, (1)que a burca ,e seu uso, é um dado cultural lá deles,assim como,aqui, o uso do fio dental é um dado cultural cá nosso….Ora, argumentei : ” O que deveriam ter ensinado a vocês é que ,aqui, usa fio dental quem quer usar…e lá o uso da burca é obrigatóro ! Logo,trata-se de liberdade-um bem maior e universal- e não simplesmente de uma escolha cultural !’(2) A ‘professora-doutora’ de matéria do curso de direito ensinou,em sala de aula que, se a Suzane Von Richtoffen e os irmãos Cravinho a tivessem consultado antes de matar os pais dela-a ela,a dita ‘professora-doutora’ eles teriam garantido seu direito de receber a herança dos pais da Suzane, simplesmente porque ela, a tal ‘professora-doutora’ os teria aconselhado a primeiro procriar e depois matar….!!!! Argumentei que alguém que ensina algo assim deveria ser preso, deveria cumprir pena na Papuda, ao que a dita ‘aluna’ contra-argumentou : ‘Ah,mas ela é famosa,vive dando palestras em Universidades por aí…” (3) A tal ‘aluna capturada pelo pró uni’ disse-me assim ,sem mais nem menos que ‘se alguém tiver em seu poder alguma coisa de valor pertencente a outra pessoa, esse ‘alguém’ pode exigir uma quantia da 2ª para devolver a coisa em seu poder….’Pasmei de novo, pedi qual lei é essa, que nº e tal…Ela me mandou,semanas após, artigos do CCB,que tratam de descoberta de coisas e que,em nenhum momento sugerem ter ,o que está de posse da coisa achada , o direito de só devolver a coisa mediante paga.( Quem quiser,leia o disposto nos artigos 1233 a 1237,Seção II, da Descoberta e verifiquem como as coisas estão sendo distorcidas ‘nestepaís’. É,realmente, de desesperar !!

  192. Francisco

    -

    02/09/2013 às 15:24

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  193. Guilherme Macalossi

    -

    02/09/2013 às 15:22

    Os petralhas piram com essa resenha.

  194. André Flandres

    -

    02/09/2013 às 15:18

    Olavo de Carvalho e Reinaldo Azevedo: eu queria ter a inteligência, a cultura e a coragem desses homens.

  195. Mauro

    -

    02/09/2013 às 15:15

    O lula disse que nao le livro pq lhe dah sono.

    Intelectual pra Folha de Sao Paulo eh o tal do Capileh, aquele do coletivo, soviets em linguagem de presidio.

    Acho que o Olavo de Carvalho deve ser o maior intelectual que jah existiu no Brasil. E talvez ateh no mundo hoje. Seria um forte candidato a bola de ouro da filosofia, da alta cultura, da politica e do humor, tudo numa pessoa soh. Mas a FSP prefere o Capileh…

  196. Rafael.C.P.

    -

    02/09/2013 às 15:14

    Acabei de comprar!!! Recomendo também o PRIVATIZE JÁ!

  197. Léa Nilse Mesquita

    -

    02/09/2013 às 15:13

    Reinaldo, graças a Deus, existe essa voz que clama no deserto de nossa mídia, a sua, que fura o bloqueio do silêncio sobre Olavo de Carvalho e seu trabalho, esse trabalho que ilumina as consciências de quem o acompanha. Graças a Deus, pude conhecer vocês dois na “Bravo” e “República” e,assim, a duras penas e “punições” (dos amigos que se afastaram, dos trabalhos que fui perdendo), tive oportunidade de restaurar (ainda que de forma falha e trôpega) as conexões entre minhas percepções e o meu pensamento, entre minha alma e minha expressão. Por isso, nunca me cansarei de agradecer a vocês dois, inclusive por achar abençoado o isolamento em que me encontro, transpondo “a necessidade de afeto” que tanto determina as as nossas ações aqui (como o Olavo comenta; também sempre me regozijarei de vê-los reunidos num texto (como aqui) como reunidos chegaram e estão no meu pobre coração.

  198. Andre (SP)

    -

    02/09/2013 às 15:11

    RODA VIVA COM OLAVO DE CARVALHO! O Augusto Nunes bem que poderia arriscar o impossível…

  199. Vinícius Dantas Cangussu

    -

    02/09/2013 às 15:09

    Parabéns, Tio Rei!

    Reconhecer a grandeza e o trabalho de um homem, mesmo quando a pessoa não concorde com 100% das coisas que diz, é um sinal de virtude das mais elevadas. Afinal, para reconhecer o verdadeiro talento é preciso tê-lo; para não reconhecer basta a burrice e a ignorância.

    Fiquei feliz quando leio um mestre (Tio Rei) elogiando outro mestre (Olavão).

    E vamos embora que o Brasil não pode parar.

  200. Arthur Mc

    -

    02/09/2013 às 15:08

    Grande, Reinaldo! Grande, Olavo!

  201. Rodrigo Ruotolo

    -

    02/09/2013 às 14:58

    Perfeito Reinaldo! Providenciando…

  202. Robson

    -

    02/09/2013 às 14:57

    Alguém poderia me fazer um favor? Comprar um exemplar do livro, e mandar para a residência da Marilena Chauí? “A ironia é a vingança dos fracos”

  203. Daniel Alves da silva

    -

    02/09/2013 às 14:54

    clareza e firmeza nos fatos, que os que tem o poder escondem da massa, maravilhosa leitura e como descobrir um mundo novo.

  204. Alexandre Gama

    -

    02/09/2013 às 14:53

    Parabéns pela resenha, Reinaldo. Uma atitude justa e até corajosa, pois ciente de que a canalha buscará, como sempre faz, enxergar uma “conspiração de direita”, ou uma “unidade de ação” entre vocês, coisa daquela gente-rebanho. Aproveito para me alistar no pelotão dos que querem o Olavo no “Roda Viva”, obrigatoriamente rodeado por alguns “Emirados Sáderes” (mas o convite a esses valentes teria que ser feito com uma câmera na mão, para registrar as expressões de horror, hehehe…). Insiste lá com o Augusto Nunes, pô! Abração!

  205. odair

    -

    02/09/2013 às 14:50

    ÓTIMO COMENTÁRIO, VOCÊ E O OLAVO SÃO OS JORNALISTAS QUE ACOMPANHO DIARIAMENTE.

  206. ral

    -

    02/09/2013 às 14:48

    Mesmos os que não concordam com as ideias de Olavo devem comprar o livro.Afinal ninguém gosta de ser idiota.

  207. Augusto

    -

    02/09/2013 às 14:46

    Para o nosso DELEITE:
    .
    “OLAVO DE CARVALHO ESCULACHA ESQUERDISTA/COMUNISTA”.
    .
    http://www.youtube.com/watch?v=sajguUZoJpI
    .
    QUE DELÍCIA!!!
    .
    Chorem Chauí, Sader, Altman e companhia!

  208. o desPTtizador

    -

    02/09/2013 às 14:43

    Esse livro deveria ser lido e relido por 55 MILHÕES DE ELEITORES OptÁRIOS!

  209. Flavio

    -

    02/09/2013 às 14:39

    o brasil que pensa agradece!

  210. nana

    -

    02/09/2013 às 14:34

    Bela homenagem a Olavo de Carvalho. Diz bem o homem que você é, Tio Rei.

  211. Adonias-PB

    -

    02/09/2013 às 14:23

    Gostei muito da ideia: Olavo de Carvalho no Roda Viva o mais breve possível! Creio que com Augusto Nunes no comando do programa poderemos vê o profº Olavo naquele programa para o bem da inteligência nacional.

  212. Mauricio

    -

    02/09/2013 às 14:19

    Belissimo texto!
    Sempre com as palavras certas!

  213. wal

    -

    02/09/2013 às 14:15

    Lembro q na faculdade os professores falavam mal d e Olavo Carvalho, tinha um q babava de ÓDIO, isto me chamou atenção, fui ver quem era Olavo de Carvalho fiquei fascinada,é simplismente um dos caras + brilhantes e cultos desta geração, qdo o leio tenho a impressão q daqui a centenas de anos as pessoas ao lerem seus textos verão q ele estava certo na maioria das coisas, ja encomendei o livro.

  214. Executante

    -

    02/09/2013 às 14:12

    02/09/2013 às 12:52, perfeito comentário. Somos bem-humorados,inteligentes e nem sempre pensamos da mesma forma. Pensamento único é coisa de quem tem o cérebro sob tutela da ideologia ou do capilé.

  215. Davi

    -

    02/09/2013 às 14:12

    ENFIM, BOA NOTÍCIA SOBRE ÍNDIOS: ELES NÃO DEPENDEM DO GOVERNO E NEM DAS ONG´S:
    http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/-ilha-de-prosperidade-aldeia-guarani-produz-tudo-sem-depender-da-funai

  216. Duque

    -

    02/09/2013 às 14:08

    Taí, gostei da idéia do Professor Olavo de Carvalho no Roda Viva. Como disse um comentarista abaixo, viraria um “cult” como diversos outros vídeos dele na internet tem virado. Por falar nisso, alguém sabe se existe vídeo de um debate dele como o Stedile, em 1997?

  217. Jose Carlos

    -

    02/09/2013 às 14:08

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  218. Gione Oigen

    -

    02/09/2013 às 14:05

    Vamos comprar, ler, presentear. Quem sabe espalhando essa luz possamos formar um contingente de cabeças pensantes de melhor qualidade e multiplicar a luz.

  219. Bruno D

    -

    02/09/2013 às 14:05

    Olavo no Roda Viva? espero que ele faça o por video conferencia e nem coloque os pés aqui no brasil, com certeza ele vai sumir, assim como fizeram com o da bengalada o Yves Hublet.
    Livro do Olavo na grande mídia? Só o Reinaldo mesmo! Vlw!

  220. Olavo Luiz Carváliu

    -

    02/09/2013 às 14:02

    Quando é que o Augusto Nunes irá até a Virgínia para fazer um Roda Viva especial com Olavo?

  221. Janga

    -

    02/09/2013 às 14:02

    Já estou comprando o meu!

  222. Mauri F. Guimara

    -

    02/09/2013 às 13:55

    Meu exemplar chegou hoje. Estou pensando em dar de presente a um amigo petista e alucinado.

  223. fan_do_cara

    -

    02/09/2013 às 13:52

    Fico imaginando Lula tentando ler uma página do livro…

  224. Jorge Dondeo

    -

    02/09/2013 às 13:51

    O professor Olavo é f…!

  225. nei Brasil da paz...

    -

    02/09/2013 às 13:51

    Ele já leu mais livros que o Lula!

  226. Edvaldo Nunes

    -

    02/09/2013 às 13:50

    Algumas considerações:

    Leitura obrigatória do livro Pais dos Petralhas e do livro do Olavo para o ENEM. Seria isso possível?
    Seria possível leituras como essa no EIXO DO COMUNISMO, LINHA VERMELHA (LEIA-se: PUC-USP E UNIVERSIDADES FEDERAIS)?
    Por quê o silêncio dos meios de comunicação sobre o livro de Olavo, como afirma o autor da coluna? Não me recordo da resenha na *olha & **tadão?
    Será que hoje temos MAIS CENSURA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO QUE NO REGIME MILITAR, como afirma Olavo?
    Será que publicações que seguem a linha de Reinaldo Azevedo e Olavo SERIAM APENAS VÁLVULAS DE ESCAPE NO BRASIL a fim de esconder o regimes Socialista desta república bolivariana?
    Hoje a censura no Brasil, INCLUINDO PUC-USP E UNIVERSIDADES FEDERAIS, é DESESTIMULADA ao invés de COERCITIVA-OBRIGATÓRIA?
    A PARTE QUE MAIS GOSTO:

    ESQUERDEOPATAS: GRAÇAS A TECNOLOGIA DESENVOLVIDA POR CAPITALISTAS QUE HOJE TEMOS MEIOS DE ACESSO A INFORMAÇÕES “DITAS PROIBIDAS” PELO SISTEMA! Internet é a campeã delas, vide este blog! Esquerdeopatas as adoram, sem nunca terem produzindo nenhuma, a não ser PELA MIRA DE UM FUZIL!

  227. Adonias-PB

    -

    02/09/2013 às 13:50

    Em tempo: sabendo do passado nada abonador de figuras importantes do governo brasileiro (e da própria presidente ex-terrorista), acho justo o sistema de inteligência americano fica de olhos bem abertos por aqui. Eles são mais afeitos à causa da liberdade do que esses militantes de esquerda.

  228. Tau

    -

    02/09/2013 às 13:49

    Muito bom.

  229. Adonias-PB

    -

    02/09/2013 às 13:47

    Grande Rei!!! Muito bom ver dois dos grandes expoentes do Brasil Decente amigos e unidos em prol da liberdade no nosso país! Olavo é uma das mentes mais brilhantes brasileiras, que não encontra guarida no fétido ambiente esquerdista do debate público.

    Rei, mudando de assunto: agora que os lerdos do governo descobriram que exite espionagem entre governos no mundo??!! Ohh, quando vão se dar conta que o céu é azul…. Pense num povo atento e competente, só rindo mesmo!!!

  230. PALCOSCENICO

    -

    02/09/2013 às 13:47

    Não seja um idiota – veja a “FOTO DO DIA” – ‘DILMA’ POSA AO LADO DO “EX” (será?) NARCO-TRAFICANTE e com história de mortes pelas costas: o atual Presidente DO SURINAME, cujo filho brasileiro, foi preso pelos mesmos motivos no Panamá, dias atrás. Veja esta foto dos amigos de DILMA e do PT em: http://www.flickr.com/photos/pietro_mascagni

  231. JOSE FREITAS OLIVEIRA - FORT/CE

    -

    02/09/2013 às 13:46

    ….Parabéns em homenageá-lo um grande jornalista.A união da lógica é o antídoto da infundamentação do axioma.

  232. Augusto

    -

    02/09/2013 às 13:44

    O Professor Olavo me ensinou que a ARTE RETÓRICA DE UM PALAVRÃO BEM COLOCADO marca a convicção do falante, paralisa o oponente e transmite sinceridade aos espectadores.
    .
    .
    Um verdadeiro oásis nesse mar enfadonho do “politicamente correto” em que vivemos!
    .
    .
    #Olavo no Roda Viva: EU ACREDITO!!!

  233. karlos

    -

    02/09/2013 às 13:38

    O próprio Olavo a anos alerta para espiral do silêncio eis ai um exemplo pratico,a luta sera gigantesca para colocarmos todos esses picaretas em seus lugares.

  234. Alex Wie

    -

    02/09/2013 às 13:37

    Não me causa supresa um livro esclarecedor e deste porte, não ser divulgado da forma que merece.Enfim o brasileiro é um bovino mesmo

  235. leandro

    -

    02/09/2013 às 13:32

    Ele é o cara mesmo.
    Sempre que posso leio seus textos no http://www.midiasemmascara.org e no http://www.dcomercio.com.br/index.php, e tem muitos vídeos no youtube…
    Com certeza fiquei menos idiota depois de ouvi-lo.
    Belo texto, parabéns!

  236. zecamarques

    -

    02/09/2013 às 13:32

    Olho e só vejo areia movediça em volta formada por governos e cidadãos abjetos !

  237. carlos

    -

    02/09/2013 às 13:29

    Excelente texto!
    Irei comprar o meu!

  238. PARTIDO DA ORDEM E PROGRESSO

    -

    02/09/2013 às 13:27

    MESTRE …

  239. Luiz de Almeida

    -

    02/09/2013 às 13:26

    Excelente análise. Vivemos num país que optou pela mediocridade em nome do populismo desvairado que não leva a lugar algum.Não leva porque os que estão no poder não têm capacidade de visão global. Optaram pelo chavismo que solapa a Venezuela a ponto de não se ter papel higiênico para que o povo possa fazer sua higiene. As elites brasileiras estão muito preocupadas é com o bolso!

  240. LC

    -

    02/09/2013 às 13:26

    Esse escritor merece um reconhecimento de sua obra…
    Parece que existe uma patrulha e um preconceito contra ele devido as suas posições políticas conservadoras e suas críticas ao meio cultural brasileiro…
    Olavo deveria pertencer a ABL, se esta entidade não fosse tão estranha e marketeira a ponto de estarem tramando a eleição de Jõ Soares ( rs )…

  241. Nico

    -

    02/09/2013 às 13:21

    Já comprei o meu!

  242. Rubens Souss

    -

    02/09/2013 às 13:16

    É isso ai Reinaldo, temos que divulgar bastante. Até sair em algum jornal. Uma vergonha, livros que venderam muito menos saem em jornais. E este – que além de muito bom -, está entre os mais vendidos e os jornais não dão uma linha!

  243. B

    -

    02/09/2013 às 13:16

    Não é por ser geômetra que tenho que ser um triangulo (atribuída a Pitágoras)

  244. Paulo Amorim

    -

    02/09/2013 às 13:13

    Aristóteles Brasileiro – 02/09/2013 às 9:23
    Excelente comentário!! Daqueles que a gente aprende mais uma: “desafio milenar da Esfinge de Tebas:
    DECIFRA-ME OU DEVORO-TE!”.
    Compartilhei no meu Facebook junto a este artigo!!

  245. Santana*100

    -

    02/09/2013 às 13:11

    Vou comprar imediatamente. – Olavo de Carvalho é o maior pensador do Brasil!

  246. Paulo Amorim

    -

    02/09/2013 às 13:11

    Lendo metade dos comentários, percebi duas coisas – a partir da total ausência de opiniões ‘dislikes’:

    1) Esquerdistas DEBANDAM do debate – ainda mais quando o opositor é um Reinaldo Azevedo e um Olavo de Carvalho!!!

    2) Incrível como nessa ausência de esquerdistas, a discussão ficou limpa de escritos disfuncionais – tão corriqueiros nas postagens por aí afora… – tanto pelo analfabetismo gramatical quanto pela imbecilidade das ideias!!!

    Pô, Reinaldo! Mexe os pauzinhos aí:
    Roda Viva e Páginas Amarelas com Olavão, já!!!

  247. Leandro Diniz

    -

    02/09/2013 às 13:10

    “Leia esse livro de Olavo de Carvalho. Ninguém, no Brasil, escreve com a sua força e a sua clareza. Tampouco parece fácil rivalizar com a sua cultura, fruto da dedicação, do trabalho no claustro, da aplicação, não da busca de brilharecos. Leia Olavo: contra o ódio, contra o óbvio, contra os idiotas e a favor de si mesmo.”

    É isso Reinaldo! Há cerca de seis anos descobri o Prof. Olavo – um dos únicos filósofos de nosso tempo. As aulas de graduação do curso de economia na UFMG se tornaram intragáveis. Se sou menos estúpido hoje, é graças a este grande homem, que me apresentou Eric Voegelin, Gabriel Honoré Marcel e Louis Lavelle, para citar uns poucos.

    Isto para não falar do Seminário de Filosofia, sem o qual ainda seria um completo idiota, enganado pelos esquerdistas que infestam as universidades brasileiras.

  248. Simao Bacamarte

    -

    02/09/2013 às 13:09

    Reinaldo, Olavo, Diogo, Augusto e Pondé: Obrigado por vocês iluminarem o debate político brasileiro.

  249. Rodrigo

    -

    02/09/2013 às 13:03

    Talvez eu já tenho lido todos os artigos desse livro, mas lê-los em livro é diferente. Quem gosta de comprar livro sabe do que estou falando.

  250. Memyself

    -

    02/09/2013 às 13:00

    VOu comprar. Vou ler. Vou comprar mais e dar de presente. Algumas pessoas merecem a tentativa de salvá-las. ;-)

  251. Jacob

    -

    02/09/2013 às 12:57

    Reinaldo,

    Estava já pensando com meus botões que demorava um comentário teu ao novo livro de Olavo de Carvalho. Mas me enganei.

    Foi um belo escrito. E pensar que nosso país obteve a genorosa concessão divina de ostentar, entre seus filhos, homens como Olavo de Carvalho e Mário Ferreira dos Santos.

    Quando nem o pó testemunhar nossa presença pelo mundo, Reinaldo, provavelmente esses dois nomes testemunharão que houve um país chamado Brasil.

  252. Nádia

    -

    02/09/2013 às 12:55

    Essas observações/considerações de Andrei Pleshu sobre Brasil/brasileiros são perfeitas !!! Penso frequentemente a respeito disso mas não consegui jamais expressar com essa clareza. É exatamente isso.. e é uma das características que mais me tira a esperança de que um dia as coisas sejam diferentes por aqui. Costumo pensar em educação como (quase único) remédio para todos os males.. mas, isso é algo que seria atingido pela educação..?
    Olavo de Carvalho é “hors concour”. Não consigo, infelizmente(acho), aceitar absolutamente tudo, mas isso não diminui minha admiração e respeito. Ele é além do pensador formidável que, querendo, fala língua compreensível pela grande maioria das pessoas… um vidente, profeta, no sentido de conhecedor do futuro. Um inteligente. Gente de verdade com a faculdade de inteligência sem essa “solidariedade no fingimento” que acaba com as possibilidades e de que muito pouca gente está livre, por aqui.

  253. Augusto

    -

    02/09/2013 às 12:52

    Eu torço para que Olavo de Carvalho e Rodrigo Constantino NÃO façam as pazes!
    .
    É isso mesmo, NÃO FAÇAM AS PAZES!
    .
    É muito bom ver um Olavo dizer que nós estamos f… tendo Constantino como intelectual da direita e este chamando o primeiro de “astrólogo embusteiro”.
    .
    Hehehehe…
    .
    O direito ao dissenso É UM VALOR DA DIREITA!
    .
    É do fato de a gente quebrar o pau entre nós, que vem a nossa força!
    .
    Só não pode haver ressentimento!
    .
    Esse negócio de agir como ORDEM UNIDA é coisa dos falangistas esquerdistas!

  254. Onde está o tal túnel?

    -

    02/09/2013 às 12:47

    Se não acredita, esqueça o que vai ler aqui. Se tiver fundamento, passe cópias adiante, para que seus AMIGOS sejam orientados a tomarem uma ATITUDE para salvar nossa Pátria e nossas crianças. Não se deixe mais ENGANAR pelos calhordas que se eternizam no poder à custa do SEU voto. O que vai ser relatado abaixo pode estar acontecendo com VOCÊ, com alguém da família ou um amigo mais chegado.

    1) Nos formamos (apesar das dificuldades) e não encontramos colocação no mercado de trabalho. FALTA política de EMPREGO.
    2) Quando ficamos doentes, enfrentamos filas na madrugada, não conseguimos vagas nos hospitais nem remédios. FALTA política de SAÚDE.
    3) Os produtos básicos e os serviços essenciais aumentam de 8% a 20 % ao longo do ano. Nosso salário, no máximo, 3 %. Dos legisladores, acima de 60%. FALTA política SALARIAL.
    4) Não podemos pagar mensalidade escolar e livros para nossos filhos. Faltam vagas e professores na rede pública. Alunos são “aprovados” com média menor que cinco. FALTA política de EDUCAÇÃO.
    5) Para comprarmos nossos utensílios e roupas, pagamos prestações por 2 anos com altos juros, enriquecendo capitalistas acima do viável. FALTA política de PREÇOS.
    6) Quando vamos à rua, somos assaltados sem dó nem piedade. Tomam-nos o que demoramos anos para comprar com esforço. FALTA política de SEGURANÇA.
    7) Quando cometemos um deslize, somos julgados culpados e jogados em prisões irrecuperáveis. Ricos ficam LIVRES. FALTA política de JUSTIÇA.
    8) Se tentamos denunciar tais fatos no rádio e na TV, não nos dão espaço para isto, pois incomoda aos poderosos. FALTA LIBERDADE ao POVO.

    Os impostos são inventados e aumentados na mão grande. Os valores arrecadados são desviados para: salvar BANCOS falidos, USINEIROS devedores do INSS, EMPREITEIRAS, donos de escolas particulares, de planos de saúde e fundos de campanhas eleitorais.

    Observe estas diferenças entre VOCÊ, que é do povo e os políticos, que se consideram uma raça superior:

    POVO

    Ganha 1 a 3 salários mínimos.
    Recebe 13o. com atraso.
    Trabalha 5/6 dias por semana.
    Se esfola 10 a 14 horas por dia.
    Se aposenta após 35 anos de árdua jornada.
    Recebe apenas 40% do INSS.
    Mal consegue andar em trem lotado.
    Vai preso se rouba 1 kg de arroz.

    POLÍTICO

    RECEBE de 40 a 80 salários mínimos por mês.
    Tem mais 2 salários gordos por “convocações” extras.
    Embroma 3 dias por semana. Só se cansa quando tem de ir buscar o “mensalão”.
    Esvoaça 6 a 8 horas no Congresso.
    Se APOSENTA após 8 ANOS de mordomia.
    Desfruta de 5 viagens mensais grátis de AVIÃO.
    SOME com o orçamento da União.

    Com METADE do dinheiro que foi desviado em centenas de mutretas, pagaríamos a DÍVIDA EXTERNA. Com a outra metade, teríamos melhores escolas, hospitais, estradas, polícias. Os Funcionários destas entidades seriam remunerados com justiça e produziriam um BRASIL melhor.

    Quando Collor contrariou interesses dos líderes da quadrilha e outros da corriola, a Rede Bobo comandou violenta campanha para tirá-lo do Governo. Foram “apoiados” por varias entidades que se dizem defensoras do Povo, tais como: ABI, ABL, OAB, Bispos do Brasil e outras B’s. E agora?

    Onde estão estes grupos? Por que não nos ajudam agora, que estamos sendo SANGRADOS e cada vez mais perdendo Qualidade de Vida? É simples: também estão se beneficiando de NOSSA MISÉRIA.

    Como nossos FILHOS vão viver dentro de 20 anos, se em todas as eleições os candidatos são sempre os MESMOS?

    Os torcedores de futebol protestam contra as armações dos cartolas, NÃO COMPARECENDO aos estádios!

    Você pode fazer algo similar para protestar: VOTANDO NULO!

    De imediato não vai resolver os problemas nacionais. Mas certamente exibirá a placa que aponta para a entrada do tal túnel onde dizem que lá no fundo ainda brilha!

    Nossa sociedade é um colosso. Sobrevive no fundo do poço! QUEM SE MANIFESTA NÃO ACEITA O QUE RESTA! (Haroldo P. Barboza-Alerta Total) Karina

  255. Virgínia

    -

    02/09/2013 às 12:44

    Seu texto é genial, Reinaldo! Obrigada pela indicação: o livro do Olavo será minha próxima leitura!

  256. Edina

    -

    02/09/2013 às 12:44

    Num país que teve um presidente (e ainda influencia os destinos da nação), que se orgulha de seu próprio analfabetismo, não dá para se esperar grande coisa, a não ser uma grande armação como esse tal programa Mais Médicos. Infelizmente, estamos órfãos de representantes políticos que possam mudar os destinos que se anunciam. Produzir “idiotas” faz parte desse governo petista; então o convite de Reinaldo vem em boa hora: vamos ler Olavo de Carvalho, vamos difundir seu pensamento, vamos criar um círculo virtuoso de alta cultura para mudar o destino este país.

  257. Henrique Simões

    -

    02/09/2013 às 12:43

    Obrigado pelo texto, Reinaldo. E pela divulgação. Depois de ler as primeiras 100 páginas, já não tenho dúvidas de que esse aí eu vou dar de presente para muitos amigos meus!

    Grande abraço!

  258. Anónimo

    -

    02/09/2013 às 12:43

    Ver elogios ao Olavo de alguém do calibre do Reinaldo Azevedo prova que nem tudo está perdido.

  259. Alex

    -

    02/09/2013 às 12:41

    A ENTREVISTA REALIZADA COM O ORGANIZADOR DO LIVRO, FELIPE MOURA BRASIL.

    http://www.youtube.com/watch?v=KZJDWuUrC24

  260. Edelberto

    -

    02/09/2013 às 12:40

    Parabéns pela divulgação Reinaldo!! Este livro precisa ser lido em voz alta na mesa de jantar!
    Estou na metade e não dá vontade de largar.

  261. CW

    -

    02/09/2013 às 12:39

    Que alivio! Um pouco de politicamente livre e intelectualidade pessoal, para sair do marasmo da ditadura filosófica!

  262. WEIMAR

    -

    02/09/2013 às 12:38

    A História Essencial da Filosofia, de Olavo, em 32 DVDs, cada um acompanhado de livreto com o texto da aula, é imperdível. É uma história para iniciantes no estudo da filosofia, mas não só para iniciantes. É útil a qualquer um. É “monumental” em dois dos sentidos do adjetivo. Este destaque que aqui faço da gigantesca obra do Olavo é para estimular os mais timoratos diante de um extenso exemplar de produto intelectual. (Não me esqueço da expressão de assombro de um professor universitário, que visitava a Cremilda no seu leito hospitalar, diante das mais de 1.400 páginas de “Paidéia”, de W. Jaeger, que eu, acompanhante da paciente, levara comigo para leitura naqueles dias de internamento da Cremilda; ele assombrado com o tamanho do livro, e eu, assustado com o professor que confessava não ter disposição para ler um livro de mais de 1.000 páginas!) Não, não é a melhor coisa do Olavo, mas não pode ser negligenciada por causa da sua extensão. Vale a pena tê-la na sua biblioteca, integralmente, de preferência, nos seus 32 DVDs e livretos. Comprem-na aos poucos, se for o caso. Na Livraria Cultura ou na editora É Realizações.Comecem por qualquer volume. Tudo ali vale a pena.

    Weimar

  263. Anónimo

    -

    02/09/2013 às 12:35

    Espetáculo! Comprem para seus filhos, sobrinhos, netos, primos, avós, amigos e é claro presenteie seu amigo esquerdopata com esse livro no natal.

  264. Walker

    -

    02/09/2013 às 12:33

    PARABÉNS PARA VOCÊ E LONGA VIDA AO MESTRE OLAVO DE CARVALHO!!!
    No tempo que eu ainda lia o globosta, me deliciava com a erudição e com a pena do MESTRE!! Confesso que o achava louco… LOUCO ERA EU DE ACREDITAR NA MÍDIA MAINSTREAM! Tudo o que ele escrevia ou falava, simplesmente TUDO, se concretizou! Não senhores, não se trata de um profeta, mas de um GIGANTE INTELECTUAL, sem pose, sem medo, SEM MÁSCARA! Um buscador da verdade! Um libertador! Depois que se conhece a verdade, e as mentiras da mídia tupiniquim, essa absolutamente ridícula laia de mentirosos e puxa sacos compulsivos, nuca mais se volta ao estado de cegueira anterior! Certa feita Deus disse: ” Conhecerás a verdade e a verdade vos libertará”!

  265. Adonias Schwartz

    -

    02/09/2013 às 12:30

    Desde que passei a ler Olavo de Carvalho e Reinaldo Azevedo meu horizonte intelectual se vem expandindo. Não me interessava por filosofia ou política até descobrir essas duas vozes que gritam os crimes daqueles que estão determinados a implantar uma nova ordem social. Parabéns e obrigado por me libertarem do claustro da ignorância.

  266. M.Valvemark

    -

    02/09/2013 às 12:29

    Caro Reinaldo Azevedo,
    Texto irretocável do Pondé sobre o programa Mais Médicos do Governo Federal.
    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizfelipeponde/2013/09/1335414-o-fascismo-do-pt-contra-os-medicos.shtml

  267. GamoR1

    -

    02/09/2013 às 12:29

    Vamos ler, e também é uma boa ideia para presentear amigos no final do ano que já está à porta.

  268. Durval de Santana Soares

    -

    02/09/2013 às 12:29

    Reinaldo, se você recomenda, então é coisa boa. Eu comprei o meu e estou ansioso para chegar em casa e começar a ler.
    O Brasil ainda tem grandes pensadores livres e inteligentes: Reinaldo Azevedo e Olavo de Carvalho.
    Sou muito feliz e aliviado de conhecer um pouco de vocês dois.
    Vou rezar por vocês também! Abração!

  269. Augusto

    -

    02/09/2013 às 12:26

    Dizem pela internet que foi o medo de concorrer com o Google que fez a Globo guinar à esquerda e pedir a bença ao apedeuta.
    .
    Ela deve estar querendo contar com a proteção do Governo.

  270. Henrique

    -

    02/09/2013 às 12:25

    Reinaldo, parece muito bom esse livro do Olavo. Valeu pela sugestão. Aliás, também tenho uma sugestão: o texto de hoje do Pondé na Folha, sobre os médicos cubanos. Um dos artigos mais lúcidos e diretos já publicados em algum jornal brasileiro recentemente. Excelente!
    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizfelipeponde/2013/09/1335414-o-fascismo-do-pt-contra-os-medicos.shtml

  271. Burduna nelles !!!

    -

    02/09/2013 às 12:25

    Olavo não tem papas na língua e pode por seu brilhantismo e por isso mesmo é odiado pelas forças analfabetas umbralinas e trevosas. O livro será um sucesso assim como os seus. Comprei 3 para presentear amigos e claro ficar com umzinho.

  272. D.

    -

    02/09/2013 às 12:23

    Bravo, Reinaldo! Bravo, Olavo!

  273. Anónimo

    -

    02/09/2013 às 12:14

    Oi, Rei, fiquei tão feliz em ver este post hoje. Você e o Olavo são influencias fundamentais na minha formação intelectual. Eu admiro demais você e o Olavo pela coragem, sinceridade e honradez que vocês imprimem a tudo o que dizem e escrevem. Sou viciada nos programas do Olavo e apesar de todo mundo descer o pau nele porque ele diz muitos palavrões eu consigo entende-lo e acho legítimo o seu argumento. Tem uma bando de babaca que nunca leu nada do Olavo e o julga pelo programa, que é onde ele usa uma linguagem escrachada.
    Olavo é um intelectual gigante, sem parâmetro no Brasil.

    Grande Olavo!

  274. pedrao

    -

    02/09/2013 às 12:12

    Como podemos permitir que o petismo se associe ao regime cubano? Que continue a trair o povo brasileiro?
    Cuba não tem uma língua! Ela é espanhola!
    Cuba não tem uma religião! Os canalhas comunistas tentam destruir a raiz civilizatória católica!
    Cuba não tem alta cultura! Nem baixa!
    Cuba não tem os suportes que poderiam levar à prosperidade! A Economia está falida!As instituições são falaciosas!Subordinadas e controladas por um partido que carrega a carga da maior estupidez humana da história !
    Essa proximidade ,ilegal e lesa-estado,do Brasil com o regime cubano,só tem um propósito: igualar a nossa Nação à miséria daquela infeliz ilha do terror! Para esse incongruente lullo-petismo eternizar-se no poder!

  275. Duque

    -

    02/09/2013 às 12:10

    Já comprei e estou recomendando para meus amigos e familiares. Estes, em sua maioria, abominam o que vem ocorrendo em nosso país. Adivinhem: querem mudanças!

  276. C.R.

    -

    02/09/2013 às 12:10

    Tenho assistido a alguns vídeos de Olavo e assisti a entrevista que Lobão fez com ele. Tempos atrás quando assisti alguns vídeos, concordei com o conteúdo mas torci o nariz quanto à forma com que Olavo se expressa. Insisti mais recentemente e obtive aulas de história e uma clareza de detallhes que escancaram didaticamente, o momento histórico que permeia nossas mazelas, os métodos utilizados por toda a esquerda mundial e o triste futuro que nos espera no Brasil. Valeu, Reinaldo, sua indicação só fortalece o conceito que tenho formado sobre Olavo.

  277. Bruno

    -

    02/09/2013 às 12:10

    A Globo agora reconhece que apoiou a ditadura da mesma forma que ela bajula agora o governo comunista do PT…….Posição bastante confortável…….de imprensa assim o inferno está cheio…….

  278. Leopoldo Dogher

    -

    02/09/2013 às 12:10

    Brilhante pensador, o Olavo não tem frescura.
    Isso que é legal. Se tiver de mandar um cara à …, ele manda sem problema. O Olavo não tem o reconhecimento que merece.

  279. jorge luiz dos santos

    -

    02/09/2013 às 12:04

    excelentes reflexões.

  280. Fátima Gori

    -

    02/09/2013 às 12:03

    Olavo de Carvalho nas páginas amarelas da Veja e no Roda Viva já!!!

    Quem concorda com a campanha espalhe essa mensagem aqui e por toda a internet – inclusive na página do Augusto Nunes e no e-mail de atendimento ao leitor da Veja.

  281. Yara Valença

    -

    02/09/2013 às 12:01

    Parabéns Reinaldo.Só você para com destemor e sinceridade fazer este artigo sobre o GRANDE Olavo e seu livro.Já comprei o meu mas pretendo adquirir outros para presentear.Continue sendo este jornalista corajoso,sempre em busca da verdade e quando a encontra não tem receio de publicá-la.Que outros jornalistas sigam seu exemplo.Que Deus o abençoe!

  282. Abrantes Araújo Silva Filho

    -

    02/09/2013 às 12:01

    A idéia do Douglas Emerick, aqui nos comentários é fantástica: Olavo nas Páginas Amarelas da Veja!

  283. Nimrod

    -

    02/09/2013 às 11:58

    Tio Rei, comente a crônica do Luiz Felipe Pondé de hoje, na Folha de SP : ” O fascismo do PT contra os médicos”.

  284. Carla Pola

    -

    02/09/2013 às 11:58

    Brilhante crítica!

    Beijocas :*

  285. Marcelo

    -

    02/09/2013 às 11:58

    Pegando o mote do bobajol marxista que insiste na tal luta de classes eu entendi o ódio da teórica esquerdopata, a tal da Marilena Chauí. Ela nutre um desprezo absoluto pela classe média, acusando esse segmento de ser reacionário e, pasmem, terrorista.
    A classe média é uma classe em ascensão. Dobrou de tamanho nos últimos dez anos e a renda média per capita sofreu um acréscimo de mais de 40%. Se o índice geral de felicidade dessa classe aumentou, então, por que dona Chauí está deprimida? Porque esse segmento é composto basicamente por profissionais liberais, micro e pequenos empresários e trabalhadores autônomos, ou seja, gente dona do próprio nariz, empresários de si mesmos, capitalistas exploradores de seus próprios talentos.
    Tá e daí? Daí que quando você é dono do seu próprio nariz você não tem a tal da “consciência de classe”, que segundo a teoria marxista é fundamental para que possa existir a “luta de classes”, combustível para a revolta social e para a revolução proletária(é como os marxistas pensam).
    Resumindo, dona Chauí olha para a classe média e não enxerga muitos “oprimidos”. Aí bate a depressão porque sem “oprimidos”, toda a dialética social marxista vai pro ralo do esgoto. Logo, a classe média é a pedra no sapato da teoria marxista. O ódio da teórica está explicado. Ela não consegue encaixar a sua “caixinha ideológica” na realidade e fica chorando por não encontrar uma práxis adequada a sua teoria perdia na lata do lixo da história. Eles tentam agora a revolução passiva, mas tá difícil engambelar esses tais “pequenos burgueses”(a classe média em linguagem de gente decente)…he,he,he.

  286. Virgílio

    -

    02/09/2013 às 11:57

    Parabéns Tio Rei!
    Para mim, encontrar os escritos do Olavo de Carvalho foi como tropeçar numa lanterna no meio da escuridão. Aos 48 anos pude acompanhar a decadência ocorrida ao meu redor e simplesmente não encontrava eco nas minhas considerações a respeito. Era como estar só. Quem colocou esse sentimento de forma apropriada foi o Rodrigo Gurgel ao comentar este livro:”E se você, leitor, sente-se de alguma forma desconfortável na universidade ou no colégio; se a cada fala do professor uma luz incômoda acende em seu cérebro, sem que você consiga descobrir o motivo do seu mal-estar; ou se, depois de perceber seu desacordo em relação ao que lhe ensinaram, você ainda não alcançou clareza suficiente para compreender onde está o erro, onde está a mentira; se as lições diante das quais todos dizem “amém” já não lhe servem; em qualquer destes casos, comece o livro pela última seção, “Estudo”, e perceberá que o naufrágio da cultura nacional não é uma cena épica de Joseph Conrad, com um navio majestoso afundando depois de servir aos mais nobres ideais, mas triste, trágica decadência – à qual, entretanto, não estamos condenados.”.
    E testemunhar a emergência do PIM neste cenário, para mim tem sido muito gratificante. Seu trabalho é como que o de um engraixate, com suas escovadas perspicazes, vai devolvendo o brilho em nossas consciências…!!! Abraços.

  287. Alzira

    -

    02/09/2013 às 11:57

    Já estou lendo! Um tijolaço, mais ou menos do tamanho de “A Montanha Mágica”, do T.Mann! É uma rara oportunidade de ficar “menos idiota” sem grande esforço. Para complementar a leitura, também não dá para perder seus seminários pela internet, no link http://www.seminariodefilosofia.org Não percam!

  288. Flavio

    -

    02/09/2013 às 11:55

    Caro Reinaldo, segue artigo do OC publicado em epoca, 15/07/2000 (!!!) e simplesmente atualíssimo e revelador :
    * retirado de http://www.olavodecarvalho.org

    Assassinato da oportunidade
    Época, 15 de julho de 2000

    Discursos fingidos contra a pobreza estão matando, de modo egoísta, nossa chance de sair dela
    As demonstrações de escândalo ante a pobreza neste país são tão enfáticas, tão hiperbólicas, que se diria que um padrão de vida de Primeiro Mundo é coisa simplesmente natural e sua ausência, em qualquer lugar do planeta, é uma absurdidade inaceitável para a razão humana. Na verdade, a pobreza tem acompanhado o Homo sapiens desde seu surgimento, e a floração extraordinária de riquezas em alguns pontos da Terra nos últimos séculos é que é um fenômeno estranho, carente de explicação satisfatória até o momento. A profusão de livros que prometem elucidar as “causas do
    subdesenvolvimento” só tem servido para camuflar o fato de que o desenvolvimento ainda não foi compreendido de maneira alguma. Só um maluco pode pretender explicar o que não aconteceu quando não entende sequer o que aconteceu.
    Há três hipóteses básicas para explicar o sucesso econômico: a teoria de Karl Marx, segundo a qual a riqueza capitalista se forma pela extração da mais-valia (diferença entre o salário e o valor objetivo do trabalho), a de Max Weber, baseada na concentração de esforços propiciada pela ética protestante, e a de Alain Peyrefitte, na qual o desenvolvimento nasce de certas condições culturais e psicológicas que favorecem a criatividade econômica, a livre negociação e a fidelidade aos contratos. A primeira foi desmoralizada por seus erros de previsão, por suas falhas lógicas e pela revelação de que usara estatísticas manipuladas. A segunda entrou em pane porque o próprio autor morreu sem ter conseguido confirmá-la. A terceira me parece a mais certa, mas isso é o máximo que posso dizer.
    Se simplesmente não sabemos como um fenômeno se produz, por que nos sentir revoltados por ele não se reproduzir a nosso bel-prazer? Proclamar o direito de todos a algo que não se sabe como lhes dar é puerilismo. Mas é um hábito de nossa cultura elevar meros objetivos desejáveis à categoria de “direitos”, punindo o fracasso como se fosse um delito. Todos queremos uma vida melhor para os brasileiros, mas quem pretenda nos induzir a crer que a conquista dessa vida é coisa fácil por natureza, que não a havermos alcançado é uma anormalidade, uma injustiça, um crime, esse é um mentiroso, um farsante que busca subir na vida pela indústria da intriga e ainda tem o desplante de insinuar que os demais ramos da indústria é que são desonestos.
    A teoria de Peyrefitte não é absolutamente segura, mas é a que melhor tem resistido às objeções. Se no Brasil não querem prestar atenção nela é por um motivo muito simples: ela afirma a necessidade imprescindível de uma atmosfera geral de confiança, em que os controles jurídico-policiais e monopolísticos cedam lugar a mecanismos unicamente culturais de incentivo à livre iniciativa popular. Ora, no Brasil isso é impraticável porque nossos políticos e intelectuais estão empenhados em aumentar o próprio poder mediante campanhas de disseminação da suspeita que induzam o povo a aceitar mais leis, mais controle, mais burocracia. Eles chamam isso de “ética”, de “luta contra a miséria”, até de “cristianismo”. Eu chamo de liquidação maldosa e egoísta de uma oportunidade de sucesso.

  289. Conservatore

    -

    02/09/2013 às 11:54

    Parabéns Reinaldo, com o alcance que seu blogue tem, o livro não vai ficar assim tão “escondido”.

  290. CACO

    -

    02/09/2013 às 11:53

    “A experiência dos milênios, no entanto, pode ser obscurecida até tornar-se invisível e inconcebível. Basta que um povo de mentalidade estreita seja confirmado na sua ilusão materialista por uma filosofia mesquinha que tudo explique pelas causas econômicas.”
    Os seguidores do barbudo de Trier vão ter chiliques, vão espumar na boca como cães com hidrofobia.

  291. Andnet

    -

    02/09/2013 às 11:51

    Reinaldo Azevedo e Olavo de Carvalho estarão sempre em minhas orações! Graças ao bom Deus pela vida e obra destes grandes pensadores. Depois da Bíblia, vocês dois são grandes referências para mim e tantos outros (é só olhar os comentários). Com certeza, vou me esforçar para adquirir o livro.
    Valeu Reinaldo pela indicação e pela excelente resenha!

  292. Bruno Sampaio

    -

    02/09/2013 às 11:50

    EStive com ele (o livro) nas mãos anteontem. Li um ou dos artigos, de que gostei muito. Já o lia na éopca do JB e depois, no O Globo;
    Vou comprar um exemplar, assim que terminar o do Lobão que, apesar de ter coisas de que discordo muito, especialmente no plano musical, é muito divertido.

  293. Filósofo

    -

    02/09/2013 às 11:50

    Caro Reinaldo,

    É por falar em gente que pensa,Luiz Felipe Pondé alerta sobre o fascismo petista na questão dos médicos brasileiros e os companheiros cubanos.

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/luizfelipeponde/2013/09/1335414-o-fascismo-do-pt-contra-os-medicos.shtml

  294. Gustavo

    -

    02/09/2013 às 11:49

    Excelente! Reinaldo, artigos publicados na revista Primeira Leitura também integram a coletânea, como o da página 53.

  295. Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões

    -

    02/09/2013 às 11:49

    Off Topic
    PRONUNCIAMENTO DO EXCELENTÍSSIMO SENHOR GENERAL DE BRIGADA PAULO CHAGAS
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2013/09/pronunciamento-do-excelentissimo-senhor.html
    .
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires Bade

  296. Fernando José Barbosa de Oliveira

    -

    02/09/2013 às 11:48

    Irresistível apresentação, mais que instigante comentário.
    Coloca magistralmente Olavo de Carvalho pra falar por si e arremata o que tece quase que em forma de oferenda. Feliz do autor que o tem como recomendação. E isto fica perfeito, no desfecho da soma de competências: se Olavo diz do convívio brasileiro como solidariedade no fingimento você convida este mesmo brasileiro a resistir contra o falso, o ligeiro, o algoz de sua própria auto condenação: a demência intelectual e a muleta ideológica. A favor de mim mesmo eu digo, já agradecendo : BRAVO! BRAVO! Felicíssima reunião e síntese em um momento : Reinaldo e Olavo, meus parabéns.

  297. Augusto

    -

    02/09/2013 às 11:48

    Sou OLAVETTE com orgulho!
    .
    Conheça:
    .
    http://www.midiasemmascara.org/
    .
    Veja também os vídeos de Olavo de Carvalho no YOUTUBE.

  298. Felipe Moura Brasil

    -

    02/09/2013 às 11:47

    Obrigado pelas belíssimas palavras, Reinaldo. Na grande mídia, só podia mesmo ser você a romper o silêncio sobre o nosso livro. A quem interessar, a página oficial dele é: https://www.facebook.com/ominimoquevoceprecisasaberparanaoserumidiota. Grande abraço.

  299. Israel Pestana

    -

    02/09/2013 às 11:47

    Reinaldo, obrigado pela coragem de seres, pelas tuas palavras, a voz de uma maioria silenciada. Mais uma vez se constatam que existe ainda pensadores conservadores que primam pela verdade e pelos valores universais, não se calando, intimidando ou se vendendo a esquemas carnivoros “progressistas”. E dou graças a Deus pela VEJA que luta pela liberdade de expressão e opinião, sendo um exemplo disparado para toda a mídia vendida que se corrompeu pelo viés ideológico negligenciando a verdade e isonomia por objetivos doutrinários.

  300. conceicao

    -

    02/09/2013 às 11:44

    Reinaldo enquanto lia este contundente Texto, ao mesmo tempo passa pela minha mente,como este pais está tão manipulado, por falta de conhecimento! Por isso, são presas fáceis de seres manipuladas,por gente como este com lula! E ao mesmo tempo, penso o quanto você se dedica para nos ajudar à ver os caminhos da verdade e dignidade estão sendo desviados com á maior facilidade! lembrado também, quando li um texto seu; que nos orientavam, como esta mídia faz para nos iludir para aceitar à legalização do ABORTO: vão dizendo que centenas de mulheres estão morrendo clandestinamente,ETC. ETC.ETC…e ai o povo esquecem de Deus…REINALDO, ontem lembrei de um verdadeiro Texto seu, vendo o Fantástico que já não é mais Fantástico para mim! Não sou preconceituosa, porquê; não tenho o direito de julgar ninguém,Mas; Sinto um vazio no povo que estão deixando Deus de lado e não consegue distinguir o certo dos ensinamentos de Jesus e tudo estão ficando normal! então para testar o povo, usam cenas começando de uma cena de maus tratos, para chegar o objetivo! Dois homens namorando, para testar qual será ás reações quando todos forem livres em todos os lugares! Disse JESUS: QUEM escandalizar uma criança! É melhor que amarre uma pedra no pescoço e se atire ao mar! Todos sabem que suicídio é condenado!! Temos que observar mais à Santa CRUZ! REINALDO COMO VOCÊ, é uma pessoa abençoada,entenderá tudo que quero dizer!! Obrigada por tudo!!! Estou Apavorada com que estamos vendo e ouvindo!!!!

  301. misael

    -

    02/09/2013 às 11:42

    “Leia Olavo: contra o ódio, contra o óbvio, contra os idiotas e a favor de si mesmo.”
    Correção:
    Leia Olavo e Reinaldo Azevedo: contra o ódio, contra o óbvio, contra os idiotas e a favor de si mesmo.
    Agora sim IRRETOCÁVEL!

  302. PALCOSCENICO

    -

    02/09/2013 às 11:41

    Eu não quero ser um idiota: “EVO MORALES COME PELAS BEIRAS E SE TORNA O NOVO LÍDER DA AMÉRICA DO SUL” e, FINGINDO SER GENTIL,ACABA DEIXANDO DILMA NA POSIÇÃO DE SUA ASSISTENTE!
    – Tenho me esforçado para não entrar no rol dos idiotas e, ainda ontem, diante dessa obviedade não noticiada por nenhum órgão de comunicação, resolvi ser contundente com o assunto: está lá na minha página do Flickr as poucas fotos que por si só comprovam essa assertiva. Veja em: http://www.flickr.com/photos/pietro_mascagni

  303. Antonio Durao

    -

    02/09/2013 às 11:39

    Luz no túnel!!!

  304. Augusto

    -

    02/09/2013 às 11:39

    Se até os poderosos … foram pedir a bença ao apedeuta, é porque a ditadura da opinião está em estágio final.
    .
    A chamada “democratização da mídia” vai vir aí para pôr a coleira nos jornalistas independentes.
    .
    A Veja vai para a clandestinidade.
    .
    Como diria o Professor Olavo, quem está apostando no “senta que o leão é manso”, vai quebrar a cara!
    .
    A menos que o 7 de setembro nos dê a redenção, porque se depender da oposição partidária, estamos f…

  305. ivana

    -

    02/09/2013 às 11:38

    Reinaldo além da leitura obrigatória desse livro assistir pelo You tube aos vídeos do Professor Olavo de Carvalho é maravilhoso. Com um palavreado bem agudo e com um raciocínio rápido e brilhante ele destroça os “intelectuais de m***” destepaís..

  306. ALBUQUERQUE

    -

    02/09/2013 às 11:37

    GLOBO INICIA CAMPANHA CONTRA A DITADURA E PELA REDEMOCRATIZAÇÃO…
    Chamada na primeira pagina de hoje:”PRESIDENTES DA DITADURA DÃO NOMES A 976 ESCOLAS”
    Chamem “Gastão,o vomitador”

  307. Iran

    -

    02/09/2013 às 11:36

    Leitura indispensável nao só para o intelecto, mas para a alma. Perfeito!

  308. Willians

    -

    02/09/2013 às 11:35

    Já conheço um pouquinho do pensamento do Olavo de Carvalho desde os TrueSpeakRadio dele na internet. Sou viciado nos seus programas, além de, de vez em quando, ouví-lo também pelo Youtube. Olavo de Carvalho é uma fonte de enriquecimento intelectual. Parabéns pelo post! Parabéns pelo livro! Que venham outros.

  309. Homero

    -

    02/09/2013 às 11:33

    Bravo … Olavo ! Bravo … Reinaldo !

  310. ALBUQUERQUE

    -

    02/09/2013 às 11:32

    “Porque,quando um brasileiro reclama de alguma coisa,não é que ela o incomode de fato.Não é nem mesmo que exista. É apenas que ele gostaria que existisse e FOSSE MÁ para por em evidência A BONDADE daquele que a condena”
    A Rede Globo insiste em chamar de preconceituosas pessoas que acham que é perda de tempo certos portadores de Síndrome de Down cursarem o ensino regular já que sua
    capacidade cognitiva está muito prejudicada.
    O próximo passo será considerar que é preconceito achar que cego não pode ser crítico de artes plásticas.

  311. jose

    -

    02/09/2013 às 11:31

    Caríssimo, dois episódios que Olavão me ensinou a entender: o esquerdista Ricardo Antunes receber uma comenda do Superior Tribunal do Trabalho, pela sua obra (de crítica sistemática ao “capital”) e as Organizações Globo se arrependerem do apoio ao golpe de 64.
    Êita, Brasilzão!

    José.

  312. Sergio

    -

    02/09/2013 às 11:29

    Vou ler!! Será importante para o país que todos leiam!!
    Conheço o Olavo por seus vídeos bem feitos em termos de clareza de ideias que desnudam a farsa e a fraude comuno-petralha !! Valeu Olavo !

  313. Francisco Roberto

    -

    02/09/2013 às 11:27

    Excelente resenha Reinaldo. Aliás, foi a melhor resenha que eu li até agora sobre o livro do Olavo.

    Acho que não seria exagero dizer que no Brasil atual tem que ter muita coragem para FALAR de Olavo de Carvalho. Sou muito grato a este autor (e a você também) por apresentar tantas ideias fundamentais para cristãos e não-cristãos e por indicar tantos autores de qualidade literária e cultural indiscutíveis como Gilberto Freyre e Otto Maria Carpeux.

    Se por um lado o “True Outspeak” de Olavo é muitas vezes de muito mal gosto, por outro seus textos são precisos, claros e inteligentes como raríssimos autores do Brasil atual conseguem igualar. Já encomendei o meu “O mínimo…” e se eu gostar deverei presentear algumas pessoas com esse livro, como se fosse uma ação cívica, ou um engajamento ético-político.

    Novamente, parabéns pela excelente resenha!

  314. Cardilena

    -

    02/09/2013 às 11:26

    Lembro sempre do artigo: O estilo Pavlov de governar
    Olavo de Carvalho
    Jornal da Tarde, 17 de julho de 2003

  315. FGL1983

    -

    02/09/2013 às 11:26

    Ler Reinaldo de Azevedo e Olavo de Carvalho é única forma de resistir a hegemonia cultural que nos assola!!!!

  316. joao alberto

    -

    02/09/2013 às 11:24

    E a Globo hemm ??? Bando de vendilhões, de covardes. Agora entendo porque os comunistas vivem atacando essa emissora, eles são traíras, se bandeiam para o lado que paga mais. Agora podemos dizer: TÁ TUDO DOMINADO.

  317. Augusto

    -

    02/09/2013 às 11:22

    Um segredo inconfessável de muitos esquerdistas:
    .
    Adorar assistir ao TRUEOUTSPEAK de Olavo de Carvalho!
    .
    O carisma e o humor do Olavo são capazes de fazer transcender o pensamento ideológico de cada um, por mais arraigado que este seja.
    .
    Poucos conseguem essa façanha!

  318. Eufrazio

    -

    02/09/2013 às 11:22

    De novo Tio Reinaldo Azevedo oferecendo mais uma excelente opçao para quem quer se desenvolver mais e mais no campo da boa leitura e conhecimentos filosóficos. Parabéns, Tio Rei! Estamos com você!

  319. Nilza

    -

    02/09/2013 às 11:20

    Melhor comprar logo dois. Um para ler e guardar, outro para presentear.

  320. Kleber

    -

    02/09/2013 às 11:17

    Belíssimas palavras. Com certeza comprarei.

  321. hdrummond

    -

    02/09/2013 às 11:17

    Já está na minha lista.
    Realmente, percebe-se nos diversos ambientes a dificuldade de aceitar o contraditório, o debate de idéias e não a briga pessoal.
    Tempos brutos, como vc bem o disse.

  322. Carlos Antony

    -

    02/09/2013 às 11:14

    Livro espetacular e que precisa ser divulgado na grande mídia , é claro, se ela deixar.

  323. Licurgo

    -

    02/09/2013 às 11:12

    Salve, Reinaldo Azevedo! Salve, Olavo de Carvalho!
    Vida longa a vocês e aos seus.

  324. Augusto

    -

    02/09/2013 às 11:11

    Reinaldo,
    .
    Você não vai se pronunciar sobre o editorial do Globo?
    .
    A direita não pode deixar isso passar em branco!

  325. Pedro

    -

    02/09/2013 às 11:10

    Vou comprar hoje!

  326. nena

    -

    02/09/2013 às 11:10

    Como faz bem à alma da gente ler um texto com argumentação sólida, objetiva e profunda nestes tempos em que um capilé qualquer, zoado e irresponsável, é coroado rei do pensamento. A análise que o Prof. Olavo faz do brasileiro e dos valores atemporais é perfeita. Parabéns, Reinaldo, por mostrar o valor deste pensador.

  327. Nigro

    -

    02/09/2013 às 11:08

    Quem gosta do Reinaldo Azevedo que por causa da podridão política brasileira usa seu blog para falar de política nos privando de sua sabedoria sobre filosofia, religião, literatura o OLAVO É A ÚNICA MANEIRA DE entrar na ALTA CULTURA e este livro É O MÍNIMO.
    Depois tem os outros livros do Olavo; seus cursos q estão no site http://www.olavodecarvalho.org/index.html?index.htm
    depois os autores indicados por ele e depois continuem voando pela alta cultura.

    Quem tiver Facebook, siga o Olavo q vem filosofando online, algo impensável uns anos atrás,

  328. mirian

    -

    02/09/2013 às 11:07

    Tive o privilégio de conviver com o Olavo e sua família no começo deste ano lá nos USA. Além do brilho intelectual, tive a oportunidade de compartilhar de seu dia-a-dia. Cafés informais, jantares, aulas…Pude conhecer seu lado carinhoso e atencioso com a família, a alegria com os amigos e o humor cortante impagável. Só tenho a dizer que valeu a pena. Abraço.

  329. Rodrigo R.

    -

    02/09/2013 às 11:07

    Comprei o meu ainda durante o pré-lançamento. Seria muito bom se o Olavo viesse fazer um lançamento aqui no Brasil. Com certeza eu iria lá para prestigiá-lo. Assim como fui nos lançamentos dos livros do Reinaldo.

  330. Rodolfo

    -

    02/09/2013 às 11:05

    Ehehe! Muito bom! A cachorrada vira-lata do outro lado fica toda raivosa, enfurecida!

  331. CerradoemChamas

    -

    02/09/2013 às 11:04

    REINALDO, tenho 2 filhos adolescentes, darei este ano a cada um deles este livro de presente de aniversário. Espero que eles aceitem como o presente de uma vida. Claro, também,vou lê-lo.

  332. Marcelo Ribeiro

    -

    02/09/2013 às 11:04

    Grande Olavo, oxigênio intelectual em suas letras!!!

  333. Einar Larson

    -

    02/09/2013 às 11:02

    Excelente, Reinaldo.
    O professor Olavo é um mestre no sentido mais profundo o termo. Tive contato por acaso com o trabalho dele já no início dos anos 80, durante minha formação / doutrinação esquerdista na USP. Naquele tempo tive dificuldade para entendê-lo.
    Hoje, tenho certeza de que o Olavo será lembrado pelas futuras gerações como um gênio que nos ajudou a suportar as trevas da ignorância e da opressão esquerdista.
    Vida longa, mestre.
    Einar

  334. Augusto

    -

    02/09/2013 às 11:00

    Reinaldo e amigos da coluna,
    .
    Já pensaram num RODA VIDA com Diogo Mainardi e Olavo de Carvalho?
    .
    Um levanta para o outro cortar!
    .
    OS PETRALHAS PIRAM!!!

  335. Augusto

    -

    02/09/2013 às 10:59

    Olavo no RODA VIVA!
    .
    Agora que o programa está sob o comando do grande Augusto Nunes, boto fé que ele será chamado!

  336. Augusto

    -

    02/09/2013 às 10:57

    Quem não concorda com o Olavo hoje, corre um sério risco de ser tido por imbecil daqui a 20 ou 30 anos! Fato!

  337. João

    -

    02/09/2013 às 10:57

    Os cadernos de cultura dos grandes jornais estão todos na mão da esquerda mais bitolada. E a maioria da crítica literária também. Assim sendo, qualquer débil mental de cachecol vermelho no pescoço recebe mais atenção do que um bom escritor de direita. O método é fingir que o “dissidente” não existe. Em Cuba eles prendem ou fuzilam quem pensa diferente da esquerda. Aqui, já que não podem fazer o mesmo, ainda, eles fingem que o cara não existe. A reação da esquerda em relação ao Olavo de Carvalho é “não li e não gostei”.

  338. Alcino Júnior

    -

    02/09/2013 às 10:56

    Já estou quase terminando meu exemplar. De fato, Olavo é o maior pensador do Brasil atualmente. Espero que um dia ele volte ao Brasil para nos dar algumas lições pessoalmente e não apenas pelos livros.

  339. Robson

    -

    02/09/2013 às 10:55

    Será que o Augusto Nunes não consegue produzir um Roda Viva especial, usando o recurso do telão, e entrevistar o Olavo de Carvalho? Vai ser um sucesso!

  340. Junior Becker

    -

    02/09/2013 às 10:53

    Olavo, esse cidadão me iluminou de tal forma, foi um benção na minha vida, trouxe á tona muitos pensamentos medíocres que pairava sobre minha cabeça por anos a fio sujeito a essa decadência moral brasileira.

  341. Bruno

    -

    02/09/2013 às 10:52

    Na Saraiva está esgotado! Vou comprar!

  342. Félix Maier

    -

    02/09/2013 às 10:52

    Caro Reinaldo,
    Parabéns pela fantástica resenha do último livro do Olavo de Carvalho. Há muito tempo sou, com orgulho, um “olavete” – como já me chamaram, por escrever no Mídia Sem Máscara, a convite do Olavo, que criou o site em agosto de 2002. Com certeza, também sou um convicto “reinaldete”… Triste eu ficaria se me chamassem de “emirete” (Emir Sader), “marilenete” (Marilena Chauí), “bagnete” (Marcos Bagno)…
    Meu tributo ao grande escritor pode ser conferido em “Olavo ‘Denisovich’ Carvalho” – http://www.olavodecarvalho.org/convidados/0132.htm.

  343. ales

    -

    02/09/2013 às 10:49

    Já comprei!

  344. Robson

    -

    02/09/2013 às 10:48

    Reinaldo, os trechos escolhidos são clássicos.
    Estou terminando de ler “O Jardim das Aflições” do Olavo, pela terceira vez. Quando terminar, vou ler este lançamento.

  345. Arthur

    -

    02/09/2013 às 10:47

    Minha semana começou mui bem. Não imaginava ler um texto desses. Parabéns Reinaldo! Vou até ouvir Reinaldo, o príncipe do pagode, para comemorar. hehe

  346. José Paulo

    -

    02/09/2013 às 10:42

    Segundo a Saraiva, o meu deve estar chegando até dia 04/09. Estou em casa, esperando chegar.

  347. Mauricio

    -

    02/09/2013 às 10:40

    Reinaldo, fiquei muito feliz em ver um artigo seu sobre esse livro ! Parabéns mesmo !
    Artigos e livros de pessoas como você e o Olavo deveriam serem indicados para leitura em todas as escolas e universidades !
    Lamento que estamos muito, mas muito distantes disso.
    Acho até que estamos em uma situação inversa. Me lembro até do título de algumas comédias americanas. Não pelo conteúdo, mas pelo título.
    “Quanto mais idiota melhor” Esse é o título da realidade brasileira atualmente.

  348. Orlando Filho

    -

    02/09/2013 às 10:40

    Opa. Comprado e o post compartilhado no FB.

  349. Marcio Henrique

    -

    02/09/2013 às 10:40

    Bravo Rei!

  350. Anônimo

    -

    02/09/2013 às 10:40

    Mal li o post vou providenciar.

    De qualquer forma, o retorno (claro que já o é) a condição de COLôNIA destrói, até mesmo, o sentido da data do 7 de Setembro que se avizinha.

    Conflito real somente haverá quando os interesses multinacionais forem atacados; A GUERRA CIVIL brasileira terá componentes múltiplos como em nenhuma outra guerra no mundo.

  351. Antonio Casca

    -

    02/09/2013 às 10:35

    Nesta semana, se Deus quiser, comprarei este livro.
    Na semana passada eu comprei “Sussurros” de Orlando Figes e “Revolução dos Bichos” de Orwell e vou reler “A Corte do Czar Vermelho” e “O Livro Negro do Comunismo”.

    Todos estes livros eu tomei conhecimento através do Reinaldo e de outros leitores do Blog.
    É incrível, mas só recentemente eu li “A Revolução dos Bichos” e, até mais do que a fábula em si, eu gostei muito do prefácio “A Liberdade de Imprensa”, escrito pelo próprio autor para a edição inglesa de 1945.

    Por se tratar de temas bastante atuais e pelo fato destes assuntos serem tratados como tabus pelo jornalismo brasileiro de meia-pataca, que é maioria, neste país de bolsa-BNDES, eu adorei o “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil” e o “Guia Politicamente Incorreto da América Latina”.
    Nestes livros os autores vão fundo em alguns temas tabus, atingindo o osso da cachorrada comunista ou, bolivariana, como se diz agora.

  352. nei Brasil da paz...

    -

    02/09/2013 às 10:32

    Esse livro deveria ser adotado nas penitenciárias brasileiras, para diminuir o número de dias preso, conforme a lei. Pelo número de páginas …compensa!
    Eu sou contra a tortura, mas ….fazer que nem no ” Laranja Mecânica” se esse pessoal do Black bloc assistir Olavão …1 hora por dia….Eles morrem!
    Ele tá muito fora do eixo do mainstream!

  353. Winston Churchill

    -

    02/09/2013 às 10:31

    Reinaldo Azevedo mais uma vez fala quando a maioria da imprensa silencia vergonhosamente. Bravo, Reinaldo!

  354. Disraeli

    -

    02/09/2013 às 10:31

    Onde consigo comprar os históricos “O imbecil coletivo” I e II?

  355. Observadordepirata

    -

    02/09/2013 às 10:31

    errata = ordem e progresso

  356. Pedro

    -

    02/09/2013 às 10:30

    O livro está muito bem organizado e editado. Os textos são curtos, sucintos, vão direto na jugular do lugar comum e, com uma escrita simples e acessível, abrem nossa consciência ao mínimo. Comprem, ora porras!!!

  357. Observadordepirata

    -

    02/09/2013 às 10:30

    Nem a nossa bandeira escapa da mais grossa e deslavada mentira: ordem é progresso. Que ordem, que progresso?

  358. Daniel

    -

    02/09/2013 às 10:28

    Valeu pela dica. Vou comprar agora!

  359. albert de bulhoes

    -

    02/09/2013 às 10:27

    Não conheço autores brasileiros além do que obrigatoriamente nos empurram goela abaixo para que possamos prestar exames de enem/vestibular,e não por pedantismo ou complexo de vira-latas,não recomendaria a leitura de nenhum deles exceto aluisio de azevedo que com o seu “o cortiço”retratou o país em seu estado original e,para sempre imutável,pois as gerações passaram e a estrutura social do país permaneceu EXATAMENTE a mesma,tendo piorado no âmbito político. Não conheço os artigos de olavo de carvalho,não irei comprar o livro,ms gostaria de acrescentar ou compartilhar um pensamento,reflexão ou como queiram chamar:lido todos os dias com os mais diversos tipos de humanos,e a cada dia que passa,percebo que o pensamento e as práticas sociais de todos,flutuam ao sabor das circunstâncias. Não se pode falar que existam valores pessoais sólidos,imutáveis,não existem opiniões que não possam ser abandonadas desde que os elemento$ da equação situacional sejam vantajo$o$.
    Lamento que só agora o livro de olavo de carvalho tenha sido lançado,lamento que só agora as pessoas tenham percebido que a esmagadora maioria dos brasileiros vivem suas vidas como se estivessem num filme,ou melhor,novela,já q o comportamento de um país é ditado por folhetins. A esquerda já dividiu o país,o ódio racial,de classes e outros já se fazem presentes e,a influência indígena que nos tornavam uma tribo pacífica e tolerante por nascimento já foram pro sako.logo,logo veremos o resultado da brincadeira idiota de ensinar um povo a odiar a conta será alta e quem ficar por aqui que pague.

  360. Pedro Henrique

    -

    02/09/2013 às 10:24

    Devia haver uma campanha na internet do tipo presenteie um esquerdista com o mínimo que você precisa saber para não ser um idiota… Alguém poderia fazer um favor para a humanidade e dar um exemplar de presente para Vladimir Safatle… um boçal que escreve que numa sociedade em transformação não há mais espaço para a polícia militar devia ser obrigado a ler livros como esse pelo menos umas mil vezes… para começar a deixar de ser idiota… pois se as redações dos jornais dessa nação fossem sérias jamais haveria lugar para jumentos como esse.

  361. Vinícius

    -

    02/09/2013 às 10:23

    Prezado Reinaldo,
    Parabéns. Este post sobre o Olavo de Carvalho grandeza intelectual e coragem.

  362. Marcos

    -

    02/09/2013 às 10:21

    Vida longa ao Olavo, e que continue nos brindando com seus textos inteligentes, elucidativos e até premonitórios.

  363. Carlos S

    -

    02/09/2013 às 10:17

    Parabens pela indicação.
    Sou leitor de Olavo de carvalho há mais de 15 anos. Eu descobri com o livro ” O Imbecil Coletivo” e desde então não deixo de acompanha-lo.
    Pois bem, graças aos ensinamentos dele é que, lendo ontem, matéria do jornal O Globo, intitulada “Apoio Editorial ao Goilpe de 64 foi um Erro” dei-me conta de como os atuais responsáveis pelo jornal — os filhos de Roberto Marinho- procuraram, sem o coonseguir a meu ver, fazer um MEA CULPA envergonhado do papel desempenhado pelo jornal no periodo de 1964 até 1984.
    Uma desculpa esfarrapada que acaba por mostrar que efetivamente o movimento contra João Goulart não foi uma obra exclusiva dos militarres, mas sim de praticamente todos os brasileiros, apoida por todos os grandes jornais da época.
    Deixou mais do que evidente que havia nos ceus do nosso Brasil, algo mais do que os simples aviões de carreira, tornando clara a idéia de que o marxismo/socialismo estava ansioso por aqui deitar suas manhas e sonhos de uma ditadira do proletariado.
    Ora, se assim era, porque agora sentir-se envergonhado de haver denunciado aquela ameaça ? Se denunciuou na ocasião, se cumpriu seu papel de alertar a sociedade, porque razão fazer essa “mea culpa” agora, 50 anos após ?
    O final do texto então é patético. Incoerente com o restante da matéria.
    Reinaldo, foi graças a Olavo ( e agora a você) que consegui aprender a ler nas “entrelinhas” e everificar que as mudanças que agora se observam no Globo, derivam dos “novos ventos” que por aqui sopram. Na verdade não há muita sinceridade no que escreveram. Estão se “cuidando” quanto ao futuro ainda incerto.
    Aliás, o texto não é assinado e não tem o titulo destacado de EDITORIAL, como deveria ser.Qual a razão ?
    Já comprei o. livro.
    abrs

  364. VSC

    -

    02/09/2013 às 10:15

    “Fernando
    02/09/2013 às 8:22
    Pena que ele brigou com o Rodrigo Constantino. A direita não pode se dar ao luxo de brigar entre si. A direita tem que se unir!”
    Concordo, Fernando.

  365. Albeni de Oliveira

    -

    02/09/2013 às 10:13

    Reinaldo,
    Mais uma vez, muito obrigado!

  366. Adriano Magalhães

    -

    02/09/2013 às 10:12

    Dois pesos e duas medidas.
    Graça Salgueiro nos alerta sobre o programa “ Mais Médicos”.

    … Quando o povo brasileiro abrir os olhos já será tarde demais. Que o diga a Venezuela que não quis dar ouvidos a quem sabe quem são os ditadores Castro e hoje já é um país miserável, onde falta até papel higiênico. Como em Cuba.

    Mais aqui: http://heitordepaola.com/

  367. Douglas Emerick

    -

    02/09/2013 às 10:11

    O livro está vendendo muito. E certamente venderá mais ainda agora que outro grande jornalista e escritor quebrou o silêncio e falou sobre ele em um dos grandes portais online. Seria muito difícil emplacar uma entrevista d Olavo nas páginas amarela, Reinaldo? Faça esse esforço por nós. A nação agradece.

  368. yossuf silva

    -

    02/09/2013 às 10:11

  369. Gerson

    -

    02/09/2013 às 10:10

    Vou comprar e principalmente VOU LER mais esse livro de Olavo. Aliás, Olavo, Reinaldo e mais algumas pouquíssimas mentes iluminadas nos mantém fora dessa “matrix” de ignorância, hipocrisia e mentiras chamada Brasil.

  370. Alex dos Santos

    -

    02/09/2013 às 10:10

    Excelente! Esta semana, chega o meu livro. # Ansioso!

  371. "É isso aí, Tio ! o Professor Olavo é mesmo CAMPEÃO !!!..."

    -

    02/09/2013 às 10:09

    Olá TRx,
    *****
    Falando no Professor Olavo de Carvalho, vem à lembrança a Patrulhada Salafrária que o tirou do Grupo de Mídia GLOBO (parece q liderava a alcatéia era aquele crápula do…do…sei lá o nome daquele Astro do Anonimato…trabalhou até há pouco na revista Época…q já nem lembro mais se o pouca sombra ainda existe por aí…nem vou perder meu tempo)
    **
    Enfim, vendo a situação à que chegou o Grupo Globo – Potência da Comunicação que assomou aos Corações e Mentes dos Brasileiros até o Falecimento do Grande Jornalista & Empreendedor, Doutor Roberto Marinho – vendo, dizia eu, o estado Moral lastimável e esfarrapado em que se encontra aquele Antro de Petralhas, Comunistas e Socialistas Jabuticabentos, não posso deixar de me apiedar pela Memória do Honorável Jornalista e Editor Brasileiro.
    **
    Nem li, mas, no fim de semana anunciava-se no site o ‘Arrependimento’(sic) dos ATUAIS DIRIGENTES do jornal ‘O GLOBO’ pelos Corajosos, Destemidos & Visionários Editoriais Escritos e/ou Inspirados pelo Dr. Roberto Marinho quando do CONTRA-GOLPE MILITAR de 1964 !
    *
    Aquele Movimento Civil & Militar, Conclamado à partir das Ruas pelo Povo não Aparelhado ou Engajado,
    e que nos livrou de uma DITADURA SANGRENTA & LONGEVA ARTICULADA PELO MESMO “FIDEL CASTRO” QUE HOJE NOS ENCHARCA DE PARA-MÉDICOS CUBANOS
    (Guerrilheiros ?, Agentes de Informação do G2 ? ou por aqui seria mesmo G1 ??!!)
    SEM QUALQUER COMPROVAÇÃO DA TITULAÇÃO EM MEDICINA, DISPENSADOS DE COMPROVAR HABILIDADES E COMPETÊNCIAS MÍNIMAS ATRAVÉS DE EXAMES DE REVALIDAÇÃO MUNDIALMENTE EXIGIDOS PELOS GOVERNOS DE PAÍSES INDEPENDENTES & NÃO ALIENADOS EM SUA SOBERANIA !!!
    Um momento, entao, quase assim como este de agora…
    ***
    De qualquer jeito, a Covardia está imperando naquela Platinada Grisalha, Caquética, Mixuruca e Cocoroca !
    **
    Só quero ver o Revisionismo à hora em que se abrir às claras este período tosco em que o País está metido e que as Falcatruas, o Entreguismo Fidelista, a falta de vergonha na cara e o Carreirismo Institucional for trazido à nu pelos Historiadores Independentes que, por certo, relatarão num futuro a safadeza Editorial dessa corja de Lacaios e Áulicos dos Petralhas & Associados.
    ***
    O que me impressiona é como que os Filhos do Dr. Roberto permitem que a Imagem de seu Glorioso Pai seja Conspurcada por uns tantos Gerentes, Supervisores, Encarregados e Operários da área de Produção de suas Empresas, em suas constantes jornadas tendo em vista legitimar a desmoralização do Homem Singular que foi o Pai deles !!!
    Absoluta Falta de Tutano e Respeito Póstumo !!!
    *****
    *****
    Salve o Professor Olavo de Carvalho !!!…
    No dia em que sair meu pagamento, compro logo esse seu último livro…no site do Aluízio Amorim !
    *****
    *****
    V&OL, TRx !!!…
    &
    Boa Semana ao Tio e à Tds Partisans Resistentes pela Democracia entrincheirados no BlogRex !!!…

  372. Berlatto

    -

    02/09/2013 às 10:08

    Excelente, caro Rei. Vou comprar o livro. Meu filho mais novo está no primeiro ano de Direito. Acho que vai ser uma ótima ferramenta de trabalho, ainda mais se juntar a ele, “O País dos Petralhas” I e II.
    Em tempo- Ouvi hoje pela manhã o comentário do Arnaldo Jabour na CBN. Parece que definitivamente o governo Lula-Dilma acabou para Jabor. Vejam só um pouquinho do que el diz: Dilma perdeu o controle. “Erros fecundos e duradouros vão marcar nosso caos durante muito tempo mesmo com governo novo”. Resumindo, ele diz com todas as letras que para lavar a casa, serão anos e anos de luta. Aja sabão, hein?, petezada…

  373. xLuiz

    -

    02/09/2013 às 10:07

    Mestre Rei
    Que segunda-feira é esta, que nos trás Olavo de Carvalho, em seu novo livro cujo título já nos chama ao discernimento do “não” pensamento único, que ora viceja nas editorias das empresas jornalísticas. Obrigado, Mestre Rei!, por esta bela resenha a um outro Mestre, que tanto merece!

  374. André

    -

    02/09/2013 às 10:07

    Cansei, faz tempo.

  375. GEROLOZANON

    -

    02/09/2013 às 10:04

    Para não ser idiota basta não ser do PT

  376. juarez cognato

    -

    02/09/2013 às 10:04

    Em um artigo “Fanáticos e Pusilânimes”, publicado em 21.4.2002, aqui em Porto Alegre, Olavo se refere ao que disse o filósofo e escritor Georges Bernanos na década de 40;” O Brasil é um país maravilhoso, mas infelizmente destinado a ser palco da mais sangrenta das revoluções”.

  377. Marcos Pereira

    -

    02/09/2013 às 10:03

    Corrigindo:
    …. + DE MIL PIOR QUE ELE, PARA DAR COMBATE A ESSA ESQUERDA HIPÓCRITA…

  378. Marcos Pereira

    -

    02/09/2013 às 10:01

    Olavo de Carvalho é o gigante que está aí para abalar os pilares que sustentam as vigarices da esquerda.
    Não há como não se revoltar quanto se tem uma noção verdadeira realista, não de Falsa História, com na Realidade Virtual e Mentirosa do Brasil Maravilha da ditadora dilma e do falsário lula.
    Felizmente Olavo de Carvalho está deixando um legado de + MAIS DE MIL PIOR QUE ÊLE para a esquerda hipócrita e porque não IDIOTA.
    Entende-se o motivo do fracasso da oposição ou concorrência ao pt: APENAS COMBATEM A QUADRILHA NO CAMPO DE A D M I N I S T R A T I V I S M O, não no campo das idéias, dos princípios. Afinal são farinha da mesma safra de joio, apenas menos CORROSIVOS para A ORDEM E PROGRESSO De nosso MALFADO BRASIL.

  379. Anónimo

    -

    02/09/2013 às 9:59

    Mente política brilhante. Só faltou mencionar que com o fim do mensalão, o PT passou a se financiar através de parcerias externas, como “venda” da refinaria de Pasadena, “doação” de refinaria a Evo Imorales, “superfaturamento” de refinaria de Pernambuco via Hugo Chaves, “perdão de dívidas” de países africanos, e agora “convênio” com médicos cubanos. Por que ninguém pede para a Interpol investigar isso?

  380. Olavo Mendonça

    -

    02/09/2013 às 9:57

    Excelente texto tio Rei!
    Comprei o meu exemplar e estou esperando chegar.
    Como já li alguns clássicos do Xará como o Imbecil coletivo I e II, e A Filosofia e seu Universo, sei que vou encontrar textos de alta qualidade intelectual. Aconselho a todos a acessar o site do Olavo de Carvalho o Mídia Sem Máscara. Abraço.

  381. Carlos Domingues

    -

    02/09/2013 às 9:54

    Definitivamente, meus heróis não morreram de overdose, muito menos estão no poder. Bravo, Reinaldo Azevedo! Bravo, Olavo de Carvalho!

  382. scholo

    -

    02/09/2013 às 9:54

    Seria muito bom se possível, a multiplicação de mais Olavos,e só se vê a multiplicação de idiotas. Leio tudo que acho para ler e ver no youtube, esses filminhos dele são demais .

  383. João Paulo

    -

    02/09/2013 às 9:51

    Viva Olavo de Carvalho!
    Poucos no Brasil tem a coragem e a capacidade deste Homem.
    Mesmo sem nenhuma divulgação na grande mídia ele já esta entre os 10 mais vendidos em VEJA!

  384. Lúcia BH

    -

    02/09/2013 às 9:48

    Parabéns ao jovem Felipe Moura Brasil!
    Felipe Moura Brasil é esperança.
    Olavo de Carvalho precisa ser lido e ouvido pelos jovens.

  385. Plinio

    -

    02/09/2013 às 9:42

    Magistral, fantástico.
    Gol de placa Reinaldo!

    Abraço.

  386. Fabiane Sartori Tonietto

    -

    02/09/2013 às 9:41

    A leitura deste livro deveria ser obrigatória nas escolas.

  387. executante

    -

    02/09/2013 às 9:40

    Olavo daria um Roda Viva épico

  388. Josué Júnior

    -

    02/09/2013 às 9:37

    Genial, simplismente!

  389. Guilherme Ferreira

    -

    02/09/2013 às 9:34

    Parabéns pelo texto, Reinaldo! E obrigado por ajudar a divulgar livro tão importante em nosso país! Gostaria de pedir o seguinte às pessoas que tomam conta dos comentários: sou Diretor de Campanhas para língua portuguesa de uma nova plataforma global conservadora de luta pela vida, família e liberdade (www.citizengo.org). A plataforma será lançada nos próximos dias. Gostaria de entrar em contato com o Reinaldo para solicitar ajuda em relação ao escopo de uma campanha que lançaremos pelo site. Se puderem me ajudar, ficarei imensamente agradecido. Por favor, não precisam publicar o comentário! Aguardo retorno…
    Que Deus lhe abençoe!

  390. db

    -

    02/09/2013 às 9:32

    Ok!

  391. anonimo

    -

    02/09/2013 às 9:31

    POIS É REINALDO!E SEUS AMIGOS LÁ DO MANHATAN CONECTION SE RECUSAM A ENTREVISTA-LO.
    PORQUÊ SERÁ HEIN ?

  392. André

    -

    02/09/2013 às 9:30

    Excelente divulgação!
    Lerei com certeza!

    Esse trecho sobre os transgênicos é uma definição perfeita do que vejo à minha volta.
    Sendo que infelizmente isso não ocorre apenas com os transgênicos, mas com qualquer assunto,
    basta a grande mídia criticar algo, que hordas de idiotas divulgam seu ódio concordante apenas
    para se mostrarem bondosos.
    A ignorância graça.

  393. gesse

    -

    02/09/2013 às 9:28

    muito bom

  394. Marcos Villanova de Castro

    -

    02/09/2013 às 9:28

    Reinaldo Azevedo e Olavo de Carvalho. Livros como Contra o Consenso, O País dos Petralhas (I e II), O Imbecil Coletivo e, agora, O Mínimo que você precisa saber para não ser um idiota, se adotados como leitura nas universidades brasileiras, certamente ajudariam a formar uma geração capaz de mudar o triste destino que, tudo indica, aguarda o Brasil.

  395. nei Brasil da paz...

    -

    02/09/2013 às 9:28

    Ele deveria fumar menos!
    Filosofia é tudo, ensina Huberto Rohden.

  396. Carlos

    -

    02/09/2013 às 9:25

    Pois é, são pessoas como essas, aqui no caso o Sr. Olavo de Carvalho, que por força das circunstâncias e imposição das ditas elites intelectuais deste maldito país, são demonizadas, alijadas e não tendo outra opção, são obrigadas a irem embora. Isto somente por discordarem de pensamentos tacanhos e ultrapassados destas mesmas elites esquerdopatas. Ora, se você não comunga dos mesmos pensamentos deles e não come no mesmo cocho que eles, então é obrigado a se retirar, senão é lhe sugado até o ar que respira. Dizem que, depois da bagunça feita, o melhor é começar a limpar e organizar a casa, caso contrário ninguém mais vai saber o que é casa limpa, ai todos irão viver num chiqueiro e não se acharão porcos. Está parecendo este o caso neste momento. Guardo em minha memória desde o final dos anos 60, um adesivo nas cores verde e amarela que dizia “Brasil ame-o ou deixe-o” ou “Este é o país do futuro”. Com muito pesar no coração eu resolvi deixá-lo. Não tenho arrependimentos, pois vejo que nada mudou, ao contrário, o futuro chegou e o Brasil voltou ao passado.

  397. Maurício (MG)

    -

    02/09/2013 às 9:24

    Reinaldo

    Comecei a ler Olavo de Carvalho por influência de meu pai, que ficava encantado com sua coragem e inteligência; isto quando escrevia no O Globo. Com a chegada do PT ao poder e sua retirada da imprensa vendida (Globo, Época etc.) por pressão do partido mais corrupto da história ocidental, ainda temos o prazer de poder lê-lo na internet. Ah, a internet! Como você disse, a inteligência e a cultura de Olavo de Carvalho mexem com a gente. Quanta cultura: parece que o homem já leu tudo de tudo! É de dar inveja, mas da boa inveja. Havia momentos, por mais que eu gostasse de seus textos, em que eu achava que Olavo de Carvalho estava delirando. Com o tempo, percebi que ele é um verdadeiro profeta, pois sabia tudo o que aconteceria: da chegada das esquerdas ao poder à tentativa, até agora bem sucedida, de destruição da família e dos valores tradicionais. Não dá mais para desconfiar do que dizia e diz Olavo de Carvalho.

  398. anonimo

    -

    02/09/2013 às 9:24

    Olavo nós o proibimos de morrer!

  399. Aristóteles Brasileiro

    -

    02/09/2013 às 9:23

    Trocaram a Cultura Analítica pela Cultura do Cabresto.

    Infelizmente, no Brasil e em vários países atualmente, batalham fervorosamente em várias frentes culturais e educacionais para mudar a filosofia helênica, pela filosofia Islâmica ou do Mohamed!

    Nas escolas é obrigatório o ensinamento do Método Marilena Chaui, enquanto o Método Socrático fica escondido e esquecido em alguma prateleira empoeirada…..

    As “mídias”, como nos ensina o apedeuta, escondem-se e se alimentam nas corcovas gordurosas dos dromedrários – Notícias por quilograma, para atrair os Santos e Demônios. Covardes e hipócritas, não aceitam mais o desafio milenar da Esfinge de Tebas:

    DECIFRA-ME OU DEVORO-TE!

    Por qual motivo precisam aprimorar a capacidade analítica? – já que os problemas não são tão simples e tão óbvios. Não precisam mais olhar para a Esfinge e analisar suas nuances…..

    Reinaldo, o Olavo de Carvalho sempre caminhou pelo sólido alicerce da filosofia helenística e jamais se ariscaria a andar pelos pântanos da ignorância.

    A Cultura Analítica, infelizmente é a capacidade de “poucos”, para pensar, analisar, decidir e conquistar o intelecto.

    Como disse um grande filósofo da atualidade – “Os antigos gregos, vestiram o homem da cabeça aos pés”, mas………..vai falar isso para os idiotas……

    Aristóteles Brasileiro

  400. Salomão Domingos

    -

    02/09/2013 às 9:20

    Que alegria me dá ler este texto.

  401. macarrão com farinha

    -

    02/09/2013 às 9:19

    Tento comprar em livrarias online com frete grátis para o Brasil todo, ou site não abre, ou não finaliza a compra. Alguns sites o PAC é o mesmo valor do livro, até mais. Os Correios/Estado com essa cobrança escandalosa de envio não quer que leiamos. Continuar tentando.

  402. Denise

    -

    02/09/2013 às 9:19

    Vou comprar e ler

  403. anonimo

    -

    02/09/2013 às 9:16

    Olavão, lá fora, é uma vergonha para nós, aqui dentro !
    Pululam emir sádicos por toda a parte e mais ainda nas universidades.
    pobreza, pobreza.
    horror, horror.
    o pensar no Brasil de hoje é uma ordem unida pobre cujo condão é o atraso capaz de fazer os ponteiros do relógio andarem para trás e está efetivamente andando, de quatro mas, andando .
    mas a súcia sorri em direção ao típico socialismo
    latrino-americano onde ainda limparão a bunda com as fotos de lula mais por falta de papel higiênico do que por crítica ao regime porém aproveitando a abundância impressa do culto a tão sodomita , alcolatra e sodomita personalidade .
    eu?
    espero estar morto para não viver isto , um brasil tão degradado pela omissão e conivência indecorosa de tantos covardes em especial, dos militares que sabem, vêem, escutam e nada fazem.
    não foi para isto que lutamos pela democracia.
    para sofrermos nas mãos do comunismo.
    Olavão saiu daqui para não ser morto e para respirar ares de liberdade de ideia.
    Aqui é um ambiente sufocante.
    Prenúncio daquela coisa comum ao comunismo que inibe o ser.
    Feliz dos norte-americanos que podem estuda-lo;
    Pobre dos bananeiros que não podem conhece-lo pois a censura, existe.
    O maior filósofo brasileiro vivo é ridicularizado por pessoas que precisam de um copo para fazer a letra ‘ó’.
    Que o digam o ‘jornalistas’ mentecaptos que infestam redações a mando de patrões a soldo do PT , patrões estes que aviadados , ainda não sabem se saem do armário ou compram uma bicicleta.
    Na dúvida cruel, vão a Paris esfregar o fiofó em grandes paus entregando/alugando seus jornais a Zé Dirceu .
    Já outros, após o mea culpa em editorias de ocasião, esperam graciosos mais anúncios da peteobrás .

  404. Angelo Costa

    -

    02/09/2013 às 9:11

    Prezado Reinaldo
    Sou fã do Olavo, embora ultimamente não o tenha lido com frequência. Não sabia do lançamento do livro. Comprarei e recomendarei. Valeu a dica.
    Abs.

  405. Rejane (Recife)

    -

    02/09/2013 às 9:11

    Para quem ainda não assistiu ao hangout do Lobão com o Olavo, vale conferir! Disponível no YouTube. Grande Olavo! E força resistente a Lobão que vem sofrendo uma patrulha estrondosa.

  406. Sergio Hora

    -

    02/09/2013 às 9:10

    Quando Olavo de Carvalho escrevia no Globo eu era apontado pelos sedizentes esquerdistas e inteligentes que me cercavam com o dedo da pecha, da condenação: “ele lê Olavo de Carvalho”. Tentavam com isso desqualificar quaisquer argumentos que de mim partissem.
    Continuei lendo online, e foi com imensa satisfação que vi na coluna dos mais vendidos de Veja – de que sou assinante – a posição que o novo livro de Olavo ocupa.
    É claro que o trarei a mim.
    Ler Olavo de Carvalho é uma das coisas mais importantes e mais prazerosas que um indivíduo medianamente pensante pode e deve fazer.

  407. Amaury Pio

    -

    02/09/2013 às 9:10

    Merecido artigo sobre Olavo, bela panorâmica sobre ele. Parabéns Reinaldo.

  408. Anônimo de Todo Dia

    -

    02/09/2013 às 9:07

    Já estou na metade do meu exemplar. É fantástico. E assustador…

  409. Augusto

    -

    02/09/2013 às 9:06

    Olavo seguiu a risca a maior licao iluminista de Kant: ousar pensar po si mesmo!

  410. Etrusco

    -

    02/09/2013 às 9:05

    Caro Reinaldo Azevedo,

    Só você mesmo para finalizar um texto, mesmo que seja só de referência, conseguindo reunir em poucas palavras um resumo do que um autor está tentando transmitir, através de suas inúmeras publicações, entrevistas e aulas. Realmente o Olavo de Carvalho, apesar de ser tratado como um típico reacionário conservador, pelos ‘proprietários’ da informação, desde sua geração até sua difusão; mostra-se mesmo, como deveria ser uma pessoa normal. Como os ‘normais’ incomodam os incompetentes personagens deste país teatral, obviamente ‘pau’ nele, ou pior: “no comments”. A ‘sutil’ diferença do O. de Carvalho, além de embasar-se em fatos e através de um estudo continuado é sua capacidade de análise, tanto ‘por dentro’, como ‘por fora’, desse grande palco no qual a sociedade sobrevive. Tanto é normal, que até como o ‘povão’, consegue se expressar quando se ‘irrita’, mas, e é aí que está a diferença, sem nunca deixar de concluir, ou responder de maneira clara e concisa, qualquer arguição a que foi submetido, mesmo que fora de maneira estúpida ou provocativa ( o que é costumeiro dentre intelectuais farsantes neste Brasil pandeiro).

    Por tudo isso, meu caro RA, sua conclusão foi perfeita, ‘curta e grossa’; enquanto “O Resto é Silêncio”, como diria Érico Veríssimo em uma de suas obras.

    Abraço, RA!

  411. Tião bento,Rj

    -

    02/09/2013 às 9:04

    Eu escolhi uma palavra para tentar escrever sobre: fingimento. Todas as outras considerações são por demais pertinentes e permeiam nosso cotidiano, mas o mais nefasto é o fingimento. Todos fingem, eu também , e me penitencio depois, à toa , já foi. Não é possível que tenhamos uma sociedade tão receptiva ao atraso e tão propensa a uma submissão remunerada. Não tem chances de dar certo, mas o acerto doloroso será compartilhado em maior perda para os pobres, eles estão se lixando para isso, estarão presos ou mortos. Em sã consciência: Dilma poderia ser presidente deste país, os jornais acham que sim e sempre inflam a bola da imperatriz. Quanta vassalagem inadequada. O olho do furacão é cego e não enxerga ninguém.

  412. Emerson Oliveira

    -

    02/09/2013 às 9:03

    Este livro já é um clássico.

  413. Enfrente!

    -

    02/09/2013 às 9:03

    VEJA SÓ REINALDO, o que escreve Olavo:

    *….Quando um brasileiro reclama de alguma coisa, não é que ela o incomode de fato. Não é nem mesmo que exista. É apenas que ele gostaria de que existisse e fosse má, para pôr em evidência a bondade daquele que a condena. Tudo o que ele quer é dar uma impressão que, no fundo, tem pouco a ver com a coisa da qual fala. Tem a ver apenas com ele próprio, com sua necessidade de afeto, de aplauso, de aprovação. O assunto é mero pretexto para lançar, de maneira sutil e elegante, um apelo que em linguagem direta e franca o exporia ao ridículo.*..

    E FOI NISSO QUE DEU, TRANSFERIR TODA A NOSSA “CULTURA e visão da realidade, para a alta MPB.

    ADIANTOU alguma coisa o sussurro de Chico Buarque, o Berreiro de Renato Russo, a histeria de Cazuza, o lamento de porre do Gonzaguinha, a voz ressaquenta do Chorão e o gingado cafetão do MV Bill e do Rappa?

    Com exceção do aumento das gordas contas bancarias desses artistas, o povo continuou deitado eternamente no berço explendido.

    É isso!

  414. Sandro Ferreira

    -

    02/09/2013 às 9:02

    A tirania está em gestação no Brasil, por causa do descaso e do silêncio. A confrontação do livro do Olavo é bem vinda. Também foi aqui no seu blog Reinaldo que li uma frase resume nosso momento na política e em todas as áreas:
    “Quando o sol da cultura está baixo, mesmo os anões lançam sombras”. Klaus Kraus.

  415. Augusto

    -

    02/09/2013 às 9:02

    Quanto mais o projeto de poder do PT caminha para a formacao de uma DITADURA BOLIVARIANA, mais essenciais (e menos “teoria da conspiracao”) passam a ser as ideias do Professor Olavo. A maior medida do trabalho de um pensador chama-se POSTERIDADE (quando a obra sobrevive ao passar do tempo, transcendendo-o). A obra do Professor Olavo vai deixando, paulatinamente, o falso status de “loucura da cabeca de um homem” para ir AMOLDANDO-SE a realidade. Isso da a ele o status de homem a frente de seu tempo, que eh a mais nitida marca do que costumamos chamar de GENIALIDADE!!!

  416. Carlos Soares

    -

    02/09/2013 às 8:54

    Descobri Reinaldo Azevedo através de Olavo de Carvalho e através desse brilhante texto passo a conhecer mais Olavo de Carvalho através de Reinaldo Azevedo.

    abraços

  417. Elah

    -

    02/09/2013 às 8:50

    Esse é o livro do ano, Reinaldo! Há algum tempo acompanho o Blog do Pim (Felipe Moura Brasil) e sempre estou lendo o Mídia Sem Máscara. O Professor Olavo é uma luz da qual todas as pessoas que querem enxergar as coisas com clareza deveriam se servir. Não é somente ler o livro, mas emprestá-lo, presentear os amigos, enfim, semear um pouco desse conhecimento. O melhor é que Olavo de Carvalho não é monótono. Ao contrário! É didático e divertido. Gostei muito desse post!

  418. Maria

    -

    02/09/2013 às 8:49

    Vou comprar agora!

  419. Augusto

    -

    02/09/2013 às 8:47

    Reinaldo,
    .
    A psicologia explica o fato de muitos, inclusive muitos de nos da direita, terem classificado as previsoes do Professor Olavo como “teoria da conspiracao”, pois isso se deveu a um sentimento de incredulidade de que os nossos medos se confirmassem.

  420. Geneuronios

    -

    02/09/2013 às 8:46

    Comprei na semana passada, já estou na pág. 141. Olavo pode ser criticado sobre tudo o que escreve, mas felizmente boa parte do que ele escreve é baseado em observações dos fatos , raciocínio,conhecimento histórico, etc e etc.
    Enquanto a maioria apenas percebe a mosca se debatendo e a aranha babando, Olavo de Carvalho já entendeu toda a estrutura da teia, como ela começou e o que ainda vai capturar. Realmente, poucos tem a capacidade deste Pensador.

  421. Tony

    -

    02/09/2013 às 8:44

    Caro Reinaldo,

    há muitos anos, eu cheguei a você depois de ter conhecido Olavo de Carvalho.
    Na primeira vez que li um trecho de um artigo dele, fiquei impressionado pela clareza, pela obviedade do que ele diz, e por quanto aquilo dizia respeito a mim, ao mundo em que eu vivo, à realidade que me rodeia. As explicações são precisas, e não pela retórica ou força dos argumentos, mas porque encontrei concordância na minha experiência, o que ele fala é aquilo que percebia, mas sem entender que era percebido. Ele dá nome aos bois, às coisas, aos cavalos.
    Olavo de Carvalho é uma potência.

  422. sergio the original since 1ª leitura

    -

    02/09/2013 às 8:43

    Parabéns por postar caro Reinaldo, o país precisa conhecer a obra monumental de Olavo de Carvalho!

  423. Aureo Luiz

    -

    02/09/2013 às 8:42

    Parabéns pelo post, o livro é muito bom!!! Mostra o quanto nós brasileiros ainda precisamos aprender.

  424. Marshal Gaioso Pinto

    -

    02/09/2013 às 8:42

    Parabéns ao Olavo pelo livro (já comprei o meu) e parabéns Reinaldo, por ter coragem de comentar e recomendar um autor proibido na mídia brasileira!

  425. Lourdinha

    -

    02/09/2013 às 8:40

    A idiotização tomou conta do Brasil. Cada vez eu tomo consciência de que pseudos intelectuais se dizem petistas ou, agora usam esta palavra, socialista.O sr Olavo realmente escreveu temas alguns anos passados, justamente para este momento que estamos vivendo hoje.

  426. PACATO

    -

    02/09/2013 às 8:36

    BOM REI.
    Olavo Luis Pimentel de Carvalho é,graças ao bom Deus!,uma das grandes estrelas de nosso país que ilumina e nos mostra,todos os dias,a esperança de um norte civilizatório aos seres humanos!

  427. Gabriel Marini

    -

    02/09/2013 às 8:36

    Bravo, Tio Rei! Ao fazer essa recomendação, você demonstra, novamente, a ousadia necessária para que exista a verdadeira cultura democrática no País. Infelizmente, como sabemos, a mera citação do nome do professor Olavo de Carvalho é proibida em boa parte dos grandes diários e das grandes revistas semanais, e que lê-lo em ambientes onde a pseudo-intelectualidade tomou, categoricamente, todos os espaços (como em nossa área, pois também sou jornalista) é divulgar um convite a ser perseguido pela Gestapo do pensamento.

    Os números das vendas de “O mínimo…”, com expressiva procura ainda enquanto estava em pré-venda, apenas nos trás aos olhos o fato de que as pessoas realmente interessadas na verdade são maioria – uma silenciosa maioria, decerto-, mas que se mantém impávida, moralmente e espiritualmente, diante do crepúsculo pelo qual a política e a cultura nacional passam.
    Ficam de parabéns, last not least, Felipe Moura Brasil e o querido Olavão.

    Um abraço!

  428. Toni Bahia

    -

    02/09/2013 às 8:36

    Já comprei!

  429. jorge luiz maronezzi

    -

    02/09/2013 às 8:35

    Que verdade, que ousadia mostrar a base do “ICEBERG”, de tanto ser metralhado com a CAPCIOSA infame das tvs brasileiras que constroem imensas torres de ilusoes abrigando o PERNISCIOSO e tornando os valores morais e decentes ridiculos.Para nao ser um completo idiota nao assistir a globo e bom.
    Vou ler.

  430. Silva

    -

    02/09/2013 às 8:34

    Já irei comprá-lo. Obrigado, Reinaldo por esse enfoque já que sou também um grande admirador do Olavo. Assisti muitas aulas dele na “Univercidade” da Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro. É simplesmente magnífico.

  431. Janaina Paschoal

    -

    02/09/2013 às 8:33

    Caro Reinaldo,

    Parabéns pela sensibilidade de jogar luz sobre esse gênio, que é Olavo de Carvalho. Em todo totalitarismo, os grandes autores e as grandes obras são cerceados. Olavo de Carvalho constitui leitura praticamente proibida nas Universidades brasileiras. Citá-lo é quase um pecado. Talvez por que seja um visionário. Talvez porque nos faça lembrar, a todo momento, que nosso país segue para o buraco, em uma velocidade tão grande, que não é sentida pela esmagadora maioria. Sei que, normalmente, a História só reconhece os grandes homens, após sua morte. Isso quando reconhece. Mostrar o valor de Olavo, em certa medida, significa reconhecer sua genialidade em vida. Vida longa a Olavo de Carvalho, com quem tive a honra de conversar, durante uma única tarde, oportunidade que considero um presente divino! Abraço grande, Janaina Paschoal.

  432. Thais

    -

    02/09/2013 às 8:33

    Terça passada ganhei esse livro de um dos meus melhores amigos. Ele realmente me ama! Tanto me identifiquei com os textos brilhantes de Olavo que o coloquei em um lugar de destaque nas minhas prateleiras, junto dos meus romances e distantes dos manuais keynesianos de macroeconomia dos primeiros 2 anos da graduação.

  433. BETHS

    -

    02/09/2013 às 8:32

    Já estou lendo e me deliciando. Leitura obrigatória para quem queira mesmo beber na fonte da lucidez.

  434. Cidadão

    -

    02/09/2013 às 8:31

    A realidade dos médicos cubanos:

    “Trabalho em um PSF em Vitória de Santo Antão, cidade aqui de Pernambuco onde estão sendo treinados os participantes do mais médicos.
    Hoje recebi alguns cubanos em minha unidade. E me surpreendi muito…
    Bem pior do que eu imaginava!!! Eram senhores entre 45 e 65 anos,simpáticos e educados. um deles, divorciado nao quer voltar pra Cuba. Quer casar e viver aqui no Brasil. Todos desconhecem milhões de medicações de uso cotidiano em nosso SUS, dentre elas: dimeticona
    (vulgo luftal), losartana, fluoxetina (antidepressivo), clonazepan
    (vulgo rivotril), escopolamina (buscopam), Ac. valproico…
    Desconhecem receituário azul e de controle especial (tive muita dificuldade em repassar isso e alguns continuaram sem entender),
    desconhecem o CID 10 e não sabem o nosso calendário vacinal (como já era esperado). Consegui entender o que falam sim, praticamente tudo,
    mas confesso que alguns colegas de trabalho sentiram uma certa
    dificuldade…
    Ao ver a enfermeira mostrar a lista de doenças de notificação
    compulsória, pedi pra por favor deixar para um próximo momento. Com
    toda essa dificuldade com as medicações básicas, ainda querer falar
    sobre as dezenas de doenças endêmicas, que com certeza os coitados
    também desconheceriam, seria demais!

    Perguntei a moça responsável por eles se ela achava que daqui a duas
    semanas estarão prontos pra atuar… Ela simplesmente deu uma risada!
    E afirmei que daria muito trabalho, uma vez que já foi 1 semana das 3
    de treinamentos e continuam sem conhecer o básico.

    Ela me perguntou se eles poderiam ir outros dias em meu posto
    acompanhar as consultas e a realizar visitas domiciliares. Eu disse
    que não era contratada do MS pra fazer isso e que nao me interessava
    porque sou contra o programa. Mas já estava marcado para voltarem na
    sexta que vem… De qualquer forma, sempre receberei qualquer pessoa
    em meu ambiente de trabalho com atenção e educação.

    Agora entendo totalmente o motivo de não serem aprovados no revalida.
    Não está relacionado ao nível de dificuldade da prova e nem o nível de
    conhecimento dos médicos, e sim porque tudo é diferente … Não é a
    toa que passamos anos acompanhando médicos em PSF’s e 2 anos completos
    dentro de hospitais.. Envolve cultura, costumes, situação sócio
    cultural do país. E isso, tenho certeza, não se aprende em 3 semanas,
    6 meses, 1 ano…

    Texto da Médica Maria Lúcia Barbosa”

  435. Tarso

    -

    02/09/2013 às 8:31

    Olavo representa, hoje, a verdadeira “contracultura” no Brasil.
    Usa todo o próprio conhecimento e capacidade de articulação para lutar contra o oficialismo, o comodismo, o chapabranquismo, o cordeirismo, a mesmice, o puxa-saquismo, o politicamentecorretismo e por aí vai.
    Mais do que tudo, luta contra o pseudomulticulturalismo, este que na verdade não passa de um engodo para impor o pensamento único.
    Olavo representa, na esfera da crítica cultural-filosófica (o termo que achei para “rotular” o trabalho dele)o mesmo que Reinaldo Azevedo representa na esfera jornalística, de crítica política do dia-a-dia.

  436. anonimo

    -

    02/09/2013 às 8:31

    O.C. !Desprezado MILITANTEMENTE PELAS UNIVERSIDADES !
    Temos um monumento lá fora, autoexilado entre outras porquew FRei Beto disse que ele era ‘perigoso’ e subliminarmente disse a militancia que ele deveria ser eliminado (sem aspas).
    Ignoram o maior filosofo brasleiro vivo mas endeusem ‘professores’ cuja maior obra é ler orelha de livro , decorar frases feritas tiradas de uma estante cheia de livros que nunca leram ou lerão.
    Cade palavra de Olavo é uma radiografia da miséria nacional .
    Nos EUA e na Europa, foram tantos os que conheci no meio academico que o conheciam (inclusive os de esquerda, que lá fora nao comem capim como os daqui) citando longamente muitos de seus
    pensdamentos, alguns dicosrdando mas sempre, debatendo (que é o que ele pede!)…mas aqui ?
    Folha, Estadao, O Globo, um monte de idiotas iletrados-(falsos)- beletrados o ridiculariza.
    O Brasil de hoje me dá nojo !
    ps: estes dias faslei ocm um reitor de universdiade aqui no interior de Sp.
    ELE NAO SABIA QUEM ERA OLAVO DE CARVALHO NEM ENQUANTO INIMIGO IDEOLOGICO MAS SABIA QUIEM ERA EMIR SADER .
    quer mais pobreza mental e aparelhamento do que isto ?
    OLAVAO, DEUS TI ABENÇÕE !

  437. Fernando

    -

    02/09/2013 às 8:22

    Pena que ele brigou com o Rodrigo Constantino. A direita não pode se dar ao luxo de brigar entre si. A direita tem que se unir!

  438. Marcos F

    -

    02/09/2013 às 8:21

    Não exagero se disser que os textos acima são a expressão mais perfeita da idiotice brasileira.
    Olavo é preciso na sua análise. Seria bom se uns poucos soubessem e decorassem suas idéias, para brecar cusparadas filosóficas dessas marxilenas que, apesar da sua idiotice, ganham salário do nosso dinheiro.

  439. Cris Azevedo

    -

    02/09/2013 às 8:19

    REI

    Acabo de pedir meu exemplar na Siciliano (PREÇO BOM, GALERA!)

    Gosto demais do Olavo e aprendo muito com ele. Vira e mexe, estou lá, ligada em seus TalkRadios. Mesmo que a gente discorde dele na forma, é muito difícil discordar do conteúdo. O cara é fera e tudo o que diz já foi pensado, estudado, refletido, pesquisado. É mais que embasado. Ouvindo ou lendo Olavo, a gente percebe o quão ANTAS somos! Sua cultura é mesmo quase inacreditável! Sua lógica é implacável e sua visão é assustadoramente exata, clara, quase profética. O duro é sabermos que 99% dos fatos lamentáveis que assistimos hoje poderia ser evitado se simplesmemente…lessemos, estudássemos.! Nada disso é surpresa para quem conhece a História.
    Mais uma vez, fica provado que a ignorância a falta de cultura – qualquer uma – é um grilhão bem pesado. E a gente arrasta essa coisa pela vida, fazendo a maior força, porém ser ter a menor idéia de que ela está lá, fazendo peso, puxando prá trás, prá baixo.
    SIMMMMM! VOU LER OLAVO! E espero que mais gente faça isso, com disciplina e vontade de APRENDER. Como os teus próprios livros, Rei, os textos de Olavo devem ser tomados como lições, aulas, EDUCAÇÃO. São caso de ler, reler, refletir. Não é para ser engolido, somente. Há que se digerir, devagar, calmamente e assimilar.
    Vamos lá. Com muito prazer!

  440. Alvaro

    -

    02/09/2013 às 8:18

    Reinaldo, gostei muito do post, principalmente em ver guão grande vc é, e também um homem humilde, que reconhece um grande talento. Parabéns a vc, vou comprar o livro.

  441. Monarquista

    -

    02/09/2013 às 8:13

    Realmente, suas ideia são de uma solidez que praticamente quase não se vê hoje em dia, num país que foi tomado no meio acadêmico ou pela ignorância, como massa de manobra de um governo medíocre ou de uma militância igualmente ignorante e sem princípios e valores, e que nos arrastam cada vez mais ao abismo.

  442. Leonardo

    -

    02/09/2013 às 8:05

    Caro Reinaldo, aguardo ansioso um post sobre o esquizofrênico mea culpa da Rede Globo em relação ao apoio ao golpe militar.

  443. Diri

    -

    02/09/2013 às 8:01

    “Buscai primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas” – Jesus disse isto no sermão do Monte, está registrado em Mateus 6.33

  444. daniel

    -

    02/09/2013 às 7:57

    Para noz pobres ignorantes ,da muito orgulho e conforto para nossas almas ler vossos artigos, saber que voces existem, nos orientados ,nos guiandos, nos iluminandos, REINALDO, OLAVO, NUNES.ALUIZIO AMORIN e muitos outros obrigado por existirem.

  445. VSC

    -

    02/09/2013 às 7:57

    Parabéns ao Olavo e ao Reinaldo.

  446. bereta

    -

    02/09/2013 às 7:55

    Sobre a superioridade das coisas do espírito, Jesus recomendou que “buscássemos primeiramente o reino de Deus, e as demais coisas nos seriam acrescentadas”. Sobre ser diferente pelas ideias, pelo comportamento, vem de longe essa prática. Qualquer atitude que levasse o indivíduo a ser limpo, honesto, trabalhador, integro, enfim, cheirava a Integralismo. A desconstrução do brasileiro me lembra uma charge sobre um garoto que descia a rua numa das calçadas. Do seu bolso pendiam os elásticos de um estilingue, seu boné, “meio que” virado de lado, nariz arrebitado, cheio de sardas, acompanhado de outros garotos semelhantes. Do outro lado da rua, subia um menino bem trajado, levando um estojo de violino. O enfant terrible, dirigindo-se aos companheiros, falou:- Lá vai o meu irmão que não é de nada! Assim somos nós, como falou Olavo de Carvalho. Quando nos dedicamos as coisas mais refinadas, não somos de nada. A cultura do emburrecimento e consequente embrutecimento é constante em quase todos os setores do país, mormente na política. Burros são dominados com o uso do bridão, da espora e do chicote.

  447. EDAZ

    -

    02/09/2013 às 7:51

    Assim que puder comprarei esse livro!

  448. Ataíde

    -

    02/09/2013 às 7:50

    Ou me engano ou pode ter sido erro de digitação.
    ———-
    No terceiro parágrafo do segundo texto em azul está: “Meu amigo Andrei Pleshu, filósofo romeno, resumia: “No Brasil, ninguém tem a obrigação de ser normal.” Se fosse só isso, estaria bem. Esse é o Brasil tolerante, bonachão, que prefere o desleixo moral ao risco da severidade injusta.”

    —–
    “prefere o desleixo moral ao risco da severidade INJUSTA”… Não seria severidade JUSTA?

  449. Dário Vasconcelos

    -

    02/09/2013 às 7:48

    Parabéns Reinaldo pelo post sobre o livro do Professor Olavo. Que nós brasileiros, com a ajuda de Deus e deste livro, consigamos emergir para a normalidade da compreensão da realidade que nos cerca a partir da verdade.

  450. Célio Rodrigues

    -

    02/09/2013 às 7:45

    Ninguém para falar com tamanha propriedade e grandeza de Olavo como outro grande: Reinaldo. Parabéns!

  451. Um Tal Zé

    -

    02/09/2013 às 7:45

    Brasileiro não esquenta, pois isto dá trabalho; Marilenas e Capilés simplificam as coisas para deleite do paladar pátrio; e assim vamos, já que a maioria é composta de Simplícios da vida; e continuamos sem ao menos um Nobel; claro, teria sido bem pior se o Lula tivesse um; não que aquela honraria seja tudo para uma Nação, pois que o melhor de tudo é a moral de um povo que ao que parece, cada dia torna-se mais escassa por aqui, mas o mais lamentável sim é o povo que engole tanto populismo e tanta demagogia política; ainda bem que temos alguns Olavos, então temos esperança de dias melhores.

  452. Apolo

    -

    02/09/2013 às 7:30

    Reinaldão,

    É isso aí. Vamos dar valor a quem o tem.

  453. Sandra

    -

    02/09/2013 às 7:11

    Óbvio que já compramos!

  454. José Carlos

    -

    02/09/2013 às 7:09

    A maioria das obras que os intelectuais brasileiros produzem tem o mesmo valor das obras que eu produzo todos os dias ao sentar no trono …

  455. Julio Cesar

    -

    02/09/2013 às 7:07

    Grande Professor Olavo! Grande Reinaldo Azevedo!
    Deus abençoe vocês!

  456. Hamliton Coragem

    -

    02/09/2013 às 7:02

    O livro é realmente muito bom!

  457. Marcia

    -

    02/09/2013 às 6:58

    Ja adquiri meu exemplar e me emocionei com as palavras do autor:”… Olavo dinamita o mal que paraliza a sua inteligencia e oferece as ferramentas com as quais voce pode ergue- la, deixando claro que nao fara isso por voce, porque educacao e uma conquista pessoal… Se as escolas fabricam um exercito de militantes, Olavo indica o caminho para voltar a ser gente, de preferencia madura… Se a midiaencobre a realidade com eufemismos, Olavo alfabetiza voce de novo, chamando as coisas pelo nome, doa a quem doer.. Olavo mostra com quantos sacrificios se restitui a sanidade, em prol de uma felicidade duradoura…”Ja comecei a trilhar meu caminho de volta a maturidade tao necessaria, obrigado! Obra essencial! Abracos

  458. João Queiroz

    -

    02/09/2013 às 6:57

    Sim, tio Rei, vou ler o livro de Olavo de Carvalho “O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota”. Neste contexto ressalto o que ele disse: … o Brasil do caos obrigatório, que rejeita a ordem, a clareza e a verdade como se fossem pecados capitais….

  459. José Carlos

    -

    02/09/2013 às 6:50

    gostaria muito que o Brasil fosse um país além do futebol e do samba, que fosse um país da ciência, da filosofia, da matemática e da literatura.

  460. Abrantes Araújo Silva Filho

    -

    02/09/2013 às 6:39

    Acompanho Olavo de Carvalho desde 1992, quando um professor de patologia da UFES, Dr. Paulo Merçon, me disse algo como: “você não pode se formar em medicina sem ler Olavo de Carvalho, entre hoje mesmo no site dele e comece a estudar”. Segui o conselho no mesmo dia e, confesso, após as primeiras leituras fiquei chocado: nunca tinha lido algo que descrevesse melhor o ambiente de podridão intelectual que vivenciava na universidade. E com o tempo compreendi a abrangência, importância e o alerta que Olavo fazia a todos nós. Suas palavras, sempre desprezadas como mera “teoria da conspiração” pela meus professores, se revelaram proféticas. Triste o país que obriga uma inteligência como a de Olavo a se exilar voluntariamente, mas compreendo sua atitude: é muito triste ver a pátria e seu povo nesse estado de decadência e nas mãos dessa gentalha comunista. Sou eternamente grato ao professor Paulo Merçon por tudo o que ele me ensinou sobre patologia e mais ainda pelo seu conselho: uma frase de 15 segundos valeu mais do que tudo o que tinha aprendido sobre o país até então. Repito então o conselho que me foi dado há 21 anos: amigos que acompanham o blog do Reinaldo Azevedo: vocês não podem compreender o Brasil sem ler Olavo de Carvalho.

  461. vitor Floresta de Miranda

    -

    02/09/2013 às 6:29

    Sr.Reinaldo,
    O livro já comprei na primeira semana do lançamento.A maioria dos artigos eu já conhecia, mas a compilação dos mesmos por assunto está excelente e foi muito proveitosa para mim; passou a ser meu “livro de cabeceira”; não me canso de reler, sendo livre a escolha do tema conforme os acontecimentos vão se repetindo; é um renovar de forças para enfrentá-los.
    Aproveito para solicitar seus comentários sobre a intempestiva autocrítica do jornal O GLOBO sobre a posição assumida por ele quando da revolução de 1964.
    Para mim esta autocrítica, como a argumentação adotada é uma confirmação cabal de que este jornal está totalmente dominado pela esquerda.
    SDS,
    Vitor

  462. Aureliano Júnior

    -

    02/09/2013 às 6:25

    Grande Olavo de Carvalho! Comprarei o meu.

  463. Pedro Henrique

    -

    02/09/2013 às 6:10

    Dois dos gênios, o Olavo e você, que me fizeram odiar o esquerdismo e de seus embustes atuais. Não fosse vocês – os principais – junto com alguns outros, talvez eu fosse mais um a achar que há aquecimento global, que há homofobia, que o aborto é um direito das mulheres, que a maconha deve ser discriminada, que os sapinhos e as pererequinhas devem ter seus habitats protegidos (em detrimento da agricultura e pecuária. Eu não tenho facebook, mas as vezes entro no de minha mãe… e parece um outro mundo… é a ignorância que se jacta de si própria… todo mundo, praticamente, com seus cérebros estuprados e violentados pelo pensamento da esquerda…. no boom dos protestos, posicionar-se contra era ser anatematizado e condenado a fogueira… defender a polícia, ainda que com mesmo método que os esquerdistas costumam defender bandidos de verdade, significava ser um desalmado, um crápula sem coração… Enfim… agradeço aos dois pela boa formação…

  464. Olavo de Carvalho

    -

    02/09/2013 às 6:09

    Sua generosidade intelectual é imensa, proporcional à sua inteligência. Obrigado pelas palavras sinceras e estimulantes.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados