Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Merchandising pró-aborto na novela “Amor à Vida”, da Globo, mente, mistifica, doutrina e demoniza a religião. É um atentado ao bom senso, aos fatos e à educação dos telespectadores. Em uma palavra: vergonhoso!

Por: Reinaldo Azevedo

Estava programada para esta quinta uma manifestação de militantes de esquerda no Congresso Nacional em defesa do controle da mídia. Nem sei se aconteceu. Acompanhei depois o julgamento do mensalão, fiquei estudando o caso da saúde, li sobre as barbaridades na Síria e deixei de lado os pterodáctilos. Escrevi no começo da tarde um post a respeito. Perguntei, então, por que as esquerdas querem tanto controlar essa tal mídia se controlada ela já está. E citei o caso da Globo. Indaguei se havia como a emissora ser mais de esquerda — em qualquer área que se escolha, incluindo as novelas.

Vi há pouco uma cena chocante de “Amor à Vida”. Está inaugurado o merchandising militante pró-aborto. Nunca houve antes nada parecido. Como há no enredo um hospital, lugar preferencial paras as maldades de Félix, o vilão que caiu no gosto popular, eis que, do nada, chega uma paciente com hemorragia. Mobiliza-se o socorro de emergência. Um médico então diz: “Eu não posso atender!”.

A equipe tenta salvar a moça, mas em vão. Ela morre. E começa a discurseira. O médico mais velho diz que ela fez um aborto ilegal, que o procedimento foi malfeito e que a mulher morreu por isso. Vai mais longe: “Infelizmente, essa é uma das principais causas da morte de mulheres no Brasil”. É mentira! É mentira escandalosa! Já chego lá. A enfermeira, com o cadáver ainda à sua frente, quentinho, dispara: “Morte de mulheres pobres, né? Porque as ricas fazem aborto em segurança” (se a fala não é exata, tratou-se de algo ainda mais primitivo). Foi mais longe, dizendo que essas mulheres também são vítimas da miséria e da ignorância. Ainda era pouco. O médico mais velho vai, então, procurar o outro, que havia dito que não poderia fazer o atendimento.

— Por que você não quis atender a paciente?
— Porque ela fez aborto. Isso é contra as leis divinas.
O chefe lhe dá uma carraspana. O rapaz, então, reproduzindo uma caricatura do discurso religioso, emenda:
— Me recuso a atender uma pecadora!
— Você está fora do corpo de residentes deste hospital!

Vergonha
Fiquei com vergonha de assistir à cena.  As peças didáticas de Padre Anchieta para convencer os índios de que sua cultura original estava cheia de demônios eram mais complexas, mais sofisticadas, com  mais nuances. Estou lendo “Sussurros”, de Orlando Figes, sobre a vida cotidiana na URSS de Stálin. O didatismo brucutu dos comunas, nas escolas, contra os reacionários, era mais sutil e nuançado. Prometi a mim mesmo que não vejo a novela nunca mais, nem excepcionalmente, como hoje. Como vocês sabem, de hábito, estou trabalhando a essa hora. E nunca mais verei não porque ofenda as minhas convicções, mas porque ofende a minha inteligência. O merchandising social — a morte de fetos se insere nessa categoria? — tem um compromisso com a verdade.

Principal causa de mortes?

Eu não sei, ou sei, por que os abortistas precisam mentir tanto. Qual é o problema dessa gente com os fatos e os fetos? Até outro dia, os mentirosos contumazes diziam que 200 mil mulheres morriam, por ano, vítimas de aborto. Eleonora Menicucci, a abortista e ex-aborteira que é ministra das Mulheres, chegou a levar esses números a uma reunião da ONU. Em fevereiro de 2012, fiz uma conta com os dados disponíveis, todos oficiais.

Acompanhem.

Em 2010, o Censo do IBGE passou a investigar a ocorrência de óbitos de pessoas que haviam residido como moradoras no domicílio pesquisado. ATENÇÃO! Entre agosto de 2009 e julho de 2010, foram contabilizadas 1.034.418 mortes, sendo 591.252 homens (57,2%) e 443.166 mulheres (42,8%). Houve, pois, 133,4 mortes de homens para cada grupo de 100 óbitos de mulheres.

Vocês começam a se dar conta da estupidez fantasiosa daquele número? Segundo o Mapa da Violência, dos 49.932 homicídios havidos no país em 2010, 4.273 eram mulheres. Muito bem: dados oficiais demonstram que as doenças circulatórias respondem por 27,9% das mortes no Brasil — 123.643 mulheres. Em seguida, vem o câncer, com 13,7% (no caso das mulheres, 60.713). Adiante. Em 2009, morreram no trânsito 37.594 brasileiros — 6.496 eram mulheres. As doenças do aparelho respiratório matam 9,3% dos brasileiros — 41.214 mulheres. As infecciosas e parasitárias levam outros 4,7% (20.828). A lista seria extensa.

Agora eu os convido a um exercício aritmético elementar. Peguemos aquele grupo de 443.166 óbitos de mulheres e subtraiamos as que morreram assassinadas, de doenças circulatórias, câncer, acidentes de trânsito, doenças do aparelho respiratório, infecções (e olhem que não esgotei as causas). Chegamos a este número: 185.999!!!

Já começou a faltar mulher. Ora, para que pudessem morrer 200 mil mulheres vítimas de abortos de risco, é forçoso reconhecer, então, que essas mortes teriam se dado na chamada idade reprodutiva — entre 15 e 49 anos. É mesmo? Ocorre que, segundo o IBGE, 43,9% dos óbitos são de idosos, e 3,4% de crianças com menos de um ano. Então vejam que fabuloso:
Total de mortes de mulheres – 443.166
Idosas mortas – 194.549
Meninas mortas com menos de um ano – 15.067
Sobra – 233.550

Dessas, segundo os delirantes de então, 200 mil teriam morrido em decorrência do aborto — e necessariamente na faixa dos 15 aos 49 anos!!!

Cessou a mentira
Quando desmoralizei, COM NÚMEROS OFICIAIS, a mentira das 200 mil mortes, essa bobagem parou de ser veiculada no país. O doutor que disse aquela besteira na novela, fosse de verdade, seria um mentiroso, um mistificador, um vigarista. Vejam acima as principais causas da morte de mulheres no Brasil, ricas ou pobres. Se a enfermeira histérica faz seu trabalho tão bem quanto pensa, coitados dos pacientes!

Os números reais
O número de mortes maternas, no Brasil, está abaixo de 2.000 por ano! Atenção! Estou me referindo à morte de mulheres em decorrência da gravidez. O aborto, segundo dados do DataSUS, corresponde a 5% dessas mortes, entenderam? Ocorre que esse número inclui tanto o aborto espontâneo como o provocado. Assim:
a: o aborto não é a principal causa da morte de mulheres;
b: o aborto não é nem mesmo a principal causa de morte materna.

Não gosto de merchandising, de nenhuma natureza, comercial, social ou, como é o caso, ideológico. Repugna-me a ideia de que se deve pegar o telespectador distraído para, então, “pimba!”. Sabem por que jamais defenderia a sua proibição? Porque a engenharia legal para isso resultaria, com certeza, em algo ainda pior. Então que permaneça o mal menor — mas que chamo de “mal” ainda assim.

Demonização da religião
Aquele médico que se negou a atender a paciente que chegou morrendo, exibido na novela, não existe. Criou-se uma caricatura para, no fundo, demonizar o discurso religioso. Os índios caracterizados como diabos nas peças de Anchieta, no século XVI, eram personagens mais complexas e verossímeis. Imaginem se alguém formado em medicina se referiria a uma paciente terminal como “pecadora”; se diria a seu chefe que o aborto atenta “contra as leis divinas”. Usa-se, então, o discurso ridículo de um médico para ridicularizar os que se opõem ao aborto por motivos religiosos, o que é um direito num país em que há liberdade de crença.

Há um outro nível de falsificação nessa história. Existem médicos às pencas que são agnósticos, mas que se recusam a praticar o aborto mesmo nos casos em que ele é legalmente permitido. O Código de Ética Médica lhes assegura o direito de alegar objeção de consciência. Nesse caso, sua obrigação é informar a paciente dos seus direitos e encaminhá-la para um colega. “E no caso de não haver quem faça, num rincão do Brasil qualquer?” Assegurado um direito a ser conferido pelo poder público, o estado tem a obrigação de prover os meios. Que se crie, sei lá, uma central nacional, com um número de telefone, para ocorrências dessa natureza e garantia de atendimento.

Uma coisa é certa: obrigar um médico a fazer um procedimento que viola a sua consciência seria um absurdo. Mas há uma pressão nesse sentido. Que eu saiba, nem os cubanos poderão se encarregar da tarefa…  A novela entrou de forma grosseira nessa questão. “Amor à Vida” faz proselitismo em favor da adoção de crianças por gays e levou ao ar, nesta quinta, essa cena patética, mentirosa e patrulheira, sobre aborto. No Globo Repórter, a gente aprendeu que só uma família deve ser chata: a que tem papai e mamãe. Dia desses, um programa discutia a descriminação das drogas na base de quatro (a favor) a um (contra). Certamente não reproduz os percentuais que estão na sociedade.

E os pterodáctilos ainda querem fazer o controle social da mídia, muito especialmente da Globo, acusando-a, imaginem só!, de ser conservadora, reacionária. Pois é! Com todo o suposto conservadorismo e reacionarismo, um “médico” foi demitido. Deus nos livre da versão progressista. O coitado teria sido fuzilado em nome do povo e da vida.

Pode não parecer, eu sei, mas o que se viu em “Amor à Vida” foi uma manifestação absurda de intolerância. Intolerância com a divergência (os que se opõem ao aborto — e que, curiosamente, são maioria absoluta no Brasil) e intolerância com a religião, reduzida a uma patética caricatura. Deus nos livre da intolerância dos tolerantes! Sabem ser obscurantistas em nome das luzes.

Finalmente
A militância pró-aborto não tente tomar de assalto a área de comentários. Será inútil. E não porque eu me oponha à descriminação, mas porque este texto não propõe um debate de mérito. Admito, sim, uma contestação: quero que provem que os dados com os quais trabalho são falsos. Mas têm de provar. Não basta apenas repudiá-los porque eles desmontam as teses pró-aborto. Eu estou é contestando uma mentira transmitida a milhões de brasileiros.

CORREÇÃO
Um colega da VEJA.com me alertou — e, depois, constatei que leitores já haviam me advertido nos comentários — que, em vez de “Amor à Vida”, chamei a novela das 21h de “Páginas da Vida”. Já fiz a correção. Não era telespectador habitual do que nunca mais verei nem ocasionalmente. E, fico sabendo, já houve uma com aquele nome, o que pode explicar a confusão. Mas também pode ser algum mecanismo de resistência que disparei sem querer. Talvez tenha me negado a aceitar que uma novela chamada “Amor à Vida” faça um proselitismo tão furioso e desinformado em favor do aborto…

Texto publicado originalmente às 23h50 desta quinta
Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

668 comentários
  1. daniel

    Essas novelas cada vez mais cai de qualidade não conseguem fazer historias boas que fazem as pessoas ri so apenas cenas que envergonha familias, assitir muitas novelas da globo ja não assisto mais nem meus amigos.

  2. Lindalva Cordeiro

    Amor à vida mostrou uma inversão de valores escandalosa, queria de toda forma destruir a imagem da família tradicional. Achei um absurdo o que fizeram com a personagem Amarilys, demonizando-a por “destruir” o relacionamento gay de Niko e Eron, forçaram para que a criança ficasse para ser criada pelo casal gay, e não pela mãe e o pai, como inicialmente foi sinalizado, pois realmente Amarilys e Eron estavam apaixonados e queriam criar seu filho. Inverteram tudo, fazendo com que Amarilys virasse vilã, que não fosse mãe biológica da criança e parecesse uma desequilibrada. E mesmo gerando a criança nove meses em seu ventre não é considerada mãe dela. Considerei isso um absurdo a inversão do que é natural, pai e mãe gerarem e criarem seus filhos, no lugar dois homens criarem a criança, um pai biológico, o outro sem saber o seu papel, e a mãe retirada da história sem qualquer preocupação com o afeto que o bebê construiu com a mãe na gestação, ou durante os meses que conviveu com ela. Eu não acho que sou mãe dos meus filhos somente pelos genes, mas também pelos laços que foram construídos durante os nove meses de gestação, a amamentação, e claro, a partir dai por esses laços tão fortes um amor que só aumenta. Por isso achei patético o que o autor fez com a Amarilys.

  3. Luiz Alexandre

    Fiquei contentíssimo com seu parecer, pois vivemos numa época em que, forçosamente e com a destruição dos pilares básicos da democracia, uma minoria hipócrita e sem argumentos, tenta, com o aval de quem deveria representar a opinião consensual da maioria (mídia) usurpar o direito à vida, de forma leviana e mentirosa. Parabéns, Reinaldo.

  4. marcio

    Além de ser uma novela sem conteúdo é imprópia para crianças como a Maitê disse, e além de tudo defende aborto!A globo perdeu a noção do tempo, por isso eu troquei de canal assisto rebelde muito melhor do que essa novela umas 5000 vezes. se continuar assim, daqui uns poucos anos, o sbt vai passar na frente da globo

  5. Maitê

    Prefiro MIL VEZ ASSISTIR CHIQUITITAS NO SBT DO QUE ASSISTIR ESSA NOVELA AMOR À VIDA DA GLOBO. CHIQUITITAS DÁ DE DEZ A 0 EM CONTEÚDO E AINDA PODE SER VISTA PELA FAMÍLIA INTEIRA. ESSA AMOR À VIDA, QUE DE AMOR À VIDA NÃO TEM NADA, ALÉM DE HISTORINHAS BEM MAU CONTADAS, MOSTRA CENAS QUE VC NÃO PODE ASSISTIR COM CRIANÇAS DE TÃO PESADAS. PREFIRO CHIQUITITAS MIL VEZES SBT.

  6. Rogério

    As novelas da Globo estão cada vez mais deformadas. Quem as está escrevendo são anormais, querendo e impondo condutas, desvios de personalidade. Apoiam a canalhice e a deformação moral e ética dos brasileiros. Creio que estamos deixando essa concessão virar a cabeça dos brasileiros. Anormais e deformados!!!!!!!!!

  7. Conceição Sousa

    Parabéns pela explanação brilhante.Não assisto a novela mas ficaria enojada de ver tanta manipulação.

  8. Jose Lino Guimaraes

    As vezes penso que este nosso querido Brasil nao tem jeito, pois quando vc liga a tv na grande maioria das vezes para assistir um noticiario vc vai ouvir noticias como: mensalao, desvio de verbas do sus, STF leva mensaleiros a novo julgamento e etc, programas de debates ou seja de auditorio, sempre tem tres a um ou quatro a um, sempre maioria a favor daquilo que a grande maioria dos Brasileiros sao contra, por ex. Drogas, aborto vai. Mas nasce uma nova esperanca sempre que leio seus artigos e penso meu Deus oBrasil tem jeito sim pois ainda tem nele muitos Aranldos Azevedos, a vc Arnaldo Azevedo desejo-le muita saude, graca e muito sabedoria para continuar nos escrevendo com insencao mas com verdade e eu diria absoluta. Abraco.

  9. carlos

    essa TV globo é uma emissora que foge dos bons princípios morais de forma minuciosa para desvirtuar as pessoas.Sendo assim, fazem a vontade do diabo que conforme a bíblia
    é o príncipe deste mundo.Mas o nome de Jesus Cristo tem poder,para desfazer toda obra do diabo.

  10. Antonio G. de Figueiredo

    Desconfio que essas novelas, principalmente, da Globo, são concebidas no inferno e lançadas em nossos lares sob pressão. Somos impelidos a assistir tais futilidades por falta de outras opcões. Todavia, neste caso, isto é da novela Amor à Vida, seria melhor desligar o televisor e ir procurar um bom livro para ler.
    O artigo do senhor Reinaldo Azevedo sobre a morte de mulheres que abortam está muito bem fundamentado, desmistificando os números oficiais.
    Graças a Deus, que ainda temos pessoas como o senhor Reinaldo Azevedo que sabem pensar e pesquisar.
    Que Deus o abençoe, ricamente!

  11. Renato

    Não assisto esta novela (nem qualquer outra a alguns anos), e vejo que estou muito bem assim. Quando criança achava as novelas maçantes, hoje percebo que são rasteiras, débeis e satânicas. Uma novela chamada “Amor a Vida” que promove a defesa do aborto é criminosa, é um atentado a inteligência humana.

  12. Elias

    Quando leio comentários inteligentes e revestidos de verdades como este, tenho minhas esperanças renovadas de que nem tudo esta acabado. Excelente comentário.

  13. Gleivison Azevedo

    Parabéns pelo discurso objetivo sincero e sem nenhum tipo de bandeira religiosa, como costumeiramente é exposto pela militância pró-aborto.

  14. Pr.Jackson Fernandes

    fico feliz em ver que existem pessoas inteligentes como você,comprometidos com a informação verdadeira que promove a formação de cidadãos melhores.Fico revoltado com essa gente que subestima a capacidade dos outros de pensar e querem a todo custo forçar as pessoas á serem ignorantes como eles. Parabéns!

  15. Elcinei Desmoni Sales

    Amados irmãos satanás pensa que pode debochar da igreja, mas se a igreja soubesse o poder que ela tem a traves da bíblia. Jesus quando foi crucificado satanás pensou que tinha o derrotado mais Jesus mostrou que ele é o reis dos reis e Senhor dos senhores, tomando a chave da morte e do inferno e mais, pisou na cabeça dele cumprido o que esta revelado em gêneses 3:15 vamos usar a autoridade de Deus e todo escritor e ator que tentar debochar de nós a igreja de Jesus cairão todos possessos de demônios e correrão para igreja dos cristãos para de fato serem libertos confessando a Jesus como Senhor das suas vidas.

  16. Roberto de Aguiar

    A musica da Anita: SHOW DAS PODEROSAS, encaixa direitinho na mídia brasileira. Com exceção de poucos JORNALISTAS de peito e coragem que, deixam a “cara a tapa”; e não tem medo de fazer comentários em favor da verdade. Deixo aqui, meu profundo voto de respeito e solidariedade. Que DEUS os abençoe. Amem.

  17. joão gilberto

    Quero parabenizá-lo pelo seu entendimento qto a essa quantidade de lixo que, possivelmente, alguém se julga escritor e por meio de um sistema que nós fazemos poderoso (basta não assistir, ignorar),pronto. O sistema começará a ruir. Novela e outras programações, totalmente vazias, sem nenhuma cultura. Vamos nos desligar de tudo isso. Vamos substituir essas “inteligências” por uma boa leitura, um tempo com a família. Infelizmente, nem todos pensam desse modo, é lastimável. Pessoas que vão dormir com a cabeça entupida de tantas bobagens e, ainda, acreditam nessa fabriqueta de “ídolos”. BBB e por aí a fora.Caindo a audiência, acredito que alguma poderá ser feita para melhorar. Pelo menos afastar da mídia esses “consolidados intelectuais” Chega!!! Não admito o Aborto. É a pena de morte sem que lhe fosse dado o direito de defesa.

  18. Céia

    O que podemos fazer é evitarmos de atribuir audiências a esses conteúdos pobres de conhecimentos e emburrecedores de mentes, vazios e mesquinhos, onde a intenção é introduzir nas pessoas a ideia incabível e desumana do aborto e além disso pregar o preconceito aos religiosos. Que nojo dessa novela!

  19. Rose

    Temos que ter nesse mundo, alguém que preste atenção a esta maneira absurda que a rede glogo tem de banalizar assuntos tão sérios como coisas banais e corriqueiras. Parabêns pelo texto escrito e que todos possam abrir os olhos, para esta aberração, chamada de amor a vida. Pois vidas estão sendo retratadas como se não passassem de lixo humano. Assuntos como virgindade, família sendo tratados com tanto descaso. Onde está este amor a vida?

  20. Robson Coelho

    Parabens ao sr. Reinaldo pela sua manifestação inteligente, racional e calculada do ponto em que os números monstram muito a verdade de um país em que muitos numeros que poderiam desmascarar um governo e principalmente os apoiadores (mídia) de coisas indiretas que não são ditas e reveladas para manipular as pessoas.
    Vou ser direto, a Globo é uma emissora de grande porte de absurdas manipulação de informação que induz ignorantes e pessoas sem fé. Digo que novelas passam informações e idéias que manipulam a verdade e a fé.
    Amigos e irmãos leiam a biblia, busquem a verdade em Deus para serem libertos de manipulações que afetam a fé e atrapalham o crescimento da vida correta e a esperança para a vinda do Salvador Jesus Cristo.
    Deus perdoa todos os pecados basta vc apenas reconhecer de todo o seu coração pois Ele (Jesus) sempre estará de braços abertos esperando o seu renascimento seja como pessoa ou espiritualmente.
    Esta coisas mostram que Ele esta voltando e revelará todas as mentiras e manipulações.

  21. Cláudia Felgueiras C. Nunes

    Sou contra o aborto por vários motivos óbvios e livres de qualquer conceito religioso. O aborto é antiético e ilegal, pois a atual legislação nacional garante que TODOS têm direito à VIDA. Há diversos métodos contraceptivos ao alcance de todos. O governo brasileiro NUNCA preocupou-se em fazer campanhas nacionais sérias sobre temas correlatos, como gravidez na adolescência, planejamento familiar, controle de natalidade, para instrução e orientação do público alvo, para evitar que crianças fossem geradas deliberadamente. O que norteia a consciência de uma sociedade é a lei, uma vez que o aborto seja legalizado, a um médio prazo, a vida humana será banalizada, perderá de fato o valor. Há infinitas alternativas ao aborto, como já exemplificadas acima. Arrisco ainda em afirmar que novamente o alvo da pressão social e cobranças machistas recairão sobre a mulher, agente ativa do aborto. O que há de emancipador e moderno nisso? Mais uma vez, agora com aval legal, estará o homem eximido de qualquer responsabilidade nas consequências do ato sexual. A Espanha, por exemplo, tem um trabalho eficaz, sério, para adoção de bebês indesejados pelas suas mães. Aqui no Brasil, antes do governo e autoridades fazerem apologia ao aborto, pergunto-me porque não desburocratizam e viabilizam para todo brasileiro o acesso às cirurgias de esterilização, como a vasectomia e a laqueadura de trompas, hoje tão difíceis na rede pública de saúde. Acredito inclusive que tais cirurgias saiam mais baratas ao SUS do que o aborto, visto que uma mulher e um homem só passariam pelo ato cirúrgico uma vez, enquanto o aborto poderá ser realizado na mesma mulher diversas vezes até o fim de sua vida biologicamente produtiva. A mulher tem de fato direito de decisão sobre o seu corpo, sim, mas não sobre o corpo que habita o seu. Acho que o aborto faria crescer inclusive o número de DSTs, pois aboliria em algumas vezes o uso de preservativos. O aborto livre será também o meio mais eficaz de perpetuar preconceitos, afinal crianças pobres, doentes, meninas e afins estarão fatalmente sendo assassinadas, sem direito à vida, nem à defesa! E a pobreza e miséria não serão extirpadas do mundo pelo aborto. Defendemos os direitos dos animais e quando não queremos que nossos animais reproduzam-se, os castramos, não provocamos o aborto ou afogamos seus filhotes. Enfim, o aborto é o maior engodo pelo qual a sociedade brasileira está sendo envolvida! Como eu já havia dito, não precisamos de argumentos religiosos contra o aborto, apesar de existirem, pois o aborto é a maior ofensa aos direitos humanos!!! Marina Silva defende a ideia de um plebiscito para tratar do tema, também acho razoável. Já disse com muita propriedade e poesia Mário Quintana: “O aborto não é, como dizem, simplesmente um assassinato.
    É um roubo… Nem pode haver roubo maior.
    Porque, ao malogrado nascituro, rouba-se-lhe este mundo,
    o céu, as estrelas, o universo, tudo.
    O aborto é o roubo infinito.”

  22. Anónimo

    olha só mandei a seguinte mensagem para o setor de critica da globo e olha o que responderam:

    “EU ME LEMBRO DE PEQUENA DE GOSTAR DE ASSISTIR A GLOBO, ATÉ PERCEBER O QUANTO A EMISSORA PROMOVE ASSUNTOS QUE AJUDAM A ACABAR COM A FAMILIA BRASILEIRA. ACHO UM ABSURDOS A APOLOGIA QUE VEM SENDO FEITAS PRINCIPALMENTE ATRAVÉS DAS NOVELAS. É DE PESSIMO GOSTO E DE GRANDE OFENSA O ROTEIRO ONDE A MULHER DÁ ENTRADA NO HOSPITAL COM HEMORRAGIA POR CAUSA DE UM ABORTO…E PIOR, DE QUE UM MEDICO NÃO PODE SALVAR A VIDA DELA, COMO SE O PROBLEMA FOSSE QUESTÃO RELIGIOSA, E NÃO A UM DANO MORAL. NÃO SEI SE CONTA…MAS EU NAO PERCO MAIS MEU TEMPO ASSISTINDO ESSA EMISSORA QUE SÓ SE FAZ APOLOGIA A ASSUNTOS QUE CAUSAM DANOS HOJE PARA AS FAMILIAS BRASILEIRAS… REDE GLOBO HOJE É UMA VERGONHA.

    resposta da globo:

    Fernanda

    O capítulo da novela Amor à Vida, que mostrou a morte de uma jovem em decorrência de um aborto, retratou um problema de saúde pública, uma realidade verificada nas emergências dos hospitais de todo o país. O propósito da cena foi, exatamente, promover o debate, sem juízo de valor ou apologia. Diferentes pontos de vista sobre o assunto foram retratados na trama, inclusive com o confronto entre o médico Pérsio (Mouhamed Harfouch) e o chefe dos residentes, Lutero (Ary Fontoura), que tiveram diferentes reações diante da situação da paciente.

    Cordialmente,
    Globo.”

  23. ednilton silva

    parabéns, o artigo está muito bom.
    Não podemos deixar entrar em nossas casas pessoas más sem caráter que trocam o certo pelo errado, trazendo pensamentos preconceituosos e sem compromissos com a verdade, a ética moral e social.

  24. Liliane Oliveira

    Adorei…
    e tbm ñ assisto + nada dessa globo ou novela de emissora alguma…

  25. wagner lobo

    Meus parabéns,pessoas como vc é que realmente falta na sociedade e na imprensa.Que DEUS continue te abençoando e lhe usando para falar a verdade.

  26. Jadson

    Parabéns pelo artigo, precisamos de pessoas como você, Reinaldo, que não se deixa enganar e que faz com que a verdade prevaleça em meio a tantas informações manipuladas, Deus ajude o Brasil e todos os seus cidadãos de mentiras inescrupulosas, formadas por interesses mesquinhos de indivíduos sem responsabilidade social.

  27. Tiago

    Reinaldo, você ficou sabendo da nova programação da insolente Rede Globo?
    A promoção do inescrupuloso e homicida aborto, juntamente com a campanha do Criança Esperança! Desfaçatez total!
    Ontem, dia 29/08, mais um ato de desonestidade da Globo! O programa faccioso Na Moral transbordou petulância e desprezo com a vida humana e com os princípios fundamentais do jornalismo. O tema era aborto e o “debate” à la Globo foi o seguinte: 5 a favor X 1 contra o sanguinário, hediondo, desumano e repugnante aborto.
    O “apresentador” Pedro Bial, o “médico” Drauzio Varella, a atriz Cláudia Abreu, a cantora e atriz Emanuelle Araújo e uma senhora católica de uma organização defensora da barbárie, todos favoráveis e incentivadores da crueldade que é o aborto.
    Do outro lado (o que defende a vida e os inocentes) e contra a trupe da selvageria, um único padre. Ele teve três intervenções de no máximo dez segundos cada, enquanto os outros 5 dominaram a maior parte do programa.
    Um escândalo! Uma afronta à sociedade brasileira! Além de que a irresponsabilidade e a promiscuidade sequer foram comentadas.
    No final do programa teve alguns rápidos depoimentos e uma jovem mãe de dezenove anos foi exemplar e humana – deu uma lição nos impiedosos, levianos e inconsequentes abortistas defensores do assassinato de indefeso – falando sobre a falta de responsabilidade das pessoas sobre seus atos praticados.
    A Globo como sempre, esmagou os fundamentos do jornalismo e apresentou sua funesta ideologia induzindo a população.
    Felizmente a maioria acachapante dos brasileiros repudia o aborto/assassinato. Os bravos defensores da vida não se renderão aos abortistas, propanganda enganosa, dados capciosos e informações falsas dos militantes favováreis a morte de inocentes!

  28. Vinicius

    ISSO AI!! VERGONHOSO! ESSA EMISSORA TINHA QUE SER BANIDA! É MUITA BESTEIRA. MUITA PORCARIA! NÃO TRAZ NENHUM TIPO DE BENEFÍCIO PARA NÓS. DESMORALIZA MINHA CIDADE. DESTRÓI NOSSAS FAMÍLIAS. DETURPA NOSSA CULTURA. ISSO É UM CUSPE NA NOSSA CARA. SENHOR DIRETOR DE NOVELAS, VAI ARRANJAR UM TRABALHO DECENTE COMO TANTOS TRABALHADORES BRASILEIROS!!!!! EI, VOCÊ QUE ESTÁ VENDO ESSA PORCARIA DE NOVELA, JESUS QUER TE LIBERTAR DESSE VÍCIO, DESSE MAL QUE ESTÁ ACABANDO COM TODOS NÓS. ACORDE!!! SE NÃO DER IBOPE, ELES TIRAM DO AR!!! VAMOS TRABALHAR MINHA GENTE! VEJAM QUE ELES SÃO OS LOBOS COM PELE DE CARNEIRO!!!!!!!!!!!

  29. Souza

    Reinaldo, esses grupos querem colocar suas convicções à força, mesmo em detrimento à vontade da grande população brasileira. E o pior, chama agente ainda de burro ao colocarem números inexistentes e mentirosos como augumentos

  30. César

    Gostei da maneira como o autor conduziu o artigo, e aproveito para deixar uma opinião, não absorvam qualquer autor humano, pois muitos são mentes a serviço da mentira e de seus devaneios malignos, que levam os simplórios a serem engodados através de novelas entre outras besteiras, exibidos por emissoras de Televisão movidas pela ganância da audiência a qualquer custo, sem se importarem com a parte espiritual, familiar, ética, entre outros conceitos do que é saudável. Existem muitos entretenimentos que além de inteligentes, são saudáveis para a mente e para o corpo. Leitura critica do que se vê e lê, além de bom, elimina os maus hábitos. Quanto a parte que trata de qualquer estatistica do setor publico, sempre coloco um pé atrás.

  31. MARCELO

    Parabens Reinaldo Azevedo!. PUder comprovar que nem todos da impressa é “baba ovo da Globo”, pensei q toda a mídia estava vendida, porque não vejo niguem criticando “os manipuladores” porque basta um telefonema de um tal diretor e o jornaslista é advertido ou demitido, mais vejo que nem todos são frouxos ou corrompidos. mais uma vez Parabéns Sr. Azevedo e tam,bém a Veja.

  32. Edilene

    que essa novela tem que ser excluída de todas as redes band,globo e etc

  33. Luisa Cisterna

    Moro no Canadá e mesmo antes de mudar para cá, tomei a sensata decisão de nunca mais ver a Globo. Alguns brasileiros aqui insistem em ter a Globo internacional, perdendo a grande oportunidade de nunca ouvir o plim-plim, a Ana Maria Braga falando asneira e o Faustão gritando no domingo (nem sei se ainda passa esse tipo de programa). Um amigo me mandou seu texto que achei brilhante. Confesso que não o conhecia porque leio pouco sobre o Brasil (me dá tristeza), mas fiquei sua fã. Me orgulho de termos brasileiros assim como vc, pensantes e que não se calam perante a manipulação da mente. Agora vou passar a ler mais sobre o Brasil em suas brilhantes linhas! Parabéns e continue sendo a voz de milhões de brasileiros que não aceitam manipulação de qualquer forma. Espero que todos os que comentaram seu post também coloquem a boca no trombone sobre a falta de sensatez que reina o Brasil.

  34. Lexandre

    A Rede Globo só passa o que não presta e nos faz perder tempo com programas inúteis que não vale citá-los aqui. Apenas uma gotinha do gotejar de Deus vai jogar aquelas entidades pró a bo rtistas para as mais profundas sarjetas(só estão fazendo o seu papel). Isso é coisa do demo! Até a Record se tornou um lixo. O que nos resta? O facebook.

  35. Thiago

    Fico orgulhoso de saber que pessoas usam seus empregos para poderem levar a verdade aos menos entendidos. Qualquer um aceitaria fácil o fato dos números contados na novela.

  36. João Antunes

    A rede esgoto de televisão não vê limites.

  37. David

    Eles bem que podiam mudar o nome da emissora de Rede Globo …

  38. laisa

    porque o Bruno nao fica logo com a paloma fica nesse vai e nao vsi irrita sabia

  39. pereira filho

    E não para por aí,não se assustem quando a globo lançar uma novela contendo um casal hétero com o restante dos casais do elenco de casais homosexual,discriminalizando o casal hétero,ela não tem limite de inescrupulozidade.

  40. Rozildo

    Parabéns Reinaldo, que Deus continue usando-te para combater o mal que assola a sociedade. Infelizmente a rede globo é formada por gays,lésbicas, pessoas que largam a família a cada momento, trai o seu conjuge, filhos que não tem menor consideração pelos os pais, egocentricos; enfim, tudo o que sociedade construiu pelos os séculos, querem desvirtuar, aliás Deus já tinha previsto isso. Oremos pelas famílias do nosso país!!!

  41. Mara Vargas

    Achei sua opinião muito perspicaz e racional. Infelizmente, esse tipo de estereótipos tem ficado cada vez mais comum na mídia, grande formadora de opinião. Depois temos uma sociedade incapaz de distinguir questões ideológicas , uma sociedade alienada e não sabemos porquê. Sabemos sim. Por esse tipo de analogia feita aqui, percebemos que as coisas vão de mal à pior. Parabéns por sua coragem de expor algo tão real, e sério.

  42. ELAINE

    Me desculpe… mas está complicado demais a apelação e a falta de respeito!!! FORA REDE GLOBO!!! Sempre querendo manipular as pessoas!!!

  43. ARIOSVALDEZ R DE LIMA

    Existe uma campanha diabólica (na verdade de mentes diabólicas!)engendrada contra tudo o que representa valores que foram preservados por séculos pelas sociedades, até as mais primitivas, mundo afora!
    Lamentavelmente vemos nossas elites intelectuais e políticas abraçando esta onda diabólica de mentes diabólicas como se fora uma bandeira do modernismo dos tempos mais modernos, na verdade trata-se de uma evolução de rabo de cavalo: sempre pra baixo!

  44. Orlandino J.Santos

    Parabéns,Reinaldo. Uma vez entrei em contato com uma Diretora de Programação da Globo, contestando um procedimento deles. depois de esgotar minhas alegações, perguntei a ela, Diretora, aonde ficava a Constituição brasileira. Ela me respondeu, “a Constituição pra nós vai até a página um”. Fiquei indignado e desliguei a globo da minha vida.

  45. Edma Ferreira Pinto

    o que a globo fez foi ridículo ,como pode chegar a tal,graças a Deus que você ta ai ajudando o povo a não cair nos enganos dela e tenho certeza que existem muitos outros mais ,que Deus nos ajude!!

  46. André Luiz Nunes

    PARABÉNS!! ISSO QUE TEM DE SER FALADO NESSE PAÍS, ESSA ”BABILÔNIA” DA GLOBO MANIPULANDO AS PESSOAS..AINDA BEM QUE NÃO VEJO ESSE LIXO!!

  47. MARCIA GAMBA

    Peço a todos que aproveitem e acessem o site http://www.brasilsemaborto.com.br e ajudem com as assinaturas em favor da vida é URGENTE!São necessárias 500 mil.Não se trata de religião, mas sim de não permitir a legitimação do assassinato em massa de milhões de inocentes, assassinatos que podem ser evitados com simples medidas anticoncepcionais por parte dos casais verdadeiramente responsáveis.Que futuro queremos construir? Hoje em nome do direito querem matar os fetos, qual a diferença se amanhã e sob alegação dos mesmos direitos quiserem matar as crianças com 1 mês, 1 ano, 5 anos porque atrapalham os projetos de vida das mães e pais que os fizeram?

  48. Rosangela Lopes

    Está na hora de acabar com essa pouca vergonha, cadê as autoridades desse país que não vê essa vergonha!
    Enquanto vcs se preocupam em degrinir a imagem de um homem de Deus façam alguma coisa com esta pouca vergonha!!!
    FORA REDE GLOBO!

  49. FRANCISCO CANINDE DE ANDRADE

    Parabéns pela esclarecedora reportagem. Nós os que conhecemos a Bíblia Sagrada somos absolutamente contra o aborto, sim, pois aborto é CRIME HEDIONDO contra quem NÃO SE PODE DEFENDER. No entanto, qualquer médico que seja, com formação cristã e que tenha o mínimo embasamento bíblico jamais deixaria de atender uma paciente em virtude desta ter provocado o aborto, pelo contrário, aproveitaria a oportunidade para aconselhá-la a nunca mais praticar este ato que atenta contra as leis divinas e contra a própria saúde da paciente. Ele saberia discernir que Deus odeia o pecado, mas ama e deseja salvar o pecador. Foi por pecadores como abortistas desinformados, dentre outros, que o Senhor Jesus morreu na Cruz.

  50. Cintia Correa

    Parabéns pela publicação, que Deus te abençoe sempre!
    Aqui em casa não assistimo novelas, e principalmente as da rede globo,eles são totalmente contra os princípios morais.