Blogs e Colunistas

15/09/2011

às 6:35

Brasil manobra, mas Haia julga caso Battisti

Por Felipe Recondo e Lisandra Paraguassu, no Estadão:
O governo brasileiro adotou uma manobra diplomática para retardar um julgamento pela Corte Internacional de Justiça, com sede em Haia (Holanda), e reduzir o impacto de uma eventual condenação por decidir não extraditar o ex-ativista Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos na Itália.

O Brasil rejeitou a proposta da Itália de criar uma comissão de conciliação para se chegar a uma “solução jurídica amigável”. Com isso, o governo tenta manter o assunto no âmbito quase sigiloso dos despachos diplomáticos e evita os holofotes de um tribunal internacional.

A Itália havia pedido ao Brasil que indicasse até hoje um representante para a Comissão Permanente de Conciliação, prevista na Convenção sobre Conciliação e Solução Judiciária, assinada pelos dois países em 1954. Assim, conforme o texto da Convenção, daria por encerradas as tratativas sobre o caso pela via diplomática. Um árbitro neutro, provavelmente indicado pela Corte de Haia, estaria incumbido de propor um acordo entre as partes. O prazo estipulado pela Itália não está expresso na convenção e, por isso, o Brasil não trabalhava com esse limite.

Impasse
Independentemente disso, já havia um entendimento de que o Brasil não indicaria seu representante nessa comissão. A avaliação do Itamaraty é que não há possibilidade de acordo no caso. A única resposta aceitável para a Itália é que Battisti seja extraditado; o Brasil insiste que uma decisão soberana foi tomada pelo Estado brasileiro e recusa-se a entregá-lo.

Assessores jurídicos da Presidência da República e do Itamaraty enfatizam que o caso, de qualquer maneira, chegará à Corte de Haia. Por isso, não veem razão para instalar a comissão. Rejeitar a interferência dessa comissão teria uma consequência adicional considerada relevante pelo governo brasileiro. A avaliação de assessores jurídicos é de que evitar essa comissão restringe os efeitos e a legitimidade de uma eventual decisão da Corte de Haia contrária à permanência de Battisti no Brasil. Aqui

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

73 Comentários

  • lidia

    -

    20/9/2011 às 4:57 pm

    Porque esse Battisti vale tanto para o governo brasileiro se dispor dessa forma com a Itália e com o resto do mundo??????Tem tantos brasileiros presos por ai e o Brasil nem sequer sabe ou faz alguma coisa.Quando morre um brasileiro no exterior é uma briga pra família trazer o corpo de volta, demora para o governo tomar uma atitude.Já defender bandido é a luta de muitos nesse governo…….Podre governo, que tem uma visão deturpada de tudo que é racional e moral……pro resto ilegal e imoral eles estão sempre dispostos a se sacrificar.

  • Cil

    -

    16/9/2011 às 4:07 am

    Tomara que Haia tome uma “decisão soberana” e mande o terrorista italiano de volta para àquele país! Já temos criminosos demais em Bananília.

  • lilian

    -

    15/9/2011 às 9:21 pm

    Gente, por que esse terrorista tem tanto poder no Brasil? O que é que os petralhas devem tanto a ele?… Continuo HORRORIZADA!!!

  • claudio amaral

    -

    15/9/2011 às 8:20 pm

    Gente, será que vale apenas, tanto imbróglio por um assassino e terrorista? Só nas hóstias do PT. Aliás, disso o zé lalau entende! Eu gostaria de ver o Brasil brigando com cuba, quando os dois boxeadores pediram asilio politico ao Brasil, pois já não aguentavam mais tanta tirania, por parte do guru do lula e cia, o salafrário do Fidel castro? pelo contrário, um pedido do reiEIRa do fidel, para essa facção, é uma ordem. Agora, acham poucos os bandidos que nós temos por aqui, inclusive, dentro no próprio governo, vai arrumar uma confusão sem necessidade com um país irmão, por causa de um assassino, que por sua vêzé amigo do suplici e do pilantra do genro. Essa facção, só tem arranhado o nome do Brasil, no cenário internacional. Não há de ser nada. Eles podem empurar com a barriga, contudo, eu tenho certeza, que o tribunal de haia, o qual o nosso castro Alves, tanto o dignificou, tanto que ficou conhecido como a águia de haia, irá mandar o Brasil devolver o assassino para cumprir pena na Itália! Vai ficar feio para o lula, que é um ridículo e prepotente! Portanto, seus PTralhas, FDP, vcs terão que devolver o batisti. No mais, o choro é livre, que chorem a vontade a vergonha que o lula irá passar, e por ser forçado a entregar o tal bandido do cesare batisti, e amigo de vcs. Vão encarar o tribunal de haia? esse tribunal, não tem nada em comum, com o nosso STF! Ali, o lula não indicou e nem vai indicar ninguém!

  • Bugs Bunny

    -

    15/9/2011 às 7:41 pm

    Não se esqueçam do Gabeira, tudo começou com este valente.

  • Van Helsing

    -

    15/9/2011 às 6:46 pm

    E o Gabeira também LUG

  • LUG

    -

    15/9/2011 às 5:46 pm

    Nos livros policiais, quando o criminoso quer escapar da justiça, convida a namoradinha para uma temporada no Brasil. O país virou o refúgio da bandidagem.
    Uma vergonha para nós a Itália ter que recorrer à Corte da Haia por causa de gente da laia de Tarso Genro e do ex presidente Lula.

  • capixaba atento

    -

    15/9/2011 às 5:39 pm

    Reinaldo, que VEXAME para o Brasil no exterior esse capricho do Lula, Tarso Genro, Amorim, etc., abrigando um HOMICIDA italiano, descumprindo criminosamente o tratado de EXTRADIÇÃO assinado com a Itália … É uma humilhação contra um povo amigo, tão ligado aos brasileiros, que não pode cair no esquecimento … Faz muito bem a Itália levar esse comportamento AÉTICO do Governo Lula ao Tribunal Internacional de Haia … E, ATENÇÃO descendentes de italianos no Brasil, que somam muitos milhões: Nas próximas eleições de 2012 e outras que virão depois, J A M A I S votem em candidatos do PT !!! Eu sou um desses descendentes, que também tem DIGNIDADE, e jamais esquecerei esta afronta aos meus ANTEPASSADOS italianos … Jamais !!! Paulistas e paulistanos, onde a Itália sempre teve uma presença marcante, façam, nas URNAS, o seu protesto contra o PT que humilhou os seus ancestrais…Ao candidato a Prefeitura de SP, do PT, sugiro convocar o terrorista multi-assassino BATISTI para ser seu CABO ELEITORAL … Não é um boa sugestão ???

  • Anónimo

    -

    15/9/2011 às 4:37 pm

    Para a Itália, recorrer à Corte de Haia era ponto de honra, embora saiba que nada acontecerá. O césar batista da silva é do Brasil e ponto final.

  • maudie

    -

    15/9/2011 às 3:50 pm

    Concordo plenamente com Donata Barros que em seu comentário sugeriu uma pesquisa sobre o que pensam os brasileiros sobre a permanência desse assassino no Brasil. O resultado só não seria 100% a favor da extradição, pelo voto dos petralhas. O Brasil virou o paraíso dos bandidos.

  • Mako

    -

    15/9/2011 às 3:20 pm

    Os petralhas poderiam ter evitado esta humilhação aos brasileiros. Mas eles fazem questão de nos humilhar, talvez pensando que um povo humilhado é mais humilde e manipulável.

  • Jeremias-no-deserto

    -

    15/9/2011 às 2:53 pm

    A nave petralha começa a afundar e agora, em águas internacionais! A imagem do Brasil nos foros internacionais é tão séria quanto a de uma Uganda, Nicarágua, Venezuela, Cuba, Somália, Gana, Guiné Bisau e outras congêneres.

  • Marcos F

    -

    15/9/2011 às 2:50 pm

    Esse moleque, o ex-prez, custou caro ao Brasil.

  • Donata Barros

    -

    15/9/2011 às 2:45 pm

    Se eu fosse a Itália, encomendaria uma pesquisa de opinião nacional aqui no Brasil, sobre “querermos ou não a presença do assassino aqui em nossa casa”!
    Os italianos teriam um apoio como “nuncaantesnestepaiz”
    Levavam o bandido e desmascaravam prá sempre o apedeuta!
    Tomara que alguém de lá aceite a sugestão!

  • TERCÍDIO DA BAHIA

    -

    15/9/2011 às 2:32 pm

    Afinal o que esses canalhas petralhas querem protegendo esse facínora da justiça? Vai ver, esse terrorista deve ter dado muito dinheiro para campanhas desse rabujentos em troca de proteção. Só faltava essa.

  • celeraman+

    -

    15/9/2011 às 2:02 pm

    Eu apoio a Itália na Corte de Haia.
    Quero ver este governo ser condenado por dar guarida a um terrorista. E, mais ainda, assistir a governAnta descumprir a decisão daquela Corte a pedido do seu (dela) tutor.

  • Ratoeira

    -

    15/9/2011 às 2:00 pm

    Será que nos veremos livres do bandido? Ou será que o Brasil tentará comprar os juízes de Haia assim como fizeram com os julgadores do Comitê Olímpico Internacional para a escolha do Rio de Janeiro?

  • Exilado

    -

    15/9/2011 às 1:43 pm

    Quanto dinheiro mais Dilma vai gastar para manter o amigo terrorista no Brasil? Talvez fosse melhor usar esse dinheiro na saude, educacao e outros fins menos nobres do que defender assassinos.

  • nathaniel

    -

    15/9/2011 às 1:30 pm

    italianos, façam valer o direito internacional e os tratados entre nossos países amigos, a decisão do lullopetismo de manter o assassino cesare battisti no brasil foi unilateral deles, não foi uma decisão do Brasil.
    .
    Portanto vão atrás e entrem o quanto antes com uma ação contra o Brasil em Haia, e não esqueçam de comentar com o juiz a manobra brasileira de tentar tirar legitimidade das decisões da corte ao nõ indicar um representante para a comissão.

    VOTO DISTRITAL NELES!!! PERGUNTE POR AÍ: VC É A FAVOR OU CONTRA O VOTO DISTRITAL? VC VERÁ TODOS SÃO A FAVOR, QUEM NÃO É NÃO SABE O PORQUÊ, PERGUNTE VC VERÁ…

  • raimundo

    -

    15/9/2011 às 1:13 pm

    Alô alô Embaixada italiana, faça chegar a Roma um apelo do blog: não cedam à manobra de Tasso Genro, “Lula”, Celso Amorim, coniventes do STF e outros micróbios que sujaram a tradição diplomática do Brasil em defesa de um tetrahomicida já condenado pela Corte Romana.
    A decisão “soberana” do Apedeuta e seus capachos tem de ser levada à Corte de Haia, para se mostrar que o petismo só manda por aqui.
    Se querem ficar com um bandido como trunfo da soberania petista, que fiquem, mas sob condenação de Haia, tomara!

  • Anônimo

    -

    15/9/2011 às 1:02 pm

    O asilo político a Battisti só confirma aquilo que há quase um século é de praxe em regime esquerdopata: camaradagem com assassinos e bandidos da pior espécie.

  • simone

    -

    15/9/2011 às 12:50 pm

    Por que esse desgraçado não vai morar na casa da família Lula, que é notória por dar guarida a bandidos? Já que é pra ficar com esse assassino no Brasil, pelo menos colem ele no Lula, que é o padrinho da safadeza.

  • Brasileiro

    -

    15/9/2011 às 12:47 pm

    Reinaldo,

    Mas se até julgar ele for nomeado um minispone???

  • misael

    -

    15/9/2011 às 12:44 pm

    A água começa a dar na canela desta PETRALHADA-GENTALHA-CANALHA.

  • Ali

    -

    15/9/2011 às 12:39 pm

    Ao invês de ficar bajulando a Anta presidente, o governador Alckmin deveria é expulsar esse marginal de SP. Sou a favor de baixo assinado exigindo sua expulsão do estado de SP e de todo o Brasil! Mande ele pra Cuba!!!

  • Welson DeSouza

    -

    15/9/2011 às 12:33 pm

    ALILUBABAS, O FERROLHO COMUNIST5A, se aferrou nas viagens
    à Cuba, Venezuela e outros paises. Portanto se o Batistti foi revolucionario, mesmo que tenha tirado a vida de quatro Cidadoes, ele esta certo. Olhamos o exemplo de Honduras. Aonde já se viu dois chamados presidente da republica e mais o ministrinho Amorim usarem um helicoptero para levar o ZELAYA de volta como se fosse possivel impor a volta dele ao governo de Honduras. Onde está a SOBERANIA DE UM PAIS, no caso Honduras ser subjugada as regras de Cuba, Brasil e Venezuela, isto foi RIDICULO. Como é RIDICULO o Batistti, não é atoa que somos chamados do pais ‘paraiso de bandidos.’

  • ALERTA

    -

    15/9/2011 às 12:14 pm

    ESSE MAFIOSO DEVE SER UM CARA MUITO, MUITO QUERIDO E AMADO.. DISPUTADO A FERRO E FOGO PELOS PETRALHAS, FICO ATE IMAGINANDO SE ELE NAO PROPORCIONOU PRAZERES MIL A ALGUEM QUE QUER VELO SEMPRE PROXIMO. TEM COISA POR TRAS, MESTRE..

  • Roubocoop

    -

    15/9/2011 às 12:12 pm

    @Anônimo 11:28
    .
    O Battisti é um ex-homicida.
    .
    Ele deve ter ressuscitado as vítimas, claro! O governo Brasileiro pensa seriamente em pedir a canonização, do mesmo, só pode.

  • paulo

    -

    15/9/2011 às 12:12 pm

    É NECESSÁRIO QUE SE FAÇA UMA CAMPANHA DE INFORMAÇÃO DE AMBITO INTERNACIONAL PARA QUE O MUNDO SAIBA QUE É UMA “CORJA”, NÃO SE SABE PORQUE, É QUE DEFENDE A ESTADIA DESTE SUJEITO EM TERRITÓRIO BRASILEIRO.

  • paulo

    -

    15/9/2011 às 12:09 pm

    PONDERANDO OS COMENTÁRIOS, REALMENTE SERIA MUITO BOM SE TODOS (A ITALIA E SEU POVO, O PRÓPRIO TRIBUNAL DE HAIA E O MUNDO,QUE NÃO É O BRASIL E SEU POVO QUE NÃO QUEREM EXTRADITAR O CRIMINOSO, E SIM UM “BANDO DE SAFADOS” CHAMADO PT E SEUS “CUMPLICES ALIADOS”
    É NECESSÁRIO QUE SE FAÇA UMA CAMPANHA DE INFORMAÇÃO DE AMBITO INTERNACIONAL PARA Q

  • MINEIRIN INVOCADIN

    -

    15/9/2011 às 12:06 pm

    Reinaldo,nenhuma surpresa diante da recusa de banânia indicar representante para a Comissão de Conciliação,pois a corja petralha,ao mesmo tempo em que se mostra adePTa do conchavo,da maracutaia,do apoio a ditaduras sanguinárias,sente urticária diante da simples menção do termo “conciliação”,pois o que a companheirada,a começar do sapão barbudo,aprecia é a beligerância,a baderna institucional e social,e jamais aceita se compor,assentar-se junto a representantes de governos democráticos e,principalmente,decentes!A escumalha não dá a pata peluda e sangrenta a torcer!O próprio acolhimento ao criminoso terrorista,com os afagos de “farso genro” e mulladino, demonstram em qual cartilha a alcateia se nutre!Brasil,país rico em safadeza!

  • Roubocoop

    -

    15/9/2011 às 12:04 pm

    O governo do Brasil acha que podemos ser um Paquistão formalizado.

  • Pensou?

    -

    15/9/2011 às 11:59 am

    Augusto – 15/09/2011 às 11:28 você “pensava”?
    O “ativista”, conforme os jornalistas petralhas do Estadão, era sim bandido TERRORISTA e ASSASSINO e como tal foi condenado a prisão pérpetua pelo povo italiano.
    O piltantra é herói apenas para os petistas.

  • paulo

    -

    15/9/2011 às 11:58 am

    “VEJA” o tempo e o custo que o pessoal do itamarati esta gastando com este assunto.Se tivessem extraditado este bandido, o que vai acabar acontecendo mais cedo ou mais tarde, por bem ou por mal, e ainda fazer o BRASIL passar vergonha,este pessoal estaria trabalhando em assuntos mais relevantes.

  • Anónimo

    -

    15/9/2011 às 11:54 am

    Bom Dia
    HêH~e, Boa augusto “Augusto
    - 15/09/2011 às 11:28

    Ex-ativista? Isso existe? Pensei que era um criminoso, um homicida, isso sim. Esse pessoal do “Estadão” deve acreditar também que existe ex-corno! Hahaha!

  • Augusto

    -

    15/9/2011 às 11:28 am

    Ex-ativista? Isso existe? Pensei que era um criminoso, um homicida, isso sim. Esse pessoal do “Estadão” deve acreditar também que existe ex-corno! Hahaha!

  • eu hein?

    -

    15/9/2011 às 11:23 am

    Conheço pessoas que votam no PT e não concordam com o asilo ao terrorista.FORA BATTISTI.

  • José Flávio

    -

    15/9/2011 às 11:20 am

    Viram: para os jornalistas do Estadão, Felipe Recondo e Lisandra Paraguassu, o vagabundo é “ex-ativista” e não TERRORISTA! Tenha paciência!

  • Silva Júnior

    -

    15/9/2011 às 11:06 am

    “reduzir o impacto de uma eventual condenação” Eu diria que seria “reduzir o impacto de uma” POSSÍVEL “condenação”.

  • esther correa

    -

    15/9/2011 às 11:00 am

    Oi Tio
    O que será, além de assassino, que os petralhas vêem no Battisti para protegê-lo e mantê-lo a qualquer custo aqui no Brasil mesmo ao custo de se indispor feio com a Itália?
    Tem alguma coisa que não sabemos. Será que estão querendo nomeá-lo para ministro?

  • Ana Paula B. S.

    -

    15/9/2011 às 10:57 am

    Pior, é saber que o nosso suado dinheirinho continuará sendo gasto para bancar a defesa deste facínora .

  • Célio

    -

    15/9/2011 às 10:57 am

    Juro que não sei quem é mais vilão, se o bandido tetrassassino ou quem o soltou por aqui.

  • guerreiro verde-oliva

    -

    15/9/2011 às 10:56 am

    Enquanto isso….

    Onde está WALLI.., digo BATISTI???
    Ainda usufruindo dasmordomias no apartamento dda famiglia GREENHALGH?

    Enquanto isso…, o (des)governo do PT, que salva a pele de assassino terrorista, batalha para aprovar a tal COmissão da (in)verdade para perseguir os militares…
    Recomendo acessarem o link:

    http://www.bolsonaro.com.br/jair/comissao-da-verdade-2011-2.pdf

  • naldig

    -

    15/9/2011 às 10:56 am

    É bom que a Itália atue no sentido de enxovalhar a decisão petista de se manter o terrorista Cesare Battisti tomando cervejinhas, no litoral de São Paulo. É uma vergonha que a nação brasileira não teria que sofrer, se não fosse Lula e seus asseclas que nos meteram nesta ilegalidade.

  • Jornalismo da Globo

    -

    15/9/2011 às 10:49 am

    “Brasil manobra”; “O Brasil rejeitou a proposta da Itália”; “o Brasil não indicaria seu representante”…
    O “Brasil” não tem nada a ver com a libertação desse terrorista vagabundo e assassino italiano.
    O “Brasil” nem foi perguntado pelo chefe da gangue se queria ou não não-extraditar o bandido.
    Os responsáveis pela liberdade do terrorista assassino foram Lula e a quadrilha que tomou conta do estado brasileiro.
    Por favor, não me incluam nessa, senhores jornalistas do Estadão.

  • ademar Ferreira da Silva

    -

    15/9/2011 às 10:42 am

    ademar
    Existem problemas sociais a ser resolvidos neste pais, infelismente não se tem solução. Assumir responsabilidade de um patife! Lamentável.

  • Angelo

    -

    15/9/2011 às 10:35 am

    Senhores,é a vergonha nossa de cada dia,que o PT ajudou a
    plantar e florescer nestePaíz,graças a inversão de valores
    morais praticadas por aqueles que são afinados com a
    bandidagem.!!!!

  • samuel

    -

    15/9/2011 às 10:34 am

    esse coisa que o governo molusco fez, nao passa de uma aberracao,inacreditavel.

  • Dacem

    -

    15/9/2011 às 10:26 am

    Albergar o Battisti não foi ” uma decisão soberana tomada pelo Estado brasileiro”> Ou será que votaram por mim nessa decisão ? Albergar o Battisti foi a decisão de um idiota que se julga HOMEM, mas que não vale mais que um rato.

  • Ex-petista

    -

    15/9/2011 às 9:59 am

    Vixe!!!

    A d. Marisa Letícia pode eliminar a Itália como um dos possíveis refúgios quando a casa do Cachaceiro Corrupto cair.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados