Blogs e Colunistas

29/06/2013

às 7:11

Dilma repete façanha de Collor: a aprovação a seu governo despenca 35 pontos em três meses — 27 pontos em três semanas; hoje, só 30% o consideram bom ou ótimo; índice de ruim-péssimo chega a 25%. Então Dilma já era?

O prestígio da presidente Dilma Rousseff teve uma queda de 27 pontos percentuais em três semanas, segundo pesquisa Datafolha, publicada na Folha neste sábado. Apenas 30% das pessoas ouvidas consideram o governo “bom” ou “ótimo” — na primeira semana deste mês, eram 57%; em março, 65%. Em três meses, pois, a queda foi de estupendos 35 pontos. Só um governante antes dela repetiu tal façanha: Fernando Collor. E olhem lá. Imediatamente antes da posse, 71% tinham a expectativa de um governo bom ou ótimo. Em junho, depois do confisco da poupança, esse índice caiu para 35% — ainda assim, cinco pontos acima do número alcançado por Dilma. E olhem que ela não confiscou a poupança de ninguém. O que isso diz sobre o futuro? Já chego lá. Antes, algumas considerações.

Estão arrependidos?
Se arrependimento matasse, alguns petistas e esquerdistas associados (MAS NÃO TODOS, JÁ DIGO POR QUÊ) não veriam nascer a luz do sol neste sábado. Fizeram mau negócio ao tentar estimular o caos em São Paulo já naquele fatídico 13 de junho, o dia do pior confronto entre a Polícia Militar e manifestantes, que já haviam, sim, recorrido à violência em três manifestações anteriores, a primeira ocorrida no dia 6. No dia 11, por exemplo, coquetéis molotov foram jogados contra os policiais. Estações de metrô tinham sido depredadas. No próprio dia 13, sem nem mesmo dar um telefonema ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), o ministro da Justiça, José Eduardo Cadozo, oferecia uma hipócrita “ajuda” a São Paulo. No dia seguinte, ele e outros petistas, como Fernando Haddad — prefeito que havia reajustado a tarifa de ônibus — engrossaram o coro da imprensa contra a “repressão”. Os petistas mobilizaram a sua tropa nas redes sociais para demonizar a PM de São Paulo. E se começou a falar, então, de uma megamanifestação na segunda-feira, dia 17. Algo começava a sair do script quando se percebeu que o resto do país também se mobilizava. No dia marcado, 65 mil marcharam em São Paulo. O Rio pôs 100 mil pessoas na rua. Algo estava fora da ordem e do controle — inclusive dos coxinhas radicais do Passe Livre.

Com a garantia dada pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo de que a cidade era território livre — desde que não houvesse depredação —, criou-se o ambiente “occupy” o que lhe dá na telha. E esse ambiente tomou o país. Insatisfações represadas ao longo de muitos anos — afinal, os canais de representação social foram comprados pelo PT, e as oposições sempre foram tímidas em mobilizar a resistência ao lulo-petismo — foram às ruas: corrupção, saúde e educação precárias, gastos excessivos com a Copa do Mundo… O governo federal se tornou o alvo principal dos protestos. E é explicável que assim seja. Ao longo de 10 anos, os governos petistas se quiseram os monopolistas do bem e da virtude e se apresentaram como os garantidores da felicidade geral. Afinal, se podiam tanto, por que não fizeram? A redução das tarifas do transporte público acabou se perdendo apenas como uma das reivindicações. E não! Definitivamente, as manifestações não eram pacíficas. “Ah, mas a maioria…” A maioria era pacífica até na Revolução Russa! 

Eis aí… Nem nos seus temores mais secretos, a presidente Dilma e os petistas da sua turma poderiam imaginar que um protesto contra tarifa de transporte — assunto municipal ou estatual — fosse a centelha a fazer explodir o paiol em que estavam armazenadas as insatisfações as mais variadas. Se pudessem voltar atrás, Haddad, Cardozo, a rede petralha e todos aqueles que atuaram para leva o casos às ruas de São Paulo fariam outra coisa. Mas isso não é possível.

Economia
Os protestos tiveram um efeito devastador na avaliação de Dilma, mas eles só se difundiram porque há insatisfações, e a principal é com a economia. Informa a Folha: “A expectativa de que a inflação vai aumentar continua em alta. Foi de 51% para 54%. Para 44% o desemprego vai crescer, ante 36% na pesquisa anterior. E para 38%, o poder de compra do salário vai cair – antes eram 27%.”

A insatisfação com Dilma, como os protestos, se espalha pelo país. Sua aprovação caiu mais de 20 pontos em todo o país.

Então Dilma já era? E o fator Lula
Então Dilma já era? Ela e o PT já podem ir fazendo as malas? É muito cedo! Terá o Datafolha feito também uma pesquisa eleitoral? Vamos ver. É bom lembrar que, em dezembro de 2005 — ano do mensalão — a aprovação de Lula era de apenas 28%, Inferior, ainda que na margem de erro, aos 30% de Dilma. Onze meses depois, ele se reelegeu presidente da República. Assim, é um pouco cedo para dizer.

