Blogs e Colunistas

18/01/2010

às 5:11

ESCARAVELHOS DO DIABO!!!

Eles podem me odiar à vontade — e, se querem saber, faço desse ódio a limonada que refresca o meu dia. Enquanto eu sei por que os repudio, respiro ar permanentemente fresco. Eles me odeiam porque eu os conheço com a paixão com que um entomologista disseca um escarabeídeo da família dos coprófagos. O Brasil, com o seu pendor para a linguagem direta, assim apelidou o bicho: besouro rola-bosta (imagem acima). Assim: pego o rola-bosta com luvas, faço cortes longitudinais, descrevo o que vejo. Depois os fatio em laminas muito finas e aponto cada detalhe. Sentindo-se descritos, devidamente caracterizados, eles começam a zunir no esterco: “Reacionário! Reacionário! Você não deixa nem a gente defender uma ditadura em paz!”. E noto a favor dos besouros: eles são utilíssimos à natureza e à pecuária. Estes outros, de que falo, apenas tentam fazer do Brasil a matéria de que precisam para sobreviver e se multiplicar.

Lembram-se daquele texto que escrevi sobre a picaretagem intelectual da transversalidade?  Afirmei ali que a dita-cuja é o novo nome das tentações totalitárias. Segundo esse truque, um tema deve atravessar verticalmente todas as áreas da vida e pautar tudo, de ponta a ponta: direitos humanos, meio ambiente, cultura… Usam-se palavras benignas para tentar impor a agenda dos grupelhos. Pois bem: depois da Conferência de Comunicação e da Conferência dos Direitos Humanos, agora eles estão preparando a 2ª Conferência Nacional de Cultura, que vai ocorrer entre 11 e 14 de março. Sabem como se chama um dos textos em que a tentação totalitária volta a mostrar as fuças… Acertaram! “Centralidade e Transversalidade da Cultura.” Viram como sempre sei como são esses besouros por dentro?

E o que diz esse documento? Esta pérola: “A cultura deve relacionar-se com as políticas de ciência e tecnologia e reforçar a premissa de que o desenvolvimento científico tem de incorporar a diversidade cultural do País, com seus múltiplos conhecimentos e técnicas”. Sabe-se lá o que isso significa, mas acredito que os governos, no caso das chuvas, por exemplo, devem apelar ao saber eurocêntrico dos meteorologistas, mas também às intuições do Cacique Cobra Coral e daquelas entidades que se juntaram ao MST, à UNE, à CUT, ao Antonio Candido e ao Chico (Guri Deles) Buarque para rever a Lei da Anistia. Não se dará alerta de tempestades sem considerar o que pensam a Ilê Asé Orisá Osun Dewi e a Ilê Ase Oju Omi Iya Ogunte.

Antes de tomar uma decisão sobre qualquer vacina, será preciso perguntar a opinião da Tupã Oca Do Caboclo Arranca Toco e do Núcleo Caboclo Flecha Dourada. Vamos ser claros, no bom sentido, é claro (no bom sentido de novo): toda a ciência e tecnologia que há por aí não passa de uma canalhice caucasiana, eurocêntrica e baseada na exploração capitalista do homem pelo homem. É preciso inverter essa exploração, de modo que o homem passe a explorar o homem, entenderam?, criando uma ciência e tecnologia negra, uma outra indígena, outra ainda que vá na contramão da heteronormatividade. CHEGA DE MAIORIAS DOMINANDO MINORIAS. CHEGOU A HORA DE INVERTER!

Censura
Vocês podem não acreditar. Mas também os meliantes que debatem a Conferência da Cultura querem CENSURAR OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DE MASSA!!! É… Vocês assistiram àquele filme já ancestral chamado Jurassic Park?

Lembram-se quando aquele monte de velociraptor (acima) atacava uma vítima — ou presa — ao mesmo tempo? Bandos de petralha ficariam nos rondando — nós, os jornalistas, artistas, produtores culturais —, numa competição louca para saber quem tiraria primeiro um naco de carne. Lá viria o bando de raptores do Franklin, em nome da Confecom… Depois, o bando de raptores do Juca Qualquer Coisa, da Confecul — bom nome este que sugiro, né? Em seguida, os raptores do Paulo Vannuchi e da Dilma, em nome dos direitos humanos… Ao fim do repasto, a liberdade de expressão estaria como as vítimas dos raptores: estraçalhada, osso puro… Se eles não conseguem ser úteis como aqueles besouros de hábitos esquisitos, também não se igualam exatamente aos raptores: os bichos andavam sobre duas patas.

Se bem que os raptores da cultura pretendem trabalhar em conjunto, sabem? Querem propor alianças. Vejam que bonitinho:
- aliança com a Confecom:
“O monopólio dos meios de comunicação (mídias) representa uma ameaça à democracia e aos direitos humanos, principalmente no Brasil, onde a televisão e o rádio são os equipamentos de produção e distribuição de bens simbólicos mais disseminados, e por isso cumprem função relevante na vida cultural (…) Tão necessário quanto reatar o vínculo entre cultura e educação é integrar as políticas culturais e de comunicação. Nesse sentido, os fóruns de cultura e de comunicação devem unir-se na luta pela regulamentação dos artigos da Constituição Federal de 1988 relativos ao tema. Entre eles o que obriga as emissoras de rádio e televisão a adaptar sua programação ao princípio da regionalização da produção cultural, artística e jornalística, bem como o que estabelece a preferência que deve ser dada às finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas, à promoção da cultura nacional e regional e à produção independente (art. 221).”

Já na primeira conferência, eles pediam: “Garantir a participação da sociedade civil, através de seus fóruns, na discussão da elaboração da lei geral de comunicação de massa assegurando a descentralização, a universalização, a democratização e o controle da sociedade civil sobre os meios de comunicação e que regule o sistema de concessão e produção de conteúdo”.
Traduzo: fechar a TV Globo e obrigar todo mundo a assistir àquela estrovenga inventada por Franklin Martins e Tereza Cruvinel, cujo resultado, como sabem, tem a cara dela e o espírito democrático dele.

- aliança com o meio ambiente
“A política cultural não está alheia à crise ambiental, que se torna mais grave a cada dia. Mesmo porque essa crise decorre de um componente cultural: o modo de vida consumista, que explora exaustivamente os recursos naturais (…). No Brasil aprendemos pouco com as culturas indígenas; ao contrário, o país ainda está preso ao modelo colonial, extrativista, perdulário e sem compromisso com a preservação dos recursos naturais.”
Nem é o caso de mandar internar porque os hospitais psiquiátricos devem ficar reservados, entendo, àqueles que perderam a razão, não aos que perderam a vergonha. “Modelo extrativista-colonial” no Brasil de hoje? No país que tem a agricultura, a pecuária e a agroindústria entre as mais desenvolvidas do mundo? É a maior boçalidade que li neste ano e certamente uma das maiores em qualquer tempo.

O bonito desse negócio de transversalidade é isto: os iluminados se reúnem para debater a cultura, a comunicação e o meio ambiente, a rebimboca da parafuseta e chegam à conclusão de que é preciso:
- controlar os meios de comunicação;
- controlar o jornalismo;
- mudar o currículo das escolas;
- criar uma instância acima da Justiça;
- acabar com o capitalismo;
- destruir a agricultura e a pecuária…
Realizados tais propósitos, aí viria um reino de paz, justiça e igualdade. O mais interessante é que não chega a ser um modelo inédito… Cuba e a Coréia do Norte, por exemplo, já o aplicam, com os resultados conhecidos. Não citarei a China como exemplo porque, na China comunista, esses valentes seriam executados com um tiro na nuca antes que dessem o primeiro pio. Não é o que quero para eles. Eles é que flertam com o que aquele país tem de pior|, não eu.

Os 14 mil
Dia desses, um bobalhão financiado em dólares — grana da Fundação Ford, que financia petralhas de todas as línguas (nem tão bobo…) — afirmou que o tal documento sobre os supostos direitos humanos era democrático porque debatido por mais de 14 mil pessoas… Santo Deus! O Brasil tem quase 200 milhões de habitantes. Aí um bobalhão achou que tinha me pegado no pulo: “Mas você não vive dizendo que apóia a democracia representativa? E agora?”

Besourão, agora o quê? Alguém votou nesses vagabundos? Eu não votei! Alguém que me lê sabe em que cafofo se esconde esse fantástico grupo que representa 0,007% da população? Com que autoridade eles vêm falar em nome dos brasileiros, chamando a  própria demência minoritária de democracia? Que é que há? E se as maiorias de fato também resolverem fazer a sua conferência, tentando impor a sua “legislação”? Bando de fascistóides!!!

Não! Não cometam o erro de pensar que essas pessoas são doentes! Não são! São oportunistas. A “causa” em nome da qual falam virou o seu meio de vida, o seu ganha-pão, o seu emprego. Até aí, vá lá… O problema é que uma boa parcela vive do que arranca dos cofres públicos. O problema é que tentam pegar a democracia e o estado de direito e transformar naquelas bolinhas, que levam para os seus buracos, onde depositam seus ovos, de onde saem novos escarabeídeos coprófagos.

Que babem o seu reacionarismo à vontade. Como já brinquei aqui, podem ir tirando seu ódio do caminho que eu quero passar com o meu humor.

Eu os conheço.
Eu os disseco.
Eu os denuncio.

E eles rolando rolam…

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

244 Comentários

  • Tereza da Cruz Thompson

    -

    26/1/2010 às 3:04 pm

    Caro Reinaldo, esses vermelhos sao mesmo uma verdadeira piada.
    “No Brasil aprendemos pouco com as culturas indígenas; ao contrário, o país ainda está preso ao modelo colonial, extrativista, perdulário e sem compromisso com a preservação dos recursos naturais.”
    O que sera que eles pretendem? Que continuemos a plantar mandioca e cacar animais selvagens para a sobrevivencia? Um pais que tem a cidade talvez a mais populosa do mundo que e a Capital de SP nao e aproveitar melhor os espacos para a Agricultura e Pecuaria.

  • Elvio

    -

    19/1/2010 às 1:07 pm

    Reinaldo & Dna Reinalda:

    Folha On-Line (eu sou uma besta), Cotidiano, Notícias,
    “pesquisa feita pelo IBOPE a mando do “Movmento Nosso São Paulo ???) Nosso de quem cara pálida ??
    Resulta = 57% da população “sairia” de SP se pudessem. Saiam, xispem, chôô… Não podem ???
    Uma sugestão:Garanhuns, Lá é bom pracaramba,
    Queridos, férias “na marra” e sem tostão é duro.
    Caridade!
    Elvio

  • Babão

    -

    19/1/2010 às 12:49 pm

    Texto irretocável. Parabéns!!
    Destaco uma parte porretaça.
    “Que babem o seu reacionarismo à vontade. Como já brinquei aqui, podem ir tirando seu ódio do caminho que eu quero passar com o meu humor.”

  • Alan Sam

    -

    19/1/2010 às 9:39 am

    Esse título é de um livro da série Vaga-lume!
    Pena que naquela época eu era muito preguiçoso pra ler…

    Parabéns pelo trabalho, como sempre.
    Att

  • carioca comunizado pelo PT

    -

    19/1/2010 às 5:04 am

    O “CARA” só sabe inaugurar placas, pedras e assinar papel sem ler…o TREM BALA descarrilou antes da COPA-2014 , o METRÔ-2016 até a BARRA DA TIJUCA já era.A DIL-MÁ é um desastre para administrar um país, só sabe gerenciar obras pequenas desse PAC, obras de prefeito.O BRASIL tem, segundo a ONU, 50.000 HOMICÍDIOS/ANO, são 400.000 cadáveres em oito anos de comunismo, em lugar nenhum do planeta se MATA tanto.O RJ nem presídio federal tem, propiciando 70.000 mandados-de-prisão não-cumpridos. No RJ 94% dos processos de homicídios não chegam à conclusão.Na prática, marginais vivem soltos nas ruas com licença para matar.Tanto que, lula quando visita o Brasil e, vem ao RIO: são mais de 1000 seguranças.

  • PH

    -

    19/1/2010 às 1:56 am

    Parabéns. Brilhante texto…A burrice campeia, mas a gente nela arreia. Essa gente acha-se dona do país e ainda colocam a culpa nos baianos…Alternância já! Nem Serra, nem Dilma. Temos coisa melhor nesse país…

  • Cláudia

    -

    18/1/2010 às 11:07 pm

    Não costumo fazer comentários, mas preciso dizer que este texto está incrível. Continue estimulando nossa inteligência com sua escrita afiada.
    Valeu!
    Abraços!

  • Silvio

    -

    18/1/2010 às 10:57 pm

    Confesso que me assutei com a imagem, reconhecendo o rola-bosta, achei que ia sobrar pro pobre do animalzinho.
    Mas tio Rei com maestria distinguiu a necessidade de fezes do coprofágo, das fezes desnecessárias petralhas.

  • Porta Torta

    -

    18/1/2010 às 10:35 pm

    Prezado Reinaldo:
    Você me lembrou com este post a saudosa série didática, se não me engano da Editora Ática, que continha títulos como Éramos Seis, A Ilha Perdida, A turma da rua Quinze, A Mina de Ouro…O Escaravelho do Diabo!!!

    PS: era literatura infanto-juvenil, claro, mas era saborosa…Fico pensando que os petralhas, azedos como são, nem esses livrinhos tranquilos leram!!!
    PS2: Lula, por óbvio, não leu…

  • Carofo

    -

    18/1/2010 às 10:12 pm

    Meu caro amigo, o que voce está escrevendo é de uma utilidade que voce nem imagina. Pensei que não existiam pessoas com tamanha capacidade de fazer análise da conjuntura politica a que nos metemos elegendo os petralhas. Deite o pau nos petralhas, porque é melhor escrever e abrir o olho do povão a ter que novamente partir para uma guerra fraticida, o que os petralhas estão entando a todo momento. Obrigado……

  • Iguinho

    -

    18/1/2010 às 9:15 pm

    Esquerdistas só não são mais ridículos por falta de fantasia de maracatu.

    Em tempo: sempre que alguém vier te falar babaquices como garantir a participação da sociedade civil ou acabar com o monopólio dos veículos de comunicação através da criação de mídias alternativas esconda a sua carteira. Mas esconda bem.

  • ZENON

    -

    18/1/2010 às 8:59 pm

    Caríssimo,
    o senhor está afiadíssimo, mas, acho, cometeu um engano.
    Não tenho gana de querer ensinar português a ninguém, muito menos ao senhor. Mas é uma confusão que sempre faço com agente da passiva.
    No fim do post, acho que o senhor deveria ter escrito:
    “Eles são rolados, e rolados…”
    Pelo menos no blog do senhor.
    Hehe!!!

  • Marcio B.

    -

    18/1/2010 às 8:21 pm

    Um conservador pessimista com os rumos futuros da agricultura nacional caso orientadas pelas mão do MST disse:

    – Pelo andar da carruagem, no futuro só haverá MERDA para se comer…

    Ouvindo o comentário do conservador pessimista, o militante do PT logo retruca:

    – No futuro não haverá MERDA para todo mundo comer, precisamos de políticas sociais que garantam a transversalidade do conceito BOSTA PARA TODOS e a distribuição igualitária da MERDA por todas as camadas da sociedade.

  • Fabricio

    -

    18/1/2010 às 8:18 pm

    Poxa vida! Sem dúvida este texto foi uma obra-prima da arte da ironia. Meus parabéns Reinaldo, continue escrevendo assim, seus textos são excelentes.

  • Neny

    -

    18/1/2010 às 7:45 pm

    Perfeito…
    Reinaldo, como vim la do interior de SC e conheço bem esse tal de vira bostas, achei sensacional a sua comparação com esses vermes sanguessugas do estado. Essa gente quer é mamar eternamente, sem construir p… nenhuma e ainda tentar controlar as nossas vidas. PAU NELES.

  • Do jeito que o diabo quer,

    -

    18/1/2010 às 7:25 pm

    Muita bosta ainda vai rolar, o que consola é ver o Chile, por exemplo, onde a população por muito menos não quis mais saber da zisquerda …

  • Dona Antonia

    -

    18/1/2010 às 7:16 pm

    MUITO BOM!
    Tio Rei cada dia melhor.

    No entanto, há um porém: Os rola-bostas do reino animal são bem mais interessantes e complexos do que os petralhas. Prá analisar a petralhada basta aplicar o bisturi com uma certa transversalidade bem rasinha, sem muita profundidade prá não cortar a mesa de dissecação. Além disso, os bichos apresentam certas variedades, mas um petralha é sempre clone do outro. Quem conhece um, conhece todos.

  • Matter

    -

    18/1/2010 às 7:15 pm

    REINALDO

    PETRALHA em janeiro 18, 4:11 pm – Imbecil dizendo que há um golpe para derrubar o governo (é prá rolar de rir).

    PETRALHA em janeiro 18, 4:24 pm – Energúmeno dizendo que liberdade de imprensa é inversão de valores (Se fosse possível, este deveria ser exterminado a chineladas).

  • Andrea

    -

    18/1/2010 às 7:08 pm

    Reinaldo,

    Peço permissão para colocar o link abaixo de um texto do Olavo de Carvalho. Está muito bom e acho que completa o seu.

    http://www.olavodecarvalho.org/semana/100118dc.html

  • Matter

    -

    18/1/2010 às 7:08 pm

    REINALDO
    PETRALHA apelando em Janeiro 18, 4:11, pm

    PETRALHA

  • Helbert

    -

    18/1/2010 às 6:54 pm

    Caro Reinaldo,

    A piada deles foi melhor do que as suas: vou jogar fora meus comutadores, carro, moto, etc., e viver como índio a partir de amanhã. Havaiana nos pés, calção esportivo no corpo e cachaça na cabeça!

    Morram, petistas!

  • Ricardo

    -

    18/1/2010 às 6:51 pm

    Enquanto a sociedade não discutir seus valores e o que quer para o futuro do país, vivenciaremos isso: comunistas rancorosos sempre tentando solapar a democracia.

    É isso mesmo, Reinaldo, pé-na-bunda dos marditos!

  • EU

    -

    18/1/2010 às 6:39 pm

    Banda de picaretas e espertalhões.Nas férias,viajam para os países capitalistas,seus filhos estudam em escolas particulares ,possuem planos de saúde particulares,carros novos,adoram um filézinho e uma batatinha frita do agronegócio,há e frequentam SPA ,chique não.
    Assim até eu viro SOCIALISTA TUPINIQUIM.

  • Kleber

    -

    18/1/2010 às 6:34 pm

    Só uma pergunta : Empreiteiras de quais países partciparão da reconstrução do Haití ?

  • zz

    -

    18/1/2010 às 6:29 pm

    Reinaldo, esse artigo me lembrou um livro que li faz alguns anos, “os Cientistas de Hitler”, de John Cornwell, editora Imago, página 42.

    Uma passagem em que Plank, disse para Hitler que não era bom demitir os cientistas judeus porque eles eram importantes para a ciência alemã.

    Hitler respondeu: “Se a ciência alemã depende dos judeus teremos que ficar sem ciência por alguns anos.”

    Talver agora devamos criar uma cota para cientistas negros e indígenas.

  • Pedro

    -

    18/1/2010 às 6:25 pm

    Grande texto, Reinaldo. Falou tudo, o que falta a esse bando de doidivanas é vergonha na cara!!!

  • Anônimo

    -

    18/1/2010 às 6:24 pm

    Duas coisas estranhas passaram pelo crivo:

    censura? janeiro 18 4:24 pm

    Zoraia Antunes janeiro 18 4:11 pm

  • José Silva Jardim dos Ursos

    -

    18/1/2010 às 6:23 pm

    Gostaria que você comentasse o artigo do artigo do vereador do PT Paulistano, João Antonio, no site do PT em

    http://www.pt.org.br/portalpt/opinioes/o-estado-nao-pode-tudo-2714.html

    no qual ele tenta rebater os artigos publicados no Estadão de domingo (17/01) sobre a denominada “democracia direta” que dão origem todas essas conferências (Confecom, Confecul etc)

  • Flávio Araujo

    -

    18/1/2010 às 6:03 pm

    O petismo se apossou dos grupos culturais já faz algum tempo. O petismo sabe que este é um terreno muito fértil para se plantar o que eles querem colher. Sabem que estes grupos são fáceis de serem doutrinados. Basta um pouco de patrocínio e pronto! é como pegar na mão.

  • Didi Iashin

    -

    18/1/2010 às 6:01 pm

    Alguém comentou a nova “abordagem” do filme-biografia do mollusco, sendo que agora a filme é a história da mãe do mollusco, não a história delle. De qualquer forma, não piso no cinema para ver, nem que me paguem. Se me pagarem, vou achar que é pouco. Hoje, passando por uma livraria, “descobri” que há tr~es livros sobre o mollusco: um, o livro do filme; o segundo, uma biografia escrita por um “estrangeiro” e o terceiro, um livro sobre o mollusco-menino.
    Minhas questões:
    1 – Para que matar tantas árvores?
    2 – Quem vai ler isso?
    3 – Não é uma espécie de campanha eleitoral completamente fora de hora?
    4 – para que os livros, se quem interessa para elle também acha que ler dá azia?

  • Antonian

    -

    18/1/2010 às 5:44 pm

    Descobri esse Blog faz 1 semana, já li dezenas de matérias nele postadas. Quanto mais leio, mais animado fico. Me sinto melhor até pra trabalhar. Essa turma que hoje cativa seu poder pessoal não se eternizará. Teremos um futuro melhor, depois desses anos sombrios de ignorância, cobiça e perversão no poder!

  • Cibeli

    -

    18/1/2010 às 5:41 pm

    Quá quá quá!! Texto muito engraçado.

  • giselle

    -

    18/1/2010 às 5:33 pm

    Ouví no Manhattan Conection que a Fox News desbancou a CNN em audiência porque um jornalista (perdoe-me, não gravei o nome) fez de lá o oásis da direita.
    A audiência é grande porque um grande número de americanos só ouvem o que traduz o seu sentimento e pensamento naquele canal, ou outros são todos infectados pelo virus do esquerdismo.

    O site de Veja é o nosso oásis, com Reinaldo, Diogo e Augusto Nunes. Graças a Deus!

  • Jmendes

    -

    18/1/2010 às 5:24 pm

    Rei, você pode responder a este idiota, o “Censurar?” disse:
    janeiro 18, 2010 às 4:24 pm?

    Ele parece não saber que quem está se apropiando do estado é o PT e seus 14.000 militantes sem-vergonha, que aprovaram o projeto totalitário PNDH3. Então, o fato de as TVs serem concessão do estado torna imperioso obrigá-las a ter o ponto de vista fossilizado e criminoso da extrema-esquerda? Esse pessoal tem bosta na cabeça, com o perdão da má palavra.

  • Decoreba

    -

    18/1/2010 às 5:18 pm

    Eduardo Frei, derrotado por Piñera, foi o presidente que precedeu e colocou o demente social-comunista Salvador Allende no poder. No governo de Frei, raríssimo o dia sem ataques terroristas a bancos, universidades e, como é de tradição, a fazendas. Frei deixou o MIR e outras quadrilhas comunistas à vontade. Um ano de Allende, o Chile em ruínas, o povo chileno nas ruas aos panelaços, há evidências que Frei e sua democracia-cristã foram os primeiros a chegar às portas dos quartéis. Com os “Meninos de Chicago”, de Milton Friedman, o Chile se salvou brilhantemente, tornando-se exemplo para os países cá da banda bananeira.
    Saludos, Piñera!

  • André

    -

    18/1/2010 às 5:16 pm

    Petralha rola-bosta as 4:11 pm!

  • Requerendo censura

    -

    18/1/2010 às 5:14 pm

    Censurar? disse:
    janeiro 18, 2010 às 4:24 pm
    Disse umas coisas que parecem remeter aos de sempre…..

  • Acho que vi algo estranho .....

    -

    18/1/2010 às 5:12 pm

    Zoraia Antunes disse:
    janeiro 18, 2010 às 4:11 pm

    parece querer um “Reinaldo responde” que não foi esse o assunto.. isso não foi dito…

  • Jmendes

    -

    18/1/2010 às 5:08 pm

    Comunista débil mental em

    “Zoraia Antunes disse:
    janeiro 18, 2010 às 4:11 pm”

    Favor dedetizar a mafaldinha.

  • Jmendes

    -

    18/1/2010 às 5:05 pm

    Comunista retardado com o cérebro apodrecido:

    “Censurar? disse:
    janeiro 18, 2010 às 4:24 pm”

    Favor dedetizar pois o cheiro da carniça cerebral do dito está contaminando o fórum.

  • Sebastião Silveira

    -

    18/1/2010 às 5:04 pm

    Grande, Reinaldão. Mais uma vez, brilhante e irretocável. Senti-me, no final de dezembro/início de janeiro disputando final de copa do mundo, contra adversário forte e catimbeiro, com juiz ladrão e sem o maior artilheiro do time.
    Vamos em frente. Não vai ser fácil a petralhada largar o osso.
    Um grande abraço.

  • Nelson Simas

    -

    18/1/2010 às 4:59 pm

    Perfeito texto, mais claro impossivel!

  • Feliz com textos assim...

    -

    18/1/2010 às 4:45 pm

    Fico de alma lavada, rindo à toa, quando leio um texto como esse.

    ´Eu os conheço.
    Eu os disseco.
    Eu os denuncio.`

    E, graças a você, milhares de brasileiros – porque seus textos estão circulando pela internet – estão conhecendo, dissecando e denunciando essa corja de bandidos.

  • malu- nova caça petralha

    -

    18/1/2010 às 4:43 pm

    Manda essa PeTralha para o blog que a pariu

    Zoraia Antunes disse:
    janeiro 18, 2010 às 4:11 pm

  • Teté Da Rosa

    -

    18/1/2010 às 4:41 pm

    A Dilma perder é o primeiro passo para bloquear-dar-um para-ti-quieto em toda essa corja. O problema vem depois, que é enxotar essa petratalhada toda capilarizada pelo Estado, como um todo.Alguns, como se sabe ( o velho jeitinho brasileiro),estão “legitimados” , pelas mais diversas formas legais ou pseudo legais cabíveis.Estimo, ganhando agora em 2010, pelo menos uns vinte anos para fazermos a faxina total.Não se olvide que teremos de ser muito eficientes para tal.E haja detergente, desinfetante e bactericida de alta potência. Agora, quem rola-bosta,com ela tende a se enroscar; logo, bosta tende a ficar. Hehe. abçs.

  • Gil

    -

    18/1/2010 às 4:38 pm

    Reinaldo, essa gente dá um desânimo… Eu já tinha desistido de ler qualquer coisa que venha desse povo, mas ainda bem que há pessoas como você que nao desistem e continuam de olho no que essa corja está sempre aprontando (ou tentando aprontar). O lado bom da coisa é que em menos de um ano toda essa besourada vai voltar pro lugar de onde nunca deviam ter saído e vao poder continuar fazendo a única coisa que fazem bem, “rolar-bosta”.

  • lindem

    -

    18/1/2010 às 4:31 pm

    Rei, nesse momento está acontecendo debates numa comissão da camara, veja as aberrações que estão sendo ditas lá.
    estou vendo aqui agora.

    ptista bom é ptista morto.

  • Censurar?

    -

    18/1/2010 às 4:24 pm

    dedetizado.

  • Melusina

    -

    18/1/2010 às 4:20 pm

    E mais bosta rola. Essa li no Boechat (http://www.istoe.com.br/colunas-e-blogs/colunista/2_RICARDO+BOECHAT)
    Tem novo coordenador-geral o Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, órgão da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República. Jeter Ribeiro de Souza foi nomeado na quarta-feira 13. O agora dono de um cobiçado contracheque cujo valor é um DAS 4 foi quem retirou o extrato bancário do caseiro Francenildo Santos Costa, em 2006. A quebra do sigilo resultou na demissão do ministro Antônio Palocci.
    O que ele fez para estar lá? De sacanagem o cara é bom. Ferrados estão os representados.

  • QUAKER

    -

    18/1/2010 às 4:19 pm

    REINALDO:
    BELO TEXTO.
    AGORA É MINHA VEZ!

    ESTE BICHINHO,MUITO PARECE, E ATÉ PENSEI QUE FOSSE, O
    PRESIDENTE DO BRASIL.COMO NÃO VÍ SE A CUECA OU CALCINHA ERAM VERMELHA,IMAGINO QUE POSSA SER TAMBÉM A GUERRILHEIRA!
    ELES PRECISAVAM DE UM PARA-RAIO.Ñ DE UM “BENJAMIM”!
    MERDA,É UMA COISA PEGAJOSA E MAL CHEIROSA.
    ATÉ AÍ,TUDO BEM.A MERDA ESCOLHEU O LUGAR CERTO.
    ESTE BESOURO, É O MELHOR SÍMBOLO PARA O PT.
    DEVEM ABANDONAR A ESTRELA DE 4 PONTAS.
    DESCOBRIRAM A VERDADEIRA LATRINA QUE OS LEVAM AO PASSADO.SEM JORNAL,SEM ORTIGA MESMO COM A FALTA DE UM DEDO,ELES DEDILHAM ATÉ ENCONTRAR.
    CHEIRAM PARA VER SE É REAL.LEVAM ATÉ PAREDE DO BOX E
    ESCREVEM O PRÓPRIO NOME!
    É UM HORROR MAS É REAL!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados