58 países já divulgaram o crescimento do PIB no segundo trimestre de 2014 em comparação com o mesmo período do ano passado. O índice do Brasil recuou 0,9%. Os únicos países com números piores são Ucrânia (-4,7%) e Chipre (-2,2%).

Os números não mentem e mostram que o governo está errado. A culpa pelos números cada vez mais desencorajadores não pode ser jogada na crise externa. Enquanto a grande maioria dos países se recupera e mostra crescimento, o Brasil vai ficando para trás.

Ranking do crescimento econômico
no segundo trimestre de 2014

1 Turcomenistão 10,3
2 Uzbequistão 8,1
3 China 7,5
4 Tajiquistão 6,7
5 Malásia 6,4
6 Filipinas 6,4
7 Índia 5,7
8 Vietnã 5,25
9 Indonésia 5,12
10 Quirguistão 4,1
11 Hungria 3,9
12 Cazaquistão 3,9
13 Taiwan 3,74
14 Coreia do Sul 3,6
15 Lituânia 3,3
16 Polônia 3,3
17 Reino Unido 3,2
18 Malta 2,9
19 Eslovênia 2,9
20 República Checa 2,7
21 Letônia 2,5
22 Eslováquia 2,5
23 Estados Unidos 2,5
24 Canadá 2,45
25 Azerbaijão 2,4
26 Singapura 2,4
27 Israel 2,37
28 Armênia 2,3
29 Marrocos 2,3
30 Estônia 2,2
31 Tunísia 2
32 Chile 1,9
33 Suécia 1,9
34 Hong Kong 1,8
35 Peru 1,7
36 Bulgária 1,6
37 México 1,6
38 Romênia 1,2
39 Espanha 1,2
40 Sérvia 1,1
41 Bélgica 1
42 África do Sul 1
43 Holanda 0,9
44 Alemanha 0,8
45 Portugal 0,8
46 Rússia 0,8
47 Áustria 0,6
48 Tailândia 0,4
49 França 0,3
50 Dinamarca -0,04
51 Japão -0,1
52 Grécia -0,2
53 Itália -0,2
54 Noruega -0,3
55 Croácia -0,8
56 Brasil -0,9
57 Chipre -2,2
58 Ucrânia -4,7

Fonte: Trading Economics

Leia também: Desde março de 2008 o governo desdenha da marolinha que afogou a economia

Tags: ,

69 Comentários

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

*

Você ainda tem caracteres.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluidos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.