O Datafolha fez uma pesquisa, com margem de erro enorme, de 4 pontos percentuais, só entre os manifestantes da passeata realizada no dia 20 em São Paulo. Joaquim Barbosa liderou as intenções de voto para presidente, com 30%. Marina Silva ficou em segundo, com 22%. A presidente Dilma ficou com 10%. O tucano Aécio Neves foi citado por 5%, e Eduardo Campos, do PSB, por 1%.

Apoio ao plebiscito
Ainda que eu duvide que a esmagadora maioria saiba do que se trata exatamente — até porque nem o meio político sabe —, o Datafolha apurou que 68% dos entrevistados apoiam o plebiscito da reforma política, ideia lançada pela presidente. A questão é saber como operacionalizar isso. Se existe o endosso, cria-se uma franja de contato com a opinião pública.

A situação de Dilma, hoje, é muito difícil. Franklin Martins voltou a ser um interlocutor frequente. Ele assumiu a área de comunicação do governo Lula em 2007. Teve início, então, um trabalho agressivo de demonização da imprensa e da oposição. Ambas passaram ser tratadas como aliadas (o que era e é falso) e golpista. Montou-se uma grande rede de apoio ao governo na Internet, capitaneado por sites e blogs financiados por estatais. Franklin deixou pronta uma proposta de “controle social da mídia”, que Dilma engavetou. Sabe-se lá que conselho ele está dando para a soberana. Coisa boa não deve ser.

O fator Lula
Antes dessa pesquisa, o coro “volta, Lula” já não era nada discreto no PT. Vai se fazer mais audível depois desses números. Como já informei aqui, há gente na cúpula do próprio governo dizendo que “Dilma já era!”. São, é evidente, lulistas entusiasmados. É claro que ele voltou a ser o que não era em março, quando ela tinha 65% de aprovação: pré-candidato a presidente em 2014.

Se isso acontecesse, seria fácil vencer desta vez? Ora, resta evidente que Dilma é cria de Lula. Todos os eleitores sabem disso. É de supor que a reputação do Apedeuta, nesses embates, também tenha sido abalada. Em que medida? Ainda não há pobres na rua, embora se deva supor, pelos números, que há muitos descontentes.

Cuidado com a volatilidade
Os números têm de ser vistos com cuidado — e não estou desconfiando, como nunca desconfiei, do rigor técnico da pesquisa. O cuidado é de outra natureza: é claro que há nesse levantamento opiniões ainda não consolidadas. Em três semanas, não aconteceu nada de tão formidável que justifique mudança tão radical de humor. “Três semanas, Reinaldo? É coisa dos últimos 10 anos!” Pode ser; o fato é que os brasileiros eram livres para se manifestar e não o fizeram, certo?

Os petistas caíram na própria arapuca. Vamos ver como vão tentar sair dela.

Texto publicado originalmente às 5h58
Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

579 Comentários

  • Desgoverno Dilma acabou...

    -

    3/7/2013 às 1:35 am

    … com o Brasil, mas ainda falta mais de um ano para ser enterrado.

  • E uma última homenagem

    -

    2/7/2013 às 2:56 am

    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência
    O PT sangra no mercado por falta de transparência

  • Pedro Morato

    -

    1/7/2013 às 8:37 pm

    É verdade o que está circulando pela internet?:

    Como somos passados para trás !!

    Atenção pessoal, repassem via e-mail e compartilhem nas redes sociais.

    Não adianta comemorar a queda da PEC 37. Políticos quando festejam estrondosamente em plenário é porque eles são os únicos beneficiários. Vejam porque!.

    O artigo 129 da CF não elenca as ações investigatórias como atribuições institucionais do Ministério Público, más também não as proíbe.

    Aproveitando esse vácuo legal, membros do MP fizeram investigações que deram origem a processos que redundaram em condenação de muitos políticos corruptos Brasil a fora.

    Ontem num clima de festa geral os congressistas brasileiros enterraram a PEC 37 más poucos dias antes eles tinham aprovado a LEI Nº 12.830/2013, que dispõe sobre a investigação criminal conduzida por Delegado de Polícia. Essa lei explicita que quem faz investigações criminais é apenas Delegado de Polícia.

    Se membros do MP continuarem a investigar, principalmente agentes políticos corruptos, os processos deles originários serão considerados NULOS pela justiça de primeira instância ou em poucos casos pelos tribunais superiores, situação que amordaçada ainda mais o judiciário.

    Vocês sabem porque os políticos corruptos tinham medo dos membros do MP: eles não podem ser transferidos a não ser por decisão do colegiado do MP, por isso não estão sujeitos a pressões políticas.

    Os Delegados de Polícia sofrem essas pressões e quando atuam cumprindo o seu dever, principalmente contra políticos corruptos são transferidos num piscar de olhos para cidades bem longe e quem também é punido com isso é a família dele.

    Pensem nisso.

    Ajude a espalhar pela rede.

    O Brasil começa a acordar

  • Dari C Sobrinho

    -

    1/7/2013 às 5:11 pm

    O meu camarada vc também esta na folha de pagamento da NSA. Ta ganhando quanto para entregar o pais aos estrangeiros. Pocha quem não acredita na teoria da conspiração é só olhar as escutas clandestinas feitas pelos USA ao governo europeu (principalmente Frankfurt). Tristes são aqueles que acreditam em papai noel, coelhinho da pascoa e ainda pior, Alice no Pais das Maravilhas, estória americana. Mas a história verdadeira é outra. Ainda querem o petróleo, a Amazônia (verde e azul)os minérios principalmente os raros para fabricação de novos materiais etc…

  • GEROLOZANON

    -

    1/7/2013 às 8:42 am

    Dia 3/7 vou completar 76 anos foi enganado quase 10 anos será que vou ser engando mais 4 anos ai não vou aguentar vou bater as botas

  • GEROLOZANON

    -

    1/7/2013 às 8:28 am

    A mentira tem perna curta

  • 44% Fernando 44%

    -

    1/7/2013 às 6:22 am

    Quem entende da presidanta é a médica Juliana Mynssen. Aliás, recomendação de leitura do Elio Gaspari na Folha deste domingo:

    Juliana Mynssen · 4.123 seguidores
    21 de Junho às 23:13 próximo a São Conrado, Rio de Janeiro ·
    “O dia em que a Presidenta Dilma em 10 minutos cuspiu no rosto de 370.000 médicos brasileiros.”

    Há alguns meses eu fiz um plantão que chorei. Não contei à ninguém (é nada fácil compartilhar isso numa mídia social). Eu, cirurgiã-geral, “do trauma”, médica “chatinha”, preceptora “bruxa”, que carrego no carro o manual da equipe militar cirúrgica americana que atendia no Afeganistão, chorei.
    Na frente da sala da sutura tinha um paciente idoso internado. Numa cadeira. Com o soro pendurado na parede num prego similiar aos que prendemos plantas (diga-se: samambaias). Ao seu lado, seu filho. Bem vestido. Com fala pausada, calmo e educado. Como eu. Como você. Como nós. Perguntava pela possibilidade de internação do seu pai numa maca, que estava há mais de um dia na cadeira. Ia desmaiar. Esperou, esperou, e toda vez que abria a portinha da sutura ele estava lá. Esperando. Como eu. Como você. Como nós. Teve um momento que ele desmoronou. Se ajoelhou no chão, começou a chorar, olhou para mim e disse “não é para mim, é para o meu pai, uma maca”. Como eu faria. Como você. Como nós.
    Pensei “meudeusdocéu, com todos que passam aqui, justo eu… Nãoooo….. Porque se chorar eu choro, se falar do seu pai eu choro, se me der um desafio vou brigar com 5 até tirá-lo daqui”.
    E saí, chorei, voltei, briguei e o coloquei numa maca retirada da ala feminina.
    Já levei meu pai para fazer exame no meu HU. O endoscopista quando soube que era meu pai, disse “por que não me falou, levava no privado, Juliana!” Não precisamos, acredito nas pessoas que trabalham comigo. Que me ensinaram e ainda ensinam. Confio. Meu irmão precisou e o levei lá. Todos os nossos médicos são de hospitais públicos que conhecemos, e, se não os usamos mais, é porque as instituições públicas carecem. Carecem e padecem de leitos, aparelhos, materiais e medicamentos.
    Uma vez fiz um risco cirúrgico e colhi sangue no meu hospital universitário. No consultório de um professor ele me pergunta: “e você confia?”.
    “Se confio para os meus pacientes tenho que confiar para mim.”
    Eu pratico a medicina. Ela pisa em mim alguns dias, me machuca, tira o sono, dá rugas, lágrimas, mas eu ainda acredito na medicina. Me faz melhor. Aprendo, cresço, me torna humana. Se tenho dívidas, pago-as assim. Faço porque acredito.
    Nesses últimos dias de protestos nas ruas e nas mídias brigamos por um país melhor. Menos corrupto. Transparente. Menos populista. Com mais qualidade. Com mais macas. Com hospitais melhores, mais equipamentos e que não faltem medicamentos. Um SUS melhor.
    Briguei pelo filho do paciente ajoelhado. Por todos os meus pacientes. Por mim. Por você. Por nós. O SUS é nosso.
    Não tenho palavras para descrever o que penso da “Presidenta” Dilma. (Uma figura que se proclama “a presidenta” já não merece minha atenção).
    Mas hoje, por mim, por você, pelo meu paciente na cadeira, eu a ouvi.
    A ouvi dizendo que escutou “o povo democrático brasileiro”. Que escutou que queremos educação, saúde e segurança de qualidades. “Qualidade”… Ela disse.
    E disse que importará médicos para melhorar a saúde do Brasil….
    Para melhorar a qualidade….?
    Sra “presidenta”, eu sou uma médica de qualidade. Meus pais são médicos de qualidade. Meus professores são médicos de qualidade. Meus amigos de faculdade. Meus colegas de plantão. O médico brasileiro é de qualidade.
    Os seus hospitais é que não são. O seu SUS é que não tem qualidade. O seu governo é que não tem qualidade.
    O dia em que a Sra “presidenta” abrir uma ficha numa UPA, for internada num Hospital Estadual, pegar um remédio na fila do SUS e falar que isso é de qualidade, aí conversaremos.
    Não cuspa na minha cara, não pise no meu diploma. Não me culpe da sua incompetência.
    Somos quase 400mil, não nos ofenda. Estou amanhã de plantão, abra uma ficha, eu te atendo. Não demora, não. Não faltam médicos, mas não garanto que tenha onde sentar. Afinal, a cadeira é prioridade dos internados.
    Hoje, eu chorei de novo.

  • Valeria

    -

    30/6/2013 às 11:06 pm

    Custo a crer que esse safado do Lula venceria no primeiro turno, mas será que ele virá de candidato, ele não está sendo julgado por improbidade administrativa e outras coisas mais, os bens dele não estão bloqueados, e a Rosemari ninguém fala mais dela, que povo é esse meu Deus.

  • marta

    -

    30/6/2013 às 10:12 pm

    .
    Tá ai o grito ocoado do Mané Garrincha que não deixa mais o iboPELEGO, o voxpopulacho e o dataFALHA mentirem impunimente sobre os 182,90% de aprovação da dilmentira, com diferença de 2 pontos para mais ou para menos.
    .
    .

  • Alzira

    -

    30/6/2013 às 9:20 pm

    A oposição só não pode pensar que a Maria Antonieta tem que ser deixada a sangrar até a morte. Um erro desses só se permite uma vez, né?

  • Alzira

    -

    30/6/2013 às 9:16 pm

    Tem uma BARATA CASCUDÍSSIMA às 16:16: “nosso lula”????
    Vade retro!

    ReinaldoXXXXXX na cascuda!

  • Ciro Lauschner

    -

    30/6/2013 às 5:17 pm

    A máquina de difamação do PT está a pleno vapor.Todos os blogs comprados soltam mentiras e suposições como se fosse verdade.A Carta Capital já largou nas ruas a sua parte. Toda a militância, inclusive aqui no interior está orientada a difamar sobretudo Aécio Neves.Dará resultado?Duvido que dê.Esse filme é reprise e o contra ataque agora existe ao contrário da campanha presidencial da Dilma onde Lula passou incólume mesmo babando de bêbado e vociferando sandices.

  • santos

    -

    30/6/2013 às 2:11 pm

    pois quem ta na rua, corrigindo

  • santos

    -

    30/6/2013 às 2:10 pm

    acredito que o Apedeuta nao ta confiante assim nao ,ou estaria no maracana, os pequenos indices do pobres e uma falacia pois quem ta na na e a classe media baixa ,que sao ali,ali com a pobreza ,mas sao formadores de opiniao, e assim o mito vai caindo,se o processo que cobra os 10 milhoes ligados ao banco do mensalao ,e ai a mudança tem que atingir o Ministerio Publico que foi massiçamente apoiado na Pec 37, deve essa , a Justiça deve ser rigorosa e mandar ver os crimes do cara ,enfim sao sonhos de um Brasil cidadao,onde a rapinagem domina e o povo sai p/ cobrar de todos, justiça e fim da impunidade dos poderosos,que se locupletam `e isso que encheu o saco do brasil, nao se enganem pois essa naçao quer se livrar de tudo isso ,e o ex e principal articulador dessa corrupçao toda ,originando esse incorfosmismo surpreendente p/todos ,pois se via o pais anestesiado e indolente ,pensando em levar vantagem em tudo nao e??? assim apos esse junho todas analises terao que ser reavaliadas, entao esse lula que ganha sempre tbem sera surpreendido por esse novo Brasil e so mostra-lo com a verdadeira face e isso o papel da oposiçao que se espera

  • Jotinha

    -

    30/6/2013 às 12:26 pm

    Há um leitor que escreveu uma frase interessante, mais ou menos assim: “O povão vai às ruas contra a corrupção petista, tudo bonito, mas, nas eleições, vota no chefe campeão da roubalheira”. Faltou explicar que “povão” é esse. Após anos sendo submetido à tortura de falcatruas do petismo, conclui que o vírus causador da tragédia brasileira não é a falta de saúde, saneamento, segurança, transporte e educação. O nome desse vibrião chama-se falta de vergonha na cara desse “povão” que o leitor se refere. Lembrando o que disse FHC às lideranças tucanas, o PSDB tem que esquecer “dele”, se é que pretende conquistar o voto do eleitorado “in” (indignados, indiferentes e indecisos). Há um enorme abismo entre “povão” (o do PT) e o povo (a Nação). O primeiro são os sequazes petistas, vigaristas disfarçados de manifestantes de movimentos sociais, trabalhadores, eleitores, alunos, professores, juristas, sindicalistas, jornalistas, políticos, empresários, religiosos… O outro povo, o real, o de vergonha na cara, é a sociedade brasileira constituída por pessoas decentes, ora revoltadas, a rigor, com a atuação de Dilma Rousseff. Qual é a realidade, afinal? A pilantragem há longo tempo ocupa cargos políticos graças ao “povão”, porque esse “povo” não perde voto. Quanto ao outro povo, o real, a Nação, está, digamos, em desvantagem, porque simplesmente anula o seu voto, se abstém ou vota em branco em sinal de protesto, e acaba beneficiando indiretamente os lulalaus. O cidadão honesto precisa entender que, quando joga o seu voto pela janela alegando insatisfação com a política, está, de fato, favorecendo vagabundos. É por isso que os canalhas representantes do “povão” estão mais ousados e rindo à toa. É por isso que há petralhas a soldo infiltrados por aí no meio de gente boa fazendo a campanha do voto nulo. Recomendo ao Brasil decente que, quando for votar, leve o lembrete em um caderninho: “POVÃO PETISTA NÃO PERDE VOTO”. Vamos votar todos contra a gangue do PT e seus agregados, como Marina Silva e Eduardo Campos, nas próximas eleições. Não vote no “povão”, vote na Nação! “Ah! E se der Marina e Dilma no segundo turno?”, perguntam-me. Significaria o cúmulo da desgraça, que a Nação teria anulado o seu voto, votado em branco ou renunciado ao seu direito de decidir. Teria entregue o seu destino, mais uma vez, ao embate entre o que não vale nada e ao que nada vale. As atuais “vozes das ruas” terão sido em vão…

  • João

    -

    30/6/2013 às 9:54 am

    Temos no senado praticamente um terço de senadores suplentes que não foram eleitos pelo povo e os verdadeiros senadores quase todos estão no Poder Executivo. Esta permissividade é muito danosa a democracia, permitindo a migração de políticos de um poder para o outro originando todo tipo de safadeza.

  • Marcos F

    -

    30/6/2013 às 9:23 am

    Cadê no Lula? Ainda está vivo?
    Com certeza ele está apavorado. Dilma, não. Está firme dentro do armário, e de lá não sairá mais.

  • ari machado portela

    -

    30/6/2013 às 7:19 am

    O ibope de Dilma, sempre foi artificial, maquiado por certos setores da mídia. Na vida política sequer foi vereadora ou cabo eleitoral. Está na hora dela criar a CNV da saúde, educação, segurança e da corrupção.

  • INTRUSO 171

    -

    30/6/2013 às 7:12 am

    CARO REINALDO. SE O PAIS ESTA PEGANDO FOGO, ACREDITO EU SEJA A UNICA CAUSA A LIBERDADE DOS LADROES DO ERARIO E CORRUPTOS DO MENSALÃO, ZE DIRCEU E OUTROS E O LULA, O CHEFAO, PROVADO E COMPROVADO SER O CHEFE E MENTOR DA QUADRILHA. SE O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL QUISESSE REALMENTE O BEM DO PAIS JA TERIA MANDADO PRENDER ESSA QUADRILHA E SEU CHEFE QUE ANDA SOLTO, TRABALHANDO NOS BASTIDORES PARA RETORNAR AO TRONO DE MAIOR CASCATEIRO E MENTIROSO JA VISTO NAS AMERICAS DESDE SEU DESCOBRIMENTO

  • Augusto

    -

    30/6/2013 às 4:22 am

    Nunca antes na história deste país a popularidade presidencial caiu tão rápido.

  • Nathaniel

    -

    30/6/2013 às 2:12 am

    .
    Realidade…
    .
    Como nos demais movimentos ditos “espontâneos”, o MPL além de ser financiado por entidades pertencentes ao mega-investidor George Soros, recebeu o respaldo do Foro de São Paulo (FSP) desde o início. Sua missão era colocar o povo nas ruas e criar o caos, daí porquê o motivo exibido inicialmente era apenas contra o aumento de R$ 0,20 das passagens dos transportes e que, atingido o objetivo, retirou-se alegando “infiltração da extrema-direita”. É curioso notar ainda a esse respeito, que os estudantes pagam meia-passagem e os trabalhadores que dependem dos transportes coletivos receberem vale-transporte, deixando claro que havia algo mais por trás do que uma indignação legítima a um aumento “abusivo”. Aliás, a única categoria que não se viu nas ruas foi a do trabalhador, que depende de ônibus diariamente.

    Não podemos deixar de notar, também, que no encontro ocorrido na Câmara de Vereadores de Porto Alegre em fins de maio, que comentei em artigo anterior, constou no documento final o seguinte: “Os e as estudante e jovens da América do Sul, com sua alegria e vitalidade empreenderão a bela tarefa de trabalhar em rede latino-americana (…) que começará suas ações continentais nos próximos 8 e 9 de junho”.

    Outro dado importante, é o que consta da carta de intenções do próximo Encontro do FSP que será realizado em São Paulo entre os dias 31 de julho a 4 de agosto e que diz: “Os partidos políticos agrupados no Foro de São Paulo têm, portanto, o triplo papel: orientar nossos governos a aprofundar as mudanças e acelerar a integração, organizar as forças sociais para sustentar nossos governos ou fazer oposição aos governos de direita, e construir um pensamento de massas, latino-americano e caribenho, integracionista, democrático-popular e socialista. (…) Parte importante do aprofundamento das mudanças e premissa da construção de um pensamento latino-americano e caribenho, é a democratização da comunicação social e dos poderes judiciários” (http://forodesaopaulo.org/?p=2713 e http://archive.is/Pyff5).
    .
    Contra o FORO DE SÃO PAULO SÓ O VOTO DISTRITAL
    .
    VOTO DISTRITAL ONTEM
    .

  • Órfão Nuclear

    -

    30/6/2013 às 2:07 am

    PT
    Quem não soube a sombra, não sabe a luz.
    #
    Taiguara

  • José Roberto Oliva

    -

    30/6/2013 às 12:38 am

    Votar na marina e piada de mau gosto.Já pensaram um governo entregue nas mãos de gente do miolo mole como Sirkis,Minc,marina ,ongs gringas interessadas em paralisar o pais?Se qualquer governo quiser colocar este pais no primeiro mundo nao poderiam submeter projetos de interesse publico a apreciação dos órgãos ambientais

  • José Roberto Oliva

    -

    30/6/2013 às 12:24 am

    A pesquisa entre os manifestantes,nao pode ser levada em conta.Se houver segundo turno,será entre Dilma e Aécio,pelas estruturas partididarias que ambos dispõe.Candidatura avulsa só pode ser piada neste pais,pois teríamos algumas centenas de milhares de pessoas se candidatando.Vamos esperar a poeira abaixar

  • Luis

    -

    30/6/2013 às 12:22 am

    Essa pesquisa comprova que o maior problema do Brasil não é a desonestidade dos políticos e sim a baixa capacidade intelectual do povo sempre disposto a apoiar políticas simpáticas e fantiosas ea desaprovar medidas realistas e duras mas necessárias. Adoram acreditar que o país pode ser construído com palavras e papo furado e nisso Lula e o PT são mestres.

  • ToninCoimbra

    -

    29/6/2013 às 11:56 pm

    Infelizmente os PeTralhas fizeram acordos com todos os partidos distribuindo cargos e comissões e assim acabando com a “oposição”. Hoje só temos “situação” (de conforto e regalia para alguns) e a população que se dane.Temos que torcer para aparecer um candidato de peso para derrubar esta corja que aí comanda. Não adianta insistir com Serra, Marina, e outros que já tentaram. É hora de renovação….

  • Angela Nunes

    -

    29/6/2013 às 11:39 pm

    Sugestão para próximas eleições, se acontecerem, pois, o povo cansou da mesma novela.
    Deveríamos questionar quais são as características que definam oligarquia e democracia e em particular de que maneira “oligarquia” e “democracia” enxergam a justiça?
    O motivo crucial é que governantes com seus respectivos partidos tomam decisões sobre eles mesmos, e, não sobre a sociedade i.é, em geral, passam a serem péssimos juízes quando seus próprios interesses estão envolvidos.
    Faz jus, sempre lembrarmos que, temos a democracia, uma vez que a massa da população é soberana, para tirar quem não desejem mais que os represente nesse país.
    Nessa questão não é justo fazer da presidente, cúmplice de tudo em toda parte, como roubalheiras, corrupções, outras improbidades administrativas, que acredito que já aconteciam no país, antes mesmo dela nascer. Hoje, a dificuldade e desigualdade social que brasileiros vivem, são consequências sócio-econômicas do passado.
    Não devíamos julgar por considerações daqueles que enxergam somente na presidenta Dilma, toda a desordem que há, e se averiguarmos, não condiz com a realidade dos fatos, pois, tudo não depende somente dela. E os governadores e prefeitos em geral?
    E, o povo não foi às ruas somente por 20 centavos, mas, por várias questões das mais críticas e que estão sendo ignorada na pauta. A mídia só pode divulgar uma parte dessa questão para evitar destacar pedidos de impeachment!
    Por fim, nem a razão humana manifestada, nem os instintos são infalíveis como guia da ação na totalidade dos casos, as pessoas apenas estão demonstrando real insatisfação por estarem esquecidas em suas necessidades, e isso é caso sério, não é competição de partido, é a corrupção em alta no país, que move a massa da população – São essas mesmas pessoas manifestantes descontentes que um dia acreditaram em quem elegeram. Mas a história real é outra só não enxerga quem não quer ver. Os enriquecimentos ilícitos estão em alta no país e a poder da corrupção pode se defender na justiça, exceto, a pobreza. Vergonhoso demais optar-se pelo útil mais do que pelo justo.
    Mas vemos que alguns acordaram. Já é um ótimo começo.

  • oleo de peroba

    -

    29/6/2013 às 10:42 pm

    Parafraseando a soberana ,,Hoje o Brasil acordou mais forte,, e o povo acordou mesmo!!!! para as mentiras dos petralhas. Cabe uma pergunta: Como os institutos de pesquisas nao detectaram esta insatisfacao popular antes????????Gostaria que a Dima fosse na final da copa no Maracana. Seria uma vaia pra ficar na historia do Brasil. Mas ela nao vai. Escancarando a face covarde dos petralhas, quando estao por cima da carne seca, sao arrogantes, prepotentes, e nao saem da midia. Quando a mare e ruim, desaparecem do mapa. Como o Lula esta fazendo. Ele poderia ir ao Maracana representando a sua criatura e levar a vaia por ela. Vamos ver se esta insatisfacao se transforma em voto em 2014 pra tirar os petralhas do poder.

  • veronica maldonado

    -

    29/6/2013 às 10:38 pm

    Aviso aos navegantes…Já tem deputado preso na papuda! A vaga dos mensaleiros estão garantidas ate a próxima semana!O MP-DF apressa-se para interrogar lula e suas conexões portuguesas, tanto na época do mensalão, como nos passeios com a Rosemary levando dinheiro vivo a bordo do aero-lula, como denunciou o garotinho.

  • joanfuca

    -

    29/6/2013 às 10:30 pm

    O problema do Brasíl não está nos Partidos e sim nos POLITICOS.A maioria dos politicos é sinonimo de:safados,corruptos,ladrões,bandidos,mafiosos,ingratos e agora tem mais um, o de SEQUESTRADORES.Porque são sequestradores do TEMPO em que estamos perdendo com eles no PODER.Já dizia meu avô” Bandido bom é aquele que está no 7(sete) PALMO”.

  • veronica maldonado

    -

    29/6/2013 às 10:25 pm

    Por mais que não queiram admitir, manifestantes e governantes o que desencadeou o movimento foi sim: POR 20 CENTAVOS.
    Tanto é que depois que baixou o preço o MPL saiu de cena.
    - A coitada da Dilma é que este foi apenas o primeiro round, e ela já caiu 27%, Em julho tem os aumentos do leite, dos remédios, da energia, e pasmem: do seguro saúde em ate 35%. SEGURA PEÃO!
    - o ABESTADO DO MANTEGA brincou com o dragão e agora perdeu o controle GAME OVER! Não tem volta. Cada mês tem o seu calendário de aumentos. Depois serao os trabalhadores pedindo reposição das perdas. Ou dá ou DESCE! bye bye dilminha. Foi um prazer te conhecer! E um prazer muito maior te ver sair mais cedo e pela porta dos fundos.

  • Sptize

    -

    29/6/2013 às 10:22 pm

    Que tal mudanças de políticos? Algo está errado, sempre se optando pelo mesmo. Está claro que o Estado, ou, o país não pode ser definido como uma comunidade que vive num mesmo local num mesmo congresso num mesmo planalto numa mesma prefeitura e só sirva para proteger os seus membros promovendo todo sempre a troca de bens e serviços, será que tudo está voltado para o PSDB, PT, PMDB? Que os parlamentares ouça a voz do povo, dos plebiscito, e acorde. Sem população livre e rica, não existe cidade, nem civilizados dias de eleições, sem justiça e valores éticos, morais e cívicos, o Estado, o país nunca será bem administrado.

  • Virgílio

    -

    29/6/2013 às 10:17 pm

    Sai dessa Dilma, renuncia logo. Joga a bomba no colo do apedelta.

  • frajolinha

    -

    29/6/2013 às 9:58 pm

    SÃO PESQUISAS MANIPULADAS, COMO DIZ PE QUEVEDO “ISTO NÃO EQUIXISTE’ FALHA MAIS QUE GARUCHA 22

  • Helder

    -

    29/6/2013 às 9:51 pm

    Reinaldo, Gilberto Carvalho não estava brincando quando disse que o bicho ia pegar em 2013.
    Não sei se isso aconteceu em outros estados, mas aqui, em maceió, os policiais (civis e militares) resolveram aderir aos protestos, com sua causa própria: a aprovação da PEC 300 – isso aconteceu no dia 27 de junho. Lê-se na imprensa local que Os respectivos sindicatos e associações das categorias deixaram a critério dos policiais a decisão de eles irem armados ou não. Como diria aquele programa do Chapolim Colorado: “E agora, quem irá nos salvar?”

  • B S B:

    -

    29/6/2013 às 9:39 pm

    Não e possível os Brasileiros,ainda pode eleger PETRALHAS?
    Para Presidência da Republica,com tudo isto que esta a Acontecendo, pelo o que não aconteceu,14 anos de atraso Ainda e pouco, e pedir para sofre mesmo?
    Dizem que errar e humano mais continuar no erro tem outro
    Nome?
    Que Deus nos socorrei-vos,todos que lé a Biblia,sabe que Deus, não tem simpatia por politica, mais quem sabe ele Não tenha pena de nós.
    Não merecemos passar por isto outra vez?

  • Jeremias-no-deserto

    -

    29/6/2013 às 9:21 pm

    Plus ça change, plus c’est la même chose. É preciso surgir um gênio da engenharia social, talvez um verdadeiro feiticeiro para demonstrar ao povo todo uma coisa tão simples: toda a desorganização política e o atraso social no país atualmente tem um nome e esse nome é o PT, cujo chefe maior é Lula, que criou a gerentona, Gilberto Carvalho e outras pragas daninhas, inclusive essa inefável figura chamada Marina, apenas mais uma Dilma disfarçada de verde.

  • Roberto Cavalcanti

    -

    29/6/2013 às 9:17 pm

    Aproveito o seu blog e o momento atual em que a popularidade da governanta está indo para o brejo, para lançar um movimento: Lula 2014, na cadeia.

  • sofia

    -

    29/6/2013 às 8:51 pm

    Como se percebe o povo continua a não saber usar o seu voto. Marina até dias desses era petista, e se prestarmos atenção em suas falas ela continua contaminada com essa gente. Marina não é solução, o Brasil não precisa somente de proteção da Amazonia, mas sim de um todo. Poxa sempre queremos o pior. Deveriam prestar mais atenção em Aecio Neves, pelo menos pensa no Brasil no seu todo, segurança, saude, educação, politica, instituições.

  • Rodrigo

    -

    29/6/2013 às 8:42 pm

    Também acho que é cedo para vaticinar. Ano que vem a Petrobras “vai descobrir” um campo de petróleo a cada dois dias (embora sejamos autossuficientes em petróleo e a gasolina seja uma das mais caras do mundo…) e as estatais vão encher o horário nobre com propaganda pró-governo… Esse povo não joga para perder, mesmo que tenha de jogar ultra-sujo!

  • Jorge

    -

    29/6/2013 às 8:37 pm

    FORA PT 2014!

    O Brasil não consegue meia dúzia de medalhas olímpicas, existe uma seca cruel no nordeste até hoje, a mortalidade infantil assola algumas regiões do norte, os acidentes de transito são expressivos…tudo isso é culpa direta ou indireta de nossos políticos!
    Esse PT esnoba e brinca com nossa paciência.

    FORA PT 2014!

  • João

    -

    29/6/2013 às 8:37 pm

    Trabalhador classe média está pagando 27,5% de imposto de renda, praticamente um terço do seu salário e quase nada pode ser dedutível, inclusive os tributos IPVA e IPTU.
    Aposentadoria também é rendimento tributável do imposto de renda….adivinhem quem paga a bolsa renda e quem pagará o passe livre.

  • Sheyla

    -

    29/6/2013 às 8:35 pm

    Alguns analistas consideram que, apesar de toda a turbulência das últimas semanas, a maioria da população deve continuar se posicionando favoravelmente a Dilma. O fato de que 68% dos entrevistados aprovam a ideia da presidente de propor um plebiscito para a reforma política seria um indicativo de que a imagem pessoal da presidente continua forte entre os brasileiros.

  • Jorge

    -

    29/6/2013 às 8:11 pm

    FORA PT 2014!

    Ainda tem os médicos do exterior, os nossos presídios desumanos, a situação hipócrita dos nossos indígenas, a violencia descabida e impune, os conluios politicos do Congresso, os baixos índices de saneamento, os ridículos índices de ciência e tecnologia, o sucateamento das Forças Armadas e da Defesa, Tiririca…

    FORA PT 2014!

    Sugiro uma manifestação gigante no maracanã..uma sonora e demorada vaia para o PT, mesmo que Dilma não esteja lá!

    Cadê o Brasil sonhado das Maravilhas que Lula bradava? aliás, cadê ele?

    FORA PT 2014!!

  • Vander de Oliveira

    -

    29/6/2013 às 8:06 pm

    Eu sempre achei que essas pesquisas eram direcionadas, que eram feitas em redutos eleitorais dos PeTralhas. Enquanto as pesquisas davam mais de 80% aprovação ao Apedeuta e à sua sucessora, eu perguntava aos meus amigos, colegas e familiares e não encontrava sequer um que concordasse com tamanha aprovação.

  • Lucas Torino

    -

    29/6/2013 às 7:57 pm

    O problema é que seja quem for o candidato do PT tende a ganhar praticamente de W.O. já que a oposição é uma lástima.

  • Jorge

    -

    29/6/2013 às 7:56 pm

    Amigos deste lúcido Blog do Reinaldo!

    FORA PT 2014!
    Eu esqueci de dizer da inflação, do pífio PIB, dos juros elevados, do valor do dólar, do Cesare Battisti, dos corintianos presos na Bolívia, do Senador Boliviano exilado na Embaixada em La Paz, do caso Zelaya, da expulsão do Paraguai, do apoio a Nicolas Maduro, do PNH 3, da ridicula Comissão da Verdade, dois oito ministros expulsos no primeiro mandato Dilma, das estradas esburacadas, dos portos lotados, do preço da gasolina, dos apagões, das invasões do MST, da impunidade total, das badernas dos movimentos sociais, dos sistemas de cotas, do Marco Aurélio Garcia, do Franklin Martins e Gilberto Carvalho, das tentativas de amordaçar a mídia…nossa

    Façamos deste Blog nossa resistência às próximas eleições: vamos juntos! Explodir a audiência deste Blog com os comentários: FORA PT 2014!

  • Maria

    -

    29/6/2013 às 7:53 pm

    Fui professora por 43 anos,aposentei ha 4 anos:sempre sofremos muito com os recursos que não chegaram para a educação o discurso sempre foi o mesmo.Propostas de Ensino falidos em outros Países.E o reconhecimento pelo professor em planos de carreira salário,assistência médica,tudo igual como agora ,nada mudou, por isso precisamos continuar nas ruas em busca dos nossos direitos.Que vergonha quando ligamos nossos televisores e nos deparamos com o Genoino fazendo parte do governos e um condenado pelo desvio do dinheiro público , o qual faz muita falta para os hospitais atenderem o povo que está morrendo por falta de recursos em todos os sentidos.Profissionais que quase nada podem fazer pois falta desde o algodão até uma UTI, mas os políticos se internam no ALBERT EINSTEIN onde a conta é paga por nós povo brasileiro.Não acredito nesse governo mentiroso e conivente com tudo que aí está. PRA FRENTE BRASIL VAMOS AS RUAS EM BUSCA DO QUE É NOSSO.GRAÇAS A DEUS QUE O HINO NACIONAL VOLTOU A SER ENTOADO A BOCA DE TODOS OS BRASILEIROS.

  • Petistas: vampiros do dinheiro público

    -

    29/6/2013 às 7:38 pm

    Concordo com Raissa Pedra – 29/06/2013 às 19:10

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados