Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Mas, afinal de contas, quem criou o Bolsa Família? Resposta: foi FHC! Afirmar que foi Lula é fraudar a história

Por: Reinaldo Azevedo

Olhem aqui: já tratei deste assunto dezenas de vezes neste blog. Quem criou o Bolsa Família foi FHC, não Lula. “Mas o programa tinha esse nome, Reinaldo?” Não! Quem lhe deu esse apelido foi, sim, o chefão petista. Mas uma coisa não passa a ser outra porque alguém lhe mudou o nome. Como diria Julieta, a adolescente maluquete de Shakespeare, a rosa continuaria a cheirar bem se tivesse outro nome, não é mesmo? Dilma precisa ler Shakespeare. Dilma precisa ler.

Precisa ler, inclusive, o texto da Medida Provisória que impôs a unificação dos programas de transferência de renda criados por FHC, em outubro de 2003, depois convertida na Lei 10.836, de 9 de janeiro de 2004. Transcrevo:
“programa de que trata o caput tem por finalidade a unificação dos procedimentos de gestão e execução das ações de transferência de renda do Governo Federal, especialmente as do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Educação – “Bolsa Escola”, instituído pela Lei n.° 10.219, de 11 de abril de 2001, do Programa Nacional de Acesso à Alimentação – PNAA, criado pela Lei n.° 10.689, de 13 de junho de 2003, do Programa Nacional de Renda Mínima vinculado à Saúde – “Bolsa Alimentação”, instituído pela medida provisória n.° 2.206-1, de 6 de setembro de 2001, do Programa Auxílio-Gás, instituído pelo Decreto n.° 4.102, de 24 de janeiro de 2002, e do Cadastramento Único do Governo Federal, instituído pelo Decreto n.° 3.877, de 24 de julho de 2001.

Já que é assim, fotografo (clique na imagem se quiser ampliá-la).

Lei Bolsa Família

Fica claro que o Bolsa Família é a unificação do Bolsa Escola, criado em abril de 2001; do Bolsa Alimentação, criado em setembro de 2001, e do Auxílio Gás, criado em janeiro de 2002. Até o Fome Zero de Lula, inventado em junho de 2003, entrou na história, sem nunca ter existido. Mais: o texto deixa claro que a unificação do cadastro dos assistidos também já havia começado — a lei é de junho de 2001.

Atenção! À diferença do que disse Dilma, aqueles programas alcançavam cinco milhões de famílias — não de pessoas! Portanto, já chegavam a algo em torno de 25 milhões de indivíduos. O PSDB não fez propaganda do programa na eleição de 2002 porque pareceu ao partido que seria uma forma de exploração eleitoreira da pobreza. O PT não tem esses pruridos.

Reconhecimento
No evento de lançamento do Bolsa Família, na presença do então governador de Goiás, o tucano Marconi Perillo, Lula reconheceu que foi este quem lhe deu a ideia de juntar tudo num programa só. O petista o elogia por isso e diz que o estado está avançado na concessão desses benefícios. Acreditem no vídeo, não em mim. Está lá no meu blog.

Petistas costumam dizer também que os tucanos são contra o programa que eles próprios criaram e que o consideram uma esmola, que deixaria o povo preguiçoso. Mais uma vez, é preciso corrigir a história.

No dia 9 de abril de 2003, ao lado de Ciro Gomes, seu ministro da Integração Nacional, Lula fez o seguinte discurso contra o Bolsa Família:
Eu, um dia desses, Ciro [Gomes, ministro da Integração Nacional], estava em Cabedelo, na Paraíba, e tinha um encontro com os trabalhadores rurais, Manoel Serra [presidente da Contag – Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura], e um deles falava assim para mim: “Lula, sabe o que está acontecendo aqui, na nossa região? O povo está acostumado a receber muita coisa de favor. Antigamente, quando chovia, o povo logo corria para plantar o seu feijão, o seu milho, a sua macaxeira, porque ele sabia que ia colher, alguns meses depois. E, agora, tem gente que já não quer mais isso porque fica esperando o ‘vale-isso’, o ‘vale-aquilo’, as coisas que o Governo criou para dar para as pessoas.” Acho que isso não contribui com as reformas estruturais que o Brasil precisa ter para que as pessoas possam viver condignamente, às custas do seu trabalho. Eu sempre disse que não há nada mais digno para um homem e para uma mulher do que levantar de manhã, trabalhar e, no final do mês ou no final da colheita, poder comer às custas do seu trabalho, às custas daquilo que produziu, às custas daquilo que plantou. Isso é o que dá dignidade. Isso é o que faz as pessoas andarem de cabeça erguida. Isso é o que faz as pessoas aprenderem a escolher melhor quem é seu candidato a vereador, a prefeito, a deputado, a senador, a governador, a presidente da República. Isso é o que motiva as pessoas a quererem aprender um pouco mais.

Segundo Lula, como veem, “antigamente, quando chovia, o povo logo corria para plantar o seu feijão, o seu milho, a sua macaxeira, porque ele sabia que ia colher, alguns meses depois. E, agora, tem gente que já não quer mais isso porque fica esperando o ‘vale-isso’, o ‘vale-aquilo’, as coisas que o Governo criou para dar para as pessoas.”

Ou seja, o petista achava que programa de bolsa deixava o povo vagabundo. É que, em abril de 2003, ele ainda queria implementar o seu Fome Zero, que nunca saiu do papel.

Se outra prova faltasse, no ano 2000, num programa na TV, Lula ataca todas as concessões que o governo fazia aos pobres, considerando-as esmolas que, segundo ele, compravam a sua consciência. Vejam.

No debate, Dilma chamou de fabulação a história de que foi FHC quem criou o Bolsa Família. Foi, sim! Afinal, Romeu seria Romeu ainda que tivesse outro nome. A rosa teria igual perfume ainda que fosse conhecida por outro substantivo. E o Bolsa Família já era o Bolsa Família quando era chamado de modo diferente, no governo tucano. E atendia 25 milhões de pessoas, não cinco milhões.

Isso tudo são apenas fatos comprovados e documentados.

Texto publicado originalmente às 5h50
Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

224 comentários
  1. Jonas

    Para começar, esse tipo de programa, independente do nome, não é incomum, principalmente em países desenvolvidos. Em segundo lugar, o precursor de programa dessa natureza aqui no Brasil não foi o Lula, mas sim Cristovam Buarque e Ruth Cardoso, quando governador do DF e primeira dama no governo de FHC respectivamente. Tanto através do Cristovam Buarque quanto por Ruth Cardoso, foram mantidos programas de incentivo a educação para impulsionar a saída das famílias da situação de pobreza, no entanto o PT, como de costume, desvirtuou a natureza deste tipo de programa, colocando o nome de “Bolsa Família” transformando-o no maior sistema de manutenção de compra de votos e incentivo à inércia da humanidade. Leia o link a seguir, do site do senado, o que o Cristovam Buarque esclarece sobre o caso: http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/394601/noticia.htm?sequence=1?

  2. Paulo

    Quem criou o Bolsa Familia nao foi FHC. Foi o atual senador Cristovam Buarque. O programa se chamava Bolsa Escola e só foi colocado em pratica no governo Lula. Lula, no inicio, nao deu creditos ao programa mas depois acabou aceitando mas mudou o nome para Bolsa Familia.

  3. Epaminondas Ferreira da Silva

    Será bom, para que todos os Brasileiros, saibam sobre o início dos programas de bolsas do governo, para beneficiar os que se consideram pobres.

  4. José Carlos

    Primeiro o Lula fala mal dos programas de ajuda aos pobres, depois ele se faz de bobo em palestras? COMO ELE FAZ ISSO?

  5. Dias Pedro Macaba

    Porque esse assunto não sai nas Provas do ENEn, PROUNI e outras provas para a Juventude saberem dessa briga de Galo. Porque ao menos vão ver que se há Projetos de Lei, Nº da Lei e artigos, datas, despachos e anos etc, dessas promulgações, os que sabem ler vão tirar de letra. E não ficarão comendo nas mãos de informadores hávidos por resultados de eleições. Não dizem que somos Pátria Educadora? A realidade é: Quem fez o Goool? Quem esteve na Maternidade? O resto são torcedores, simpatizantes, ou familiares, tios, primos que não deixam de ser íntimos do Povo Brasileiro, desde que continuem a fazer o Bem pelo Brasil. Certa vez no Rio surgiu uma epidemia de Ratos. E não sei quem foi, disse que dava R$ 100,00 quem trouxesse um rato, vivou morto. Não deu outra. Começaram a criar ratos para se pegar os Dignos R$ 100,00.
    Daí fecharam a torneira.

  6. Joao Barreto

    Quem criou, com o nome de “bolsa escola”, a partir dos resultados de um grupo de estudos na UNB, o “bolsa família” foi o então governador do DF, pelo PT, Cristovam Buarque. Não sei onde tanto jornalista que credita o programa a FHC, estava, que não viu isso.

  7. Jose Romualdo Quintão

    Sempre que algum petista alvora de que a bolsa família foi criação do Lula, cito a lei avocada em seu artigo, e registro que Lula, sabidamente, aglutinou todos benefícios concedidos por governos, aos quais sucedeu, e passou alvorar-se de que a Bolsa Familia é de sua criação. Desconhecia que que essa junção lhe fôra sugerido pelo tucano Marconi Perillo. realmente nada é do Lula, tudo é de outro. Gostaria de chamar-lhe atenção para um benefício que foi a salvação da economia da maioria dos municípios rurícolas, totalmente olvidado,porque foi criado pelo Governo Militar, o qual retirou da fome milhares de trabalhores rurais, proporcionando-lhe uma vida mais digna.

  8. Jaylei Gonçalves

    Só não esqueçamos e procuremos o que a mídia não diz!
    O Tribunal Superior Eleitoral aprovou, em 20 de novembro de 2008, a cassação dos mandatos do governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), e de seu vice José Lacerda Neto (DEM), acusados de utilizar programas sociais para a distribuição irregular de dinheiro, via cheques, em um processo denominado Caso Fac (Fundação de Ação Comunitária). “Uma das testemunhas disse que recebeu um cheque e uma mensagem: “Esse é um presente do governador, lembre-se dele. Com os cumprimentos, Cássio Cunha Lima, governador”.

  9. Sofia

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda petralho-pixuleca!

  10. Luis

    FAÇO DAS PALAVRAS DA MARIA AS MINHAS: “…Então o próprio Lula incentivou as pessoas a verem o bolsa familia como “esmola” e meio de deixar o povo “preguiçoso” e depois banca o hipócrita em palestras? Pelo menos agora as pessoas sabem que imbecil e ignorante é quem governa o país. Que isso fique registrado nos livros de história…” FALOU TUDO, tem que ficar registrado também que Lula foi a maior influência de corrupção e impunidade que já aconteceram na história desse país. Tem que ficar registrado também o alerta do Dr. Eneas sobre pessoas desqualificadas se elegerem… o resultado é isso que estamos vendo hoje, um governo completamente sem noção e corrupto ao extremo, sem limites.

  11. Gil

    Realmente o Brasil perdeu a chance de ter um presidente que poderia ter colocado o pais no eixo a 25 anos atras e defendiam , os jornalistas , um pretenso candidato que se tornou presidente e provocou no pais esse enorme prejuizo impossivel de se expressar em numeros ou palavras, o pior que nao da para remediar,’o Eneas esta morto e o Brasil f…!

  12. Carlos

    Geraldo, em um país onde a corrupção está por toda a parte, diz aí até que ponto dá pra confiar na urna eletrônica. Por outro lado, analisando bem seu comentário ingênuo, deixa pra lá. Quanto à sua pergunta, quem está reclamando é exatamente quem NÃO votou nele, seu inteligente.

  13. thiago santini

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda petralho-pixuleca!

  14. Marcelo

    ReinaldoXXXXXXXXXX na cascuda petralho-pixuleca!

  15. Geraldo

    Não culpo nenhum Presidente pelas mazelas do Pais, Culpo sim a sociedade. essa sociedade que aprovou o Lula com 82% na saida do segundo Mandato, essa mesma sociedade elegeu Dilma 2 vezes e agora está reclamando de que? Todos Presidentes tiveram seus defeitos e virtudes outros mais defeitos, mas lembrem-se todos foram colocados no poder pela sociedade.

  16. Maria

    Então o próprio Lula incentivou as pessoas a verem o bolsa familia como “esmola” e meio de deixar o povo “preguiçoso” e depois banca o hipócrita em palestras? Pelo menos agora as pessoas sabem que imbecil e ignorante é quem governa o país. Que isso fique registrado nos livros de história, porque se não tomarmos uma atitude agora o Brasil terá um pseudoherói para sempre.

  17. Marcelo

    Puxa… depois de ver essa matéria eu me pergunto se esse tal de Lula não é sociopata? Ele xingou ele mesmo de imbecil no vídeo, mentindo descaradamente e sem nenhum constrangimento.. no lugar dele eu morreria de vergonha por agir de forma tão baixa e desonesta, até admirava a iniciativa dele de tirar do papel esse projeto do PSDB (bolsa família), mas ele já havia caído feio no meu conceito por gastar bilhões com a copa do mundo ao invés de coisas mais importantes como educação, saúde, etc, mas pelo menos agora eu sei quem ele é.

  18. Calos

    Quero a bolsa ps4

  19. Helena Montenegro

    Amo o meu país. Tenho a esperança de que o Brasil tem jeito, de que toda essa “corja” vai cair . Tenho esperança de que a oposição vai fazer a diferença ; que teremos um país digno, um povo mais esclarecido e unido , crescimento , sucesso.

  20. maria Cristina

    o Lula e a Dilma sempre foram safados, porque existem pessoas com a mente tão pequena que não veem que eles afundaram o Brasil.

  21. Maira

    Então o que falarmos sobre o Plano Collor?! Porque se for para ter essa linha de raciocínio, quem criou o Plano Real então foi o Fernando Collor de Mello, continuado por Itamar Franco e estabilizado pelo então na época Ministro da Fazenda e indicado a presidência Fernando Henrique Cardoso.

    Que coisa de gente mimada! Quem se importa com quem criou o programa, o importante é quem deu continuidade com competência.
    Esse “mimimi” de: foi esse, foi aquele… A política tem que trabalhar sim em benefício do povo, independente de quem o tenha criado. Se é bom, deve sim ser continuado, aprimorado e ampliado independente de partidos, mas não… No Brasil se aproveitam da ignorância alheia para disseminar que o “pai biológico” vale mais do que o “pai que criou”, eu hein.

  22. jose manoel

    Todos estão vendo como o PT mente são 12 anos de mentiras bravatas

  23. Edson

    Nunca votei no PT e nunca votaria, pois nunca acreditei nas demagogias insitantes daquele que mente com tanta propriedade em seus discursos.
    Acredito que o Sr Lula nem saiba mais o que é verdade ou o que é mentira em suas falas.
    Como vou acreditar numa entidade que é liderada com os ideais de um demagogo. De uma pessoa que lidera uma quadrilha especializada em guerrilha. De uma organização que entrou no poder e está fazendo de “tudo” para não deixa-lo… o brasil não precisa disso!
    Precisamos de pessoas com ideais e sentimentos verdadeiros. Que pense com patriotismo.
    Se observarmos bem, estamos vivendo uma “ditadura branca”, onde as pessoas perderam seus direitos básicos (educação, saúde …).
    Em doze anos perdemos muita coisa. Precisamos resgatar nossa dignidade!

    Avançada Brasil!!!

    45

  24. Fátima Borchert

    Os tíquetes de leite de que o presidente Lula fala, eram aqueles distribuídos em época de eleição. Passava-se a eleição e acabam os tíquetes. Vi muito em minha cidade, não tíquetes de leite sendo distribuídos, mas tijolos e cimento, mas só em época de eleição.

  25. Julio Facina

    Resumo: O PT é muito fraco. Estavam com a FACA e o QUEIJO nas mãos, e perderão essa eleição por pura incompetência. Votei PT 3X, Votei FHC 2X e não me arrependi, pois, estava consciente do que fazer. Alternância de PODER já. Aécio, 45.

  26. maria

    QUERO A BOLSA AEROPORTO!!!!!

  27. Sergio Servollo

    ReinaldoXXXXXX na cascuda petralha!

  28. Renato Bannwart

    Sr. Reinaldo Azevedo. Admiro sua coragem e seu profundo conhecimento no que escreve. Contando um pouco da minha historia me faz muito bem porque posso me desabafar.Sou descendente de duas famílias que migraram para Brasil, por parte do meu pai suiços e de minha mãe italianos. Reporto-me mais a do meu pai pois tenho mais informações. Não foram pioneiros pois os mesmos parecem ser Friburgo RJ, mas meu bisavô junto com outras famílias chegaram em 1.854 em S. Paulo simplesmente com um nome a procurar – Antonio de Queiroz Telles ( Barão de Jundiaí). Eram 26 familias ,150 pessoas das quais morreram 35 pessoas em sua maioria crianças que viajaram em um navio a vela por 73 dias, mais 24 nos primeiros anos de Brasil. Mesmo assim tiveram muita sorte, pois o Sr. Queiroz Telles destinou a eles na região de Jundiaí, seus melhores cafés, e os cafezais piores aos escravos e assim trabalhando as famílias inteiras homens,mulheres e crianças em 1.894 quatro destas famílias conseguiram comprar uma àrea de terras em Indaiatuba onde hoje é conhecida por Colonia Helvetia´. Mais tarde esta area foi dividida pelas 4 famílias e destinaram um local em comum para construção de uma escola e uma Igreja as quais foram construídas em 1.888/1.899 e la permanecem ate os dias atuais. Continuaram com o cultivo do café, depois da quebra da bolsa cultivaram algodão, milho,feijão e atualmente devido ao grande numero de filhos ,netos e bisnetos são areas de 2 a 10 hectares em sua maioria e algumas com 20 hectares. Meu bisavô trouxe da suiça 5 filhos homens. Com a queda da bolsa em 1.929 ele vendeu sua parte e comprou uma gleba de terra em Pirajuí e voltou plantar café. Conheci este meu avô, mionha avó não conheci pois morreu de tétano la em Campinas por ter fraturado uma perna quando iam para a missa de domingo e o cavalo que puxava a charrete disparou e ela caiu da mesma. Resumido meu avô casou-se novamente com uma oriunda e teve com as duas mulheres 17 filhos que nasceram vivos e 4 que nasceram mortos. Um outro irmão do meu avô foi para Avaré e se deu muito bem. Da minha mãe lembro um pouco só do que ela contava. Meu nono parece ter sido um homem muito forte, construiu como chefe de turma parte da ferrovia Noroeste De Bauru até perto de Pirajuí. Depois montou serraria foi delegado e comprou terras, plantou café e quebrou em 1.929. Não desistiu foi para o Paraná e em Cinzas ,patrimônio de S.Antonio da Platina e foi plantar café novamente, morando no sitio ate morrer.Esta fazenda que meu avô Bannwart comprou em Pirejuí era inferior a 400 alqueiresa e eram os filhos que tocavam, capinando,colhendo café,ordenhando as vacas ,tratando dos porcos e pasme o Sr. Tinham uma orquestra so com os filhos. Meu avô tocava Rabecão , outros sanfona, violino e meu pai o pior deles tocava Bateria. Isto para ganhar algum dinheiro e aproveitar para se encontrar com as moças que iam ao baile. Alguns para estudar entravam para o seminário , porem com a necessidade de trabalhar meu pai abandonou os estudos no 6º ano , somente 1 dos 14 filhos homens formou-se Padre., o que era orgulho na época ter um Padre na família.Quando adultos os filhos tiveram que procurar serviço em outros locais e meu pai foi ser Fiscal depois auxiliar do administrador na Fazenda Suissa, município de Guaimbê comarca de Lins. La trabalhou por 8 anos e em 1.949 mudou-se para a Fazenda Araponga município de Inúbia Paulista. Eu tinha 4 anos de idade e ali cresci,estudei o primário na Fazenda depois o Ginásio no colégio salesiano de Lucélia, depois o colegial em Lins morando em casa de parentes.”Quem nasce tatu morre cavocando”, é o meu caso. Um mes de cursinho em Curitiba e passei no vestibular da Federal de Curitiba justamente em Agronomia eu só conhecia isto.
    Daí vim trabalhar nesta Fazenda na qual fui criado e passei a adiministra-la por 30 anos e 2 meses. Lecionava Ciências a noite em colegio do estado, picaretava gado fiz um sem números de financiamentos agrícolas -pró cafe, pró cana e outros prós ate comprar e pagar 60 alqueires de terra na região. Quando consegui pagar estas terras eu as vendi e fui para Mato Grosso do Sul, quase na divisa de S, Paulo e com comprei 600 alq. com o mesmo dinheiro. Veio 1.986 fiz um financiamento beleza 11% ao ano e depois o pesadelo Sarney, 80% ao mes.Tive que vender as minhas vacas,terreno para construir minha casa minha vida,carro,e fiquei com um Fiat 147.Porém não tem mal que perdure para sempre,quando entrou o plano Real, a Champion papel e celulose quis comprar a minha área super valorizada porque, quem vivia numa ciranda financeira de 80% ao mês precisava desovar seu dinheiro porque graças a Fernando H. Cardoso , os juros do over Night caíram perto de zero.Aguardei 1 ano e comprei de volta aqui em Osvaldo Cruz 300 alqueires mais barato do que vendi no Mato Grosso , dois apartamentos na avenida Higienopolis a uma quadra do shopping, casa e prédio de Escritórios em Osvaldo Cruz e doei para os meus filhos , um Medico ,uma nutricionista e um advogado ( a tempo, falei a eles que pagava qualquer curso e daria pos graduação desde que eles não cursassem Agronomia- Veterinária ou Zootecnia ) Meus amigos perguntam o porquê dessa imposição sendo que um fui um Agrônomo bem sucedido . Eu respondo a eles, que trabalhei como um doido, levantava as 5,30 da manhã, ia ate tarde , a noite dava aulas e depois fazia projetos para Banco do Brasil nem sempre mas as vezes até as 3 h. da manha e levantava as 5,30 . E o que sou hoje? Não sou mais agrônomo, sou “Fazendeiro” este adjetivo é pejorativo. É o que destrói o meio ambiente, é o que escraviza o trabalhador , é o discriminado na politica ninguém se propõe a falar porque pode perder a eleição e tem um site que mostra quem pertence a bancada ruralista e que não deve ser votado em hipótese alguma.As casas dos meus empregados tem piso, são forradas, possuem banheiros e cozinha com piso parede, luz elétrica, agua encanada ,manutenção por minha conta ,tudo ,tudo gratuitamente.
    Fazem 47 anos que produzo alimentos.Já plantei café,algodão,milho,amendoim,feijão, criei porcos ,bois,cana de açúcar só não plantei abacaxi. E sou bandido. Ninguém se lembra quando importávamos feijão do Mexico e arroz da China. Hoje produzo cana ,consequentemente Etanol e Açúcar mais energia e ve o que a nossa presidenta faz. Aos ambientalistas estranho usar gasolina e não Etanol, basta mexer no bolso. Ve a queda de vendas de etanol , sabem eles que respiram nas cidades grandes graças ao etanol, e que a Petrobras paga 1,20 l. de etanol misturam 25% na gasolina e vendem a 2,80 ou 2,90. O intuito é evidentemente para sobrar mais dinheiro para o PT. Desnecessário falar ao Sr. a respeito dessa barbaridade porque o Sr sabe muito mais que eu. Eu falo muito com meus filhos que toca este Brasil cheio de corruptos são os agricultores que saíram da região sul e de S. Paulo e abriram fronteiras no centro oeste, pois o Brasil vive de exportações de comodites agrícolas e mineração. O PT acabou com a industria brasileira. Em relações exteriores onde eramos respeitados hoje somos ridiculosos. A presidenta conversa somente com Maduro -com o Índio com a Kirchiner com Iraque e irã. O megalomaníaco do Lula queria acabar com a guerra entre judeus e muçulmanos , coisa que nem Jesus Cristo conseguiu.
    Para terminar lembro que o Brasil é um dos paises que mais aplicam agrotóxico. Em verdade são 3 kg/ hectare a Holanda é pouco, pais pequeno 40 Kg. / hectare. Nós exportamos 6 T. de Carbono por Km² a Holanda 60 T.por Km² . As leis trabalhistas e o fim do mundo. Paga-se tudo certo e entra um advogado qualquer vagabundo que procura o trabalhador prometendo um dinheiro enorme, para que o empregador aceitar um acordo a 10% dos quais ele leva 30% do acordo Eu não estou preocupado comigo mesmo, estou preocupado com meus 3 filhos e cônjuges e com meus 7 netos.O PT acabou com a dignidade da classe mais pobre,comprando-os com uma bolsa de alguns reais. Eu nasci, fui criado e trabalhei com pessoas pobres porém dignas. Pessoas que não se vendiam por um a bolsa ridícula. Poderia me estender muito mais, contando os programas que só se beneficiaram os deputados com o Banco da Amazônia (BASA). Poderia falar do Pró-várzea incrementado pelo governo e hoje é crime, Das informações privilegiadas como a do Sarnei sacando o dinheiro um dia antes do Banco Santos quebrar.Dilma e outros tantos são exatamente da minha idade e em 1.964 quando os militares assumiram o governo eles foram roubar bancos e sequestrar pessoas. Não houve ditadura alguma só não tinha eleições para presidente, Tinha para deputados,governadores,prefeitos,vereadores e outros ladroes.600 mil pessoas sairam nas ruas e pediram para os militares tomarem o poder. Estas pessoas eram familias e não arruaceiros

  29. edilei link

    Lula, como “boa” e maquiavélica raposa da velha e suja política, vislumbrou uma mina de ouro no futuro do bolsa-escola(metonímia dos programas sociais criados no governo FHC). O que fez? Mudou o nome da criança, é claro _imagine, dar glórias a quem de direito_ e multiplicou para a extratosfera, exponencialmente, o número de assistidos. Sempre, naturalmente, batendo sistematicamente na tecla de que ele era o pai da linda criança. Desde a assunção do pt ao poder em 2002 a curva dos dependentes do bolsa-família não para de subir, já passou dos 50.000.000,00(cinquenta milhões). A única coisa que sustenta o pt no cenário político nacional é o USURPADO bolsa-escola metamorfoseado em bolsa-família. Tire-se-lhe este trunfo surrupiado fraudulentamente e não sobra nada.Não ganham nem eleição para vereador. Petistas adoram falar de seu(roubado)bolsa-família. Enchem a boca para dizer que criaram o programa. Eles cumprem à risca o que um dos “primeiros” petistas _o velho e mau Goebbels_ aconselhou: minta, minta, minta, minta e a mentira acabará se passando por verdade. Aliás, como “bom” bandido Goebbels nem original foi. Surrupiou a máxima que já estava lá em Voltaire:MENTI, MENTI SEMPRE. ALGO SEMPRE FICA! Senador: Contra-ataque da mesma forma, só que com a verdade. Toda vez que disserem que criaram o bolsa-família(e eles sempre dizem), bata de forma contundente e sistemática, quantas vezes forem necessárias, na mesma tecla: não foram, não foram, não foram e mil vezes não foram; mentira, mentira, mentira e mil vezes MENTIRA. Como a curva dos dependentes do USURPADO bolsa-familia não para de crescer a conclusão deveria ser óbvia, mas não é. Não sei como ninguém viu este 2+2. Se ela somente cresce, não se estabiliza nunca, deveria ser cristalino que……. NINGUÉM SAI DA POBREZA NUNCA. Há o engodo de uma falsa ”nova classe média”. Mentira, mentira, mentira e mil vezes mentira. Os “cumpanhêro” criaram a SUSTENTABILIDADE DA MISÉRIA ou, se preferirem: A MISÉRIA SUSTENTÁVEL. Ninguém saiu da pobreza coisa nehuma, não há “nova classe média” coisa nenhuma. O que houve, DE FATO, foi a criação de milhões de tetas para se mamar, tipificando claramente o voto de cabresto. Ou seja, a maior compra de votos da história pois, afinal de contas, qual o pobre que recebendo dinheiro de graça vai deixar de votar no pt, crendo piamente que lula é o pai da criança _o “PAI DOS POBRES”??? Resultado: petistas, com seus sorrisos cínicos vociferam que 40% da população avalia o governo dilma como ÓTIMO. Já partem pra qualquer eleição presidencial com mais de 40.000.000,00(quarenta milhões) de votos. E qualquer reclamação que se faça contra o governo já se esganiçam dizendo que é golpe da oposição e de parte da imprensa. O Senador deve desmascarar a IMPOSTURA petista de milhões que “”SAÍRAM”” da miséria e concomitantemente a incomPTência da camarada vanda de forma muito simples, mas cabal: Mostre a origem do bolsa família e que sua curva permanentemente ASCENDENTE deixa claro e patente a SUSTENTABILIDADE DA MISÉRIA. De outra forma, a curva em direção ao zero, o DECRÉSCIMO no número de dependentes indicaria um bom presidente, um verdadeiro estadista, um excepcional administrador. Alguém para ser aplaudido de pé. Como a curva só sobe a conclusão é uma só: a nova “classe média” é um embuste descomunal. Quando garoto ouvi alguém dizer: quem bebe água de mão alheia sempre terá sede. Do ponto de vista material classe média pressupõe, entre outras coisas: uma boa renda, a condição de ter uma boa casa, um bom carro, boa escola para os filhos, boas roupas, bons planos de saúde e boa alimentação. Se cada um dos dependentes que engrossam as estatísticas fosse um a um saindo, por esforço próprio, pelo mérito pessoal levando assim a curva em direção ao zero, aí então, DE FATO, teríamos uma nova classe média. Um governo COMPETENTE deve ensejar todas as condições para que os cidadãos saiam definitivamente de sua aba, de sua dependência, caminhem com os próprios pés. Como estes mais de cinquenta milhões de que dilma-A FEIA tanto alardeia e se arvora de ter no usurpado bolsa-família não se sustentam, são antes, SUSTENTADOS, a única e possível conclusão é: não existe nenhuma nova classe média. Ou seja, é MENTIRA. Ponto. Senador Aécio gostaria de na propaganda eleitoral, ou no próximo debate ver o sr. falar assim para o eleitor: _O que você quer? Continuar para sempre recebendo uma pequena ajuda do governo, ou sair de fato para uma situação melhor. Não se iludam, você ficar para sempre na dependência de alguém é um projeto do pt. Assim você, ou por gratidão, ou por medo de perder o benefício, se sente na obrigação de votar neles. Desta maneira eles se perpetuam, vão permanecendo no poder com sua forma repulsiva de governar com factóides que se sucedem, um após outro, formando um turbilhão sem fim de mentiras. O que temos a dizer é muito simples e verdadeiro: não se sinta culpado, e muito menos amedrontado. Não se sinta na obrigação de votar neles: fomos nós que criamos o bolsa família. Se você se sente grato a alguém por ter criado um benefício a você, então seja grato aos verdadeiros “pai” e “mãe” do pobres: D. Ruth Cardoso e Fernando Henrique Cardoso. A grande benção para o pt foi que nós deixamos uma herança bendita:os programas sociais _criados por nós_ e o seu respectivo cadastro único de beneficiários. Eles APENAS, ardilosamente, unificando os programas sociais _criados por nós_ mudaram o nome de bolsa escola para bolsa família e multiplicaram o número inicial de beneficiários que nós deixamos para o governo seguinte. Multiplicaram não porque são amorosos, mas porque enxergaram nisso uma fonte maravilhosa e inesgotável de votos. Não se sinta com medo por não votar neles: nem nós(que criamos), nem ninguém vai acabar com o benefício do bolsa família. O programa bolsa-família, de início, é um bom mecanismo para as pessoas menos favorecidas começarem a sair da pobreza, mas não o suficiente para poder alçar vôo e vislumbrarem novos horizontes por conta própria, sem ficarem escravizados, nem ficar na dependência de ninguém. Um bom governo deve dar condições de você estudar, qualificar-se, dar duro e CONQUISTAR por méritos próprios um bom emprego: ou passando em um concurso público, ou na iniciativa privada, ou abrindo seu próprio negócio. Reiteramos, se você tiver condições de ter um salário _digamos, por exemplo_ de cinco mil reais, puder ter uma boa casa, um bom carro, uma boa escola para seu filho, uma boa alimentação, boas roupas, um bom plano de saúde, enfim, uma condição razoavelmente confortável de vida, aí sim, seja bem-vindo(a) à classe média!Caso contrário, você está sendo enganado, eles estão mantendo você no cabresto. Nós queremos que, não um partido, nem ninguém, mas você seja o dono de sua própria vida. Venha conosco e seja feliz. Mas lembre-se, para ser feliz você não precisa estar preso a ninguém. Você precisa ser LIVRE.

  30. Pedrina Santos

    A gente está discutindo porque o porto seguro da campanha da Dilma é o bolsa família, algo que ela não criou. Se sustentou em cima da idéia do FHC. Eu quero ver o PT ciar uma nova moeda para amenizar a inflação como o FHC criou o plano real.

  31. jose cirso mendes

    esses nazistas fora de epocanao sabem nen mentir muinto menos fazer uma mentira virar verdade

  32. Pois é… fiquei véio e não vi nenhuma mudança séria(benéfica) em prol dos “pagadores” de impostos! Mas…eu ainda acho e torço, para as coisas ficarem piores, pois aí quem sabe “us pobri”vão chiá memo! Vão trabalhar, cambada de vagabundos(encabeça a lista, o lula)! Não vou estar vivo para ver, mas tenho pena dos que estão nascendo agora!

  33. Suely Nunes

    Excelente matéria deveriam divulgar mais…

  34. Cactus

    .
    Sergio Rosa de Oliveira (3:21)
    .
    Pai é aquele que cria e não aquele que faz uma ova. Isto é uma idiotice que colocaram na sua cabeça.
    .
    Meu pai me criou mesmo que ele não tivesse criado seria o meu pai sempre. Pai só se tem um, o resto pode até ser padrasto.
    .
    A sua lógica é até deturpada, pois quem fez o bolsa família foi o Fernando Henrique e quem criou foi o lula. Aliás, este bolsa família é fazer bondade com chapéu alheio, coisa que não se enquadra nas boas qualidades humanas, por que estes “honrados presidentes” não deram suas vultosas contas bancárias para os pobres? Ah, é mais fácil pegar o nosso dinheiro para fazer o pobre permanecer o resto da vida na pobreza.
    .

  35. Sidney

    O discurso de defesa hoje é o disurso de critica do passado… Incoerência? Total! Os programas sociais continuam (não vejo que seja interrompido o que foi criado pelo próprio PSDB no governo de FHC). O meu voto não é em favor do Aécio e, sim contra a Dilma. Espero que seja a melhor opção. Quero ver “ratos” do PT saindo pelo “ladrão” da Petrobrás.

  36. Sergio Rosa de Oliveira

    Na minha modesta opinião de leito, eu ainda vou pelo popolar aqui da roça, Pai é aquele que cria não aquele que faz, portanto se FHC criou os planos os criou pensando no BRASIL e LULA levou sorte e pos EM PRÁTICA também pensando no Brasil acho eu,tem que mudar esses Deputados, Senadores que ve tudo e não faz nada. agora falam da petrobrás, porque não viram antes,no FHC falavan da SUDAN.
    também é roubo. ….. OU NÃO!

  37. christina

    Eu acho que a bolsa escola dava futuro para as crianças,e o bolsa família, da o que? sim a cultura de não trabalhar e sim ganhar sem fazer nada, teria que acabar com isso,começo pessoas que não trabalham porque ganham sem ter que cumprir horário.

  38. JP

    Recebi esta mensagem, achei muito legal encaixa direitinho com os Petralhas.

    “Discutir com Petista é como jogar xadrez com pombo:
    ele vai derrubar as peças, cagar no tabuleiro e sair com o peito estufado cantando vitória”

  39. Jackson

    Caro Reinaldo

    Por favor vamos sugerir aos assessores de campanha do Aecio que utilizem este vídeo deste petralha para que o povo saiba a verdade não adianta ficar restrito somente a uma parte já bem informada precisa chegar aos quatro cantos deste país
    Faça mais este favor ao Brasil

  40. Nivardo

    Quem sugeriu o Bolsa Família foram os Governadores do Nordeste. A ideia inicial foi do Governador de Goiás Marconi Perillo que já tinha criado o cartão magnético no seu Estado. http://www.youtube.com/watch?v=4vCeoPLLUn8

  41. Nivaldo de Carvalho

    Caro Reinaldo.
    Sugiro a campanha do Aécio que utilize um material que está bombando na net, de um dialogo entre Dilma e Obama, como segue:
    Dilma- Obama você está me vigiando?
    Obama- Cara Dilma! Quem vigia anta é o IBAMA e não o OBAMA!!
    É só fazer uma penca de cartazes e distribuir antes do dia 26.
    Tá dado o recado.
    Grande abraço.

  42. MULHERES BRASILEIRAS VEJAM ISTO....

    Silas Malafaia desafia mulheres a votar em Dilma – PT.
    .
    http://www.youtube.com/watch?v=roM_KxeUz-8
    .
    REPASSEM PARA TODAS AS MULHERES BRASILEIRAS….

  43. Akssa Araújo

    Sorry, depois que enviei o comentário e que vi que a palavra desinformado estava grafada errada. Favor excluir o anterior e moderar o aceite do que consta a palavra correta. Erra o português como você não mesmo!! Thanks!

  44. Akssa Araújo

    Reinaldo, quanto à paternidade (FHC) e até mesmo quanto à maternidade (D. Ruth Cardoso) não há dúvidas, salvo para aqueles que teimam em acreditar nas mentiras do PT e sua turma de “heróis” que adoram enrolar o povo mais desenformado, ou pior, apaixonados (infelizmente, meu pai está na segunda opção e fica difícil racionalizar com ele, apesar de ser muito bem informado).

    Mas, fora tudo isso, que é chover no molhado para aqueles que sabem bem como o PT é, há, dentro de mim, uma pergunta que não se cala nunca. E não me lembro de ter visto nenhum dos oponentes da Dilma levantarem essa questão lincando as duas situações. Qual seja: Se estamos vivendo a fase do pleno emprego, que o governo alardeia por aí (embora próprios órgãos oficiais digam que não é bem assim, e vocês comentaram isso no programa Os Pingos nos Is de 15/10/2014), como podem existir tantas pessoas ainda dependendo do assistencialismo do governo e se utilizando do Bolsa Família?

    Não consigo ver os números batendo nessa conta. Diga-me você, que gosta tanto de lidar com os números.

    Ou, só posso crer que tem mais uma manobra “Dilmesca” (tal qual maquiagem dos números contábeis do governo), classificando o Bolsa Família como uma nova modalidade de emprego. É isso, Reinaldo? Responda-me, please!

  45. Osvaldo Sicardi

    Caro Reinaldo,
    Obrigado pelo excelente relato da verdade.
    Aproveito para pedir ao Senhor que faça um artigo sobre a divida interna. Esse assunto não foi ainda mencionado nos debates e acredito que deberia, sim, ser tratado. A divida interna passou de 400bi a mais de 3,5tri nos doze anos do PT. Aecio deveria mencionar esse fato tão importante pois essa divida vai ficar para o proximo governo pagar, numa economia em baixa…

  46. Cactus

    .
    Raissa Pedra (8:20) –
    .
    25 milhões de famílias recebendo bolsa família?
    .
    Faça as contas. Multiplique por 4 (média, por baixo, das famílias), e então teremos 100 milhões de pessoas.
    .
    Isto seria mais da metade da população brasileira!
    .
    Você recebe bolsa família?
    .

  47. dercilio tomaz ricci

    Além de criar o “bolsa familia” o PSDB em 1994 atraves de seu membro
    JOSE ROBERTO MAGALHAEs TEIXEIRA, prefeito morto em exercicio de Campinas_SP
    criou a “RENDA MINIMA” que funcionou muito bem no municipio.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_Roberto_Magalh%C3%A3es_Teixeira

  48. Júnior

    Ao invés de discutir a paternidade do “bolsa”, por que não discutir PLANEJAMENTO E CONTROLE FAMILIAR para quem recebe bolsa? Por que não o fazem? Simples: família dependente de bolsa só poderá ter, no máximo, dois filhos, valendo para as novas famílias cadastradas. Fora disso, serviço para a turma!

  49. Delane C.Lima

    O chefe pegou carona no sucesso do governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso.
    Agora, o poste do chefe está f…… o país neste mar de lama.

  50. Douglas Oaten

    Na verdade, foi criação da saudosa D. Ruth Cardoso. Meu voto para FHC acabou valendo por dois, já que essa mulher incrível veio junto!

    Tenho nojo das mentiras baratas dos petralhas. Fora os ataques da campanha da Dilma. Se a coisa continuar escalando desse jeito, vão acabar dizendo que Aécio dá câncer