Blogs e Colunistas

10/03/2013

às 7:24

Comissão de Direitos Humanos, racismo, homofobia e muita conversa mole. Ou: a marcha dos intolerantes

Já deveria ter escrito a respeito — um leitor, com agressividade ímpar, indagou se eu estava fugindo do assunto… —, mas temas mais urgentes se impuseram. Vamos lá. Centenas de pessoas de manifestaram neste sábado em algumas cidades contra a posse do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Acham que ele não está habilitado para o cargo. Acusam-no de homofóbico e racista. Ai, ai… que preguiça! A polêmica reúne vários aspectos:

- há muita gente tentando usar a virtude do combate ao preconceito para reforçar o vício do autoritarismo;
- as esquerdas, de olho na caixa e no poder político, deixaram pra lá a Comissão de Direitos Humanos e agora chiam;
- há outros deputados enroladas com a Justiça que assumiram o comando de comissões;  cadê os protestos?;
- deve-se tomar cuidado quando se tenta submeter a decisão do Parlamento ao critério da praça; vou explicar por quê;
- não se combate eventual preconceito contra gay ou negro com preconceito antirreligioso.

Dia desses, num tuíte, Feliciano escreveu a seguinte besteira: “Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato. O motivo da maldição é a polêmica. Não sejam irresponsáveis twitters rsss”. Racismo? Isso é só uma besteira. Até porque a palavra “africanos” designa a população de um continente, das mais variadas origens e etnias — fora do ambiente bíblico. Uma das medidas na minha discordância está no fato de que “meu candidato” a papa é o “africano” Peter Turkson…

Basta ler com atenção o que ele escreveu para perceber que o objetivo de Feliciano é recomendar que os frequentadores do Twitter evitem a “polêmica”. E, para encarecer a sua recomendação, diz que justamente a polêmica estaria na raiz da maldição que colheu um “ancestral de Noé”, do qual derivariam os africanos. Refere-se a uma passagem do Gênesis (9,25). Noé embebedara-se e adormecera nu. Cam, um de seus filhos, o vê assim e, em vez de cobrir o pai em decoroso silêncio, vai contar o acontecido aos irmãos (essa é a “polêmica”). O patriarca, então, amaldiçoa Canaã, filho de Cam: sua descendência seria composta de “servos de servos”. Os descendentes de Canaã são os cananeus (com suas muitas derivações). A origem bíblica — a bíblica, reitero!!! — dos povos negros da África, a partir da Etiópia, seriam dois outros filhos de Cam que não foram amaldiçoados: Cuxe e Pute.

Racismo? Não! É só uma leitura toscamente literalista da Bíblia, com a conjunção de ignorâncias: de Feliciano e de quem o acusa de racismo. Mas há também má consciência, quando menos, e, no limite, má-fé. A questão racial está sendo usada para reforçar a acusação que realmente gerou a mobilização: a de homofobia. Aí as coisas se complicam ainda mais.

Feliciano é contra o casamento gay e já andou dizendo por aí que “o reto não foi feito pra isso”, como se lhe coubesse agora legislar sobre o que cada um faz com a parte terminal do aparelho digestivo. Saia dessa, deputado! Isso não é de sua conta — não como deputado ao menos. Ocorre, meus caros, E AGORA COMEÇAMOS A CUIDAR DA COISA RELEVANTE, que ele tem o direito de dizer o que pensa sobre o Gênesis e também sobre os gays, ainda que diga tolices.

Eu, por exemplo, acho que gays são matéria de fato e não me oponho a que se casem. Mas já escrevi aqui e reitero: o Supremo Tribunal Federal ignorou o que está escrito na Constituição — QUE NÃO FALA POR SIMBOLISMOS — quando conferiu à união homossexual o mesmo estatuto legal da união heterossexual. Está lá, no parágrafo 3º do Artigo 226 da Carta: “Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento”. Fim de papo. Homens e mulheres podem ser homo ou heterossexuais, mas seguem sendo homens e mulheres, pois não?

O casamento não é um dom da natureza, mas uma construção social. Há “direitos” que  a sociedade houve por bem restringir a determinados grupos. Ninguém pode se candidatar à Presidência da República ou ao Senado antes dos 35 anos, por exemplo. Não se pode continuar ministro do Supremo depois dos 70. E a maioria entendeu, por meio de seus representantes, que “casamento” e “família” são constituídos por “homem” e “mulher”. ATENÇÃO! EU ESTOU ENTRE AQUELES QUE ACHAM QUE ISSO PODE MUDAR. Mas aceito que existam pessoas contrárias à mudança. A Igreja Católica, por exemplo, que vê a POSSIBILIDADE da procriação como desdobramento natural da união carnal, reconhece, é evidente, a existência de homossexuais (como não o faria?), mas não admite o que se chama “casamento”. E duvido que possa fazê-lo algum dia porque isso ensejaria a mudança de outros fundamentos.

Feliciano é “homofóbico” só porque se opõe ao casamento gay ou à famigerada Lei Anti-Homofobia, eivada, sim, de absurdos? Isso é uma piada! NÃO GOSTO DE SUAS IDEIAS, NÃO GOSTO DE SUA ABORDAGEM DO MUNDO, FIQUEI COM A FAMOSA VERGONHA ALHEIA AO VER A SUA PERFORMANCE NUM CULTO (aquela do cartão do crédito, que publiquei aqui), mas isso também, a exemplo de suas declarações, não faz dele nem racista nem homofóbico.

Mas como?
A comissão que Feliciano agora preside é a de “Direitos Humanos E Minorias” — ocupa-se, portanto, de temas outros, não exclusivamente das “minorias sociológicas”.  Desde a redemocratização, este tem sido o território das esquerdas, muito particularmente do PT. Pois é… Como Feliciano foi parar lá? Ora, os “partidos progressistas” da base, desta feita, optaram por áreas mais poderosas ou que interferem em setores que mobilizam recursos bilionários. A tarefa acabou caindo no colo do PSC. Ora, só faltava agora exigir de Feliciano que chegasse lá com a pauta do Jean Willys… Não há nenhuma lei da natureza que estabeleça que só esquerdistas, progressistas ou sei lá como queiram chamar podem presidir uma comissão como essa.

Quem está na rua?
Nas ruas, protestando contra Feliciano, estão, além de grupos gays, militantes do PT, do PCdoB, do PSOL… Santo Deus! O mensalão cobriu de vergonha o país, e os petistas foram à praça defender seus condenados. O PCdoB protagonizou um escândalo gigantesco no Ministério dos Esportes e ainda hoje canta as glórias de Stálin, o facinoroso. O PSOL tem entre seus fundadores um terrorista italiano que, em 1973, despejou gasolina sob a porta de um apartamento, na Itália, onde estavam um gari, sua mulher e seis filhos. Ateou fogo. Morreram uma criança de 8 anos, Stefano, e seu irmão mais velho, de 22, Virgilio (mais detalhes aqui). Essa gente vem falar em “direitos humanos”? Ora…

“Ah, então, por isso, vale tudo?” Não! Não vale, não! Mas não é possível reduzir todas as questões do mundo, de uma comissão da Câmara Federal no Brasil à sucessão do papa, segundo o filtro da militância gay. O mundo é um pouco mais amplo do que isso.  O novo presidente da Comissão de Finanças e Tributação, João Magalhães (PMDB-MG) responde a três inquéritos no STF: peculato, tráfico de influência e crime contra o sistema financeiro. Não há protestos contra ele. Há 11 inquéritos civis no MP de São Paulo para apurar as ações do deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP) quando secretário da Educação. Ele é o presidente da Comissão de Educação. Os deputados condenados José Genoino (SP) e João Paulo Cunha (SP) são membros da comissão mais importante: a de Constituição e Justiça. Cadê os protestos?

Na praça
Centenas de pessoas saíram às ruas neste sábado contra Feliciano. É bom não esquecer que, se os evangélicos assim o decidirem, podem reunir uma multidão muitas vezes maior para apoiá-lo. O barulho que certos grupos fazem costuma ser inversamente proporcional a seu real tamanho e importância na sociedade. Os esquerdistas agora decidiram se preocupar com a comissão? Que graça!  Poderiam tê-lo feito antes, não é?

Feliciano disse uma porção de tolices. Acusá-lo, no entanto, de racista e homofóbico por causa das declarações constitui um evidente exagero e serve para mascarar outro preconceito: o antirreligioso. E isso também é manifestação de intolerância. Numa democracia, as pessoas têm o direito de dizer coisas idiotas. Numa democracia, nem todo mundo tem de estar afinado com a pauta de minorias influentes. Numa democracia, não se usa apenas o alarido das ruas como critério do que é certo e do que é errado.

Por mim, Feliciano não estaria lá. Mas está, segundo as regras do jogo. Os que não concordam com suas ideias podem e devem combatê-lo.  Só não podem é confundir as coisas. Quem não sabe a diferença entre liberdade de expressão e crime acaba tomando o crime como exercício da liberdade e o exercício da liberdade como um crime.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

309 Comentários

  • Rafaela

    -

    7/5/2014 às 7:34 pm

    Reinaldo Azevedo, minhas congratulações.
    Até o momento, esta é a declaração mais sensata que já li acerca do assunto.
    Fato.

  • Jason

    -

    7/5/2014 às 1:40 pm

    Engraçado que esses ativistas, partidos de esquerda e seus militantes, sindicatos, etc., falam e falam de justiça, no entanto, só para cuidarem de temas bizarros e polêmicos!
    Por que não lutam a favor: das empregadas domésticas serem incluídas 100% na CLT; em prol de crianças indígenas mortas só por causa de nasceram com algum tipo de deficiência; ou ainda que tal contra os peritos do INSS que desumanamente tratam muito mal os requerentes que precisam do benefício (o qual alguns pagaram por esse retorno), hem!?
    Essa turma ficam arrumando encrenca por onde passam, eles defendem outras causas: LGBT, MST, black-blocks, rolerzinhos, marcha da maconha, aborto…, depois vem pra cá com esse discurso hipócrita de vitimização social, etc.! Eles querem mesmo é, banalizarem a sociedade com seus conceitos e ideologias promíscuas. Não é porque o Brasil está esta esculhambação que temos que aceitarmos esse disparate, em que oportunistas saem nas manifestações de causas sociais nas ruas se aproveitam para querer transformar o nosso país em mais “uma Holanda pervertida da vida”.
    O poder público tem sido omisso e algum,as vezes até conivente com essa pouca vergonha! Diga não a baixaria! diga não as ORGANIZAÇÕES GLOBO e Cia. (demais meios midiáticos, boa parte da classe artística, etc.)!

  • Ronaldo Castro

    -

    10/6/2013 às 8:23 pm

    Liberdade de expressão é direito. Agora, comportamentos insensatos e difusão do preconceito, seja ele de qualquer direção, é crime sim!!!

  • Diogenes

    -

    16/4/2013 às 5:58 pm

    Paul Johnson : “Não gosto que venham me dizer como pensar, que palavras e expressões devo ou não usar. Para mim, esta é a origem do totalitarismo. Hoje,o totalitarismo vem começando de novo,no campus das universidades, nos Estados Unidos,sob o disfarce politicamente correto. Temos de lutar – muito ! – contra este fenômeno,antes que o totalitarismo disfarçado de posições politicamente corretas se estabeleça de verdade”.

  • marcos leoncio

    -

    6/4/2013 às 5:35 pm

    Bom dia Ronaldo, não conhecia voce mas estive lendo seu texto na net e vi que são muito bons voce fala de tudo sem acusar a ninguém, sou evangélico e aprendi que n devemos condenar as pessoas pelos seus atos pois n somos juizes. uma boa tarde

  • joão silvino

    -

    6/4/2013 às 10:59 am

    UNIÃO DE MINORIAS FAZ MAIORIA
    Exemplo do que vem ocorrendo em alguns países chamados de primeiro mundistas em total crise, aqui nas terras brazukas, vários grupos da chamada minoria, também vem se organizando e lutando por seus direitos. Posso fazer algumas perguntas? Onde se escondem os milhares de GLS’s, evangélicos e usuários de maconha, que realizam grandes marchas? Onde se esconde essa gente que não se junta, se mobiliza para acabarmos com a vergonha social que assola o país? Onde encontramos líderes destes movimentos, que não se juntam para dizerem não a corrupção, impunidade, insegurança pública, aos altos salários de quem usufrui de cargos públicos eleitos por nós? Onde está essa gente toda? Que não nos esqueçamos dos torcedores de times de futebol, que marcham rumo aos estádios, lotam, esgoelam-se, brigam entre si e com adversários, choram por seus escudos e lutam para que não saiam decepcionados das partidas. Será que minorias se individualizaram? Daqui a pouco teremos marchas de hipocondríacos lutando pela liberação de uso indiscriminado de medicamentos. Marcha de maridos e esposas traídos, lutando contra aumento de preços para detetives particulares. Não seria má ideia se tivermos outras marchas: Marcha dos drogados, lutando para que traficantes sejam identificados e presos pela polícia. Marcha de pacientes de erros médicos, lutando contra médicos irresponsáveis, açougueiros e que continuam na profissão. Marcha dos excluídos da mídia, lutando para que suas opiniões sejam também respeitadas e divulgadas. Marcha das crianças exploradas sexualmente por estranhos e membros de suas próprias famílias, lutando para que a justiça saia do escuro da burocracia e puna com rigores seus algozes. Marcha das mulheres espancadas por seus companheiros, lutando para que a justiça garanta proteção e assegure o direito à vida, e que essas vítimas saiam do amargo silêncio. Marcha dos milhões de desempregados e trabalhadores enganados, lutando contra órgãos públicos que já não os defendem. Marcha de policiais que ganham salário de fome, correm riscos de vida, lutando contra a justiça que solta criminosos perigosos presos por eles. Marcha dos sem escola, saúde e habitação de qualidade, um dos três itens básicos de nossa sociedade, garantidos pela constituição. Marcha dos sem esperança e acreditam no sistema político desse país fora de ordem. Onde encontrar e juntar toda essa gente? Viram? Se somarmos tudo isso numa só voz, teremos força coletiva.

    João Silvino …

  • Elson José da Silva

    -

    3/4/2013 às 10:30 am

    Parabéns ao Reinaldo Azevedo, excelente publicação. Lendo o texto fico orgulhoso em ser um humano, me faz perceber que nem tudo está perdido. Existem pessoas que pensam,raciocinam e que são justas. Oxalá tivéssemos outros “Reinaldos Azevedos”, o mundo seria muito mais prazeiroso com certeza!!!

  • laercio nunes

    -

    30/3/2013 às 5:43 pm

    não conhecia o seu blog, grata surpresa; foram muito esclarecedoras e bem colocadas as suas opniões com certeza me tornarei asiduo leitor do seu blog.

  • João Luiz

    -

    19/3/2013 às 4:10 am

    Concordo com cada palavra! Abriu meus olhos. Eu que achava que, realmente, não passava de racismo e homofobia. Faz sentido! Mas não significa que quero ele lá. rs.

  • Henrique

    -

    18/3/2013 às 6:19 pm

    Azeredo, quando eu por acaso for em cana, me lembre para contratá-lo como advogado. Seu poder de persuasão é muito bom. Particularmente, não gosto da ideia de um pastor que prega a interpretação literal da Bíblia numa comissão de ética. Tem gente muito mais capacitada e gabaritada por aí, Brasil afora. E sem estes ranços de preconceito.

  • Carol C.

    -

    16/3/2013 às 5:50 pm

    Deixa o homem trabalhar gente. Estão com medo que ele não venha liberar oa MILHÕES PARA AS PARADAS GAYS? kkkkkkkkkk eu imagino q estão fazendo as necessidades nas calças.
    Todo mundo pena p ter um pedaço do bolo……

  • Paulo Oliveira

    -

    16/3/2013 às 5:44 pm

    “O novo presidente da Comissão de Finanças e Tributação, João Magalhães (PMDB-MG) responde a três inquéritos no STF: peculato, tráfico de influência e crime contra o sistema financeiro. Não há protestos contra ele. Há 11 inquéritos civis no MP de São Paulo para apurar as ações do deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP) quando secretário da Educação. Ele é o presidente da Comissão de Educação. Os deputados condenados José Genoino (SP) e João Paulo Cunha (SP) são membros da comissão mais importante: a de Constituição e Justiça. Cadê os protestos?”
    Nossos alvos também. Marco Feliciano foi INOCENTADO pelo STF. Que entenderam não haver Racismo nem Homofobia nas palavras dele. Embora livre continua sofrendo ataques da mídia e dos fakes que em video disseram usar toda arma contra ele até que recue pelo fato de ser pastor evangélico, para quem não sabe Marco Feliciano vem mechendo na caixa de marimbondo a muito tempo, e agora percebe que no Brasil o certo é fazer o errado. 11 milhoes foram destinados a parada Gay, milhões as cartilhas q depois graças a bancada evagélica barrou com o apoio inclusive da Presidente. Quais minorias mais temos no Brasil??? tem muitas mas a que é lembrada somente a do movimento ativista Gay. Nada contra eles, mas temos os índios, temos os adolescentes, temos outrasss minorias lutando sozinhas enquanto milhões são destinados a uma guerra religiosa, que não vai ter fim. Jean W promete passar por cima dos evangélicos, em reunião falam em pegar em arma se preciso for, na frente da igreja do Marco Feliciano ativistas atiram para cima com arma de fogo. Enquanto a fumaça negra sai da secretaria de recursos humanos. E todos olham dizendo ta errado. A Fumaça branca santifica os dois maiores ladrões desse tempo…. estão sorrindo festejando e dizendo se os Brasileiros fossem mais estudados, tivessem nível superior ou o mínimo de congnição saberiam que o Marco é so a ponta do inceberg, eles debocham com razão. Viva a falta de informação, viva os que dizem intelectuais mas tbm não são poucos jornalistas tiveram a inteligencia de perceber a TRAMA. Por este motivo PARABÉNS REINALDO AZEVEDO vc é um jornalista que sabe pensar e expor seu pensamento…lamento pelos outros….

  • Carol C.

    -

    16/3/2013 às 5:23 pm

    Enquanto a urubuzada briga por causa do Bode Espiatório do PT, Marco Feliciano que o STF ja investigou e não ENCONTROU em suas palavras indícios de homofobia nem de racismo e ja o LIBEROU para seguir tranquilo. O Brasil se volta para ele com fúria e os dois PIORES POLÍTICOS foram empossados sem nenhuma manifestação JUNTOS pena deles soma 17 anos de cadeia. Viva o Brasil desinformado, viva a manipulação da mídia. Viva os imbecis que não estudam so apoiam o que os fakes no facebook divulgam viva a falta de Sabedoria Política. Brasil um pais de Tolos, eu? tbm to no meio….

  • Daniel Barbo

    -

    16/3/2013 às 1:55 am

    Discordo completamente de suas palavras.

  • Daniel Barbo

    -

    15/3/2013 às 3:12 pm

    Discordo de suas palavras.

  • Daniel Barbo

    -

    15/3/2013 às 12:43 am

    Concordo plenamente com suas palavras. Belo texto.

  • Não Somos Minoria

    -

    14/3/2013 às 3:19 am

    “O novo presidente da Comissão de Finanças e Tributação, João Magalhães (PMDB-MG) responde a três inquéritos no STF: peculato, tráfico de influência e crime contra o sistema financeiro. Não há protestos contra ele. Há 11 inquéritos civis no MP de São Paulo para apurar as ações do deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP) quando secretário da Educação. Ele é o presidente da Comissão de Educação. Os deputados condenados José Genoino (SP) e João Paulo Cunha (SP) são membros da comissão mais importante: a de Constituição e Justiça. Cadê os protestos?”
    Nossos alvos também. Tá difícil… mas é um Leão por vez.

  • Elias

    -

    13/3/2013 às 7:58 pm

    Gostária de ver éssa imparcialidade na midia em geral e nos parlamentares, todos estão radicalmente enganjados na cáusa gay o brasil é composto de diferente grupos e todos devem ser respeitados. os homosexuais não são o centro do universo, não comcordo com algumas afimações do Sr Reinaldo Azevedo, mas gostei da imparcialidade e é disso que sinto falta na maioria dos entrevistadores, jornais, blogueiros, e da midia no geral. ou não estamos numa democrácia e sim numa (ditadura gay).

  • Mr. Silva

    -

    13/3/2013 às 12:53 pm

    Very good job! Brazil needs to know that.

  • Leandro Lopes

    -

    13/3/2013 às 12:48 pm

    Senhores
    Há uma ignorância crassa pairando sobre a realidade dos fatos relatados em Gênesis 9, com Noé e Cão, seu filho. “Errais porque não conheceis as Escrituras, nem o poder de Deus.” A Bíblia de Estudos de Genebra, em sua nota de rodapé referente a Gênesis 9:22, esclarece um ponto fundamental(sugiro a leitura). Ali, dentre outras coisas,o comentarista afirma o seguinte: “No hebraico, descobrir a nudez de uma pessoa é um eufemismo de ter relações sexuais com ela.”(…)”Se houve um estímulo homossexual [em Cão] pela visão [de Noé nu], isto se tornou pior pelo fato de ter sido cometido contra o próprio pai, a quem ele devia respeitar acima de todas as pessoas.(Referências)O fato de Sem e Jafé terem coberto Noé sem olhar a sua nudez se harmoniza com essa interpretação.(…)Isso pode indicar que Cão tenha molestado homossexualmente o seu pai, e essa interpretação talvez explique o fato de Noé ter se escandalizado ao extremo com ‘o que lhe fizera o filho mais moço.’” Uma olhada mais acurada na própria Bíblia irá confirmar tudo isso. Gênesis 10:6 assinala que Canaã foi filho de Cão. No verso 19, consta a trajetória da linhagem cananita: eles foram habitar Sodoma e Gomorra, levando para lá a tradição da imunda prática homossexual herdada e que foi a causa da destruição pelo fogo.
    Boa leitura

  • Ruth Nicolini

    -

    13/3/2013 às 9:12 am

    Que bênção é vc…gostei da imparcilidade…

  • NãoVenda Seu Voto

    -

    13/3/2013 às 8:35 am

    Pastor: “Quando os justos se engrandecem, o povo se alegra, mas quando o ímpio domina, o povo geme.” Provérbios 29:2. Mas os que rejeitam a Palavra de Deus sempre estaram contra um justo no governo… “O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes.” Salmos 37:12. Mas vai nesta tua força, viva e declare como estas palavras do salmista: “Quando eu ocupar o lugar determinado, julgarei retamente.” Salmos 75:2.

    Povo de Deus: vamos fazer uma abaixo assinado pela permanência do Pr Marcos a frente desta comissão!!! Cd os Pastores famosos que não apoiam ao seu irmão neste momento de luta???
    Estão com medo da imprensa e destes ativistas extremistas??

  • wesley

    -

    12/3/2013 às 10:32 pm

    Ganhou meu respeito pela sua coragem! Independente de concordar ou não com suas palavras, considero-as necessárias como contra-ponto para uma discussão saudável sobre o assunto . Parabéns pela coerência e clareza das ideias!

  • Anónimo

    -

    12/3/2013 às 4:22 pm

    Reinaldo. Volto ao ponto. A ignorância e a falta de leitura inteligente da Bíblia ou de qualquer texto antigo nesses tempos é gritante. As pessoas não param para raciocinar que nas Escrituras, bençãos (bendições) e maldições têm a ver com visões e previsões do futuro, resultado condicionado das escolhas feitas pelo maldito ou bendito, e não com o sentido torto de praga rogada ou destino, definido por D’us ou por quem proferia as respectivas palavras.
    Maldição e benção não são destino, nem feitiçaria.
    Quando D’us maldisse a mulher e o homem, no relato da queda, revelou o que nossas escolhas nos trariam. Quando Noé maldisse Cão e sua descendência, revelou o futuro dos africanos e cananeus em geral, simples.
    Os fatos falam por si: mulheres ao longo da história foram tratadas como menores ou incapazes e não no mesmo nível dos homens; os homens (ao menos os que não são preguiçosos) tem de suar para colocar o “pão” na mesa; e a África é o continente mais atrasado e seu povo um dos que mais penam por culpa de suas escolhas, de seus líderes ou de outras variáveis. Mas, neste tempos, ai daqueles que abrem a boca para falar sobre isso. As hordas do preconceito e da ignorância saem aos gritos, pedindo a morte e “amaldiçoando” a torto e a direito. Se possível lançariam na fogueira.
    Um dia, com muita leitura e razão a gente ainda evolui.

  • Adriano

    -

    12/3/2013 às 4:08 pm

    é, no mínimo, inusitado ler que uma revista de ESQUERDA demitiu funcionários em greve. Só vale pros outros, né? …

  • Moacir

    -

    12/3/2013 às 3:04 pm

    Isso que estamos vendo não é uma minoria tentando defender seus direitos e sim um punhado de bandidos querendo que as familias sejam esfaceladas por um pensamento totalmente distorcido do que é a realidade da vida,e foram esses mesmos que colocaram esse deputado no congresso para fomentar todo esse ódio e intolerância.Tenho dito.

  • valeria correa

    -

    12/3/2013 às 2:14 pm

    O problema são “as regras do jogo! Nós estamos do lado de cá só observando e lendo o que acontece por esse mundo nojento da “política”! E sofrendo as consequências, sem poder fazer muita coisa – Só na hora do voto! Fazer o Quê?

  • Márcio F.

    -

    12/3/2013 às 11:50 am

    Cabe lembrar do que os anti-racismo ficaram xingando o Ministro do Supremo Tribunal Joaquim Barbosa, para agora ficar gritando racismo contra os outros.

  • Igor

    -

    12/3/2013 às 11:14 am

    Vô, oi vô?
    O que foi Igor? O que está te aperreando, muleque?
    Aqui no Blog está dizendo que trabalhador de igreja evangélica, que foi eleito deputado federal pelo povo evangélico para quem ele prega, e que foi escolhido, para ser presidente de uma comissão lá na congresso está prestes a cair. O que o senhor acha disso?
    Eu, hein!
    Esse aí é o erro mais básico da Democracia. Mesmo num país atrasado como Banânia, esse erro é mais fundamental do que ver um vaso sanitário e imaginar que ele seja um poço de água potável.
    Qualquer boboca sabe, mas bota boboca nisto, que politicagem e Religião NÃO devem ser misturadas.

  • Marco

    -

    12/3/2013 às 9:12 am

    Olha uma mulher que esta deitada em uma cama com um menor, mesmo em um filme ao meu ver é sim …, e esta mesma pessoas esteve durante anos estimulando a sexualidade nas crianças, com seus shortinhos minúsculos, promovendo estas danças ultrasexualizadas com a gurizada de 5 anos, ou vcs acham bonito criancinhas dançando “na boquinha da garrafa”, “tcham” e por ultimo a porcaria erótica do funk. Aliciadora sim! E é essa mulher que vc defende já o pastor tudo que sabemos contra ele vem da globo manipulado como sempre, ora todos nós sabemos que um trecho

  • Charles R. Nazário

    -

    11/3/2013 às 11:23 pm

    Independente do que acho, isso aqui chama-se lucidez. Acrescento o atributo ou correlação de palavras são: para o direito, a justiça, medicina;a saúde, Deus; a fé e o jornalismo; impacialidade. Ta aí…

  • José Martins

    -

    11/3/2013 às 10:06 pm

    Meus parabéns, texto muito bem elaborado!Não é porque alguém não goste do Deputado e Pr. Feliciano que vai o acusar de uma coisa que ele não fez, sejamos coerentes.

  • sidão

    -

    11/3/2013 às 9:08 pm

    Homosexualismo, homosexualismo é só isso que se ouve atualmente, que besteira, façam das suas vidas o que quiserem, o que importa realmente é a discrição! qualquer desvio de conduta a sociedade não aceita e todos sabem disso, sabem até o preço que se paga, deviamos discutir mesmo é o social, o bom viver em sociedade, como criar bem os filhos com é tica e seriedade e coisas do tipo.

  • EDUARDO CAMPOS

    -

    11/3/2013 às 8:47 pm

    Reinaldo, acho que este estardalhaço em volta do pastor é para desviar a atenção sobre o fato do Genoíno assumir a “constituição e justiça”! Se os cristãos querem o pastor e seus “erros”, então vão ter que engolir o Genoíno fazendo “justiça”. Isso é um golpe do PT! (abriu mão dos “direitos humanos” para ter controle sobre a “justiça”)

  • silvia leticia

    -

    11/3/2013 às 7:04 pm

    E outra o que vc faz na sua vida particular guarde para vc, e saiba que de tudo Deus nos pedira conta. se fosse um espirita, budista e qualquer outra religiao que estivesse nesse cargo seria fenomenal para todos, deixa o homem trabalhar e vamos ver se ele trabalha bem ou se nada faz ai agente o caça como Homem de cargo Público. porque ali está um homem eleito pelo povo, dali povo nele depois se fizer besteira

  • silvia leticia

    -

    11/3/2013 às 7:00 pm

    Sabe o que me irrita é que estamos só falando de preconceito de um lado e deixando outros a mostra. è comissao disso daquilo e arealidade das pessoas não mudam, queria ver na midia a realidade da vida. A realidade de vidas transformadas pelo real poder da Biblia e nao por pessoas que ficam ai comprando brigas.

  • Hermenegildo Pessoa

    -

    11/3/2013 às 6:58 pm

    Muito bem dito, Reinaldo.

  • Renato

    -

    11/3/2013 às 3:52 pm

    Sabe-se que o jean Wyllys foi o responsável por incitar os violentos protestos contra o deputado Marco lá na Câmara, no dia em que ele assumiu o cargo, estava incluisve no meio da multidão bestial enfurecida, poratnto não duvidaria que ele e outros deputados estejam por trás dessa violenta manifestação de ódio em frente a igreja aonde o pastor ministra. Tentaram até depredar o carro, mesmo com crianças dentro! Hoje, além das chacotas, os evangélicos são alvo de linxamento, e nem os católicos estão escapando da perseguição desses grupos organizados de minorias.
    Bom artigo.

  • marcilio leã

    -

    11/3/2013 às 2:50 pm

    perfeito Reinaldo

  • Carol Christian

    -

    11/3/2013 às 1:51 pm

    Tem mais minorias no país? pq eu sinceramente so vejo falar em causa Gay. Será que não tem truta nessa “Perseguição?”
    Dinheiro sobrando p financiar, Parada Gay e Cartilhas, pra quem não sabe foi milhoes heim… e as outras minorias?
    HA ESQUECI as outras NÃO EXISTIA PARA ELESE PT, E ativistas sera para onde ia tantooooooo dinheiro. Se conseguir sobreviver quem sabe MARCO FELICIANO descobre. Se sobreviver porque até tiros “Vejam no video” estavam dando na manifestação na frente da igreja dele, o que eu também achei um ABSURDO daqui a pouco vão entrar dentro da igreja e querer bagunçar la.

  • Carol Christian

    -

    11/3/2013 às 1:44 pm

    E o pior!!!! PT joga a BOMBA para o pobre do BODE ESPIATÓRIO. Marco Feliciano e escolhe melhores secretarias.
    A secretaria de Direitos Humanos, ficava na mão do PT que não fazia nada e deixava o DINHEIRO A MERCÊ DOS ATIVISTAS GAYS. Para quem não sabe!!! mais de 300 projetos encostados, mas para a Marcha Gay, e cartilhas nas escolas DIMDIM Sobrando! índios e outros? eu disse outros sera q no Brasil tem outras minorias? ou so tem os ATIVISTAS gays?? a sim deve ter mas quem era beneficiados somente os “Ativistas” na pessoa da Deputada JEAN W. Simples assim, Marco Feliciano não é RACISTA, muito menos HOMOFÓBICO é o Bode espiatório que não teve sorte e caiu no CAMPO MINADO onde os ativistas e MACUMBEIROS mandavam. so isso.
    JEAN W, fica desesperado por causa da

  • Cristiane Ferreira

    -

    11/3/2013 às 12:41 pm

    Muito bom! Parabéns pela imparcialidade e clareza.

  • Manuel

    -

    11/3/2013 às 11:47 am

    Reinaldo,
    Como sempre, concordo com seu comentária, mas voce há de convir que a estratéria é boa.
    Coloca-se os bobos na rua para protestar, com dá serviço para os jornalistas financiados pelo governo.
    Enquanto isto a cúpula fica tranquila para fazer seus arranjos distribuido ministérios e beneses para os “companheros”,aumentar preços de diesel, gasolina, saquear o BNDS,etc, sem serem molestados, pois até a oposiçao embarca na onda.

  • Hidelbrando

    -

    11/3/2013 às 10:36 am

    Como sempre: brilhante…

  • Jack

    -

    11/3/2013 às 10:35 am

    Sensato.
    Gostaria de fazer uma sugestão ao Reinaldo: que explicasse por que raios, em toda parte do mundo, proíbe-se o nazismo ferrenhamente (e com razão), mas, ao revés, o tratamento com os partidos comunistas é tão generoso (mesmo sendo o comunismo amplamente mais genocida). Seria interessante.

  • GEROLDO ZANON

    -

    11/3/2013 às 10:12 am

    Isto ai não é DIREITOS HUMANOS É DIREITO DOS MANOS

  • Antonio Lima

    -

    11/3/2013 às 8:59 am

    Parabéns Reinaldo. Eu sempre o admirei pelos seus comentários e mais uma vez você arrebentou. Temos que aprender à valorizar os bons profissionais que pesquisam e fala com segurança e verdade sobre o que escreve.

  • Mateus Ferancini

    -

    11/3/2013 às 8:39 am

    Poderia saber porque não publicaram o meu comentário? Obrigado.

  • Marco Antonio (Curitiba - PR)

    -

    11/3/2013 às 8:32 am

    Reinaldo, entre os 4 filhos de Ham (Cão), você esqueceu de citar Mizraim, cujos descendentes povoaram as margens do Nilo e formaram a nação egípcia, que, às vezes sob o açoite, e quase sempre com a bênção de Deus, competiu por séculos com os mesopotâmicos pela hegemonia da região como as duas grandes potências da época até a dominação medo-persa.

    Feliciano precisa urgente de um curso decente de Teologia e lições de ética pastoral. Mas parece-me que ele ao menos pode aprender e se corrigir.

    Já os seus detratores são caso perdido e infinitamente mais perigosos que ele.

  • coboclo trankarua

    -

    11/3/2013 às 8:32 am

    A irmandade segue a cartilha Stalinista “expurgo nas fileiras”

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados