Blogs e Colunistas

08/04/2011

às 20:59

O Itamaraty tem recaída e dá uma resposta de governo mixuruca aos EUA

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos, da OEA, fez um relatório sobre a usina de Belo Monte — eivado, de fato, de absurdos —, e o Itamaraty correu para dar uma resposta a um órgão irrelevante, que está metendo o bedelho em algo que está fora de sua competência. E ainda prometeu que voltará ao assunto. Já chamei aqui Belo Monte de “o mais belo monte” do governo Lula, embora o Brasil precise de energia, é claro. Mas anda tudo errado por lá. De todo modo, a OEA exorbitou, e o governo Dilma aceitou o joguinho.

No post abaixo, vocês lêem que o governo americano acusa o Brasil de violação aos direitos humanos, especialmente no que respeita aos presos comuns. Aponta a violência policial e a leniência com a corrupção. Se é para responder, há duas respostas a dar: uma de gente adulta e outra de moleque birrento. Adivinhem qual foi a escolha feita pelo Itamaraty neste “novos tempos” de Dilma Rousseff… Leiam:

“O Governo brasileiro tomou conhecimento da publicação, hoje, 8 de abril, do relatório anual do Departamento de Estado dos EUA sobre Direitos Humanos.
O Governo brasileiro não se pronuncia sobre o conteúdo de relatórios elaborados unilateralmente por países, com base em legislações e critérios domésticos, pelos quais tais países se atribuem posição de avaliadores da situação dos direitos humanos no mundo. Tais avaliações não incluem a situação em seus próprios territórios e outras áreas sujeitas de facto à sua jurisdição.
O Brasil reitera seu forte comprometimento com os sistemas internacionais de direitos humanos, dos quais participa de maneira transparente e construtiva. O Brasil permanecerá engajado, em particular, no mecanismo de Revisão Periódica Universal do Conselho de Direitos Humanos, instância criada para avaliar situações de direitos humanos nos países membros das Nações Unidas.”

Voltei
É uma resposta de gente mixuruca, típica dos piores tempos do Itamaraty sob o comando do Megalonanico. Existe violência policial no Brasil? Sim! Existe desrespeito a presos comuns? Sim! Existe corrupção? Sim! É tudo verdade! Mas a nota do Itamaraty, pelo visto, considera isso uma avaliação feita “com base em legislações e critérios domésticos”. Quer dizer com isso que os EUA avalia o mundo com base em suas leis. Huuummm… Por quê? As leis brasileiras permitem tortura a presos, violência policial e corrupção?

A nota é toda abespinhada, coisa de gente impotente e brava. Acusa os EUA de ignorar os direitos humanos em seu próprio país e faz referência ao Afeganistão e ao Iraque. Se é para tocar no assunto, que seja direto, que vá ao ponto.

Mas como reagir então?

Se é que caberia uma reação, bastaria afirmar que o Brasil dispõe de mecanismos para coibir e punir abusos e que está empenhado em combater todas as formas de violência. E pronto! Assim como fez, acusou o golpe e se saiu com o famoso “ninguém manda nimim“, dando a entender, o que é pior, que nega o óbvio.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

83 Comentários

  1. Jota

    -

    13/04/2011 às 16:59

    Só faltou colocar na nota: “Vou contar pra minha mãe! Você é feio, bobo, e cara-de-mamão!”

  2. Daniel

    -

    11/04/2011 às 20:05

    Soberania não tem nada a ver com a realidade dos fatos. Aceitar os nossos erros é uma virtude e não um defeito!! Mas a petralhada não aceita, ou mesmo compreende isso. Afinal estamos no país de Alice!!!

  3. noach

    -

    11/04/2011 às 1:32

    Patria libre o morir. Esses EUA não tem nada que fazer esse tipo de relatório. Que coisa! Magoei…Snif…Snif…

  4. BH

    -

    10/04/2011 às 15:26

    reinaldo voce é 10, ou 11- sei lá.

    esse ninguem manda nimim é prá lá de bom.

  5. mariza tannure

    -

    10/04/2011 às 14:13

    UMA SUGESTAO. PRIMEIRO ADMITIR QUE HA VIOLACAO DOS DIREITOS HUMANOS . COM RESOLVER: DAR CURSO PSICOLOGICO AOS POLICIAIS E TODOS QUE TRABALHEM NAS CARCERES CONSTRUIR UM PAVILHAO PARA QUE OS PRESOS LABOREM SEPARAR OS MAIS PERIGOSOS DOS OUTROS QUE HAJA COMO PRATICAR ALGUM ESPORTE ISTO SE CONSEGUE E MUITO MAIS COMO MELHORAR A SAUDE A EDUCACAO A SEGURANCA SE HOUVER CASTIGO PARA CORRUPTOS QUE DESVIAM OS RECURSOS DA NACAO PARA OBOLSO INSACIAVEL TEMOS QUE TER UM GOVERNO SERIO PARA ESTE NOSSO BRASIL E NAO PARA ENCOBRIR POLITICOS COMO OS DO MENSALAO ESTES SIM DEVERIAM ESTA NA PAPUDA

  6. carlos

    -

    10/04/2011 às 0:37

    O Lula dizia que ele falava grosso com americanos, mais perto do Obama mostrava uma cara de noiva pronta para o sacrificio, igual ao chaves e o cabral.

  7. carlos

    -

    10/04/2011 às 0:32

    Não adianta, os caras parecem aquele pudo chato que não para de latir para o leão , que não está nem aí para os latidos, por isso msmo que late histérico, mais um dia o leão pode amanhecer invocado e aí.

  8. PoPa

    -

    09/04/2011 às 19:40

    Quando se fala em superpopulação carcerária, em condições subumanas em altos custos de manutenção, pode ser tudo verdade. Mas, por que não se faz cadeias de bairro, para presos de primeira viagem, para gente que não representa risco para a sociedade – pequenos roubos, pensão alimentícia, estelionatários… essa gente não deveria ser colocada em penitenciárias junto com bandidos. Cadeias de segurança mínima, por que não?

  9. Semperdestro

    -

    09/04/2011 às 19:13

    Como o Itamarati pode falar em “comprometimento com os sistemas internacionais de direitos humanos”, e ao mesmo tempo apoiar o regime castrista em Cuba, único país das Américas que tem presos políticos? Ou defender o regime odioso de Ahmadinejad no Irã, que permite o apedrejamento de mulheres?

  10. Antonio

    -

    09/04/2011 às 18:18

    Desta vez vou discordar. Os EUA nao tem o direito de avaliar a política de direitos humanos de nenhum país, filiado a ONU.

  11. Aparecido f.

    -

    09/04/2011 às 18:01

    Eu dou muitas risadas com a tentativa dos petralhas de peitar os Estados Unidos.. só conseguem hilaridades… são incapazes de compreender o jogo politico internacional…onde quem pode mais, pode mais e quem pode menos, pode menos…A diplomacia dos “grandes” trabalha da mesma maneira quem um rapaz namorador , que levava suas namoradas a passear no Simba Safari ( quando ainda existia).. Entrava com o carro, estacionava no meio de um grande bando de leões e dizia a moça ::: Ou dá ou desce….Nunca ouvi falar que alguma desceu….

  12. Aparecido f.

    -

    09/04/2011 às 17:34

    Estou morrendo de rir dos diplomatas petralhas que tomaram o Itamaraty…Eles ainda não enguliram as afrontas deixadas pela passagem do imperador Obama por aqui… Para quem sabe ler nas entrelinhas, Obama veio até aqui só para mostrar aos petralhas quem manda no mundo…Trouxe a familia inteira, até a sogra, para mostrar que era só um passeio de fim de semana sem importancia, depois tomou a decisão (já tomada), na frente da rainha muda, de iniciar a guerra na Libia… Depois seus seguranças deram uma geral nos ministros petralhas, dentro do palácio deles…depois recusou, com medo de ser envenevado, um jantar no sábado no palácio da Dilma e preferiu flanar sabado a noite pélo Rio…Fez um discurso longe de Brasilia, como se fosse também presidente por aqui…E não trouxe nem discutiu nada de bom e de interessante pára nosso país… Os americanos nunca foram sutis em diplomacia, aprenderam isto com os ingleses, cujos diplomatas sempre negociavam com canhoeiras do lado de fora dos palácios…..Os petralhas não querem engulir, mas como não ??? Que armas tem essa potencia desdentada chamada Brasil ?????? Um unico aviãozinho caça ou um submarino de qualquer país pode acabar com a produção brasileira de petroleo por dez anos…Enquanto não tiver armas de verdade, vão ter que ahguentar calados, mandando estas bravatas mal educadas…

  13. Ashanti

    -

    09/04/2011 às 17:24

    Nenhuma novidade.Imcompetência petista.

  14. Gatusso

    -

    09/04/2011 às 16:16

    Essa nota se não foi feita pelo EX-ministrinho de chaveiro, foi pelo REI DO TARTARO. É só pegar as digitais…

  15. Darazoom

    -

    09/04/2011 às 16:02

    A ver se entendi: “O Governo brasileiro não se pronuncia sobre o conteúdo de relatórios…”, mas mesmo assim vamos nos pronunciar da forma mais chinfrim, ridícula e malcriada que conseguimos. Sem querer querendo.
    David

  16. Humberto de Luna Freire Filho

    -

    09/04/2011 às 15:38

    Parece que Patriota tirou uma semaninha de férias e os ratos da cozinha do Planalto estão fazendo a festa. Essa nota tem o dedo do moleque de recados de Hugo Chávez, o assessor top-top.

  17. Humberto de Luna Freire Filho

    -

    09/04/2011 às 15:30

    Acho que Patriota tirou uma semaninha de férias e os ratos da cozinha do Planalto aproveitaram para fazer a festa. O moleque de recados de Hugo Chávez(o top-top) deve estar por trás dessa nota.

  18. EXTREMA DIREITA

    -

    09/04/2011 às 13:04

    A CADA DIA QUE PASSA MAIS A BANÂNIA SE DISTANCIA DA MIRAGEM MEGALOMANÍACA DE QUERER UM ASSENTO NO CONSELHO PERMANENTE DA ONU.

  19. Celso

    -

    09/04/2011 às 12:26

    Nos tempos de Obama não era para se ter mais política de xingamento feito pelos Americanos com o propósito de desmerecimento a outros povos.
    Hitler fazia o mesmo, acusava países de comportamento ruim para justificar suas agressões.
    Temos problemas sim, mas temos todas as nossas instituições trabalhando de maneira independente, e temos a nossa sociedade civilizada que não quer dar bons tratos aos presos, preso é para ir pro paredão.
    A OEA tem que instalar sua casa em Guantanamo.
    A verdade é simples.
    A verdade é simples

  20. Rodrigo

    -

    09/04/2011 às 12:22

    Não foi o Brasil que entregou a Cuba, com auxílio da Polícia Federal, dois boxeadores cubanos que lutavam por liberadade?!? Depois desse despreendido ato de apoio aos direitos humanos, o Brasil se acha acima de qualquer suspeita acerca da forma como trata seus presos… Tenho certeza de que se as prisões aqui são tão ruins ou piores do que o Inferno. E o Brasil se orgulha disso !!!

  21. luis

    -

    09/04/2011 às 12:19

    De um governo que acha que pode tudo e que não deve satisfações nem aos seus cidadãos, que outra resposta poderia se esperar? A situação no Brasil é uma calamidade, uma vergonha que muita gente insiste em varrer pra debaixo do tapete. Com a saida do gigante megalonanico, pesei que as coisas iriam melhorar, mas aí lembrei que são os mesmos que estão aí a quase 9 anos.

  22. raimundo

    -

    09/04/2011 às 12:19

    Gente, será que essa prof. Helena tá falando sério? Será que ela é professora mesmo? Se sim, com esse “çabê profeçoral” como foi que ela conseguiu grana para viajar pelos EUA? Com um preparo desse essa “profeçora” deve ser convocada com urgência para a “caza do çabê” que Lula e cia tão cometendo com a alcunha de instituto.

  23. Gione Oigen

    -

    09/04/2011 às 10:49

    Realmente, que resposta imbecil.
    É a velha tática petista do “sou, mas quem não é”.

  24. Pedro Guilherne Souza Campos

    -

    09/04/2011 às 9:47

    Reinaldo
    A única reação cabível é ação para combater as práticas denunciadas

  25. roby

    -

    09/04/2011 às 8:55

    Eu gostaria de saber o que Nelson Rodrigues — ainda hoje o avaliador mais objetivo do caráter pátrio — acharia dessa molecagem da “nossa” diplomacia. Será que ainda é consequência do complexo de vira-lata?

  26. Sergio G

    -

    09/04/2011 às 8:41

    Então a resposta foi coerente com o perfil desse governo: mixuruca.
    Um governo que está pondo a perder quase vinte anos de estabilidade econômica não é nada mais do que mixuruca…

  27. Anônimo

    -

    09/04/2011 às 8:41

    errata – Washington

  28. Anônimo

    -

    09/04/2011 às 8:40

    Agora a Dilma vai pegar o Neurônio One, o avião presidencial, ír a Whashignton ralhar com o Obama e com a OEA. É a rolinha querendo bater na águia. O Brasil hoje não aguenta um conflito nem com o Pararaguai.

  29. Alvaro

    -

    09/04/2011 às 8:38

    Reinaldo vou usar uma frase do Olavo de Carvalho: “eu não tenho vergonha de ser brasileiro, porque não tenho culpa de ter nascido no Brasil”.

  30. LIMA

    -

    09/04/2011 às 8:36

    REINALDO.
    A MENTIRA E A CORRUPÇÃO, TAMBÉM IDEOLÓGIA E MENTAL, CONTINUA NORTEANDO ESSES PETRALHAS, QUE TODOS OS DIAS ASSALTAM O ERÁRIO. O MOLUSCO ANALFABETO CRIOU A O BLOCO DOS SEM VERGONHA NA CARA, DO QUAL ELE É O MESTRE MOR.

  31. Anônimo

    -

    09/04/2011 às 8:28

    Quem dera o problema dos direitos humanos no Brasil estivesse restrito a polícia e aos presídidos. No Brasil esse desrespeito passa pela educação débil, por hospitais públicos de fachada, desaparelhados e fétidos, por uma justiça que não faz justiça, por uma burocracia sufocante, por uma carga fiscal escravocrata, por uma corrupção debochada, por criança largadas nos semáfaros se prostituindo, pelo pouco caso com o dinheiro público e por aí vai… Direitos humanos tem múltiplas facetas. Há muito somos tutelados por um governo incompetente e corrupto que tudo quer, sem nos dar nada em troca!

  32. José Paulo

    -

    09/04/2011 às 8:23

    O Brasil petista é mixuruca!.
    Tenho lido ao longo dos últimos anos vários sábios de diversas áreas dizerem que o Brasil está na moda. Onde já se viu país sério “estar na moda?”.

  33. GD

    -

    09/04/2011 às 8:17

    “(…)Mas a nota do Itamaraty, pelo visto, considera isso uma avaliação feita “com base em legislações e critérios domésticos”. Quer dizer com isso que os EUA avalia o mundo com base em suas leis. Huuummm… Por quê? As leis brasileiras permitem tortura a presos, violência policial e corrupção?(…)”

    Mestre REI, não é isso que o MRE quis dizer, mas redigiu mal a nota.

    Os EUA têm legislação própria, baseado em critérios próprios também – como não ser assim? – que obriga o Departamento de Estado a relatar a situação de Direitos Humanos, Tráfico de Drogas e outros assuntos em quase todos os países. Isso é mandatório.

    No Brasil, especificamente, digo a vc que os levantamentos são feitos com base no noticiário da imprensa brasileira e outras fontes públicas locais. O relatório não é opinativo, é informativo.

    É assim que é aqui e, posso inferir, que nos outros países também.

    Ir além disso é literatura de cordel… Ruim. Abração. GD./BYE

  34. Sibelius

    -

    09/04/2011 às 8:07

    Reinaldo,
    Minha mãe sempre me preveniu contra os baixinhos. Costumam — mesmo sem aparentar — ser recalcados. O Megalonanico está aí para comprovar a assertiva. Somava o seu nanismo ao gigantismo dos EUA e o resultado é o que todo mundo sabe. Agora, o Patriota é o único embaixador brasileiro “mais baixo” que o Megalonanico. E o pai dele, até onde sei, teve uma carreira medíocre no Itamaraty. Talvez por isso tenha ele lutado tanto para ser ministro. Quer provar que a família não é toda feita do mesmo metal. Atenção: ele é nanico! Naniquíssimo. A sua megalomania e servilismo ao poder de turno podem vir a superar, de muito, as posições do risível Celso Amorim.

  35. Anónimo

    -

    09/04/2011 às 8:02

    REI com esta atitude BRASILEIRA de falar grosso com os AMERICANOS muitos eleitores votaram na candidata do LULA ,pois eles acham que o Brasil agora virou uma grande potência mundial, já que enfrenta a maior potência do mundo de igual pra igual.
    Eu não sei por que muitos Brasileiros vivem arriscando a vida pra entrar clandestinamente nos EUA se o nosso país é uma maravílha , algum PTísta pode me responder ?vou aguardar a resposta. Eu ainda não fui conecer este país,mas sou fân deles e sei que NÃO estou só.

  36. Aldo Araújo

    -

    09/04/2011 às 7:55

    É interessante como uma resposta tão simples, lógica e de fácil formulação não passa pela cabeça de ninguém no governo. Que tipo de gente é essa?

  37. Álvaro Tadeu Andreoli

    -

    09/04/2011 às 7:54

    Bom dia meu caro Reinaldo !
    Em uma nação, em que a educação pública e privada, dos anos 70 para cá, piorou em tudo,que tipo de respostas podemos esperar, a não ser dentro de nossa capacidade “máxima”. O técnicos do mundo, realmente desenvolvido, dominarão cada vez mais, o povo brasileiro, sem que este perceba, pois a ignorância é céga !

  38. cagliostro

    -

    09/04/2011 às 7:18

    Dilma vai à China para conferir os direitos humanos por lá. O que será que ela vai achar? Até agora, quanto a essa questão, o PT não tem visto nada de errado, seja no Irã, em Cuba, Venezuela, China, Rússia, etc. Vamos torcer para que ela acorde para a realidade. Cagliostro

  39. Luz no Fim

    -

    09/04/2011 às 6:45

    “O Governo brasileiro não se pronuncia sobre o conteúdo…” Não se pronuncia pronunciando.

  40. nana

    -

    09/04/2011 às 6:42

    A palavra “direitos humanos” foi dita 5 vezes neste texto.

  41. Marcus Meyer

    -

    09/04/2011 às 6:37

    É que no Brasil existem as leis “para inglês ver” e existe a realidade, onde invasores de terras são financiados pelo governo, criminosos recebem medalhas de honra ao mérito e comendas do estado, crimes cometidos em nome do Partido são considerados obras de “aloprados” e a tentativa de se implantar uma ditadura comunista no país é vendida como luta pela democracia!

  42. fernando claudio

    -

    09/04/2011 às 6:29

    Lembrei de uma tia portuguesa que repetia uma frase quando alguem apontava algum desvio dos seus filhos.
    Ela nervosa respondia:
    -Dos meus falo eu!

  43. Zeca Brito Bezerra

    -

    09/04/2011 às 6:02

    A resposta birrenta clássica é: “Os EUA também desrespeitam os direitos humanos”. O sujeito não se dá conta de que está praticando uma sinédoque, ou seja, usando uma idéia geral (a de nação) em lugar de realidades singulares (governos, indivíduos). No fundo, trata-se do pensamento velho mágico ou mítico em ação. Ora, “os EUA” são uma entidade abstrata, convencional. Se soldados americanos, brasileiros, chineses ou malgaches cometeram atentados aos direitos humanos, não foram “os EUA”, nem “o Brasil” nem “a China” nem “o Madagáscar”. A diferença está em saber se estes países, efetivamente, possuem instituições próprias e atuantes para punir os abusos. Será que vou precisar desenhar isto para alguns sabidinhos?

  44. Zeca Brito Bezerra

    -

    09/04/2011 às 5:41

    O Brasil permanece “engajado no Mecanismo de Revisão Periódica Universal do Conselho de Direitos Humanos” da ONU. Esse mecanismo é o mais cínico pentelhamento coletivo que existe – uma verdadeira polícia política e dos bons costumes. Eles avaliam a situação dos “direitos humanos” até no Luxemburgo e no Principado de Liechtenstein. Se um policial olhar um imigrante ilegal de cara feia nesses lugares, já é um atentado aos direitos humanos. Cambada de vigaristas!!!

  45. ricardo

    -

    09/04/2011 às 4:16

    sem contar que o texto parece uma redação de um aluno de 8 serie…patético…

  46. Glorinha de Nantes

    -

    09/04/2011 às 2:08

    ORAÇÃO DE BRASILIDADE CIDADÃ !
    .
    Tomara que, apesar do projeto de poder llullo-petista, 
    o Brasil prossiga alimentando-se
    de ideais e idéias democráticas!
    Tomara que a fonte não se esgote!
    .
    Tomara que o Brasil
    ___ do bolsa-família, do corporativismo,
    dos marqueteiros, do banditismo do MST,
    das manobras e descalabros federais,
    das corrupç?es governamentais,
    do aparelhamento do Estado
    ___ resulte!
    .
    Resulte em mega-hiper-maxi-master-macro-blaster movimento, 
    na direção contrária, por mera Lei da Física!
    .
    Tomara que haja a necessária e suficiente intensidade
    das aç?es de sentido e força opostos,
    devido à inexorabilidade da existência!
    .
    TOMARA! AMÉM!

  47. pedro curiango

    -

    09/04/2011 às 1:57

    O problema fundamental da atitude brasileira em relação aos americanos talvez seja que ainda não aceitamos que, quando chegar o ano 2200, se Deus for generoso, estaremos como os EUA estão hoje…

  48. Anónimo

    -

    09/04/2011 às 1:56

    O problema fundamental da atitude brasileira em relação aos americanos talvez seja que ainda não aceitamos que, quando chegar o ano 2200, se Deus for generoso, estaremos como os EUA estão hoje…

  49. Raskol: o nanismo do ptralhês

    -

    09/04/2011 às 1:37

    Acho que o ghost writer dessa mensagem pixulé foi o rei do tártaro ou a própria dillma. Ela, assim como o manguaça51, não tem qualquer estatura de estadista e nem se esforça para aprender.
    Seria pedir demais que gente do ptralhismo soubesse se posicionar em favor do Brasil sem mostrar o nanismo do ptralhês ou o “ninguém manda nimin”.

  50. Flavio P.

    -

    09/04/2011 às 1:09

    “áreas sujeitas de facto a sua jurisdição” é um understament diplomático pra “Iraque”?

  51. V.H.

    -

    09/04/2011 às 0:45

    Uma resposta a la dilma!

  52. Lopes

    -

    09/04/2011 às 0:35

    Tio, se OEA é irrelevante e o Brasil é um de seus membros vamos jogar aos porcos Burgueses o princípio da unidade.
    Unidade que reputo orgânica onde uma ponta fala e outra solta um. É sensível tal unidade no nível de discussão entre oea que fala e a muda que solta um. E, de repente mais um e mais um até o belo monte.

  53. marina

    -

    09/04/2011 às 0:06

    temos recaída depois de curados.não é o caso. a doença do Itamaraty é crônica.

  54. Gustavo

    -

    09/04/2011 às 0:03

    Proximo presidente dos EUA: Donald Trump??

    Sou de Sao Paulo mas atualmente faco MBA em Berkeley. ACabei de assistir a uma entrevista do Donald Trump na NBC. IMPERDIVEL. Eu fiquei muito bem impressionado e creio que tai um forte nome em potencial. Vale a pena assitir:
    http://www.youtube.com/watch?v=Y1tvArjOjFc

    Continuo te lendo daqui, viu!? Desde a Primeira Leitura que viciei!
    Um grd abraco!
    Gustavo

  55. Magic

    -

    08/04/2011 às 23:58

    Rei,
    dessa vez, nao concordo com seu ponto de vista. Os E.U.A em muitas ocasiões tambem desrespeitaram os direitos humanos, e agora vão ficar mandando “cartinha” para os outros países?

    link: soldados AMERICANOS mutilando e matando civis.
    “the kill team” <<< google

    ps. porque meu post nao está sendo publicado? nao estou ofendendo ngm, só estou pondo minha opnião

  56. Roberto

    -

    08/04/2011 às 23:51

    Prof Helena das 22:17

    Você precisa conhecer melhor os EUA.
    Eu moro aquí e já viajei muuuuiiiitas milhas de carro por este país e o que mais se encontra por aqui é o verde e matas preservadas (muitas reservas de caça para quem gosta), acredito que você tenha visitado regiões desérticas e imaginado que é o retrato do país. A minha experiencia aqui é o oposto da sua. Vamos então deixar por menos, e nas suas próximas viagens visite a virgínia, geógia, as Carolinas e outros estados, tanto do meio-oeste quanto de toda a região norte, que você encontrará Rios caudalosos e lagos imensos, lindos e limpos para se deleitar. Talvez você mude seus conceitos e desfrute um passeio mais agradável.

    Saudações ao nosso Rei e parabéns pelos textos sempre excelentes e a visão correta (e análises também corretas) dos fatos do dia-a-dia do Brasil.

  57. Nanico

    -

    08/04/2011 às 23:40

    O governo cada vez mais a meter
    os pés pelas mãos.
    Mais 100 dias e a inflação estará mais fortalecida.
    E a gente do governo a bater cabeças e
    receber esporro da rainha má.É só o começo.
    Nanico

  58. PARASITOLOGO

    -

    08/04/2011 às 23:23

    Belo Monte ,é o tipo de usina ,muito cara e vai gerar muito pouca energia ou seja a relação custo benefício é uma das piores relações e para piorar mais ainda o meio ambiente vai ser prejudicado de tal forma e que os custos dessa aberração ,mais uma dos Petralhas aonde a ganancia impera ,eles vendem 13000kw e ela vai gerar no mãximo 3000kw ,me parece negocio da china né ,ou é negocio de trambriqueiros que não estão nem ai para os cofres públicos e muito menos para o meio ambiente ,segue um exemplo bem antigo e ocorreu a mesma situação ,a Usina de Balbina -AM ,foi projetada para uma capacidade e nunca conseguiu o seu objetivo e o pior foi contra o meio ambiente que se projetou com muitos estudos uma área X para ser alagada ,mas verifique o que ocorreu na real ,inundou mais do que o triplo do que havia sido projetado e além da floresta que foi para debaixo d”água e imaginem o resto ,pesquisem sobre Balbina ,eu morava em Manaus nessa época e trabalhava em construção e conhecia muitas pessoas que lá trabalharam e sabiam do absurdo do desastre que até hoje poucos sabem .E a de Belo Monte está no mesmo caminho.

  59. esther correa

    -

    08/04/2011 às 23:23

    Tio
    Ó o Brasil, ó:” Ninguém manda nimim. Nós não se ajoelha prus americanu!KKKKKKKKKKKK.

  60. Prado BH

    -

    08/04/2011 às 23:12

    Patriotada de gente atrasada = petralhada! Mas o povinho estúpido ama Lula/Dilma, vagabundagem, sacanagem, futebol, cachaça, fanque, aché, pagode-moderninho-de-afro-descendentes e outros lixos (pelo menos, os pagodeiros afrodescendentes não foram buscar dinheiro público, como fez a musa da MPB, irmã de Caetano “nem morta!” Veloso). Viva a Austrália, Viva os Estados Unidos, Viva Israel!

  61. Carlos

    -

    08/04/2011 às 23:00

    Vejam a capacidade mental brasileira
    Prof Helena – 08/04/2011 às 22:17
    .
    A falta de vegetação no deserto americano é culpa dos “ianques” capitalistas…
    Será que é culpa dos Estados Unidos também a existência do deserto do Saara?
    Será que os EUA criaram uma máquina do tempo para voltar ao passado apenas para desertificar o norte da África e a região desértica do oeste americano?
    Será que também fizeram isso com o deserto do Atacama, o de Gobi, o da Península Arábica, o de Kalahari, o da Ásia Central, além de todos os outros desertos do mundo?
    .
    O antiamericanismo vigente no Brasil é de doer, não é Professora Heloísa Helena? Esse pessoal do PSOL…

  62. raimundo

    -

    08/04/2011 às 22:59

    Os EUA ultimando o relatório sobre a corrupção brasileira e a Lástima, lá, fazendo pouco caso do mensalão. Que nojo.
    Quanto aos DH, que tal o Itamaraty apelar para Vanucci e seus seguidores?!
    CANALHASSSSSS!

  63. FM

    -

    08/04/2011 às 22:59

    Esse pessoal que comanda as nossas relações exteriores, quando fala do USA ligam automaticamente seus escassos neurônios a tomada de rancor em alta tensão, daí raciocínio profícuo com o governo americano nem pensar. Afinal temos que falar grosso com eles e só mostrar candura com outras espécies mais avermelhadas. Com esse pessoal aí do Norte,que ficamos sabendo a poucos dias que pertencem ao mesmo hemisfério, o que deixam rapidinho transparecer é só a a baba gosmosa própria desse sentimento menor que nada constrói.

  64. Anônimo

    -

    08/04/2011 às 22:57

    Caracas, nem li tudo, Reinaldo, mas fui logo me perguntar qual a diferença dessa declaração aí para a de um país como a China, a Líbia, o Irãn, a Venezuela et caterva?
    Agora eu tenho absoluta certeza: estamos em meio à primeira ditadura democrática do universo e, como disse nosso escrita, é aquela que finge que atende à maioria, enquanto massacra o indivíduo. Sabe, Reinaldo, você acertou no cerne da questão, ou seja, a completa nulidade que esses tipos fazem dos indivíduos da nossa sociedade. Eles simplesmente os anulam para que prevaleça uma pseudo maioria que, no fundo, são comités deles mesmos, previamente arranjados. Como você bem disse, são profissionais e acrescentaria um adjetivo: do engodo.

  65. carlos

    -

    08/04/2011 às 22:47

    Os tontos batendo boca para as verdades que os americanos falaram.
    Calma petistas que vamos precisar de muito etanol, gasolina, remédios e tecnologia para o presal, além de muitas outras coisas, olhem a balaça comercial, quase 8 bi a favor deles enquanto com a china é apenas 5 a favor nosso.Ah! e do jeito que vão as coisas podemos precisar até de comida, burros, idiotas quando realmente no pasamos de favelados viralatas ignorantes, vejam quantas empresas americanas aquí empregam gente e produzem, são a maioria e se olhar direito grande parte de nosso PIB são eles que fazem enquanto as nacionais so aumentão a divida pública.

  66. Creuza Maria

    -

    08/04/2011 às 22:41

    Reinaldo, adorei o “nimim”.Mas sabe o que acontece? A era de Celso Amorim, “mediocrizou” o pessoal do Itamaraty.

  67. Ivan

    -

    08/04/2011 às 22:40

    Não entendo pq tem gente que defende Fidel e os petralhas, mas não se muda pra Cuba?
    Será pq lá Fidel manda cortar a mão de quem tenta roubar dinheiro público?
    Cuba não tem problema de imigração, aliás estão precisando de gente para recompor o partido. A garotada cubana não quer mais saber do partido comunista.

  68. Zenildo

    -

    08/04/2011 às 22:34

    Os USA finalmente começam a cuidar mais do Br. Já era hora. Esse governo de corruptos deveria levar uma lição. Não sei como tem gente que se junta para defender essa gente. Não merecem, estão roubando de vcs. Por pior que sejam, eles são melhores que os petralhas. E vamos dar a César o q. é d. C., sem regionalismos, precisamos mto aprender com os norte-americanos. Disse Martin Luther King certa feita “O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.”

  69. Charles A.

    -

    08/04/2011 às 22:31

    Se o governo brasileiro não se pronuncia, por que se pronunciou?

  70. Charles A.

    -

    08/04/2011 às 22:28

    No Brasil do PT, todo(a) presidente(a) tem um sonho:tornar-se ditador(a)!

  71. Marcos F

    -

    08/04/2011 às 22:17

    Falta inteli e falta gente, em Brasilia – quanto mais a união deles.
    Para sacanagem, eles gastam seu tempo pensando. Para coisa séria … “não é da nossa índole” – diria nossa rainha.

  72. Prof Helena

    -

    08/04/2011 às 22:17

    Reinaldo, EUA não tem muito moral para falar de meio ambiente. Estive no Colorado, Nevada e Califórnia e por todos os lugares que andei é uma seca só, no verão. Nenhum verdinho para colorir a paisagem e os rios nem filete de água. As praias que visitei não tem onda, perderam com construções que avançam mar adentro. No inverno, por conta da neve ainda tem verdinho, a paisagem muda drasticamente, mas os rios tem filetes de água, não são caudalosos como os nossos. Como garota birrenta, também bato o pé e digo “ninguém manda mim”, vai cuidar do que você (EUA) destruiu antes de vir meter o bedelho.

  73. Paulo Bento Bandarra

    -

    08/04/2011 às 22:16

    Nega o óbvio, ou nem pretende mudar mesmo. Afinal, desarma a população honesta e fica parecendo que está agindo.

  74. Anônimo

    -

    08/04/2011 às 22:14

    “ninguém manda nimim“ é a mais perfeita tradução do sentido que me vem à cabeça lendo este comunicado super indigente. Vc é insuperável.

  75. Rolando

    -

    08/04/2011 às 22:10

    Vindo de um Itamaraty sob um governo petista até que foi uma resposta educada, aliás, acho que é o máximo de educação que se pode esperar deles.

  76. Luiz Fernando

    -

    08/04/2011 às 22:03

    Me intriga visita que Bono Vox fez a presidanta.Ele é conhecido pela sua militância em causas “ambentais”.Será que o cantor veio fazer lobby contra Belo Monte?Se sim, porque foi recebido?.

  77. Sam Spade

    -

    08/04/2011 às 21:48

    Que molecagem, coisa de guri pequeno mesmo…

    No meu tempo de guri, lá em Jacinto Machado, Santa Catarina, SC, para coleguinha birrento e impertinente a única coisa que resolvia era um “pelotada” de funda (para alguns estilingue) na bunda….Ia chorando para casa, mas tudo resolvido…

  78. Beto gaúcho

    -

    08/04/2011 às 21:43

    Reinaldo, e o Gbagbo de Costa do Marfim, tem novidade? Ele é só um ditador que não quer largaro osso? Tem post novo por ai?
    Abraço.

  79. claudemir

    -

    08/04/2011 às 21:42

    Rei..
    liga não, foi só um escorregão. Como é mesmo aquela fala
    do uso do cachimbo e a boca torta?????? pois é,foi isso!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ab. clau

  80. O lingua afiada.

    -

    08/04/2011 às 21:39

    Rei, a culpa disso é do molusco, que durante os oito anos que passou desgovernando o Brasil, só se preoculpou em se alinhar com governos totalitários. Quando o mesmo tentou se meter em Honduras, passou o maior mico da história das politicas externas brasileira. Ora, vão querer negar o que os estados unidos disse, não é verdade? desmintam com fatos, e não com retóricas. Quem respeita os direitos humanos, não se senta com quem não os respeitam. Haja vista cuba, Irã, venezuela, etc. Portanto, eu acho que os americanos ficaram com medinho, dessa nota que o itamarati fêz em resposta as criticas derles ao Brasil. É bem capáz dos mesmos, nem dormirem mais direitos, preoculpados com essa potência belistica e naval, que é o Brasil dos Ptralhas. Eu acho que comunas, estão arrumando sarnas para se coçarem. Deixem os estados unidos em paz, que eles detestam terroristas, que nesse governo está cheio. portanto, não mexam com quem está quieto. Será que esses PTralhas não aprenderam ainda, que manda quem pode e obedece quem tem juizo? Toma juizo PTralhada! Ou vcs acreditaram no Lula, quando ele disse que falava grosso com os americanos? Ora, se o Obama quando aqui esteve, Até os seus seguranças passaram as mãos nas bundas dos nossos ministros. Agora querem dar uma de galo cego? Eu acho que eles tiraram o sono do Obama. O mesmo deve estar tendo pesadelos com os PTralhas! Ui que medinho! hehehe!

  81. Daniel

    -

    08/04/2011 às 21:30

    “A verdade do Falcão dói, não é andorinha assassina ?…”.

  82. LABOR

    -

    08/04/2011 às 21:07

    Simples, simples, conforme o Reinaldo sugeriu.

  83. Nélio

    -

    08/04/2011 às 21:06

    Pátria ou morte! Soberania nacional! O país foi insultado! Os presos vilipendiados são nossos!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados