Clique e assine com até 92% de desconto

Vendas no varejo crescem 0,5% em abril, mas ficam abaixo do esperado

Por Da Redação 14 jun 2016, 10h14

As vendas no varejo brasileiro voltaram a subir em abril, impulsionadas pelos setores de supermercados, artigos de uso pessoal e vestuário. Ainda assim, a alta ficou abaixo do esperado.

A alta das vendas do varejo foi de 0,5% em abril na comparação com o mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira. Em relação a abril do ano passado, as vendas recuaram 6,7%. Essa foi a 13ª retração dessa base de comparação.

O resultado de abril em relação a março ficou abaixo das expectativas em pesquisa da Reuters. Segundo os economistas consultados pela agência, a elevação seria de 0,65%.

De acordo com o IBGE, entre as atividades pesquisadas, os segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo apareceram entre os destaques. Também influenciou positivamente o resultado o segmento “outros artigos de uso pessoal e doméstico”, com alta de 2,8% em abril, e tecidos, vestuário e calçados, com avanço de 3,7%.

O volume de vendas do varejo ampliado – que inclui veículos e material de construção – caiu 1,4% em abril.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade