Clique e assine com 88% de desconto

Volkswagen mantém em aberto opções sobre Porsche, diz fonte

Por Da Redação - 27 fev 2012, 16h07

BERLIM, 27 Fev (Reuters) – A Volkswagen não tomou decisão alguma em reunião do conselho de supervisão, nesta segunda-feira, sobre como combinar seus negócios com a Porsche, disse um funcionário de alto escalão da empresa, no momento em que a montadora busca evitar uma conta bilionária em tributos relacionada ao processo.

“Há um compromisso firme por parte da Volkswagen para colher sinergias tão rapidamente quanto possível, mas não a qualquer custo”, disse a fonte à Reuters.

A companhia alemã encara a obrigação de pagar cerca de 1 bilhão de euros (1,35 bilhão de dólares) se comprar o restante da Porsche antes de 2014. Como resultado, é possível que a Volks possa adiar a aquisição até 2014, afirmou o funcionário depois da reunião do conselho na sede da empresa, em Wolfsburg.

A Volks, que também é dona da marca de carros de luxo Audi e da tcheca Skoda Auto, já detém 49,9 por cento das operações de produção de carros da Porsche.

Publicidade

Em setembro passado, a empresa suspendeu os planos para uma fusão completa com a Porsche até o final de 2011, depois de ações judiciais contra a Porsche nos Estados Unidos e na Alemanha terem complicado a avaliação da fabricante de carros esportivos.

“A questão tributária é a pedra fundamental, há um pouco de lição de casa a ser feita”, disse o funcionário.

Um profissional do setor financeiro familiarizado com o assunto disse crer que a Volks se comprometeria com a criação de uma holding especial para completar a transação, o que permitiria a ela comprar a outra metade das operações automotivas da Porsche mais rapidamente evitando pagar mais impostos.

Procurada, a Volkswagen não quis comentar o assunto, enquanto nenhum porta-voz da Porsche retornou ligações para falar sobre o tema.

Publicidade

(Por Andreas Cremer)

Publicidade