“As cinzas estão quentes” e outras quatro notas de Carlos Brickmann

Publicado na Coluna de Carlos Brickmann O caro leitor se engana: ao contrário da lenda brasileira, não é verdade que o Ano Novo comece hoje, Quarta-Feira de Cinzas, primeiro dia depois do Carnaval. O Ano Novo começa daqui a uma semana – e com gosto de cinzas para muita gente. Na quarta-feira, 17, deve ocorrer […]

Publicado na Coluna de Carlos Brickmann

O caro leitor se engana: ao contrário da lenda brasileira, não é verdade que o Ano Novo comece hoje, Quarta-Feira de Cinzas, primeiro dia depois do Carnaval. O Ano Novo começa daqui a uma semana – e com gosto de cinzas para muita gente. Na quarta-feira, 17, deve ocorrer o depoimento de Lula e de sua esposa Marisa Letícia ao Ministério Público Estadual – de acordo com o promotor Cássio Conserino, é provável que sejam denunciados por ocultação de patrimônio, no caso do apartamento triplex.O simples fato de ter que depor, e ao lado da esposa, já seria amargo para Lula. Mas há coisas mais amargas acontecendo. Ontem, a Polícia Federal informou que a Camargo Corrêa, investigada na Operação Lava Jato, e cujo presidente Dalton Avancini fez delação premiada, contribuiu com R$ 3 milhões para o Instituto Lula e R$ 1,5 milhão para a LILS, empresa de Lula que promove suas palestras. É a primeira vez que o nome de Lula aparece nas investigações da Lava Jato. E há um detalhe curioso: R$ 1 milhão foi encaminhado ao Instituto Lula sob a rubrica “Bônus Eleitoral”, em 2 de julho de 2012. Contribuição eleitoral para um instituto que não é partido? A suspeita é que tenha sido uma forma de ajudar algum candidato a prefeito.

O Instituto Lula diz que todas as doações foram legais, o que inclui a do Bônus Eleitoral. Mas a coisa não para aí: há agora a delação premiada do ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo.

A culpa é de FHC

Diante dos problemas do triplex que não é de Lula, do sítio em Atibaia que não é de Lula, dos móveis que empreiteiras compraram e puseram nos imóveis que não são de Lula, o PT prepara um fogo de encontro: levantará dúvidas sobre a compra por Fernando Henrique, há uns 13 ou 14 anos, do apartamento onde mora, que era do banqueiro Edmond Safdié. O problema é que o caso foi levantado em 2013 com apoio maciço de todos os meios de comunicação petistas e não foi adiante.

Mas a ideia é trazê-lo de volta.

O procurador-geral responde

Márcio Elias Rosa, procurador-geral de Justiça de São Paulo, esclarece notícia a respeito de investigações sobre o deputado Fernando Capez: “É absolutamente inadequada a associação das condições funcionais de terceiros ao trabalho de investigação realizado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo envolvendo o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa Fernando Capez em atribuídas ilegalidades em licitações para a compra de itens da merenda escolar”.

Em razão do foro por prerrogativa de função, o presidente da Assembleia só pode ser investigado pelo procurador-geral de Justiça, que foi cientificado no dia 19 de janeiro da investigação, tendo constituído grupo de trabalho específico, aguardando o compartilhamento das provas obtidas para a adoção das medidas necessárias. A dra. Valeria Palermo Capez, que é promotora de Justiça, não tem atribuição para atuação em matérias de atribuição exclusiva do procurador-geral, atuando somente nos limites do artigo 600 do Código de Processo Penal.

“A investigação será conduzida pelo procurador-geral, que designará os mesmos promotores de Justiça que já conduzem as investigações, além dos procuradores de Justiça Nilo Spínola Salgado Filho e Nelson Gonzaga de Oliveira. A dra. Carla Maria R. Elias Rosa, procuradora do Estado desde 1987, atua desde o início dos anos 90 na área da Consultoria Jurídica da Procuradoria Geral do Estado, sem qualquer subordinação hierárquica, funcional ou política ao governo ou a qualquer Secretaria. A atuação da Consultoria Jurídica é limitada aos procedimentos de interesse da Procuradoria Geral do Estado e respeita a suas atribuições”.

“Por óbvio, a divulgação dessas circunstâncias desacompanhada de esclarecimentos quanto à real condição funcional da Dra. Valéria Palermo Capez e da Dra. Carla Maria Rossa Elias Rosa somente se presta a ilações que são fruto de especulação imotivada, ofensiva e injusta.”

Eles folgam…

O ano político brasileiro deveria começar hoje. Mas o deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara, deu folga aos colegas na quarta e na quinta. Sexta, segunda e terça não se trabalha no Congresso; então, ficou para dia 17. E a Câmara já começa com pauta quente, a eleição do líder do PMDB.

O governo federal quer porque quer eleger o deputado Leonardo Picciani, do Rio, que era pró-Cunha e contra Dilma mas foi convencido a mudar de lado; e Cunha luta por Hugo Motta, da Paraíba, que é contra Dilma. O governo já tomou várias tundas ao se envolver nas brigas do PMDB.

…você paga

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, PT, diz que não tem verba para construir as creches que prometeu. Mas gastou R$ 300 mil no camarote da Prefeitura no Carnaval, para políticos amigos e colunáveis.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Amilcar

    O PT tem que entender que o povo não quer saber de FHC,
    mas sim da quadrilha petista comandada por Lula e seus
    asseclas. Estou pouco me lixando como FHG comprou seu
    apartamento, quero saber do triplex e do sitio de Lula,quero saber por que ainda não foi quebrado o sigilo
    bancario e fiscal de Lula, seu instituto, seus asseclas
    e do PT. De onde saiu a grana para “os donos” do sitio
    de Atibaia, é só quebrar o sigilo bancário e fiscal que
    vai aparecer quem deu o dinheiro e porque.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Milton Ribeiro

    Você imagina um País totalmente quebrado parar por mais de uma semana para folia de carnaval. Quando o congresso, as prefeituras e os estados deveriam ter cancelado as festividades, eles resolveram prorrogar a festa até o final de semana. O Brasil contaminado pelo surto do Zika vírus, microcefalia e triturado pela corrupção deveria antes de tudo, merecer mais respeito deste governo infame e criminoso que nos assalta a cada dia e destrói uma nação inteira.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Rose

    Essa coisa do PT falar mal do FHC tá começando a dar o efeito contrário.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Reynaldo Rocha

    O ministro José Eduardo Cardoso, que por saber ao menos falar algo inteligível embora desprovido de lógica consegue se manter no cargo, volta à cena com mais uma defesa sem nexo.
    A falta de lógica é clara quando Cardoso o cargo de Ministro da Justiça com o cargo de Ministro de Dilma. Na república o ministro tem uma função de governo. Jamais partidária. Cardoso tem somente ações partidárias.
    A falta de nexo é insistir em classificar de golpe o que a Constituição prevê e que o STF não identificou como golpismo. Se a Constituição é golpista, onde se situa a presidente e ele próprio? São obrigados a seguir a Constituição que permite golpes? O conhecimento jurídico de Cardoso impediria que ousasse tanto. A subserviência explícita não só permite como obriga.
    Por fim, Cardoso acusa Cunha de ter “montado” um impeachment por vingança. Dilma seria a vítima. Dois absurdos em uma só afirmação.
    Fosse Cunha tão forte assim – a ponto de mobilizar as ruas, incentivar juristas a peticionarem o pedido e agregado parlamentares – quem sabe não seria ele o presidente? E lembra que Cunha não tem escopo para acusar ninguém.
    Discordamos. Cunha não tem ética, dignidade e honradez. Mas, convivendo no chiqueiro, conhece os porcos.
    Cardoso deveria se lembrar de Tommaso Buscetta, o mafioso arrependido. Era mafioso, perigoso e ladrão. Mas, conhecia os outros ladrões da mesma quadrilha. Não é comum se encontrar putas em conventos que denunciem as outras prostitutas em meio às madres. O normal é que as meretrizes acusem-se umas às outras.
    Tommaso entregou a todos. Não tinha poderes, nem na sociedade nem na organização criminosa. Tinha informações e provas. Como Cunha.
    Pelo que falou e fez, Tommaso merecia ser inocentado? Passou a ser herói?
    Cunha por ter aceitado um pedido formulado por juristas de impedimento da presidente é herói nacional ou somente um bandido no lugar errado? Ter aceito o processo – por atender na totalidade os requisitos legais – o faz isento das penas que o esperam?
    Tentar misturar o pedido de impeachment nascido das pedaladas e mentiras de Dilma, apoiada pela imensa maioria do povo brasileiro, observado como saída ao fim do pesadelo pela imprensa internacional (seria ela também golpista?), é diminuir os crimes de uma aumentando os crimes do outro.
    Não queremos Cunha. Nem o respeitamos.
    Assim como não suportamos Dilma e esta não merece nossa confiança. Em nada.
    Cardoso só tenta limpar a parte suja do que a dona da coleira fez na calçada. Para isso não se importa em sujar as mãos.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Caio Lima

    .
    POR QUE O FHC NÃO ASSUME DE UMA VEZ POR TODAS que ele, sim, é o verdadeiro dono do sítio em Atibaia, do triplex no Guarujá e que os danadinhos dos Irmãos Lulinhas são seus filhos???… Aproveite e assuma também, sr. FHC, que o senhor foi o único responsável pelos 7 X 1 que tomamos dos ‘alemão’!!!…

    Curtir

  6. Comentado por:

    Marcelo

    Essa resposta do Procurador Geral é pra confundir até o Dr. Barroso.
    Mas lembro que o desvio da merenda é, segundo nossos juristas, um furto famélico e, desta forma carece de tipicidade. Ou melhor, é um crime formalmente perfeito, contudo não merece a movimentação do judiciário, apesar de conter todos os elementos da safadeza em si.

    Curtir

  7. Comentado por:

    diego

    E provavel e de lasca ,cadeia ja

    Curtir

  8. Comentado por:

    Ruy

    É verdade! Sabem quem é o verdadeiro marido daquela dona Letícia, aquela que fiscalizava as obras do triplex de Guarujá, aquela que comprava barquinhos em Atibaia? Adivinhem!!! Isto mesmo, minha senhora! FHC!! Sim, o próprio!! Cínico como ele só, com aquela fala rebuscada de professor aposentado!!! Quem diria!! E de quebra, FHC e que era amante do canhão, er…quer dizer, da tal de Rosa!!! Ainda bem que tudo ficou esclarecido!! Viva o PT!! Viva!!

    Curtir

  9. Comentado por:

    wilson www

    Sobre a última nota: como é que se consegue gastar 300 mil reais num camarote para um rega-bofes de apenas dois dias? Não seria muita grana, mesmo para os padrões de socialistas convictos?
    Pouca vergonha, para dizer o mínimo.

    Curtir